28 de julho de 2011

SOLDADO DA FAB É BRUTALMENTE ESPANCADO NO RJ

Soldado é espancado ao sair de festa e polícia suspeita de milícia

Carolina Heringer (carolina.heringer@extra.inf.br)
A vida da família Campos sofreu uma reviravolta há cerca de dez dias, quando o caçula Felipe, de 21 anos, foi internado no Hospital da Aeronáutica, na Ilha do Governador. Felipe não sofre de nenhuma doença. Ele foi espancado por um grupo de rapazes ao sair de uma festa, no último dia 17, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. A polícia investiga denúncia de familiares de que o bando é ligado a um grupo de milícia.
Desde a agressão, a mãe, o pai e o irmão do jovem deixaram para trás emprego e estudos para se dedicarem integralmente à recuperação de Felipe, que está internado no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do hospital. Ele teve várias fraturas na face, além de escoriações pelo corpo, e chegou a ficar uma semana em coma induzido. Antes da agressão, Felipe levava uma vida tranquila, era soldado da Aeronáutica há três anos e estudava ciências contábeis.
Não podemos deixar essa covardia impune
Segundo o pai de Felipe, José Campos, os agressores teriam tentado invadir uma festa em que o rapaz estava. O pai conta que o filho ajudou a dona de casa e os expulsou do local. Por isso, ao deixar a festa, teria sido agredido pelo grupo, durante cerca de meia hora. Abalado, José quer Justiça:
- Não podemos deixar essa covardia impune.
O caso está sendo investigado pela 54ª DP (Belford Roxo).

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Real Time Web Analytics