19 de abril de 2017

Sérgio Moro recebe a Ordem do Mérito Militar e é cumprimentado por Michel Temer

Brasília (DF)O juiz federal Sergio Moro foi condecorado na manhã desta quarta-feira com a Ordem do Mérito Militar, durante a cerimônia de comemoração do Dia do Exército, no Setor Militar Urbano. A mais importante honraria do Exército foi entregue ainda a cerca de outros 100 homenageados. 

Moro já estava presente quando o presidente Michel Temer chegou ao local e o cumprimentou.

Michel Temer chegando ao local da solenidade
Moro ao lado do apresentador Luciano Huck, que também foi homenageado


24 comentários:

Anônimo disse...

http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/politica/noticia/2017/04/relator-da-reforma-da-previdencia-confirma-idade-minima-de-55-anos-para-policiais-9775430.html

Anônimo disse...

Montedo,
PF decidido que se aposentaram com 55 anos e integral para quem entrou até 2013.
E os militares das FA? Matéria do ZH

Anônimo disse...

Sérgio Moro merece 10 medalhas da Ordem do Mérito Militar, mas ai eu pergunto e esse tal de Luciano Huck, o que esse sensacionalista da TV Rede Esgoto de Televisão fez para merecer tal honraria, se foram algumas reportagens para elevar seu baixo ibope, o Exército Brasileiro mais uma vez dá um grande tiro no pé. Já é sabido por todos da qualidade da pessoa desse cidadão e das falcatruas realizadas em seu programa e o EB agracia esse cidadão sob pena de mais a frente ter que revogar tal honraria, não aprendemos mesmo, tanta gente boa digna de receber essa medalha e sequer é relacionada. O EB faz um favor a Luciano Huck quando sede suas instalações para qq tipo de programa, pq o maior interessado com certeza é ele e a rede para a qual ele trabalha. Essas reportagens elevam o moral do seu programa acima de tudo. Espero sinceramente estar enganado e que o motivo seja outro, pq a Rede Esgoto vive dando cacetadas na Instituição e a Força sempre se rebaixando a esse tendencioso veiculo de mídia. Agora mesmo, justo na Semana do Exército, vão passar um seriado sobre a época da chamada por eles "Ditadura", que vai de encontro a verdade e os valores verde oliva, mas isso é mera coincidência não é mesmo. Falta mesmo é orgulho e caráter de nossos Comandantes, essa é a grande verdade. Até quando vamos comer nas mãos dessa mídia tendenciosa. Lamentável.

Anônimo disse...

Quem derá ser um peixe
Para um dia em Brasília ir servir
Para não precisar fazer mais o TAF
Pegar uma missão no exterior
Ganhar Pacificador, Osorio e a OMM


Um peixe...

Anônimo disse...

Cadê a reestruturação salarial dos militares? As PC foram lá no congresso, banernaram, chutaram porta, quebraram vidraça, e o relatório dá reforma retrocedeu, estão com os direitos garantidos com perdas menores ou mínimas...E os idiotas úteis do EB que somos nós, que não chutamos vidraça...O que será imposto pela suja política e aceito passivamente por chefes preocupados com a própria carreira??? Só vejo perdas mais uma vez para a classe militar. Até quando vai ser assim? Fui aprovado em um concurso público para não ter direitos e nem representatividade. Os salários estão vergonhosos,a situação humilhante, e agora até o presente momento, a única certeza que temos, são mais perdas e nenhuma compensação, pois as "vantagens" que podem advir do estudo feito para a reestruturação estavam tipificadas com o prefixo "poderá voltar"...."está em estudo"...
.. é para ficar motivado??

Léo disse...

Dizem que somos resilientes.Ou seja,aguentamos a trolha até o fim.E quando será o fim? Depois que eu tiver trabalhado 40 anos ,recebendo esse contracheque deplirá

Léo disse...

...Continuando...Até quando? até perceber que serviu por 40 anos a um país de comandantes omissos, políticos ladrões e não poder mais voltar no tempo.VENCIMENTOS ORDINÁRIOS É O NOSSO PRESENTE NO DIA DO EXÉRCITO!!!

Anônimo disse...

E nossos digníssimos generais, numa bajulação sem tamanho, ainda deram o "bastão de comando/varinha de condão" pro "drácula" bater em nossas cabeças. Pode isso, Arnaldo?

Anônimo disse...

Interessante, muito interessante este nosso EB.

O comandante fala em "aguda crise moral" no país e sente-se à vontade para entregar uma medalha ao apresentador sensacionalista Luciano Huck!?

Ora, qual o mérito desse senhor? Fazer duas ou três reportagens usando quartéis do EB?

E o que o programa dele faz? Sensacionalismo barato. Usando de pessoas simples e pobres, abusa de sua fragilidade momentânea e a troco de lhes entregar algum bem material expõe as suas intimidades até às entranhas para provocar uma emoção barata e efêmera e com isso cativar mais pessoas simples aumentando sua audiência e mantendo seus rendimentos milionários da publicidade em alta (lembrando que os rendimentos dele e da Globo).

Em resumo, Luciano Huck (e a TV Globo) ganham milhões de reais explorando a miséria alheia e nosso glorioso Exército de Caxias resolve lhe entregar uma alta comenda da instituição.

Pergunto: isso é moral? O comandante não está sendo hipócrita na sua Ordem do Dia?

A roubalheira dos políticos no Brasil começou assim, elogiando e recompensando exploradores da miséria alheia.

Eduardo disse...

Eu concordo com trabalho que vem sendo realizado pelo Sérgio Moro, mas, ele é meio estranho, não encara as pessoas, quando se fala com ele, ele olha para os lados, para o chão, não fixa o olhar em seu interlocutor. Deve ser muito importante ou se julga muita tampa de crush. Tenha mais humildade, meu prezado.

Anônimo disse...

O Huck honrado com medalha, feliz,
No peito do Guerreiro, só cicatriz

Léo disse...

Mudem ,atualizem seus títulos eleitorais.2018 vai chegar! Se quiser ter vencimentos decentes,Bolsonaro presidente!!!

Trago só Verdades doloridas disse...

Não trabalham. O que mais vc quer saber?

Trago só Verdades doloridas disse...

Concurso.

Anônimo disse...

Tchê, o guri é tímido.
E a mulher símbolo da justiça tem olhos tapados.
Hipo!

Anônimo disse...

Não gosto de generalizações... Sirvo em Brasília, faço TAF e não tenho nenhuma dessas medalhas; não sou "queimado" na OM, apenas não sou puxa-saco nem aceito vender minha alma em troca de uma missão.
Se tudo o que vc quer é estar em Brasília para ter a oportunidade de puxar o saco de algum Of Gen, saiba que não precisa ser peixe para servir em Brasília: bastar aceitar vir sem PNR!

Anônimo disse...

Eduardo, imagine estar na pele do Sérgio Moro: todo mundo, em qualquer local que ele vá, fica tentando tirar foto com ele pra postar por aí é tirar proveito da imagem dele, dizendo que são "melhores amigos", "#tamojunto", etc.
Se ele sorrir, dirão que é um ato de promiscuidade; se não der muita atenção, que é arrogante!
Creio que como forma de defesa ele apenas tente demonstrar certo distanciamento dos seus interlocutores...

Anônimo disse...

Eu me pergunto todos os dias por que as forças armadas valorizam mais os de fora do os da casa? É muito comum ver artistas, políticos, etc sendo agraciados com medalhas. A exceção do Juiz Sergio Moro, que realiza um excelente trabalho na lava a Jato, o que os demais fizeram por este país que qualquer um de nós militares não tenha feito ou faça? Sou militar a 17 anos e só recebi minha medalha de 10 anos quando já tinha 14 anos de casa, e ainda assim precisei pedir. É uma vergonha!!!

Diego H disse...

Moro se canditatar não voto no Bolsonaro...

Anônimo disse...

Faço aqui a mesma provocação que fiz na outra reportagem. Será que o Juiz Moro teria a mesma "bravura" nas décadas de 60,70 e 80? Será que teria coragem de decretar uma condução coercitiva de um ex-presidente general ou de grampear um presidente general em pleno exercício do poder? Antes de me chamarem de "petralha" ou "comuna", sou apenas um Subtenente que está fazendo uma conjetura histórica. Será que Moro seria condecorado ou cassado pelos seus atos?
Vamos aos fatos que me levaram a pensar assim:
"É desta época a cassação de vários juízes. Talvez o primeiro caso tenha sido o do juiz de Direito José Francisco Ferreira, da comarca de Pacaembu (SP), que no dia 31 de março de 1964 mandou hastear a bandeira do Brasil a meio-pau no fórum. Entre tantos, a cassação do desembargador Edgard Moura Bitencourt (TJ-SP), autor do excelente livro O Juiz, do grande José de Aguiar Dias (TJ-DF, então no RJ), autor do ótimo Da Responsabilidade Civil e do juiz federal Américo Masset Lacombe, de São Paulo, que foi preso, cassado e voltou, anistiado, à magistratura, onde chegou à presidência do TRF-3." -
O Poder Judiciário brasileiro no regime militar

Brasil, democracia acima de tudo!

Anônimo disse...

Calma pessoal, já está previsto para o segundo semestre/2017 a criação de uma vez só de mais 02 medalhas para o pessoal do exército: a medalha militar de diamante 40 anos de serviço e a medalha 04 capacetes para os que servem em OMs corpo de tropa, ou vocês acham que a SEGEx brinca em serviço.
Quanto à previdência se o texto não chegar no senado já garantido que não sofrerá alterações e que será votado, preparem-se para a idade mínima de 55 anos.

Anônimo disse...

Se estah em Brasilia e nao serve no QG vc eh um fraco! Pare de mimimi...

Anônimo disse...

Os policiais, defendidos pelos sindicatos, se rebelaram e quebraram as vidraças e partiram para a violência. Ficaram nos 55 anos com salário integral. Adivinhem quem vai pagar o pato e trabalhar mais para compensar?? Infelizmente,no Brasil, os parlamentares só fazem a coisa certa, quando as classes se rebelam e partem para o enfrentamento. Exemplos não faltam.

Anônimo disse...

O que esse tal de Luciano Hulk fez pelo EB?
O cara estava respondendo processo no Rio por crime ambiental, fez acordo milionário para arquivá-lo!
Enquanto isso diversos militares com suas famílias vão para as fronteiras e PEF do Brasil à fora e não recebem nem a Pacificador, que dirá a OMM.
Um desistímulo para os integrantes da Força.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics