5 de janeiro de 2017

Operação "Leão do Norte": após 26 dias, tropas do Exército deixam o Grande Recife

Forças Armadas realizaram cerca de 3.900 ações durante 'Operação Leão do Norte'
Ao longo de 26 dias, efetivo esteve no comando da segurança do Grande Recife com 3.500 homens do Exército, Marinha e Aeronáutica. Operação foi encerrada terça (3).
G1 PE
Um dia após as tropas da "Operação Leão do Norte" deixarem a Região Metropolitana do Recife, o Comando Militar do Nordeste divulgou o balanço das ações. Ao todo, foram, aproximadamente 3.900 operações entre patrulhamento ostensivo de áreas terrestres, revista de pessoas e de veículos, reconhecimentos aéreos, escoltas e controle de pontos estáticos.
Ao longo de 26 dias, as Forças Armadas estiveram no comando da segurança do Grande Recife com 3.500 homens do Exército, Marinha e Aeronáutica. A intenção era garantir a lei e a ordem durante o período de trabalho reduzido da Polícia Militar, a chamada operação padrão da categoria.
De acordo com o Comando Militar do Nordeste, as tropas percorreram 150 mil quilômetros durante as atividades nos 14 municípios. A operação teve início no dia 9 de dezembro de 2016 e foi prorrogada até o dia 3 de janeiro de 2017.
De acordo com o Comando Militar do Nordeste, as tropas percorreram 150 mil quilômetros durante as atividades nos 14 municípios (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press) De acordo com o Comando Militar do Nordeste, as tropas percorreram 150 mil quilômetros durante as atividades nos 14 municípios (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)
De acordo com o Comando Militar do Nordeste, as tropas percorreram 150 mil quilômetros durante as atividades nos 14 municípios (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)
A Polícia Militar segue em regime de trabalho reduzido. Entretanto, o comandante-geral da PMPE, coronel Carlos D’Albuquerque, afirmou, na manhã da terça-feira (3), que não seria necessário solicitar a permanência das tropas. Segundo ele, a corporação está preparada para a manutenção da segurança.
Como os PMs abandonaram a jornada extra e reduziram o efetivo nas ruas, às vésperas do Natal, no dia 19 de dezembro, o governador Paulo Câmara (PSB) solicitou a permanência das topas até a terça (3). No entanto, o decreto de prorrogação, assinado pelo presidente da República Michel Temer (PMDB), reduziu o efetivo para 500 pessoas. Ou seja, 14% do efetivo inicial continuou na operação.

Diálogo
Ainda segundo D’Albuquerque, o estado começa a tratar efetivamente de reajuste salarial para os PMs nesta quarta-feira (4). Ele adiantou que os números já serão discutidos e que, até a primeira quinzena de fevereiro, o governo deve enviar para a Assembleia Legislativa de Pernambuco todos os projetos de reajuste. O comandante-geral da PM salientou que o governo aguarda a volta de todos os PMs.
G1/montedo.com

9 comentários:

Léo disse...

Esse foi mais um dos" presentes de Natal" que centenas de companheiros do exército receberam .Além de passarem o Natal e o ano novo bem longe de seus familiares, recebendo a miserável e ordinária porcentagem de 2% do soldo ,ridículo, por cada dia de risco de vida em Pernambuco.E, para nos deixar ainda mais indignados, revoltados, descrentes com quem nos comanda, o General Villas Bôas , comandante do exército, ainda posta uma declaração, no mínimo infeliz- em pleno Natal e ano novo- afirmando, ele próprio, que ,em 2017, será ainda pior para todos nós, com relação aos nossos desprezíveis vencimentos.Ora, o lindo estado que deu origem à formação do exército de Caxias-Pernanbuco- depois desta greve dos PMs, muito provavelmente será o 22 estado brasileiro a pagar sua PM muito melhor do que o Brasil paga de vencimentos HUMILHANTES, VEXATÓRIOS, VERGONHOSOS E DEPLORÁVEIS aos militares das Forças Armadas.Logo,logo virão 35 anos de trolha ,de tempo de serviço, como um verdadeiro presente de grego ,consentido e acordado, pelos três comandantes das Forças Armadas como "reconhecimento" pelos valorosos serviços prestados por todos nós,militares das Forças Armadas, a esse país de vagabundos, ladrões,saqueadores dos cofres públicos, pixulequentos, corruPTos,distribuidores e receptadores de bacalhaus-propinas-formadores de Organização Criminosa,verdadeiros ratos de esgoto.Pilantras, lixos! Os Odebrechts, os Schains,todos os pilantras que saquearam o Brasil,ano que vem , possivelmente,estarão comemorando o Natal com seus filhotes de corruptos bilionários e nós, muito provavelmente, estaremos reforçando a segurança em um dos últimos três estados brasileiros aonde as Polícias Militares ainda recebem menos que nós.E, quando deixarmos aqueles estados, como agora deixamos o de Pernambuco, a única certeza que teremos será a de que contribuímos para que mais uma Polícia Militar receba vencimentos melhores que os nossos. Não culpem presidentes desta república por termos vencimentos deploráveis.Os verdadeiros responsáveis usam a mesma farda que usava o presidente Castello Branco.O presidente honrado que hoje é acusado de ditador por essa corja de ladrões que tomou conta das nossas instituições e que se juntou àqueles empreiteiros vagabundos e aos políticos ladrões do PT,PSDB,PP PMDB para saquearem o Brasil.Arrombaram o Brasil!!! Adivinha quem vai pagar a conta? Lixos é o que são!!! Parabéns ao Comandante Geral da Gloriosa Polícia militar do espetacular estado de Pernambuco (o mesmo estado do atual Ministro da Defesa ,Raul Jungmann,que afirmou ,dentro do Congresso nacional, que o presidente Michel Temer irá valorizar os nossos vencimentos, ainda em 2017) ,parabéns,repito, ao Comandante Geral da PM pernambucana, por ter conseguido fazer valer o pedido de reajuste salarial de seus subordinados e por ter nos poupado daquela cena ,"inesquecível", de vermos um general do exército chorando como criança ,quando recebe um presente de natal,com um bolo de aniversário na mão ofertado pelos PMs amotinados - receberam perdão pelo crime de motim e reajuste de vencimentos-em frente à Assembléia Legislativa da linda Salvador- muitos PMs estavam lá dentro-, Bahia.Cabe uma pergunta: Quando o comandante do exército ,Gen Villas Bôas, afirmou que teremos " reflexos negativos em nossos vencimentos em 2017" ,devido ao orçamento destinado às Forças Armadas,e,em particular,ao exército,ele estava completamente desinformado do que afirmou o ministro da Defesa ,dentro do Congresso Nacional- assisti ao vivo- de que o presidente desta república irá,já em 2017, valorizar os nossos vencimentos, ou o ministro da Defesa mentiu? Vergonha!!!

Anônimo disse...

Sempre o velho esquema dos milho otário que trabalha num regime q nenhuma PM trabalha, resolve temporariamente o problema da segurança pública, e no final a pm ganha um bom aumento, menos cinco anos na ativa, e os trouxas recebem o que Mariazinha ganhou atrás da horta, como recompensa por ter cumprido a missão de forma brilhante...

Anônimo disse...

Estado refém dos marginais e da PM? Sobra para quem???

Anônimo disse...

E tome fumo no rab&$###...tropa nas o cmdo ficará contente. Boquinhas surgirão!

Anônimo disse...

Mimimimimimimimimimimimimi

Anônimo disse...

Pra quem passa o ano em meio expediente numa cidade aprazível do Nordeste (palavras de um oficial daqui do blog)

Anônimo disse...

������

Marcelo Carvalho disse...

Próxima missão: recadastrar toda a bandidagem dentro dos presídios. Não é o máximo ?

Anônimo disse...

Entendo a indignação de todos pela situação do pais e dos salários pagos aos militares, mas, não posso deixar de parabenizar os militares que participaram de mais uma missão importante e que, independente de qualquer nuance é confiada a quem tem competência para cumprí-la.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics