11 de agosto de 2017

Tenente que liderava grupo de militares que entregou jovens a facção rival vai a júri

26 comentários:

Anônimo disse...

Aleluia. O STM bem que tentou abafar o processo...Esse não tem defesa. Homens de bem não fazem acordo com traficante. Homens de bem não apertam a mão de bandidos, em hipótese alguma.

Anônimo disse...

Acho interessante deixar militares das forças armadas serem processados pelo sistema juridico civil Federal, Para que serve o Supremo Tribunal Militar? Outra coisa o ten deve ter tomado esta iniciativa em virtude de que no Brasil o bandido tem mais valor do que a pessoa de bem. Os bandidos são presos mas a lei é branda o bandido ao invés de ser preso é solto para continuar fazendo bandidagem. Arrego há uma inversão de valoreS. O Ten deve ter ficado chateado por ter sido insultado e desrespeitado e até quem sabe ser prometido revanche por parte do bandido e por temer a revanche tomou tal decisão. Do jeito que está, não dá para ser militar das forças armadas quando não se tem apoio nenhum quando se toma uma decisão. O caso dos bandidos ao se colocar forças armadas para atuar é caso de guerra e em caso de guerra o militar está protegido quando tomar decisão de matar ou para não sujar as mãos faser o que fez.

Anônimo disse...

Que sirva como exemplo.O pior marginal é o que se esconde sob o manto de autoridade.

Anônimo disse...

Não apertam mão de criminosos...nem soldado, nem tenente, muito menos general.

Anônimo disse...

E a "Justiça Militar"? Naaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaada!

Anonimo disse...

Governo colocou o exército pra fazer segurança de obra,desviando totalmente da atividade fim, nessa situação o tráfico não parou no morro e a população de bem cobrava do exército atitude, pois é dever do militar atuar se presenciar algo ilícito,acabou que a segurança da obra ficou em segundo plano, não justifica claro querer fazer justiça com as próprias mãos, enfim tudo isso seria evitado se não inventassem de empregar o exército pra fazer segurança de obra.

Anônimo disse...

Sabe nada inocente. Dê seu nome para passar seis meses patrulhando esses bairros

Depois vaí dar opinião.

Todos os dias eles se exterminam , mas o EB tem altíssima credibilidade, isso incomoda pessoas.

Anônimo disse...

De carreira, QAO ou temporário?

Anônimo disse...

Recém formado na Academia Real ( AMAN, porém faço uma resalva.
O depoimento dele falando que pediu para dar um susto...., sinceramente nos meus mais de 20 anos de EB, digo que isso é um caso isolado. Os Oficiais saem dos seus centros de formação muito donos de si, com o rei na barriga, humilhando e destratando muitos 1o Sgt e Sten velhos de caserna. Porém cabe resaltar que quando eu era 3o Sgt não existe internet ou celular, e uma coisa que aorendi é que em paisano não se toca, não se xinga e muito menos leva para dentro do quartel. Hoje graças a Deus sou da reserva, passei para o cargo deAuditor da Receita e posso dar tudo para meus filhos...enfim...caberia nesse caso ele não ter tocado no sujeito, apenas solicitar para o soldado proceder se fosse o caso a revista e liberar dizendo uma boa noite, pois é assim...quem mora em comunidade já tem a sua luta diaria complicada e o pessoal que é militar é que mais sofre com as leis, pois vem com todo rigor...a familia sofre, até a familia...desse tenente esposa e filha...dificil. Eu juro que tinha horas que evitava até falar com soldado, falava com educaçao, muito dificil. Os sargentos tristes com esxala de serviço, eu elogiava e evitava criticar....salario baixo. O oficial que tem salario bom ...começa com 6.0000 que nem um subtenente ganha....a promoçao do praça é regulada por lei e a depraça por portaria muda o tempo todo. Fica a dica: Nao humilhe mais o praça do que ele já é...cheio de emprestimos, nao toque no civiç e nem coloque dentro de viatura ou caserna pois cheira a confusao. O Praça ganha muito pouco e o ofcicial hoke é o psicologo da coisa !

Anônimo disse...

Tenente, não. Bandido.

Anônimo disse...

O tenente em questão descumpriu uma ordem direta do Capitão chefe da operação. Faltou com a verdade dizendo que iria liberar os marginais. Depois abandonou o posto para levá-los para outro morro. Apertou a mão de um traficante que matou os 3 marginais após intensa tortura.
Depois ficou meses foragido da justiça até que se entregou alegando insanidade, o que foi apontado por laudo neuro-psiquiátrico da UFRJ como produção VOLUNTÁRIA De sintomas, após ter o julgamento congelado por 5 anos. Fora isso, quase prejudicou seus subordinados que não tiveram escolha a não ser cumprir essas ordens absurdas. Seu auxiliar, um sargento, também está tendo que responder por tudo isso.
Você ainda tem coragem de defender um indivíduo assim?
Ainda acha que que problema aqui é falta de credibilidade?
Já patrulhei muito meu filho. Por muito mais que 6 meses.
Nunca expus meus subordinados a uma situação em que eles pudessem ser prejudicados. Ato covarde, não pelos marginais mortos, mas pela falta de hombridade.

Anônimo disse...

Se você tivesse lido a CF, Art. 5, veria que todos os crimes dolosos contra a vida seriam julgados pelo tribunal do júri.
STM só julga crimes militares. Homicídio doloso não é crime militar. Abandono de posto, que prescreveu, sim.
Seria estranho um Tribunal composto por Generais (não é preciso nem ser bacharel em direito) julgasse um crime desse por parte de um ex-subordinado.
As Polícias Militares também enfrentam os tribunais do júri. Todos os dias. E ninguém acha interessante.

Anônimo disse...

Leia os depoimentos dos soldados envolvidos que irá ver que sim. Dizem até que um dos traficantes fora amigo de infância do tenente. Mas isso é especulação. O aperto de mão seguido de um "valeu" consta nos autos.

Anônimo disse...

Deixou prescrever para crime Dr abandono De posto...

Anônimo disse...

Concordo com vc. Mas no caso, foi mais orgulho ferido por não aceitar levar desaforo pra casa. Na minha opinião, faltou o Capitão chefe da operação ter conduzido os criminosos pra Delegacia de Polícia por desacato. Teria evitado tudo isso, inclusive teria dado escopo pra abordagem só tenente. Regra número 1 na Polícia: " Algemou, leva pra DP. Vai até o final".
Se você algemar e liberar depois, vai parecer que recebeu propina pra soltar ou, se acontecer qualquer coisa com os que foram liberados, vai sobrar pra vc.
Leva pra DP e larga na mão da Civil. Sua parte vc fez.

Anônimo disse...

De carreira. Infantaria. Tem vídeo dele pagando o maior embuste na Operação Mega. Não acordou a tempo pra vida real

Anônimo disse...

Como o Brasil não tem mais jeito mesmo vou opinar só por opinar, porque na verdade assim que passar para a reserva vou meter o pé pra Portugal, não dá para viver num país em que vc não tem o direito de ir e vir e ficar assistindo milhões protegendo essa raça de marginais.
Vcs já repararam que bala perdida, operações em favelas, corpos..etc..etc..etc é só com ESTUDANTES???? Eu queria saber onde estão os bandidos e marginais desse país, porque só morrem estudantes nessas comunidades, incrível...O ato do Tenente é simplesmente o q pensam todos os cidadão de bem, ou seja, MENOS TRÊS!!!!!

Anônimo disse...

Jovens ... para dar uma conotação de coitadinhos. Jovens é o c. Eles já te matam, estupram, cometem crimes. Errou o tenente, com certeza. Mas dizer a Globo News que eram jovens, no sentido de coitadinhos, faz-me o favor né.

Anônimo disse...

Uai ! Cadê os comentários dos militares do quartel que ele servia e de onde ele ta preso ? Omissos ?

Anônimo disse...

Percebo que muitos que comentam o fazem sem noção. Até tive um que perguntou se era qao ! Então não viu o vídeo e a cara do tem. Putz !

Anônimo disse...

Comentarista ! Cadê o vídeo do embuste ? Manda ai.

Anônimo disse...

O Tenente é de carreira... Da AMAN. Teve gente daqui torcendo para ser "temporário", só para meter o cacete no sujeito e xingar todos os "temporários".

Anônimo disse...

Não justifica o que o Tenente fez, sabia que estava errado, optou por tentar a sorte, agora tem que ser homem para assumir as consequências, a Lei é dura mas é a Lei, tá errado, tá errado, nada que foi dito justifica, o ato covarde do Tenente.

Anônimo disse...

Realmente se fosse temporário, estaria escrito no título da reportagem em letras garrafais
Mas como era da Aman, local de produção de semideuses e pessoas acima do bem é do mal, porque não se escreve lá que foi um tenente de CARREIRA que fez a cagada?

Anônimo disse...

De AMAN? Não creio. Ué, na cabeça dos leões de alojamento quem é de carreira nunca erra, não toma fatd. Estou assustado com a notícia.

Anônimo disse...

E se os jurados forem Cristãos que receberam o mandamento de amar o inimigo?

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics