31 de agosto de 2012

Dias Toffoli x Luiz Fux: que País é este?

O aluno reprovado Toffoli tentou dar aula ao professor emérito Luiz Fux

Carlos Newton
Toffoli, a ignorância envaidecida
Foi uma aula de direito às avessas. Todo enrolado, sem saber o que dizer, fazendo pausas intermináveis, o ministro Dias Toffoli deu um voto destinado a ficar na História, mas às avessas, para que os alunos de Direito assistam diversas vezes e aprendam como não se deve proceder ao ocupar uma caderia na mais alta corte de Justiça.
Ficou mal para ele e pior ainda para quem o conduziu até essa investidura. Sua nomeação para o Supremo mostra que, em seu permanente delírio de grandeza, Lula acabou perdendo a noção das coisas. Fez um bom governo, foi o primeiro operário a chegar à presidência da República de um país realmente importante, pelo voto poder, tornou-se uma festejada personalidade mundial, mas o sucesso lhe subiu à cabeça, começou a fazer bobagens, uma após a outra.
Lula poderia ficar na História como um dos mais destacados líderes da Humanidade, mas não tem a humildade de um Nelson Mandela nem o brilho de um Martim Luther King. Suas tiradas acabam soando em falso e os erros cometidos vão se avolumando.
Dias Toffoli foi um dos maiores equívocos cometidos pelo então presidente, que sempre se orgulhou de jamais ter lido um só livro. Desprezando o sábio preceito constitucional que exige notório saber jurídico, Lula nomeou para o Supremo um advogado de poucos livros, que por duas vezes já tinha sido reprovado em concursos para juiz.
O resultado se viu no julgamento de segunda-feira. Todo atrapalhado, Toffoli não sabia quando estava lendo alguma citação ou falando por si próprio. O mal estar no plenário foi num crescendo. Os outros ministros já não aguentavam mais tamanha incompetência. Toffoli não se comportava como um magistrado, que necessariamente tem de examinar os argumentos de ambas as partes. Limitava-se a citar as razões dos advogados de defesa dos réus, sem abordar nenhuma das justificativas da Procuradoria Geral da República ou do relator.
Ainda não satisfeito com essas demonstrações de inaptidão e de parcialidade, Dias Toffoli resolveu inovar. De repente, para justificar seu papel grotesco, proclamou que a defesa não precisa provar nada, quem tem de apresentar provas é a acusação. Fez essa afirmação absurda e olhou em volta, para os demais ministros, cheio de orgulho, como se tivesse descoberto a pólvora em versão jurídica.
Os demais ministros se entreolharam, estupefactos, e Luiz Fux não se conteve. Pediu a palavra e interpelou Toffoli, que repetiu a burrice, dizendo que não cabe à defesa apresentar provas, isso é problema da acusação.
Infelizmente, a TV não mostrou a risada de Fux, considerado um dos maiores especialistas em Processo Civil, um professor emérito e realmente de notório saber.
Até os contínuos do Supremo sabem que as provas devem ser apresentadas tanto pela defesa quanto pela acusação, mas na faculdade Toffoli não conseguiu aprender nem mesmo esta simples lição. É um rábula fantasiado de ministro, uma figura patética.
TRIBUNA DA INTERNET/montedo.com

Comento:
Pára o Brasil, que eu quero descer!

16 comentários:

Anônimo disse...

TCHÊ MONTEDO, O QUE PODERÍAMOS ESPERAR DE UM PRESIDENTE SEMI-ANALFABETO? O SEU AFILHADO, MINISTRO DIAS TOFFOLI, ESTÁ DE ACORDO COM ELE, LULA. ASSIM COMO O PADRINHO LULA, DIAS TOFFOLI TAMBÉM NÃO FOI BOM ALUNO.
E O PIOR É QUE ESSE ANALFABETO JURÍDICO, QUE AINDA É UM JOVEM, VAI PERMANECER NO SUPREMO FAZENDO M... ATÉ OS SETENTA ANOS E NÓS SEREMOS OBRIGADOS A AGUENTÁ-LO. BEM FEITO PRA QUEM VOTOU NO TORNEIRO MECÂNICO(QUE NUNCA TRABALHOU) PARA SER PRESIDENTE DESTE PAÍS.

MONTEDO DEP FEDERAL RS 2014

BOCA-BRABA

Anônimo disse...

Num País de instituições democráticas frágeis como o nosso, ficar a cargo do Chefe do Executivo indicar ministros do STF é uma temeridade (vide Chávez na Venezuela e Cristina na Argentina).
Se os poderes são independentes, o próprio JUDICIÁRIO deveria indicar os ministros do STF através de votação em lista tríplice.

Anônimo disse...

Montedo! Será que a população atravez de abaixo assinado pederia tirar esse "Ministro" da suprema côrte do país? Como foi feiro com a ficha limpa.
1º Sgt passando fome.

Anônimo disse...

Vejam senhores, a que ponto chegamos... O poder público, a essência democrática, agora serve descaradamente ao interesse particular e ao projeto de prmanência n poder de um partido que optou por inebriar as camadas menos esclarecidas da população com migalhas que parcamente as alimentam, fazendo-as apenas subsistirem para votarem nas próximas eleições.
Homens e mulheres alçados aos mais altos cargos da República se vendem descaradamente, rifando suas consciências somente para terem a oportunidade de rapinar o erário.
Mas vejam, que o Brasil evolui cada vez mais sua consciência política, exemplo disso é o fato de nós brasileiros conhecermos os ministros da mais alta corte pelos seus nomes. Já é um avanço para um país que até pouco tempo só conhecia presidentes-generais...

JORGE disse...

Eles ser um analfabeto jurídico não me surpreende, o pior é saber que a moral dele e o seu caráter são piores que sua incompetência, visto que não teve a mínima ética em se declarar impedido de votar o caso (mensalão). Seu voto foi motivo de piada entre os demais ministros do STF,tamanha era a sua fraqueza intelectual e técnica visto as barbaridades que ele disse. E como escreveu o companheiro acima, teremos que aguentar esse lixo no STF fazendo m... até os setenta anos.Brasil, o país das bananas, e da piada pronta.

Corneteiro Lopes disse...

"O Brasil não é um país sério" - Charles DeGaulle

Anônimo disse...

Esperar o que de um advogadozinho de sindicato dos petralhas, reprovou em exames para a magistratura, de baixo saber juridico, como seu padrinho apedeuta, é isso que os petralhas querem no supremo, juizes para votarem politicamente com o PT, é nojento ver isso na nossa mais alta corte da justiça.

Anônimo disse...

O que Lula fêz(entre inúmeras bobagens)foi colocar o chapéu do tabaréu em Toffoli,e retirar a toga do STF e vestí-la no tabaréu.
Outros micos virão do jovem ministro de Lula.Quem viver,verá!
Estamos em um país "aparelhado" por subservientes da pior espécie.

Anônimo disse...

Ele, Toffolli, não está errado, a prova deve ser apresentada por quem acusa. Existe um princípio constitucional de presunção de inocência que assim diz. O Fux falou bobagem quando disse que o acusado tem que provar não ter feito tal coisa. Isso se aplica ao processo civil, matéria da qual é mestre renomado.

Anônimo disse...

Se o Brasil evoluiu "sua consciência política" por conta de conhecermos os ministros do STF por seus nomes,nomes e atitudes como as de Toffli envergonha a suprema corte e a deprecia.
O que realmente o (des)governo aí instalado(ainda que legitimamente)está fazendo é se alimentando da fome do povo para se perpetuar no poder,pois este é o seu estilo.
O Comunismo se alimenta da fome,a Democracia, de pão.

Anônimo disse...

Esse vivente ainda se diz ministro, pior que tem outros que se diezem presidentes.

Anônimo disse...

Cara, no caso do Toffoli é como dar de presente o posto de General-de-Exército a um Soldado recruta! Boa coisa não sai daí!

Anônimo disse...

Na minha opinião, os petralhas querem, com atos ridículos como a nomeação desse ministro, gradualmente solapar as instituições para torná-las insolventes. O critério de nomeação para essa Corte Suprema devia ser totalmente reformulado. Não foi feito para resistir a partido revolucionário no poder.
Gaúcho Anônimo.

Anônimo disse...

O cara realmente é muito treva.

Anônimo disse...

Raro, toda turma tem um...

Anônimo disse...

Estamos nos esquecendo que devemos nos referir a ele como Sua Excelência.
olêlê, olálá
eu quero tchã
eu quero tcha

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics