8 de janeiro de 2017

Exército dos EUA autoriza soldados a usar barba, turbante e véu em serviço

O Exército dos EUA tomou medidas que facilitam a muçulmanos, sikhs e adeptos de outras religiões a manter suas tradições enquanto prestam serviço militar.
Um memorando assinado na quinta (4) revisou a política de vestuário e aparência exigida dos militares e passou a permitir o uso de turbantes, véus, barbas e outras vestimentas que cobrem a cabeça, desde que seu uso tenha motivos religiosos.
As novas regras autorizam barbas com até cinco centímetros, a menos que estejam enroladas ou presas.
Também foram liberados lenços que cobrem a cabeça, como hijabs, tranças e outros penteados. No entanto, esses elementos devem permitir o uso de capacetes e outros equipamentos de segurança e serem usados de modo a não atrapalhar a camuflagem dos uniformes.
A mudança foi celebrada pelos Sikh, adeptos de uma religião surgida na região de Punjabe, entre a Índia e o Paquistão, que combina elementos hindus e islâmicos e determina que os homens tenham barba e usem turbante.
"Estamos satisfeitos com o progresso que essa nova política representa para a tolerância religiosa e a diversidade", disse Harsimran Kaur, lider da Coalizão Sikh.
Folha/montedo.com

17 comentários:

Anônimo disse...

Bom dia pra quem está cumprindo missão em churrasco no pnr de algum atarefado General por esse Brasil afora

Anônimo disse...

"Não adianta ficar mostrando estudos e mais estudos de que o militar trabalha o equivalente a 44 anos se somos nós mesmos os responsáveis por grande parte desses anos a mais. Suprimam as atividades rolhas fora do expediente e aos finais de semana que isso reduziria bastante. Não nos ajudamos e agora queremos que os civis nos ajudem..hahah"
TRAGAM UM OSCAR PARA ESSE MITO!FINALMENTE ALGUÉM FALOU TUDO!A maior parte do serviço extra são rolhas e mais rolhas geradas por vcs mesmos!A maior parte sós problemas relacionados a PNR e transferências são geradas por vcs mesmos. Se ajudem!

Anônimo disse...

O EB também vai autorizar. Vai autorizar o uso de capacete balístico para o plantão da hora.

Anônimo disse...

Exercito de primeiro mundo é outra coisa, o EB do Brasil ? Só formatura de uniforme, formaturas longas e rolhas, piruações erradas, salário defasado, carreira militar defasada também , etc, etc .....

3Sgt /2013

Anônimo disse...

Auxílio fardamento não dá para comprar uniforme e sim para pagar dívidas ...vergonha.
Cadê a melhoria salarial?
Salário das FA já não está bom para Oficias ,os mais jovens e até capitães estudando para outros concursos ( já teve até major médico do EB pulando fora para carreira de Auditor Fiscal do Trabalho...imagine os praças, colapso financeiro...
Srs Comandantes aproveitem o famigerado Projeto de Lei citado pelo Min da Defesa para corrigir de verdade essa grave defasagem salarial das FA !!

Anônimo disse...

Falou tudo! O EB poderia ser um paraíso, pois é "feito" pelos próprios militares. Mas infelizmente a cultura do "quanto pior melhor" ainda reina, principalmente entre os mais antigos. E agora que vai aumentar o tempo de sv, querem que os civis façam algo? SE AJUDEM senhores antes de querer pedir ajuda para alguém...

Anônimo disse...

...e voce já comprou o seu novo distintivo emborrachado para as golas da gandola ? já costurou na "nova posição" ?! coisa linda...já deu uma papirada sua papirada nas "mudanças" no RUE... e o camuflado novo ?! será que aguenta umas duas lavadas antes de ficar branquinho...kkkk
parecido com o exercito americano ...só que não.

Anônimo disse...

Major Médico do EB prestando concurso para auditor fiscal???? Um médico???? Trabalham geralmente meio expediente, podem exercer a profissão em seus consultórios particulares e dependendo da especialidade faturar uma fortuna! O que não falta no Brasil, com certeza é emprego para médicos e muitas prefeituras chegam a oferecer até 30 mil reais para contratar um! Cardiologistas e neurologistas então... são contratados a peso de ouro!

Anônimo disse...

Turbante e véu? Falta agora a burca.Deixa o presidente eleito, Trump, assumir primeiro.No exército indiano acredito que o turbante já faz parte, mas o véu?

Anônimo disse...

Enquanto exercito a fora serios fazem mudanças para agradar a tropa, melhorar a condição de serviço, o exercito brasileiro esta preocupado em mudar as formaturas, os TAFs , uniformes novos para não descolorir e que não servem para nada na era em que hoje é o camuflado digital, entre outras coisas que só para prejudicar a tropa.

Anônimo disse...

É o fim HE MAN!

Anônimo disse...

Sim ...major médico largou a farda e tomou posse como auditor fiscal do trabalho...foi só um exemplo extremo mas real!Aliás médico do EB é evasão direto...só ir no site do DGP e ver as turmas ,muitos vão embora...

Anônimo disse...

Kkkkkkk

Anônimo disse...

Esse EB americano só tem vampiro,QCO e mulheres, não faz guerra nenhuma e nem se preocupa com elas...vive de mudanças...de distintivos, gravatas, guarda chuvas e outras importantes questões estratégicas.

Anônimo disse...

Acho engraçado esses estrangeiros como os sikh. Imploram para fugirem de seus países de mortos de fome e serem acolhidos pelos Estados Unidos. Aí, quando chegam, não querem se conformar aos hábitos e tradições da terra que os acolheu. Pelo contrário, é o país que os recebe QUE TEM DE CONFORMAR-SE aos hábitos e tradições deles. Então, se aliam com esquerdistas, são apoiados pela grande mídia e entram na justiça onde ganham a causa graças a juízes também esquerdistas.

Espero que Trump acabe com isto e faça este povo todo chorar bastante.

Anônimo disse...

O EB já deu um passo mais a frente. Soube que vão liberar o uso de saias para os militares que se declararem gays.

Anônimo disse...

Verdaaade? Ai ai, nao vejo a hora, ainda mais com esse calor... vou usar saia sem calcinha, dai quem sabe minha esposa para de brigar comigo cada vez que uso as calcinhas dela...

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics