5 de janeiro de 2017

Mato Grosso vai pedir ajuda ao Exército e Força Nacional para invasão em garimpo

Região da Serra da Borda em Pontes e Lacerda foi invadida pela 3ª vez. Invasores estão fortemente armados e seriam membros de facções.
A Secretaria de Segurança de Mato Grosso (Sesp) deverá pedir à União que o Exército e a Força Nacional enviem tropas ao garimpo ilegal da região da Serra da Borda, em Pontes e Lacerda, município a 483 km de Cuiabá. A área, cuja desocupação foi determinada pela Justiça Federal há mais de um ano, foi invadida pela terceira vez no final de dezembro de 2016, e deverá receber reforço no efetivo das polícias Civil e Militar ainda nesta semana.
As ações foram definidas em uma reunião realizada na tarde dessa terça-feira (03) entre Ministério Público do Estado, Sesp, PF e Polícia Rodoviária Federal. O encontro aconteceu na sede do MPE em Pontes e Lacerda. Cerca de 50 invasores estão na região desde o dia 30 de dezembro.
Segundo o estado, esta última invasão à área é diferente das anteriores por causa do perfil dos invasores, que estão fortemente armados e seriam membros de facções criminosas.
A polícia recebeu a informação de que os bandidos estão com fuzis 762, pistolas ponto 40 e 9 milímetros, espingardas calibre 12 e que estão em busca de uma metralhadora ponto 50, capaz de derrubar um helicóptero.
“A primeira invasão foi mais de moradores da cidade. Depois, veio uma segunda leva, na qual já havia a presença de delinquentes e uso de armas, mas dentro do garimpo. Agora, o perfil é outro. São marginais fortemente armados, liderados por um ex-detento que organizou uma verdadeira milícia armada no local”, disse o delegado Gilson Silveira.
Segundo a Polícia Civil, esse mesmo ex-preso estaria tentando reunir integrantes do Novo Cangaço (assaltantes de bancos que usam clientes e funcionários das agências como escudo humano) para invadir o garimpo ilegal.
Conforme a polícia, no final de dezembro os criminosos expulsaram os seguranças da mineradora que recebeu autorização do Departamento Nacional de Produção Mineral para fazer estudos sobre a produção de ouro. Policiais chegaram a ir ao local para retirar esses seguranças, mas foram recebidos a tiros pelos bandidos. Apesar do incidente, ninguém ficou ferido.
A Sesp informou que vai colocar as forças de segurança do estado à disposição do Exército e da Força Nacional para ajudar na reintegração da área invadida.

Ação judicial
Os ministérios públicos Federal e Estadual deverão entrar com uma ação na Justiça para cobrar que forças de segurança federais retirem os invasores da área e fiquem em Pontes e Lacerda para assumir o patrulhamento da área. Também deverá ser pedido que a União indenize o município pelos problemas causados pelo garimpo ilegal.
O MPE deverá pedir ainda o DNPM tenha agilidade em autorizar a lavra de ouro na Serra da Borda, hoje ainda em fase de estudos. Para a promotoria, a indefinição sobre a exploração tem causado problemas na área de segurança pública, como o aumento de casos de roubos e furtos.

Histórico
A primeira invasão ao garimpo ocorreu em meados de setembro de 2015, com a presença de milhares de pessoas. Naquele mesmo ano, a Justiça Federal mandou, por duas vezes, que a área fosse desocupada e isolada porque a exploração de ouro estava sendo feita sem a autorização do DNPM.
A área foi desocupada numa ação integrada entre Força Nacional, Exército, PF, PRF e polícias Civil e Militar, mas voltou a ser invadida.
CenárioMT/montedo.com

13 comentários:

Anônimo disse...

Militar, esta é a preocupação dos politicos:


Deputado federal propõe lei contra 'aumento da masturbação' na web

http://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/brasil/2017/01/04/deputado-federal-propoe-lei-contra-aumento-da-masturbacao-na-web.htm

Anônimo disse...

SE A CAGADA É GRANDE, CHAMEM OS MILITARES...
MAS NÃO CHAMEM SE É PARA TRAZER UM PAGAMENTO JUSTO A TODOS...
FATOS IRREFUTÁVEIS:
- A PF não quer ir pra fronteira porque a diária é pouca, chamem os Militares, que vão ao preço de uma tabela que está defasada desde 1992;
- A PM faz greve porque o salário é baixo, chamem os Militares!
- A ANVISA não quer inspecionar gado no campo, chamem os Militares!
- Os corruptos ganham milhões e não constroem as estradas, chamem os Militares!
- As chuvas destroem cidades, chamem os Militares!
- Desabrigados? Chamem os Militares!
- A Dengue ataca? Chamem os Militares!
- O COB precisa treinar e pagar atletas? Chamem os militares!
- Ações humanitárias no Brasil e no exterior, transportes de donativos em tragédias? Chamem os Militares!
- Investigação e remoção de corpos em acidentes aéreos de grande porte? Chamem os Militares!
- Transportes de órgãos, presos, corpos de autoridades, ministros, etc.? Chamem os Militares!
- O Carnaval, Ano-Novo, ou qualquer festa com pouca segurança? Chamem os Militares!
- Copa do Mundo, Olimpíada (Consultem as providências da Olimpíada Rio 2016), Reunião de Presidentes, Jogos Mundiais? Chamem os Militares!
- Certeza de eleições livres? Chamem os Militares (Os Governos de 16 Estados da Federação requisitaram a permanência das Forças Armadas para as eleições 2016 – Ah! Distribuir urnas eletrônicas nos mais remotos locais do País? Chamem os Militares!
- Presidentes, Primeiros-Ministros e visitantes importantes de outros países vão chegar? Chamem os Militares!
- Estado incompetente e uma Polícia mal paga e despreparada? Chamem os Militares!
- Força de Pacificação do Complexo do Alemão, do Complexo da Maré já que a Polícia não tem capacidade pra resolver, chamem os Militares!
ALÉM DISSO: (NÃO TEM DIREITO A NENHUM DOS ITENS ABAIXO):
- Adicional noturno? Não tem!
- Periculosidade? Não tem! (Onde está a isonomia de tarefas que querem imputar em uma Reforma Previdenciária?
- Escalas de 24 por 72 horas? Não tem!
- Hora extra? Não tem!
- FGTS? Não tem!
- Os 28,86%? Jamais!
- Uma Lei de Remuneração? Está enterrada nos porões do Congresso como MP 2215-01, há mais de quinze anos, com mais de 600 emendas.
- Reconhecimento? Não tem, exceto da Opinião Pública.
- Residência fixa? Não tem!
- Certeza de descanso no fim de semana? Não tem! Inclusive mal alimentados, pois fazem jus à somente R$ 8,25 / dia / Militar como Etapa de Alimentação. Vejam o valor de outras categorias visando o mesmo fim!
- Licença-Especial? Perderam!
- Salário adequado? Não tem! Vejam os reajustes de outras categorias e comparem com a dos Militares! A classe militar teve seu reajuste aprovado em determinada Comissão efetuada por apenas quatro (4) Senadores presentes à Reunião da referida Comissão;
- Reajustes com base na inflação? Nunca tiveram!
- Quer conhecer alguém que ama o Brasil acima de tudo e faz de tudo por ele? Aí sim, é o Militar!
- As Forças Armadas são um dos últimos pilares de patriotismo, seriedade, integridade e idealismo deste País. Elas homenageiam os Símbolos Nacionais e não se “envergonham” de cumprimentá-los com seu cumprimento (A continência regulamentar), apoiadas na Constituição e no Estatuto dos Militares). - O salário de um Primeiro-Sargento da ativa é muito inferior ao do Soldado (PM-DF); sendo que o dinheiro vem da mesma fonte pagadora: a União! - O salário bruto de um Coronel Aviador (Militar com 25 anos de serviços e com todos os cursos que a carreira impõe), é inferior ao do piloto de elevador do Congresso.
- O salário de um Oficial-General, com mais de 45 anos de serviço, é igual ao salário de um Agente de Segurança, de Portaria do Congresso.
O MILITAR JURA DEDICAR-SE INTEIRAMENTE AO SERVIÇO DA PÁTRIA E DEFENDÊ-LA COM O SACRIFÍCIO DA PRÓPRIA VIDA, MAS NÃO JURA A PASSAR PRIVAÇÕES, MUITO MENOS A SUA FAMÍLIA!

Diego H disse...

Que filé de serviço esse....pobre dos milicos...

Anônimo disse...

Militar, leu este artigo?

http://www.alertatotal.net/2017/01/o-comunismo-nu.html

saber um pouco, nunca é demais.

Anônimo disse...

Enquanto o país "chora" as mortes dos 60 inocentes de Manaus...

http://paranaportal.uol.com.br/policial/filho-de-pm-e-torturado-e-encontrado-morto-no-interior-do-parana/

Anônimo disse...

cuidado nas diversas operações que os militares estão participando divulga este dado montedo:
http://qthonlinepexon.blogspot.com.br/2011/03/pulseira-com-chave-de-algema.html

Anônimo disse...

Em Manaus, também vão pedir ajuda das FFAA. A facção criminosa ameaçou os cidadãos com "morte geral". Virou guerra civil, salve-se quem puder. E os legisladores e autoridades ficam vendo a "banda passar" e nada fazem, além de comentar. Isso vai se espalhar pelo país inteiro, pois os policiais, agentes e autoridades corruptos são co-responsáveis pelo caos. Por que será que:
1) as armas, drogas, telefones, mordomias, e todo tipo de comida continuam a entrar nos presídios?
2) As autoridades sabem de tudo e continuam a permitir?
3) O governador rapidamente já disse que vai indenizar os familiares dos mortos da rebelião?
4) Os familiares das vítimas dos marginais não receberam nem um tostão, já que a mesma autoridade é responsável em dar segurança ao cidadão?

Anônimo disse...

quem viver verá, essa força nacional(gestada pelo PT) ainda vai se voltar contra a população brasileira...vai, no futuro, servir para oprimir o próprio povo.

Anônimo disse...

Sinceramente tenho que concordar com muitos leitores deste blog.
Só lembram das FA quando precisam.
Agora, prá reconhecer, nem pensar.
Só lembram prá f. com a tropa.
Estou me alistando na tropa que já não aguenta mais. Chega! Já deu! Muita hipocrisia! Muita farsa! Muita falta de reconhecimento.

Anônimo disse...

Dúvidas que esta solicitação será atendida pelo Cmdo, em troca de boquinhas...só observando! Quem viver verá!

Anônimo disse...

Daqui mais uns dias até a Ana Maria Braga, vai pedir ajuda do Exército.

Anônimo disse...

Já terminou o cri cri?

Anônimo disse...

Já passou da hora de meter um pé na bunda desses invasores e, se tiver bandido no meio, que se dane. Mete chumbo. Como se já não bastasse os nossos, ainda vem os bandidos de países vizinhos se "divertirem" por aqui. O Brasil precisa urgentemente de um choque de ordem publica. Se não houver isso, a população vai se revoltar e aí fica fora de controle. O nosso presidente e a presidente do STF, parecem fracos demais, temerosos. Até que nesse caso era bom ter um, tipo, Trump, meio doido mesmo e mandar logo as tropas federais darem um jeito nisso.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics