6 de agosto de 2017

Comandos anfíbios: a elite da elite!

22 comentários:

Anônimo disse...

Só se for só no Brasil, pois esta muito longe dos SEALs e de outras forças de elite do mundo. Esta muito atrasado em suas tecnicas.

Anônimo disse...

Furada. Qual a vantagem (no singular) ?

Anônimo disse...

Parabéns aos camaradas que tem coragem de enfrentar desafios. Quem vem aqui no blog fazer comparação com outras tropas, deve ser milico de escritório. Normalmente são aqueles que sempre se esconderam de missão.
Parabéns aos COMANF!
AD SUMUS!

Anônimo disse...

A Marinha e o CIGS estão com a mentalidade um pouco atrasada, para dizer o mínimo. Não é nada contra o combatente, entendam bem. Em outros lugares já se treinam técnicas modernas adequada ao século que vivemos. Mas se, fanáticos quiserem continuar com a ideia que a seleção brasileira é a melhor do mundo, inclusive acreditando no que dizem nossos adversários, (é sim a melhor!), dirão eles: Melhor pra nós!...só que a guerra não se toma sete e vai a festa...o preço é alto.

Anônimo disse...

Falou o especialista em nedegas com coisa nenhuma!

Anônimo disse...

Curso rala peito de exército de 3º mundo. Uma força com poder de combate e defesa territorial necessita de recursos financeiros, armamento de ponta, satélites, artilharia antiaérea, força aérea e marinha aparelhadas, não bravatas, brevês e combatentes mal-trapilhos com armamento obsoleto que aprenderam a tomar tapa na cara. A sociedade e os tempos mudam, as táticas de combate também, portanto acho que as forças armadas também deveriam evoluir. Aprendam com os especialistas, americanos, franceses e ingleses que estão em guerra desde o Séc 18, enquanto as forças armadas brasileiras se preocupam em correr em forma cantando canções e matar mosquitos.

Anônimo disse...

E o salário?

Anônimo disse...

Muito sacrifício para tão pouca contrapartida.

Anônimo disse...

Você deve estar no ar condicionado, fora da escala de serviço.

Exército, excesso de quartéis e de militar reclamao.

Melhor uma tropa menor e mais especializada.

Você deprecia o militarismo


Anônimo disse...

Só quem é , sabe.
Muitos querem.

Anônimo disse...

http://www.amambainoticias.com.br/brasil/cerimonia-da-troca-da-bandeira-sera-realizada-neste-domingo-6-em-brasilia

Anônimo disse...

06 Ago 17 ==> Cerimonia da troca da Bandeira na Praça dos 3 Poderes ( Video )

https://www.facebook.com/AgoraNoPlanalto/videos/vb.199126586891882/961709173966949/?type=3&theater

Anônimo disse...

Forças especias defasada, com treinamentos desnecessarios e ultrapassados. Onde o objetivo não é aprender e sim só ralar a carcaça e sugar o aluno. Ser elite não é só ter preparo fisico e sim conhecimento.
O Brasil tem que aprender muito com os paises estrangeiros no que se refere a comandos e comandos aereos e comandos anfibios.

Anônimo disse...

Na mosca...tudo pra chegar no Rio e render menos que um PM barrigudo, que troca muito mais tiro sem ter ralado a barriga no chão.

Anônimo disse...

Embuste retrógrado.

Só andam... andam ... andam com peso igual mula. Enquanto isso, a familia fica largada e de repende recebe o militar inválido, com os joelhos ou coluna destroçada.

Cadê a vantagem financeira para a familia ?

Ainda bem que tem os voluntarios, senão nos escalariam nessa furada total.

Anônimo disse...

Qual a vantegem, me digam !

Omilitar faz esses tipos de cursos, ai quer ser trnasferido para a sua cidade natal ou para uma GU que atenda a sua familia, e não pode, ficando nessas OMs a vida toda ou seja no Rio ou Goîania ou Manaus.

Já conheci militar FE que estava no RIO a 20 anos e não conseguia voltar pra sua cidade ou região.

Vai entrar nessa fria ?

Anônimo disse...

PNR em campo grande

Anônimo disse...

20% do pqd e maut

Anônimo disse...

Ninguém que se propõe a fazer um curso de tamanha abnegação, sofrimento e etc, o faz visando pecúnia... É outro nível esse pessoal... Parabéns àqueles que o cursaram, cursam ou pretendem fazê-lo... São diferenciados por natureza. Receberão aquilo que muitos certamente não têm: respeito próprio. Minha mais vibrante continência à todos.

Anônimo disse...

Não entendi o amigo anônimo das 11:59, não viu a reportagem? não viu que além de bancar o Rambo do 3º mundo, falaram em "gratificações"...Quanto ao respeito próprio, nas FFAA não existe isso meu amigo! o segundão vai ralar e em uma operação conjunta vai ser chamado no "acelerado" por um menino do peito mais liso que bunda de criança...e não vai pra ver! Está aí o respeito próprio? ou treinar a parte física e técnicas do combate moderno, recebendo um soldo compatível com sua responsabilidade e perícia em uma FFAA enxuta e profissional não lhe apetece? então...

Anônimo disse...

E usando o conhecimento é que se fabrica o fuzil.

Anônimo disse...

Então o governo pode tirar o salário deles, que eles não vão reclamar.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics