6 de fevereiro de 2017

"O que a Nação deseja de seus cidadãos fardados: profissionais militares ou milícias?", questiona o Comandante do Exército

Publicação original: 04/02 (08:28)
Finalmente, uma manifestação clara, objetiva e contundente do Comandante do Exército.
Parabéns, General!

A Nação e seus militares
Nas reformas em curso, faz-se necessário não desfigurar a essência de nossas Forças Armadas
Eduardo Dias da Costa Villas Bôas*
A sociedade brasileira já percebeu a necessidade de uma bem estudada reestruturação econômica em nosso país. Para tal esforço a equipe técnica do governo especificou medidas imprescindíveis para equilibrar as contas públicas.
Contudo, do que se pode concluir da “guerra de versões”, alimentada ao sabor de vários interesses, se aquelas ações não forem calibradas e justas, os resultados serão desastrosos para as nossas Forças Armadas. Parcela significativa da população – e até mesmo dos formadores de opinião – desconhece tanto o funcionamento dos regimes de Previdência quanto os principais aspectos discutidos na reforma ora em gestação.
Acende-se o alerta de que é impositiva uma acurada atenção da parte dos mentores das mudanças para evitar que, na ânsia de proceder à correção de rumos e à supressão de “privilégios”, cometam injustiças, por ignorarem as peculiaridades espartanas da profissão militar, que possam vir a descaracterizar ou até mesmo tornar inviáveis a Marinha, o Exército e a Aeronáutica.
As Forças Armadas são instituições permanentes de Estado, que exigem dos seus quadros requisitos que extrapolam meras relações trabalhistas entre empregador e empregado e caracterizam a essência da profissão militar: servir à Nação, sem nenhuma contestação. Essa relação da sociedade com os seus militares é uma espécie de “contrato social”, no qual fica acordado que as restrições de direitos – às quais aderem os militares – são recompensadas com a devida proteção social que lhes confere a Nação.

"O que a sociedade deseja de seus cidadãos fardados: profissionais militares, com prontidão, motivação e dedicação exclusiva, ou milícias, cuja disponibilidade permanente à Nação ficaria limitada por direitos individuais regidos por legislação trabalhista ou conchavos espúrios?"

Importante destacar que, nas discussões que tomam conta do País, os militares não se utilizam das peculiaridades da carreira para “ameaçar” a sociedade e assim obter tratamento temperado por “regalias”.
Nas distantes fronteiras do País, encontramos os militares. Na pacificação das comunidades no Rio de Janeiro, ali estão os militares.
Na guarda das urnas eleitorais, eis os militares. Nas ações governamentais de defesa civil, nunca nos faltam os militares. Na distribuição de água, no Semiárido nordestino, e no combate ao mosquito Aedes aegypti nos deparamos com os militares. Na segurança dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, ali estavam os militares. No apoio à população do Haiti, lá nos representam nossos militares.
Sentimos muito orgulho de atuar sob quaisquer circunstâncias. É missão, estamos prontos! Tem sido cada vez mais frequente o clamor da sociedade por seus militares, por sua capacidade de pronta resposta, pela disciplina e pelo espírito de cumprimento do dever.
A dedicação integral e exclusiva ao serviço impede-nos de exercer qualquer outra atividade profissional. Se comparados com outras carreiras típicas do Estado brasileiro, é fácil notar que dependemos, há tempo, de soldos incompatíveis com o que o dever nos exige em termos de dedicação e de responsabilidade.
Pouco conhecido do público é o fato de que, ao final da carreira de 30 anos, quando transferido para a inatividade, as horas trabalhadas pelo militar equivalem a 45 anos, se comparadas às de um trabalhador civil. Isso se deve à realização de atividades de adestramento e operações continuadas, além dos serviços de escala de 24 horas, seguidas de expediente no dia posterior, inclusive em fins de semana e feriados, tudo isso sem os conhecidos direitos sociais e trabalhistas legalmente concedidos aos trabalhadores das outras classes, tais como o adicional de periculosidade, o FGTS e as horas extras.
Ressalta-se que o militar não pleiteia esses direitos, pois são incompatíveis com as exigências legais da “carreira das Armas”. O mais importante é cumprir o juramento do soldado perante a Bandeira Nacional: “Dedicar-se integralmente ao serviço da Pátria e defendê-la com o sacrifício da própria vida” – por esse compromisso não há preço a pagar.
No entanto, é mister perguntar: a sociedade aceitaria que um militar não se apresentasse para uma missão sob a alegação de que “está na folga”, após o serviço? A sociedade estaria disposta a “pagar horas extras” pelo emprego continuado, nas missões de garantia da lei e da ordem? Logo, é impróprio entender como “privilégio” o que, na verdade, é um cerceamento de direitos e uma imposição de deveres.
Os militares já contribuíram, pesadamente, para o esforço de redução de custos do Estado. Em 2001 foi realizada ampla “reforma” no sistema de proteção social dos militares das Forças Armadas. Naquela ocasião, vários direitos foram suprimidos, tais como o adicional de tempo de serviço, as licenças especiais e a pensão para as filhas.
Essa discussão deve ser mais aprofundada e não se restringir a uma questão numérica de simples redução de custos. Ela deve incluir, como questionamento, o que a sociedade deseja de seus cidadãos fardados: profissionais militares, com prontidão, motivação e dedicação exclusiva, ou milícias, cuja disponibilidade permanente à Nação ficaria limitada por direitos individuais regidos por legislação trabalhista ou conchavos espúrios?
Os argumentos apresentados ao longo deste artigo podem parecer ideias exclusivas do estamento militar. Não é verdade! Em recente trabalho realizado pela Fundação Getúlio Vargas – e não se pode duvidar do reconhecimento acadêmico e da isenção dessa instituição – ficam claras as especificidades da nossa carreira e as razões para que não se mesclem argumentos de ordem econômica com a defesa da sociedade brasileira, à qual servimos.
Neste momento crucial, em que a Nação busca mares calmos e bons ventos que a levem a porto seguro, faz-se necessário que o Estado e a sociedade procedam à urgente e inadiável equalização das contas públicas e, simultaneamente, ponderem acerca de não desfigurar a essência das nossas Forças Armadas e de não ferir de morte a alma de seus militares, o que – livre-nos Deus – seria inaceitável.
* COMANDANTE DO EXÉRCITO BRASILEIRO
O Estado de S.Paulo/montedo.com

207 comentários:

1 – 200 de 207   Recentes›   Mais recentes»
Anônimo disse...

Muito bom comandante. Gostei da última frase..... SERIA INACEITÁVEL...., O recado está dado.

Anônimo disse...

Entendi, contra os direitos individuais e trabalhista ele esbraveja! Pois com esses direitos estendidos aos militares, não poderá servir se do trabalho escravo, que ocorre na força! Entendeu quem é nosso inimigo ou precisa desenhar?

Unknown disse...

VAMOS VER SE A SOCIEDADE SE ATENTA A ESSAS PALAVRAS E ENXERGUE A REALIDADE DO MILITAR.

MESSIAS DIAS disse...

Senhor Montedo, bom dia.

Excelente mensagem do Comandante do Exército. Clara, precisa e concisa.

Até certo ponto um recado (ameaça) contundente ao governo e aviso (alerta) a nação brasileira.

MESSIAS DIAS disse...

Montedo, porém por sua vez repito:

"O que nossas esposas e filhos esperam de nós é a educação, saúde, segurança, lazer e, sobretudo, alimentação (campo material). Pouco os interessa qualquer promessa nossa sem obras. Como dizia o Apóstolo João, para mostrarmos a nossa fé com obras, pois pouco interessa ao necessitado ou desesperado (momento atual dos militares), palavras e mais palavras, promessas e mais promessas.

No momento, é justamente isso o que esperamos de quem nos Comanda, quer seja, Marinha, Aeronáutica e Exército. Pouco nos interessa, como buscarão convencer e conseguir, não deixar que ocorra a "derrocada final dos militares".

MISSÃO! A que nos é dada (militares) é cumprida e, lembrem-se, quando isso ocorre, o maior sacrifício são dos da ponta da linha, ou seja, os Praças, pois irão executar fisicamente, os que os doutos pensadores militares aceitaram, quer seja: segurança pública, presídios, dengue, obras públicas, calamidade pública, apoio a saúde... Acho até que, se os Garis entrarem em greve, vão mandar os nossos especialistas soldados e cabos e, se não for suficiente, sargentos e subtenentes.

Então, não nos venha com aquelas frases prontas, de que todo o esforço foi feito e de que tudo o que se pode fazer foi realizado. NÃO. VERDADEIRAMENTE NÃO ACREDITAREMOS. Principalmente, quando após uma derrocada, como ocorreu na MP do Mal em 2001, vimos a manutenção de cargos e salários dos nossos maiores chefes.
Esperamos que agora sejam de fato COMANDANTES".

"PROMESSAS NEM SEMPRE SÃO SINCERAS, QUASE NUNCA SÃO"

Anônimo disse...

Posso parecer ingênuo, mas confio que o Cmt EB está fazendo o máximo possível para minimizar os danos que alguns membros do governo querem nos impor. Falo isso por ter sido comandado por ele em outras épocas.

Anônimo disse...

ADSUMUS

Anônimo disse...

Hum ...até agora caladinho, mas falou em direitos aos militares, aí não pode!

Anônimo disse...

Boa tarde. Hora de lotar a caixa de entrada dos e-mails dos Deputados e Senadores nos posicionando contra essa reforma do nosso Sistema de Proteção Social. Cada militar, esposa, filhos, pais, avós, amigos e círculo de influência entrem em contato com os parlamentares de seus respectivos Estados de forma a abranger todo o Legislativo.

Anônimo disse...

Tenho mais de 20 anos de Exercito e nunca vi um Comandante falar assim...apenas vi para mandar fazer faxina final de semana para passagem de Comando ! Quero ver agora o BICHO VAI PEGAR ! Isso que é atitude ! Nosso "sindicato" é a força dos nossos Generais !!!

Anônimo disse...

Até que enfim o senhor falou! Demorou ,mais após as pressões interna, o senhor falou!Peço agora ao senhor que junte os 3 comandantes da força e dê uma declaração em conjunto ! Não é motim nem insubordinação , é a nossa necessidade e de nossas famílias ! Horrível quando vemos uma senhora intitulada, jornalista Miriam leitão , bater e não ter ninguém que nos defenda.Que o pai celestial nos abençoe a todos.

Anônimo disse...

Disse tudo, agora sim isso é para o governo ver que nao vamos nos calar.

Anônimo disse...

Muito bom Comandante!!! um cala boca para aqueles revoltosos que estão na ativa travestidos de militares que adoram apontar o dedo para criticar ferozmente o Exército, pois com certeza, não sabem a essência do que é ser militar.

RAIMUNDO JEDEÃO SOUSA DE MENESES disse...

Meus parabéns ao Exmo. Sr. Cmt do Exército pela coragem moral e contudencia na argumentação.

É isso que se espera dos nossos Cmt's em todos os níveis das frações constituídas.

Com aquelas palavras do Gen VILLAS BOAS, simplesmente fez história e demonstrou preferir defender a Força mesmo expondo-se a uma exoneração com a perda de todas suas benesses...

EXEMPLO A SER SEGUIDO COM CLARA DEMONSTRAÇÃO DE LÍDER E NÃO SIMPLESMENTE UM CHEFE.

Att,
1° Sgt Jedeão / CFS 2000

Brasil disse...

É a primeira vez que vejo o Comandante do Exército se manifestar de maneira contundente e lúcida sobre o nosso futuro. Bato palmas, e me preocupo com o que o governo tenta nos impor. Se fosse algo bom creio que o nosso comandante não viria a público expor sua opinião. Gostaria que essa postura se mantenha mesmo que a mídia e o governo tente impor a nossa derrocada nas discussões atuais.

Anônimo disse...

O comandante da Aeronáutica já havia falado e agora o brilhante pronunciamento do Sr. comandante do Exercito. Aqui destaco: "ferir de morte a alma de seus militares". Sim por que não existem argumentos capazes de desfazer o imponderável: Militares trabalham para a Nação, recebem mal, calados não fazem greves. O justo benefício aplicado é de certa manerta manter vivo aquele que derramou pelas estradas dessa nossa Nação o seu suor, sacrifício enfim sua alma doada em 30 anos de serviço (45anos)de um dever que jurou cumprir.

Oniric Martins disse...

Foi exposta a verdade, nua e crua!!!!! Até que enfim!

Anônimo disse...

O seu trabalho silente será. ESTÁ DADO O RECADO!

Anônimo disse...

Por isso, nunca neste blog comentei sobre a conduta do Cmt EB. O conheço e afianço que ele está preocupado com a nossa situação, diferentemente do que muitos aqui comentam. O General Villas Bôas é pessoa íntegra e está trabalhando para que não sejamos prejudicados com medidas que possam descaracterizar nossa profissão. Acredito que essa fala pode ecoar nos ouvidos de quem precisava prá parar com toda essa falácia.

Anônimo disse...

Sou militar da ativa, com 20 anos de serviço e torço pra que não mexam na nossa suada reserva remunerada. Só acho curioso que manifestações contundentes de altas patentes só comecem a ocorrer neste momento, a despeito da MP do mal e de anos e anos de defasagem salarial. Talvez seja por conta das claras ameaças às suas certezas e convicções. Mexer na hierarquia e disciplina? NUNCA! E levar um general ou um coronel a perceberem na inatividade O MESMO QUE UM PRAÇA (no caso da aplicação do teto previdenciário), faz com que as autoridades militares percam o sono. No Brasil, a hierarquia nas FFAA está intimamente ligada aos soldos. Aqui ocorre o disparate de um subtenente com 29 anos de reconhecidos serviços prestados à nação não poder receber como soldo algo igual ou maior que um aspirante a oficial, mesmo este tendo infinitamente menos experiência profissional e, por conseguinte, menor contribuição com a missão.
Teto previdenciário, além de injusto, joga por terra essa hierarquização remuneratória.
Vamos ver se as altas patentes têm força pra aplacar a sanha destrutiva dos políticos...

Anônimo disse...

Até que enfim uma voz se ouviu ao longo dessa discussão sobre previdência dos militares, soou assim, estamos vigilantes a decisão é de vcs!

Anônimo disse...

Serei miliciano se o governo decretar a morte para as Forças as Armadas, a tropa está inquieta, esperamos que o Gen V Boas, de as cartas ao governo. Não Passarão!

Anônimo disse...

Somos, nós militares, civilizados, cumpridores das leis. Mas não somos ingênuos: sabemos que toda esta "equalização" que o governo pretende implantar é também uma vontade da "elite". E as razões são muitas: mais pessoas em condições de trabalhar mas com a mesma oferta de trabalho é sinal de mudanças nas leis do trabalho, pois a demanda por trabalho será muito maior, e a oferta de empregos continuará a mesma, ou até diminuirá.
Já estava na hora do nosso Cmt se expressar. Mas eu ainda acho que tal mensagem deveria também ser direcionado à tropa, pois estamos com o Cmt onde ele estiver (lealdade, não é isso?).

Rinaldo Marinho disse...

O texto do comandante do Exército é preciso como uma bala procedente de uma arma de um atirador de elite. Merece os aplausos de todos os militares das forças armadas.

Gabriela Goncalves disse...

O Contrato Social de Rousseau é a chave para esse entrave interpretativo. A vontade geral erra! Principalmente quando se transforma na vontade de todos, que tem por trás o interesse privado e não comum. Parabéns General!!!

Anônimo disse...

ninguém fala da corrupção, políticos escandalosamente ladrões, a sutileza e a diplomacia estão nos sufocando, não acredito no sistema, a prática prova isto! "quando há fatos o blá blá não conta"

Marcelo Mendonça disse...

Os generais segregaram os militares qdo aceitaram, à época do Lula, uma legislação diferenciada de pagamento para o alto comando. Agora, com a promessa de redução de salário na aposentadoria eles vêm "defender" os subordinados. Não existe uma "classe militar" unificada, e sim um "cada um por si" nesse momento sombrio. Estamos à mercê de um grupo, ou melhor, uma gangue que se apossou do nosso congresso, das nossas instituições judiciárias e do Executivo, cada qual sugando tudo o que podem pela frente, enquanto que os militares ficam enterrados dentro dos quartéis com medo até da própria sombra.

Anônimo disse...

Com a palavra a Sra (comunista de carteirinha) miriam leitão.

*Nome em minúsculo propositalmente.

Curioso disse...

Blá, blá, blá... e a gente se ferrando casa vez mais....

Anônimo disse...

Bom dia Companheiros! Gostaria de deixar meu comentário a cerca da atuação do nosso Comandante (EB) e do Ministro da Defesa, Raul Jungmann. Tenho quase trinta anos de efetivo serviço. Se computar a LE e o tempo de fronteira, já poderia entrar com o requerimento para a reserva.

Acompanho o que vem acontecendo nos últimos dias sobre o assunto "previdência dos militares", inclusive os comentários aqui postados.

Exerço agora o meu direito de opinar. As autoridades acima citadas, no meu ponto de vista, estão fazendo tudo que lhes é permitido fazer para contrapor as vontades políticas de dar uma satisfação à sociedade, utilizando-se de uma classe que na maioria das vezes acata aquilo que se lhes impõe sem levantar a voz, em obediência aos pilares hierarquia e disciplina, vide os direitos usurpados pela MP do mal.

Neste meu tempo de caserna, não vi ou pelo menos não lembro, de tamanha pressão para se impor a nós militares, tamanho descalabro. Também não vi, ou não me lembro, de um ministro da defesa se comportar do jeito que o atual ministro se comporta: dando a cara para bater, defendendo como pode as FFAA. Inúmeras entrevistas corroboram para minha opinião. Da mesma forma, diferentemente de muitas opiniões aqui do blog, acredito que o Comandante do EB, manifestou-se em dois momentos na hora certa, de forma incisiva, verbalizou os anseios da tropa quanto a monstruosidade da ideia absurda de impor aos militares o ingresso na previdência, sob alegação de melhoria da economia. Destaco um parágrafo do Informex nº 003, de 31 jan 17:
“ Dessa forma, soluções simplistas, genéricas ou que contenham apenas o viés contabilista não podem ser aplicadas à atividade militar, causando irreversíveis danos aos alicerces que fundamentam o comportamento e o estado de permanente prontidão das Forças Armadas”.

Texto retirado da matéria comentada:

“Essa discussão deve ser mais aprofundada e não se restringir a uma questão numérica de simples redução de custos. Ela deve incluir, como questionamento, o que a sociedade deseja de seus cidadãos fardados: profissionais militares, com prontidão, motivação e dedicação exclusiva, ou milícias, cuja disponibilidade permanente à Nação ficaria limitada por direitos individuais regidos por legislação trabalhista ou conchavos espúrios?”

Finalizando, aguardo o desenrolar da história, preocupado, ansioso, mas também esperançoso que tudo vai dar certo, pois ao contrário do que aconteceu no passado recente (MP 2115), a velocidade das informações e o clamor da tropa, hoje, chega mais rápido e se faz ouvir, pela participação massiva dos militares nas redes sociais.

Anônimo disse...

Temos comandante.
Sgt 03

Anônimo disse...

Parabéns Comandante!

Anônimo disse...

Ate que fim o general ta saindo da Trixeira.

Umberto Albrecht disse...

Boa tarde, dia 25 de janeiro, infelizmente pedi minha baixa, depois de quase 18 anos de bons serviços prestados, não suportei mais o descaso com as forças armadas, fico por aqui e desejo sorte aos que ficaram para apagar a luz....

Anônimo disse...

Excelente, chega de ser politicamente correto.

Anônimo disse...

Parabéns comandante!!! Sábias palavras.

Anônimo disse...

Muito bom saber que o Cmt está do nosso lado e não permitirá que nossos direitos sejam suprimidos! Brasil! Acima de tudo!

Nain moreira de carvalho disse...

Antes de mais nada,congratulo-me com VEx pelo arrasoado que rente,profissional,político e intelectual
As forças armadas adquiriu experiêcia suficiente,quando do evento 64.A mentalidade daquele tempo é bem diferente hoje.Os erros fazem crescer. Os militares estão certos em suas moferações,mas com certeza saberão tomar posição quando todos os canais da honra e do direito se esgotarem.Vocês existem e juram como eu jurei em 19/11/1964 dar a vida pela minha Pátria.Confio na inteligência e na nova filosofia militar em relelação ao seu dever
Excia.Obriga. Nain de Carvalho
Excluído em 64.SD FN Num.fixo 621931.6 Meus respeito

Jussara Rosario disse...

É preciso compreender que nenhum argumento racional e plausível irá convencer, ao contrário, quem deseja incluir os militares na reforma da Previdência. Que estas mesma pessoas não se preocuparam em levar milhares, talvez, milhões de pessoas à morte devido a saúde pública precária. Que Elas mesmas não se preocuparam em instituir o Caos e a insegurança nos mais escondidos povoados do mais de cinco mil municípios brasileiros ao permitir a expansão do tráfico de drogas e do crime organizado. Ganhando com isso, inclusive. Pessoas que tiravam merenda escolar de crianças que esperavam aquela como única refeição do dia...Que meteram a mão no dinheiro de trabalhadores que cumpriram a sua etapa de trabalho de 30/35 anos. Não, definitivamente não vão se convencer ou se comover com argumentos técnicos, coerentes, daqueles que , ao mesmo tempo, se tenta destruir sistematicamente.

Anônimo disse...

Caro Montedo,

Seu blog, ao publicar os comentarios de forma a preservar os comentaristas, permitiu muitos desabafos e verdades escondidas, as postagens dos ultimos dias, acredito, pesaram bastante nesta declaração do Cmt do EB.
O tom de indignação estava subindo e pressão, no calderão, estava alta.
Só espero que não seja mais um pronunciamento engana bobo.

abs

Anônimo disse...

As Armas estão conosco,,,e o presidente americanoéo Trump....simples assim,,,um país em que os varios partidos politicos sao na verdade uma unica quadrilha,,e que ainda tem muitosssssssss a serem presos em cargos de governo nao tem MORAL, EXEMPLO E NEM "C..." PRA AFRONTAR OS MILITARES OS TORNANDO MENDIGOS,,,,,Pago pra ver se tem um macho com "kwlhao" q ouse tentar a fazer essa covarida sem moral e sem ideologia concreta e correta!

Anônimo disse...

Em Brasília os cmt de vários quartéis mandaram mensagem de apoio ao cmt do exército. Está acontecendo agora em outros estados através da rede comando, canal interno de comunicação da força. Um amigo de turma que é do GSI do presidente disse que o Temer pediu um reunião com os comandantes das 3 forças.

Custou mas foi! Estava faltando uma ATITUDE! Não de indisciplina, mas de coragem, solidariedade, respeito.

Anônimo disse...

Parabéns comandante!!!
Agora espero que estas palavras estejam na mesa no momento das negociações com os ministérios envolvidos na negociação fá reforma.

2° Sgt 2002

Anônimo disse...

Todos sabemos que a crise econômica que passa o pais é causada pela corrupção causada pelos políticos. Roubo de trilhões de reais que prejudicarão nosso pais. Agora estes próprios políticos corruptos querem colocar sobre as costas do trabalhador comum e militares esta conta. todos terão de trabalhar mais para manter os privilégios de políticos. Pior ainda, não ha nenhuma proposta para alterar a previdência de políticos e redução de seus grandiosos privilégios. Qual é a contribuição deles?
O General somente esta tentando mostrar a realidade das forças armadas e defende-la de políticos e da população revanchista que ainda acha que militares tem privilégio.
PARA TODOS SABEREM, MILITARES DAS FORÇAS ARMADAS GANHAM MAL.

Anônimo disse...

Olhem só a foto, imaginem apontando para um cabo ou soldado, cinco dias sem dormir; se for para um terceiro, cinco dias sem dormir + consultas urgentes a concursos em outra area; se for para um Subtenente, um mês sem dormir+remédios tarja preta + freada de Haley Davson na cueca; para um aspira, dez anos de restrição ao uso do armamento (para evitar suicidar-se); Coronel QEMA, um mês de tremedeiras+muitas lágrimas+compra de residencia na guarnição que está servindo+venda do bastão de general no mercado livre; se for para um QE, continua mexendo no celular+ uma coçada no saco; um QAO, procura o sargenteante "UU" para fazer requerimento pra reserva; se for para um civil, bom, ai tem duas possibilidades: uma e mandar baixar, outra e tomar... vergonha.

Saqua Facil disse...

Muito legal seu site (blog) que tal fazer uma parceria, eu tenho um portal de minha cidade, (estou iniciando agora ) e já tem bastante acesso. eu posso colocar o link para o seu e você colocar para o meu. e nós podemos se ajudar. o que acha ? da uma olhada la no meu. Saqua Redes

Anônimo disse...

Gostaria muito de ter esperança. Mas foi assim mesmo quando começaram a cogitar o aumento do tempo de serviço, e hoje estamos com um pezinho lá! Não temos representatividade política alguma. Estamos sendo massacradamente pisados a décadas num revanchismo descarado e covarde desde que os militares deixaram o poder.

Anônimo disse...

Prezado General, a sociedade deseja de seus cidadãos fardados PATRIOTISMO! Deseja também que OS DIGNOS MILITARES BRASILEIROS SEJAM BEM REMUNERADOS; que ao menos seja concedida uma remuneração de igualdade com as demais carreiras do funcionalismo para que sejam motivados e que tenham dedicação exclusiva à Nação.

Anônimo disse...

Força Nacional é milícia do PT e agora do PMDB, aos moldes da Venezuela. Tudo conforme manda a cartilha do Foro de São Paulo, só esse General que não quer enxergar ou dá uma de sego. Acorda General!

Anônimo disse...

ESCRÚPULOS, POR QUÊ? https://www.youtube.com/watch?v=U_Ee_9zYZ60

Anônimo disse...

Nas barbas dos Comandantes Militares, o governo está reforçando a milícia da Força Nacional com militares da reserva das Forças Armadas. E aí General, vai agir ou ficar só de blá, blá, blá?

Anônimo disse...

Ficar falando que nossa carreira trabalha muito é pior...Todo mundo sabe que os oficiais superiores ficam sentados na cedeira esperando o tempo passar e puxando saco para conseguir voltar como vampiro..Os tenente ficam sentados na cadeira estudando para outros concursos...Os praças, esses sim, trabalham um pouco mais..Porém nada exaustivo..Os soldados cortam grama e limpam o chão...
Temos que brigar sim, mas usando a verdade..Parar com esse mimimi de que somos injustiçados..
Daqui a pouco toda imprensa e civis ficaram contra a gente...

Anônimo disse...

Esqueceram de esclarecer ao público que acham que os militares tem assistência à saúde gratuita. Todas as Forças, descontam obrigatoriamente para seus Fundos de Saúde, e quando usam, descontam 20 por cento das despesas, exceto materiais e medicamentos que são pagos integralmente. E mais uma vez, repetindo, a contribuição para a Pensão Militar também é descontada religiosamente, a partir do segundo ano de ingresso à carreira militar até a morte, mesmo na inatividade ou reformado. Quanto a Pensão Militar às filhas maiores, sem limite de idade, é um direito para quem fez a opção pela MP 2.215-10, de 31/08/2001 e está contribuindo com 1,5%, além do desconto obrigatório e estas condições devem ser verificadas na ocasião do óbito do militar. São alguns detalhes acima que o povo em geral desconhece e acham que são privilégios.

LEÃO DE ISRAEL disse...

A pergunta "que não quer se calar": o por quê, até o momento dessa crise econômica, ninguém argumentar, escrever e expor publicamente, a proposta de rever e reformular os altos salários pagos pela União aos servidores da Câmara e Senado Federal, bem Como, os salários dos políticos brasileiros, nos níveis Municipais, Estaduais e Federais?
E, por último, o por quê, feito de má Gestão e Administração criminosa atribuído a agentes publicos, devido a anos de fraudes e desvios, seus precursores, bem Como, acusados, não devolvem àquilo que os benefíciou, comprovadamente, ao constatar o enriquecimento ilícito?

Anônimo disse...

Parabéns por que Montedo?
Ele está é defendendo os seus interesses e não os dá força.
Para um militar que entrou após 2000, essa mudança será excepcional pois, aumentará nosso salário e irá privilegiar quem sabe administrar seu dinheiro.
Assim, colocará em pé de igualdade oficiais e sargentos, além de acabar com a explicação pois, ganharemos direitos.
Sendo assim, quem quiser se aposentar além do teto, é só pagar uma previdência privada.
Essa é a verdade que vocês inocentes não estão enxergando.
Essa mudança só será ruim para quem tem mais de 25 anos, para quem tem menos, será EXCEPCIONAL.
Mudança Já.
Congresso Nacional, passem de imediato essa mudança é acabem com a ditadura dos oficiais sobre as praças.
Conto com vocês e farei campanha gratuita para o PMDB se essa PEC for aprovada logo.
PS: oficiais, a mamata agora acabou, terão que ralar por fora como as praças.
Para terminar, oficiais, chorem na cama que é lugar quente.
Rsrssrsr

Anônimo disse...

Esse General é melancia!

Anônimo disse...

Engraçado....falar do "comedores de contribuição militar" eles não falam (TAREFA POR TEMPO CERTO). Os TTC são militares que ganham o equivalente a duas vezes e meia o valor da contribuição, ficando inócuo tal benefício. É um rombo que não deixa conta fechar. Aqui na área da previdência social estamos atentos a isso também.

Thiago Vahl disse...

Imaginem faixas com "Estamos em Greve" estendidas em frente aos quartéis a exemplo do que ocorre em Universidades por exemplo, ou negarmos patrulhar fronteiras e águas jurisdicionais!! Pois é exatamente o que vai acontecer...Sinceramente, não me importo que coloquem um teto para o meu salário, mas equiparem minha carreira com as demais do Estado e paguem meu FGTS. Estou nas FFAA desde meus 17 anos, trabalhar até 65, tranquilo! 48 anos de fundo de garantia, salário equiparado ao funcionalismo público, direito à greve, horas extras, não dar serviço aos finais de semana...pode me aposentar pelo INSS, eu topo!!!

Alex N N disse...

Excelente meu comandante. Não esperava nada a menos de vossa excelência. Texto bastante assertivo e oportuno. Estão a um passo de retirar a nossa dignidade. Sou militar, oficial, engenheiro, nível mestrado e moro no subúrbio do RJ....minha farda fica no trabalho....nenhum vizinho sabe onde trabalho pois vivemos cercados de traficantes. Está eh a realidade de boa parte dos militares das FFAA...nem vou falar dos praças que moram por vezes dentro de favelas controladas por traficantes e milicianos. Estamos a um passo de perder a dignidade. Mas acredito em minha missão é em meu exército...e está crença cultivada desde os tempos de escola é que nos faz continuar na labuta.

Anônimo disse...

É general.......será que a ficha finalmente caiu? Será que não deveria ter caído antes dessa bagunça toda que tocaram no país? Antes disso era só ter cumprido a constituição......Era simples simples! Ter dado o sustento e guardado a constituição!

Anônimo disse...

Me representa !!

Anônimo disse...

Se nossos comandantes ficarem calados, daqui um pouco mais estaremos pedindo uma ajuda da população para comprarmos cesta básica, e quem sabe até conseguir uma boquinha no bolsa família. SOU A FAVOR DOS MILITARES TEREM SINDICATO PARA QUE SEJAM REPRESENTADOS.

Anônimo disse...

Se depender de uma posição da sociedade brasileira a respeito da "reforma da previdência" dos militares estamos no barro, já perceberam que (a sociedade) não está disposta a pagar a conta a sós. A grande maioria da sociedade está preocupada com futebol, novela, cerveja, carnaval e etc... Eita povinho...
No que concerne à situação dos militares, os únicos que devem lutar pela honra da tropa, sãos os COMANDANTES MILITARES. Senhores COMANDANTES honrem seus comandados, assim como tens sido HONRADOS por eles.
Não nos decepcionem novamente como ocorreu com o lixo da "MP do Mal". SE não tiver uma saída, que se estenda os mesmos direitos dos Civis a nós. Chega de ser considerado cidadão de 2° classe com imposição de deveres e os direitos não temos? A nação decide: uma Força Armada à disposição integral ou uma milícia.

Anônimo disse...

Este comandante não me representa. Fala muito e faz pouco. Tá na hora de ter uma reforma sim, mas dos oficiais generais deste país.

Anônimo disse...

Imprensa burra e tendenciosa. Por que não olham para o judiciário, juízes cheios de regalias que ganham sempre acima do teto CONSTITUCIONAL. Olhem para as mordomias dos parlamentares e dos procuradores sempre insaciáveis. Estão depenando o país amparados em leis imorais. A sociedade reconhece seus militares como baluarte da estabilidade do país. Mas acredito que existam interesses reais de enfraquecimento das FFAA com a intenção de deixar o nosso país e povo à deriva de interesses diversos. Salário aquém da realidade e evasão de pessoal altamente qualificado são os primeiros passos para que isso aconteça.

Mauro sgt QE disse...

Bom.A sim e que tem que ser fazer com que a população tome conhecimento da nossa situação,pois é muito cômodo dizer que somos um desfalque para a previdência, sendo que a previdência nem é a nossa fonte pagadora,é muito fácil dizer milico se aposenta cedo mas não sabe o tempo extra que passamos em serviços,missões,prontidão e adestramento.
Nós como bons militares estamos sempre pronto para cumprir qualquer missão e não nos furtamos de tal, nem cruzamos os braços e ameaçamos parar por que a diária é baixa como ja existiu nas olimpíadas, o EB é para cumprir a missão e defender a nação e não milicianos como disse o CMT,porem espero que sejamos respeitados e não venhamos ser colocados na vala comum com a desculpa de que somos os vilões dos rombos dos cofres públicos.
Parabéns CMT por tornar publico tais informações a população.

Anônimo disse...

Palavras bonitas não bastam, não resolvem nossa situação, CHEFES e COMANDANTES tem que possuir pulso! Com esses políticos picaretas, tem que se imporem mesmo e não baixar a cabeça bovinamente para tudo que dizem sem contestar nada, pois o Judiciário esta, como faz todo ano, restruturando a carreira deles, para ganharem mais aumento ainda, sempre com regalias absurdas, se autoconcedem aumentos salariais e ninguém toca no assunto! Não pensem que o povo vai ficar com peninha de nós, e pau se for preciso e espero ainda que nossos CHEFES,COMANDANTES não caiam nesse papo que temos que dar a nossa parte, pois já demos, e espero também que antes que o LEGISLATIVO E JUDICIÁRIO sejam o exemplo e isso deve ficar bem claro, não (abriremos) ou devemos abrir mão de nenhum dos nossos minguados direitos.

Anônimo disse...

Pela primeira vez vejo os nossos comandantes se manifestarem. Isso é muito preocupante, sinal que as ameaças de mudanças em nosso sistema previdenciário deixou de ser apenas boatos e passou a ser fato. Só espero que as atitudes dos comandantes não sejam tarde de mais.

Anônimo disse...

Cara, na moral!!!
Imagina a cena: tu está no meio do combate e 18h vc pára de atirar e avisa ao seu inimigo, "OK mano! Amanhã às 8h00 continuamos, agora vou pra casa que meu horário de combate terminou por hoje"!!!!

Ou vc não sabe onde está ou simplesmente é do contra mesmo.

Faça-me um favor né!!!!

Anônimo disse...

É ingênuo não amigo!!!
Vc está certo.
Podemos até desconfiar, pois ainda não temos nada de concreto, mas dizer que o Gen VL não está atuando, seria no mínimo ignorância.

Eu estou com o Sr!

2° Sgt 2002

Anônimo disse...

Se a 20 anos atrás os "3 coturnos Cmts do EB" agissem como uma Hidra de Lerna, hoje não estaríamos vivendo essas incertezas, pois a cada general sacado da função viria outro, e outro e mais outro seguindo sempre a mesma linha de visão das Forças Armadas para com a Nação. Mas a política foi muito mais forte e superior as Instituições. Lamentável! E para o cenário atual que estamos vivendo, o qual a culpa é nossa, temos que contentar com as sábias palavras do nosso Cmt.

Anônimo disse...

Apoiado!!!
Tmj
2°Sgt 2002

MESSIAS DIAS disse...

Repito:

"O que nossas esposas e filhos esperam de nós é a educação, saúde, segurança, lazer e, sobretudo, alimentação (campo material). Pouco os interessa qualquer promessa nossa, sem obras. Como dizia o Apóstolo João, para mostrarmos a nossa fé com obras, pois pouco interessa ao necessitado ou desesperado (momento atual dos militares), palavras e mais palavras, promessas e mais promessas.

No momento, é justamente isso o que esperamos de quem nos Comanda, quer seja, Marinha, Exército e Aeronáutica. Pouco nos interessa, como buscarão convencer e conseguir, não deixar que ocorra a "derrocada final dos militares".

MISSÃO! A que nos é dada (militares) é cumprida e, lembrem-se, quando isso ocorre, o maior sacrifício são da ponta da linha, ou seja, os Praças, pois irão executar fisicamente, os que os doutos pensadores militares aceitaram, quer seja: segurança pública, presídios, dengue, obras públicas, calamidade pública, apoio a saúde... Acho até que, se os Garis entrarem em greve, vão mandar os nossos especialistas soldados e cabos e, se não for suficiente, sargentos e subtenentes.

Então, não nos venha com aquelas frases prontas, de que todo o esforço foi feito e de que tudo o que se pode fazer foi realizado. NÃO. VERDADEIRAMENTE NÃO ACREDITAREMOS. Principalmente, quando após uma derrocada, como ocorreu na MP do Mal em 2001, vimos a manutenção de cargos e salários dos nossos maiores chefes.
Esperamos que agora sejam de fato COMANDANTES".

"PROMESSAS NEM SEMPRE SÃO SINCERAS, QUASE NUNCA SÃO"

Anônimo disse...

Ten Messias sinceramente, não faça da sua raiva, a raiva de todos nós, não use a palavra NÓS, use EU Ten MESSIAS. Certamente você não ME representa!!!

ALMANAKUT BRASIL disse...

Editorial DefesaNet - 04/02/2017

A Coluna Vertebral de um Governo Invertebrado

A população brasileira majoritariamente optou pela linha democrática, nas ruas e nas urnas, porém agora em um golpe sutil, políticos ligados a grupos externos, e uma poderosa mídia (GloboNews, Folha de São Paulo, Zero Hora, etc), desconstroem o governo e criam várias histórias.

O atual governo no final de 2016 zerou a maioria dos débitos devidos às empresas nos Programas Estratégico de Defesa. Sabiam os leitores desse fato? Certamente não, pois este governo envergonhado de fazer algo independente da tutela do PSDB.

O que vemos atualmente no Hospital Sírio Libanês, a reconstrução do “mito” Lula, sobre um cadáver, com um poderoso discurso midiático. O Foro de São Paulo, ignorado pelos analistas e mídia, declarou Guerra ao Brasil e ao seu povo.

http://www.defesanet.com.br/cm/noticia/24703/Editorial-DefesaNet---A-Coluna-Vertebral-de-um-Governo-Invertebrado

Anônimo disse...

Concordo com vc amigo!
2° Sgt 2002

Anônimo disse...

É nescessário que o general Villas Boas toma atitude e em conjunto com as outras forças tomem o congresso das mãos dos bandidos.

ALMANAKUT BRASIL disse...

Canção do Exército Brasileiro

Exército Brasileiro

https://www.youtube.com/watch?v=wzjrNJL0aBs

Anônimo disse...

Vai ser exonerado do cargo, falou demais, kkkkkkkkkkkkkk e assim que funciona o sistema

Anônimo disse...

FFAA vai virar bico!!!!

Anônimo disse...

Sabe que eu tbm...
Pois como sempre me organizei financeiramente, o teto não seria nada ruim.

Anônimo disse...

É esperar pra ver! Até agora só apresentaram sacrifícios e estamos no limite. Se implementarem algumas propostas que a imprensa não cansa de mostrar, seremos colocados em definitivo numa posição inferior às forças auxiliares(em muitos casos, já estamos).Os militares da PM de qualquer Estado, vão para a reserva com um posto acima e tiraram isso de nós!(E ficou por isso mesmo).

Anônimo disse...

Gostaria muito, muito mesmo, de crer que suas palavrar serão ouvidas e levadas em consideração... mas, como em 2001 os altos estudos só nos prejudicaram, como confiar agora?? Mesmo que sejamos penalizados para, mais uma vez, beneficiar a Nação, não temos garantias de que políticos voltem a fazer o que o PT fez e sejamos novamente bode expiatório.

Anônimo disse...

Vc deve ser mais um a desejar uma pátria sem FFAA permanentes. Se sua insatisfação é devido a questões salarias; vc tem razão. Todos os militares ganham mal perto de várias outras carreira de estado. Contudo; vc erra terrivelmente pela crítica desfocada dá realidade abordada no texto do Cmte do EB. Seus comentários parecem pura revolta contra a estrutura castrense. Engraçado!É o mesmo que esquerdopatas apátridas desejam para as FFAA: seu sucateamento e o fim da hierarquia e disciplina que nos move. Típico de ideologistas de esquerda que pensam que a sociedade não precisa de hierarquia. Isto é impossível. Há hierarquia em todo lugar. Admita! Quem não gosta de nosso modo de vida, "PEÇA BAIXA" e siga sua vida em outra profissão. A vida castrense requer entrega e abnegação. Se vc não se enquadra na descrição, por favor, reveja sua visão. Do contrário; saiba que pensamentos assim são enfrentados por nós militares há muito tempo. Cada um na sua.

Anônimo disse...

O Exmo Sr Gen Villas Boas Cmt do Exército Brasileiro sabe que tem a Força na mão com o maior efetivo terrestre ao seu lado, pois sempre foi LIDER, diferente desses civis que indeusam Políticos corruptos e ladões. a tropa vive uma pressão durante anos e a mensagem foi clara ecoada dos quatro cantos do quartel, espero que os cidadãos de poder pensem bem antes de brincar mais uma vez com o Poder que tem as Forças Armadas, pois oque eles não sabe é que dentro de cada quartel os militares são unidos pelos atributos que muitos deles desconhecem. O Aviso foi dado!!!

Anônimo disse...

Vc não é da Previdência ... está desinformado! O PTTC não recebe tudo isso ... e o nr de militares nesta posição é insignificante! Descobta-Se IRRF do valor recebido como "Pro-Labore". De uma estudada na lei. Falou bobagem.

Anônimo disse...

A bem da verdade, está afronta se deu pela inércia do comando, querendo por panos quente com relação da atual crise que vive o Brasil, ora causado por estes governos comunistas, desde a época de Sarney, em outras palavras, "lavar as mãos" isso, por meio de notas e entrevistas, vendo o governo comunista a frouxidão dos comandantes, avançaram com esta "pretensão", e, a caserna e milhões de civis se manifestando e querendo uma posição do comando,aí o comando se levanta agora como leão, pra defender o seu bocado, e está certo, é justo mas, não deve os comandantes esquecerem do povo que sofrerá com esta escravidão que assolará o povo, e estes comandantes sabem muito bem o que deveriam fazer não o fazem para livrar o seu "povo" desta eminente escravidão, não deveriam estes comandantes que agora defendem sua causa defender a de seus familiares e amigos civis assim como aos de mais civis que serão no futuro atingidos por esta escravatura....

Anônimo disse...

Não há nenhuma objeção em entrar de forma proporcional e razoável de uma reforma contanto que haja respeito as especificidades da carreira militar.
O que não pode é oficias e praças principalmente os que ingressaram na Força após 2001 receberem salários tão indignos em relação à importância da missão constitucional das Forças Armadas. A Carta Magna nos dá a importância devida , o Estado porém vem nos castigando desde 2001. Não raros sargentos e oficiais(inclusive muito capitão) se enveredam pelo mundo dos concursos em busca de melhores remunerações ..
Um General que hoje recebe 14 mil líquidos e sabido por todos ter salário muito baixo só recebe ainda 14 mil líquidos porque ainda tem pelo menos 18% de adicional por tempo de serviço!! Um major que entrou em 2001 olha para frente e se for promovido a General enxerga que vai receber praticamente o que um Cel recebe hoje porque esse major não tem nada de adicional de tempo de serviço...a projeção futura é tenebrosa !!! Um sub que hoje recebe uns 5 mil recebe isso porque tem algum adicional de tempo de serviço...o sargento que entrou em 2001 o que enxerga na frente ??
Qualquer analista de TRF ,TRE,TRT recebe inicial de 10 mil líquidos no minimo (conheço tecnico de TRE recebendo 18 mil!!O salário liquido de um capitão não passa nem de 9 mil líquidos !!! Um capitão da PM de MG recebe 14 mil líquidos muito merecido por sinal , sem falar as PMs de outros Estados...
A preocupação é da reforma da proteção social ..ok mas a maior , repito maior preocupação deve ser a salarial!!!!

Anônimo disse...

Pelo que entendo, como Militar, o serviço não é obrigatório...simples assim!

Anônimo disse...

Já comentei em outra matéria mas serve pra esta também. Tive um comandante que diante de fato grave de indisciplina disse ser o fato inaceitável, mas aceitou...espero sinceramente que nosso Comandante saiba o significado da palavra inaceitável.

Angela Maria Silva disse...

Os militares não podem aceitar as imposições de políticos mal caráter e sem ética,fazer reformas nas quais só o povo e militares, vão ser prejudicados enquanto q eles com 8 anos de mandatos se aposentam com os seus salários integral,sem ter suado a camisa para receber os seus gordos salários, o militar trabalha nos finais de semanas, feriados sem receber horas extras, excelente comentário coronel, o povo reconhece os trabalhos dos militares, devemos sim retirar políticos e juízes q ganham salários absurdos fora da realidade, e somos obrigados a manter esses parasitas q de nada nos serve.

SGT QE disse...

Parabéns comandante, é um orgulho ser representado por V.Ex.ª.

Anônimo disse...

Tenho mais de 11 anos na Marinha do Brasil e nesse periodo aprendi algumas coisas. Dentre elas para essa fala do excelentíssimo vou destacar duas.
*A palavra convence, o exemplo arrasta(Os 3 comte sao inertes, comodismo, medo e interesses pessoais sao alguns maus exemplos exalados)
*Palavras se perdem ao vento, somente a atitude pode confirmar o que foi dito.(Sempre com eloquencia e embuste vao empurrando com a barriga uma ATITUDE a altura de sua posicao)
So espero o pior, estamos abandonados.

Delmar Wildner disse...

Tá na profissão errada companheiro de farda!!!!

Anônimo disse...

Muito prazer Senhor comandante do exército. Só agora tive a oportunidade de ver o senhor se manifestar, talvez porque somente agora estejam ameaçando atingir os seus direitos pessoais. Aos seus predecessores e ao senhor, meus sinceros Parabéns pelos longos anos de silêncio ensurdecedor.

Anônimo disse...

O Cmt EB está com medo que os direitos individuais e trabalhista sejam estendidos aos militares, pois os generais não poderão escravizar mais os trabalho dos praças, que ocorre na força, deixarão de fazer muita reunião, formaturas e apartir dai começa realmente a trabalhar

Anônimo disse...

É interessante observar também que a maioria dos que cumprem tudo isso que o comandante disse são os praças, e eles, ao contrario do que se pensa, dificilmente irão usufruir da aposentadoria militar. Isso porque pouquíssimos deles conseguirão engajar na carreira, a grande maioria deverá entrar na reserva não remunerada quando completar os 8 anos de serviço.
A FAB, talvez para "financiar" a previdência, iniciou a contratação de Oficiais e Graduados temporários (8 anos de serviço) estes militares pagam a pensão dos de carreira normalmente e não irão usufruir dela, muitos quando saem, saem sem nada.
Portanto, acredito que esteja aí o motivo pelo qual é possível uma previdência como essa, a maioria dos que contribuem não irão usufruir, deixarão para os carreiristas.

Anônimo disse...

Já estava na hora dos 3 comandantes falarem sério mesmo. Afinal, militar é subordinada, não submisso.

Derli Macagnan disse...

Apoiado. É assim que nós, civis vemos as Forças armadas hoje.

Anônimo disse...

pessa pra sair comt do eb.se vc pudesse fazer alguma coisa ja teria feito pela sua tropa.

Anônimo disse...

va para reserva general.la é o seu lugar.

Léo disse...

Parabéns ,à Sra Jussara Rosário.Parabéns pela lucidez do seu texto.

Anônimo disse...

Quem viveu, como eu, 30 anos em unidades operacionais sabe como é grande o desgaste físico e mental. Não é porque estou na reserva que admitirei esse abuso e desrespeito que estão pensado em praticar contra os irmãos de arma, seja efetivado. Nobre Comandante do nosso glorioso Exército de Caxias, estamos juntos para impedir um novo VILIPÊNDIO dos poucos direitos que nos resta. Fé na missão e que Deus lhe abençoe!!!!
Ten QAO Reserva.

Israel Acherman Ambrósio Acherman disse...

Não acredito em CMT que não toma uma decisão uníssona com seus pares. Não acredito em CMT que deixa cercar Brasília para que somente os militantes do PT vejam o desfile da tropa em 7 de setembro de 2015, não acredito em CMT que enfia o rabinho entre as pernas ao ser enxotado de um prédio do ministério da defesa em Brasília.
Quem gerencia o Brasil é o Presidente e o Congresso, mas quem manda no País são as FFAA, então não vejo motivo para tanto alarde, basta um aviso no pé do ouvido do Presidente, para que nada disso aconteça.
Comandante das FFAA não grita, não esperneia, mantêm-se firme em suas decisões, com autoridade, com sabedoria. Não se mete em conchavos e safadezas de políticos.
A nossa política está tão podre, de nariz empinado, que não tem nenhum medo dos militares e fazem de tudo para espezinhá-los, fazem chacota e ainda querem nos jogar na vala comum e somente agora vem esse comandante soltar uma nota fraquinha como essa!!!
Uma posição muito mais radical já deveria ter sido tomada desde que o FHC assumiu o comando do Brasil, e acabou com as três forças. Não teve um comandante para falar baixinho no ouvido daquele CRÁPULA, "baixe o tom, acalme o facho ou tudo voltará a ser como em 1964." Basta um aviso desse ao pé do ouvido que tudo tinha mudado para melhor.
Os três comandantes das FFAA não sabem da força que têm e é ridículo uma coisa dessa, basta uma palavra para que a tropa esteja pronta para assumir o Brasil e não será somente o pessoal da ativa, todo o pessoal da reserva entrará para essa luta para colocar o nosso País na linha certa, pois hoje ele é uma nau sem rumo, sem norte.

Mais um Praça disse...

O que fica no ar é:
O general finalmente se expressou publicamente em favor dos militares incentivado pela incerteza que agora bate a porta dos oficiais amedrontados pela ameaça de terem seu soldo aproximado ao de um "praça comum" ou foi por sincera preocupação real com toda a Força independentemente de posto ou graduação ?

Anônimo disse...

Comandante o senhor é o nosso General ! Parabéns pelas palavras . Tenho orgulho de ser comandado pelo Senhor ! Acredito no seu comando
Estou otimista e acredito no Senhor !

Anônimo disse...

Excelente! Parece que finalmente temos mais que um mero Comandante, temos um Líder...Alguém que podemos ir pra guerra !!!

Anônimo disse...

Parabéns comando,a verdade para a sociedade!!!

Anônimo disse...

Militar "sabidão", confira:

http://diariodopoder.com.br/noticia.php?i=73575204440

Só 16 senadores não recebem auxílio-moradia de R$5,5 mil mensais
Além dos R$33,7 mil de salário, pagamos aluguel de 65 senadores

Além de boa moradia, cada senador recebe R$ 45 mil por mês de verba indenizatória e R$ 33,7 mil de salário.

Publicado: 05 de fevereiro de 2017 às 00:00 - Atualizado às 00:24

Mas a culpa è dos "sabidos" que gritam: pede para sair, etc tec etc

Somos muito "sabidos" temos ate a culpa de falir a pindorama com nossa "previdencia"
Só omitem que não temos previdencia.

SABIDÕES.

Abs

Anônimo disse...

Onde estão os outros comandantes e ministros militares? Todas as vezes apenas o Villas Boas se manifesta! Será que os outros estão restritos apenas às benécias que a equiparação trocar e os fez anônimos e indiferentes às causas dos militares. Por isso, o desrespeito e a falta de consideração conosco. Saiam da inércia e façam valer suas patentes.

Léo disse...

Bolsonaro está chegando!!! 2018 está chegando!!!

Anônimo disse...

Conseguiu somente 4 votos para presidente da câmara dos deputados. Acredita que consiguira votos suficientes para presidente da república? O objetivo dele é pessoal. Deputado eleito há vários mandatos, conseguiu eleger parentes. Ele joga para torcida. Infelizmente, há pessoas que acreditam nele.

MESSIAS DIAS disse...

Meu amigo, pare de comer ovo e arrotar picanha.

Acorda pra vida melancia!

Anônimo disse...

Sai daí recalcado. Se está infeliz como praça, então pede 150 ou porque não fez AMAN? Deixa esse complexo de inferioridade de lado. Sou sargento e não vergonha, também não me acho inferior moral e intelectualmente a muitos oficiais. Pelo contrário a Academia e a EsSA não formam militares como antes. Vamos viver pacificamente de forma respeitosa.

Anônimo disse...

para mim trata-se de um azeitamento do toba para a madeira entrar e no fim dizer: eu tentei !!!
digo isso, pois os dele já está garantido.

Anônimo disse...

Perfeito. Também concordo. Não há outra conclusão. O resumo de tudo isso está
numa palavra:
- INACEITÁVEL!!!

ADRIANO FERNANDES disse...

Não entendi bem os burburinhos nos comentários... os "anônimos" estão se degladiando, é isso ?!!
O Vilas Boas nos defendeu muito bem! Tá certo que ficou evidente alguns atropelos trabalhistas, como por exemplo, previsto na CRFB que deve haver um intervalo de 36hs de descanso após um feriado. Então, um militar que saiu de SV na segunda, não poderia cumprir o expediente de segunda... nós militares não vivenciamos isso! Estamos alijados de Taís direitos trabalhistas que gozam os civis. No entanto, o VB e o Julgmam estão lutando, creio nisso, com os mais sinceros argumentos para que não percamos mais algumas compensações à carreira militar.

Anônimo disse...

O amigo aí de cima critica "os travestidos de militares".
O travestido de militar, faz parte de uma geração que pensa diferente, pensa à frente, pensa em melhoras e não acredita em falácias.
Nunca gostei de trabalhar com essa geração, mas tive que admitir que são uma realidade, pelo menos no Exército.
Nunca me travesti de militar, sempre fui milico, sempre fui caxias, sempre fiz a minha parte.
Sem bancar o "ideudo", digo o seguinte:o militar está no limite e, daqui a pouco estaremos vivendo, nada contra, como motorista de ônibus.
Certa vez, confrontado por um major, (não estou falando mal do major, por favor, que aliás é meu amigo) que me disse, que o salário que eu recebia para nível de Brasil, estaria muito bom, disse-lhe: Major, quando eu fiz concurso para a EsSa já sabia que ia ganhar o dobro que o meu velho pai ganhava como funcionário da Petrobrás, se fosse pra ganhar menos iria tentar vaga na CEDAE.
Estamos ganhando mal, sim senhor, estamos defasados e, àqueles que gritam que têm a vida financeira estabilizada é pq está comendo pipoca de microondas, é aquele que foi na fronteira e só se alimentou de tapuru. Tem casa própria pq construiu na casa do sogro.
Experimentem viver sem nada disso, somente do soldo...não vai dar.
Portanto, St Cmt Ex, precisamos de soluções imediatas e práticas.
A onça está chegando pra beber água...
SUBTENENTE

Anônimo disse...

Cabras entrei pelo portão das armas e nunca aceitarei pilantras dizerem "pede para sair", pois prestei concurso público federal conforme previsto na constituição e cabe somente a mim decidir quando sair! Fica a dica o Exército não é dos oficiais, a nação tem que saber das pilantragens que acontece dentro do portão das armas! E pior ainda com o erário! Essa mamata dos oficiais tem que acabar, começando pela justissa militar!

Anônimo disse...

MILITAR, LEU ISSO?

Confrontando o último INFORMEX NR 003 - DE 31 DE JANEIRO DE 2017

http://www.alertatotal.net/2017/02/tolerancia-zero.html

Anônimo disse...

Ten....
Para com isso... Repetindo o mesmo discurso inadequado...
Se o Sr tem seus problemas com a Força.
Eu não tenho...
Não pense que me representa, pois não!!!
Seja mais criativo.
2° Sgt 2002

Anônimo disse...

Boa Tarde a todos os leitores deste blog!
Sempre acompanho as publicações deste blog, por ser militar a quase trinta anos essa leitura se torna parte da resenha diária sobre informações de cunho militar. Observo que são varias as linhas de pensamento, e temos que respeitar todas, observando é claro uma linha de educação naquilo que se expressa. Percebo que alguns comentários estão fora de sintonia com a veracidade e o imaginário, e até na maioria das vezes provocativo de pessoas que se apresentam como militar e não são. Precisamos criar mecanismo de comunicação com todos os segmentos da tropa, independente de ser oficial ou praça, mesmo no presente século a necessidade de uma nação nunca deixará de ser em ter uma força armada adequada com as suas necessidades, isso é prioritário (alerta ao governo), pois existem um país, uma nação e um povo que depende dessas forças para terem a segurança nacional garantida. Por não exercerem suas funções como deveriam, promovendo relatórios e não fiscalizando o real atendimento destes, nossos comandantes de organização militar fazem cambagem (chamadas químicas, quem nunca fez atire a primeira pedra) nas contas das unidades para poder prestar continência ao escalão superior com um “SEM ALTERAÇÃO FALÇO”, para encobrir graves situações que causa mal estar em nosso dia a dia na caserna. Lamento já não ter sido criado vários cargos em todas as unidades, de certas funções inerentes a qualidade de vida e profissionalização de nossos militares. É por vários fatores que hoje estamos passando por esta situação, em 2001 perdemos “Quatro Soldados”, são eles o soldado General de Exército, soldado General de Divisão, soldado General de Brigada e soldado Coronel, estão nos fazendo falta homens e mulheres de estipes elevadas que honrem com seu compromisso institucional (coisa que deste 1989 ou até mesmo antes deixaram de existi) para impor ao governo as tratativas reais de necessidade da tropa e da força. Percebi durante o curto governo de Fernando Collor que estes quatro pracinhas, citados acima, correram para seus próprios ideais virando as costas para a tropa, lamentável, pois pude contemplar militares casados indo morar no quartel como laranjeiras e mandando suas esposas e filhos para casa de seus pais ou sogros e sogras. Essa é a última hora para revira a volta, caso contrário como já dizia um “gaúcho aloprado” “O BRASIL PRECISA DE GUERRA”, pois muitas “barrigas brancas” irão morrer por não terem condições de se defender e não haverá FFAA nenhuma para proteger nem o povo nem o Político Corrupto. O caos será geral. Mexa em tudo e com a barriga vazia vocês verão a resposta que terão, vai ser Faca na Caveira e a Cobra vai Fumar, lembram.
Militar Ativa, aguardando melhoras!

Anônimo disse...

Faço um pedido aos colegas de farda que parem de ficar se atacando, de nada adianta isso. O inimigo é outro. A sensatez manda que apoiemos nossos comandantes. Essas notas refletem o interesse da tropa. Confesso que nunca vi os 3 cmt convergindo para o mesmo ideal. O que está em jogo senhores é nada mais nada menos do que a destruição das FFAA, ela não pode ficar inviabilizada. Como podemos ter equipamentos de milhões de dólares altamente modernos sem ninguém especializado para operá-los. Imaginem quem vai querer seguir a carreira militar, imaginem os futuros cmt de OM. Nos concursos públicos vão chamar os reservas dos reservas. A qualidade vai pro lixo! O governo tem a responsabilidade de colocar os interesses da segurança e da pátria acima de quaisquer outros interesses. Uma coisa é o político, outra coisa é o comprometimento com os interesses da pátria.

Anônimo disse...

Kkkk...
PEDE PRA SAIR!!!
E vira político...
2°Sgt 2002

Anônimo disse...

Auto lá se indetifique, seu anônimo puxa-saco, kkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

É verdade o PM de Pernambuco vai receber 4.200R$ pois eles merecem e tem cmts.

Anônimo disse...

O brasileiro só acredita em discursos, não em ações. O verdadeiro lider é aquele que aje antes de discursar. O lider não pode ser identificado apenas por palavras ditas. Uma grande líder do seculo XX disse que a partir do momento em que necessitasse lembrar com palavras de que era uma líder, já não mais seria líder. Portanto senhores, muita cautela nessa hora, cuidado com os elogios prematuros para a decepção não ser maior.

Anônimo disse...

Bebeu água do cantil dele hahahaha

Anônimo disse...

Caro Montedo,

É possivel postar esta imagem em separado?
Ela é explica muito.

https://3.bp.blogspot.com/-wx8yYFIadnw/WJZBRnIl20I/AAAAAAAAGcY/sEwysNYqEBc_0paoxsHn1_N9ePa0kt5UgCLcB/s1600/prev%2Bmilitares.jpg

http://mujahdincucaracha.blogspot.com.br/2017/02/a-nacao-e-seus-militares.html

Anônimo disse...

Eu quero que as FAs sofra!!! Esse general só tá com medo de perder suas regalias, assim como todos os outros da classe dele... Reforma já! Fim de regalias para esses bisonhos... As praças não se preocupem... O salário deles não ultrapassam nem o teto da previdencia... Então não vai mudar nada! Ah... E tem mais... Tem q acabar com esse modelo de serviço militar obrigatório... Insituir carreira a partir de soldado... Serviço militar obrigatório é pra formar reservistas, e não pra selecionar na "peixada" soldados para compor quadro profissional. FikDik

Anônimo disse...

ST Messias Dias, como pessoa eu sinto pena de voce, jah como ST eu sinto mesmo eh vergonha! Fique calado, por favor!

Anônimo disse...

Alguém precisa fazer esse arremedo de candidato enxergar as coisas. Pelo visto, não se elegerá. Não tem conteúdo, cultura e simpatia dos próprios interessados. Desista, MD.
Maj LEONARDO

Anônimo disse...

Ao subtenente do dia 5 de fevereiro de 2017 11:35

Nunca fiz faz dessa geração que pensa diferente, pensa à frente, pensa em melhoras e não acredita em falácias. Ao contrário do que diz trabalho com essa geração. Tenho 28 anos de serviço dedicado à pátria amigo e pode ter certeza que faço de suas palavras as minhas Nunca me travesti de militar, sempre fui milico, sempre fui caxias, sempre fiz a minha parte.

Agora amigo, se não for pela disciplina e pela hierarquia não vai meu amigo... Eu também ganho mal para o que faço e nem por isso estou ai apontando o dedo para cima e cuspindo para baixo, pois sei que isso é a maior imoralidade que pode existir no nosso meio, a moral de cueca. Entenda uma coisa Subtenente para toda ação existe uma reação, pode ter certeza disso, a sua onça pode estar chegando para beber água, mas também pode ser abatida pelo tiro do caçador.

Anônimo disse...

Brilhante!! Para os que se impressionaram com o prolixo texto do Cmt EB, reflitam sobre o texto conciso do Marcelo Mendonça, e concluam se a manifestação de Sua Excelência é realmente em defesa da FORÇA.

Anônimo disse...

ES UM Sábio homem! Parabéns.

Anônimo disse...

Um dos comentarios a cima fez acender uma luz de SABEDORIA.
O Cmte apenas se manifestou com MEDO dos oficiais subalternos e praças adiquiram os DIREITOS TRABALHISTAS.
Seria o fim das injustiças e arbritariedades.
Esperto excelência!!

Anônimo disse...

Mi mi mi.....

Anônimo disse...

O momento é de união e não de discussões e críticas negativas. Sei que os CMts nunca tentarão unir todos em prol de de todos, porém eles agora estão se manifestando, ou seja, o momento é de apoiarmos. Não vamos ser ignorantes e não aproveitarmos essa oportunidade que nunca tivemos. É só raciocinarmoss que veremos a chance que nunca tivemos de mudar alguma coisa para melhor.

Anônimo disse...

Por favor nem pense nisso, pois so iriam perceber que estariamos em greve qdo houvesse enchente o um surto de dengue! A esqueci ou qdo o mato em frente ao quartel estivesse alto.

Anônimo disse...

Finalmente, alguem que nao acredita em chapeuzinho vermelho e saci Pererê.

MESSIAS DIAS disse...

Reforma da previdência!

O que nossas esposas e filhos esperam de nós: é a educação, saúde, segurança, moradia, lazer e alimentação. Pouco os interessa qualquer promessa nossa sem obras. Como dizia o Apóstolo João, para mostrarmos a nossa fé com obras, pois pouco interessa ao necessitado e desesperado (militares das Forças Armadas), palavras e mais palavras, promessas e mais promessas.

No momento, é justamente isso o que esperamos de quem nos Comanda, quer seja, Marinha, Exército e Aeronáutica.
Pouco nos importa, como buscarão convencer e conseguir, não deixar que ocorra: "a derrocada final dos militares".

MISSÃO! A que nos é dada (militares) é cumprida e, lembre-se, quando isso ocorre, o maior sacrifício são da "ponta da linha", ou seja, os Soldados, Cabos, Subtenentes e Sargentos, pois irão executar, fisicamente, os que os doutos pensadores militares aceitaram, quer seja: segurança pública, presídios, dengue, obras públicas, calamidade pública, apoio a saúde... Acho até que, se os Garis entrarem em greve, vão mandar os nossos especialistas soldados e cabos e, se não for suficiente, sargentos e subtenentes.

Então, não nos venha com aquelas frases prontas, de que todo o esforço foi feito e de que tudo o que se pode fazer foi realizado.

NÃO. VERDADEIRAMENTE NÃO ACREDITAREMOS.

Principalmente, quando após uma derrocada, como ocorreu na MP do Mal, vimos a manutenção de cargos e salários dos nossos maiores chefes.

Esperamos que agora sejam de fato COMANDANTES".

"PROMESSAS NEM SEMPRE SÃO SINCERAS, QUASE NUNCA SÃO"

Anônimo disse...

Mais um discrente no folclore popular. Tambem nao acredito em mula sem cabeça tamo junto.

Anônimo disse...

Que isso que revolta, axo q tu nao passou na Especex, fica tranquilo teremos mais alguns anos pela frente. A tmb sou Sgt.

M.Sales disse...

Ae sim em, agora eu dei valor.
Todos esses ataques da imprensa, isso me parece que tem algum objetivo maligno por traz disso, ninguém faz nada de graça não. Isso tem dedo de gente suja por traz.

Anônimo disse...

profissionais! Basta colocar os siscusto em ação. Mensurar o que uma seção produz por componente. Vossa Ex vai ter um treco ao ver tanto dinheiro mal empregado. Que certos militares desempenham função de Sd EV. Que sempre chega no horário, não faz TFM, espera a hora do rancho e o toque de ordem. Graças a "pulitica" de conceito de sempre primar pelos mais dóceis, aqueles que são amigos dos oficiais, puxa escrotos. Esses sim não valem nem a etapa que comem no rancho. Digo mais, se colocarem mulheres para desempenhar a função de combatentes para o qual o amigo está designado cumprem com excelência superior ao do parasita puxa escrotos.

Anônimo disse...

Todos verão que estão ganhando uma mixaria quando, por exemplo, um 1°SG da ativa passar a ganhar mais que um SO da reserva, se os benefícios não forem estendidos também ao pessoal da reserva.

Anônimo disse...

Foi providencial essa nota do Comandante do Exercito para chamar a atenção daqueles que fingem que não veem nada.
Os Oficiais Generais, deveriam ter seus salários semelhantes aos dos funcionários do topo de carreira ou seja, no mesmo nível dos Ministros de Estado, pois se os civis são responsáveis e competentes os nobres generais também o são, portanto seus salários deveriam ser equiparados e os nossos acompanhariam, guardada as devidas proporções.
Mas isso só poderá acontecer se eles que estão no comando, exigirem.

Anônimo disse...

Acho que os militares podem sim participar do esforço do governo para reduzir o déficit com os sistemas de previdência, mas não aumentando o tempo de serviço ou aumentando a idade para ir pra reserva. Mas sim através da redução dos valores das pensões militares (recebidas por filhas, esposos e esposas). Não justifica, por exemplo, a permissão de pensão para filha maior de idade e casada como ocorre hoje para aqueles que optaram por pagar 1.5% do soldo. Assim como o pagamento integral do valor da remuneração como valor de pensão e por tempo vitalício.
Vc militar prefere trabalhar mais tempo, receber o teto do INSS na inatividade ou reduzir os direitos remuneratórios da sua pensionista que, talvez, só gozará tal direito num futuro incerto após vc ter se lascado de trabalhar por 35 anos ? Pense bem, qual "dedo" da mão vc prefere perder, se pensão - lembre, vc estará morto -, ou tempo de serviço?

1 Ten David Márcio disse...

Desconfio do seguinte... O executivo pressiona os militares com diversas elucubrações sobre mudanças "previdenciárias" (coloco entre aspas porque os militares não possuem regime de previdência). Então, por fim, recua, restringindo as mudanças aos 35 anos de serviço, mas mantendo a integralidade, e dá aos militares a sensação de "vitória" no embate, ainda que não tenha sido corrigido o gigantesco déficit salarial. Estratégia antiga, mas com boa perspectiva de funcionar no presente caso.

1 Ten David Márcio disse...

Sobre a carta à Nação do Comandante do Exército: as palavras nos deixaram orgulhosos! Porque evidenciaram a opinião das FFAA (sim, os militares podem e devem opinar) e avisaram aos cidadãos brasileiros das desastrosas consequências que reformas decididas no calor contábil podem ter. O milico não se sente valorizado apenas ao cumprir missões. Ele deve se sentir valorizado também no contra-cheque. Então, no momento em que os militares federais aguardam a tão sonhada reestruturação de salários, dar a eles modificações negativas na "aposentadoria" (último reduto de valorização da carreira militar) equivale mesmo a feri-los de morte.

Léo disse...

" A sociedade brasileira já percebeu a necessidade de uma bem estudada reestruturação da economia do país" ...

.General Villas Bôas ,a sociedade já percebeu ,há décadas, é que estamos sendo roubados,sacaneados, escravizados por essa elite política ladra,vagabunda,lixo e bandida.A maior carga tributária do mundo.A maior Organização Criminosa da história humana está aqui.Aqui.Brasilzão!!! Claro! Tem que ter muito dinheiro para sacear a voracidade dos Cabrais,dos Odebrechts ,etc,etc,etc e etc....O povo pobre e nós ,nós militares, principalmente as praças, é sempre quem pagam a conta dessa lixeira nacional.Pagamos o rombo em 2000,com MP DO MAL e ,agora, novamente,vamos nos arrombar,trabalhando 35,36,37,38,39 ,40 anos para pagarmos novamente o rombo,a roubalheira,o saque voraz do Cabral,dos Odebrecht, do PT,PSDB,PMDB,PP e de todos os vagabundos,pilantras ,lixos humanos que ARROMBARAM O BRASIL!!! Suas declarações, na Folha de São Paulo ,são de um eufemismo estressante e repetência de informações ,as quais,para nós,a tropa que carrega o piano , em nada acrescenta.Vamos nos ferrar ,sim senhor,mais outra vez.E os senhores sabem tão bem disto que a sua fala de fim de ano,agora em 2016, foi didática,quando afirmou que o insignificante orçamento de 2017, destinado para o exército ,terão REFLEXOS NEGATIVOS PARA OS NOSSOS VENCIMENTOS.Palavras suas, Comandante! VENCIMENTOS VEXATÓRIO,VERGONHOSOS, HUMILHANTES E RIDÍCULOS é o que nos sobra , desta roubalheira cretina e quase impune da elite brasileira vagabunda!!! A Assembléia estadual do lindo Tocantins aprovou os novos vencimentos da sua gloriosa PM.Soldado? R$ 6.450,00. Major? R$ 18.000,00.Coronel? R$ 22.000,00.Precisamos dizer mais alguma coisa? Bem estudada reestruturação econômica do país,é General ? Ferrados e muito,muito,mas muito pessimamente mal pagos somos somente nós.Nós! Esta é a gratidão que nos sobra da sociedade elitista e criminosa a qual o senhor conclamou ,na suas declarações ao citado jornal, Para que a mesma decida - pasmém -se quer ter,no Brasil, um exército ou uma milícia .Mas é claro que a resposta será um exército.Com diária de R$ 30,40,60 reais...Claro! Mão de obra preparada e a mais barata da nação, sem limites de horas e dias trabalhados,altamente profissional,ordeira e recebendo menos que,nada menos, 20 PMs brasileiras.Serão todas.Todas.Logo,logo! A mesma sociedade que nos trata,há 32 anos, como cidadãos de terceira,terceira classe. 2018 está chegando.Bolsonaro presidente!!!

Léo disse...

" A sociedade brasileira já percebeu a necessidade de uma bem estudada reestruturação da economia do país" ...

.General Villas Bôas ,a sociedade já percebeu ,há décadas, é que estamos sendo roubados,sacaneados, escravizados por essa elite política ladra,vagabunda,lixo e bandida.A maior carga tributária do mundo.A maior Organização Criminosa da história humana está aqui.Aqui.Brasilzão!!! Claro! Tem que ter muito dinheiro para sacear a voracidade dos Cabrais,dos Odebrechts ,etc,etc,etc e etc....O povo pobre e nós ,nós militares, principalmente as praças, é sempre quem pagam a conta dessa lixeira nacional.Pagamos o rombo em 2000,com MP DO MAL e ,agora, novamente,vamos nos arrombar,trabalhando 35,36,37,38,39 ,40 anos para pagarmos novamente o rombo,a roubalheira,o saque voraz do Cabral,dos Odebrecht, do PT,PSDB,PMDB,PP e de todos os vagabundos,pilantras ,lixos humanos que ARROMBARAM O BRASIL!!! Suas declarações, na Folha de São Paulo ,são de um eufemismo estressante e repetência de informações ,as quais,para nós,a tropa que carrega o piano , em nada acrescenta.Vamos nos ferrar ,sim senhor,mais outra vez.E os senhores sabem tão bem disto que a sua fala de fim de ano,agora em 2016, foi didática,quando afirmou que o insignificante orçamento de 2017, destinado para o exército ,terão REFLEXOS NEGATIVOS PARA OS NOSSOS VENCIMENTOS.Palavras suas, Comandante! VENCIMENTOS VEXATÓRIO,VERGONHOSOS, HUMILHANTES E RIDÍCULOS é o que nos sobra , desta roubalheira cretina e quase impune da elite brasileira vagabunda!!! A Assembléia estadual do lindo Tocantins aprovou os novos vencimentos da sua gloriosa PM.Soldado? R$ 6.450,00. Major? R$ 18.000,00.Coronel? R$ 22.000,00.Precisamos dizer mais alguma coisa? Bem estudada reestruturação econômica do país,é General ? Ferrados e muito,muito,mas muito pessimamente mal pagos somos somente nós.Nós! Esta é a gratidão que nos sobra da sociedade elitista e criminosa a qual o senhor conclamou ,na suas declarações ao citado jornal, Para que a mesma decida - pasmém -se quer ter,no Brasil, um exército ou uma milícia .Mas é claro que a resposta será um exército.Com diária de R$ 30,40,60 reais...Claro! Mão de obra preparada e a mais barata da nação, sem limites de horas e dias trabalhados,altamente profissional,ordeira e recebendo menos que,nada menos, 20 PMs brasileiras.Serão todas.Todas.Logo,logo! A mesma sociedade que nos trata,há 32 anos, como cidadãos de terceira,terceira classe. 2018 está chegando.Bolsonaro presidente!!!

Anônimo disse...

Prezado Montedo.

Segue aqui o meu comentário construtivo.

Se achar válido, sentir-me-ia muito honrado em vê-lo na tela principal do seu Blog.

O assunto é sobre o Artigo do Gen Villas Bôas no Estadão e aí segue:

É O MOMENTO EXATO DE PROMOVER UMA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DO ALTO COMANDO DO EXÉRCITO OU DE TODOS OS OFICIAIS GENERAIS EM BRASÍLIA. O MESMO PODERIA OCORRER COM A MARINHA DO BRASIL E FORÇA AÉREA BRASILEIRA!!!

Que tal publicarmos tal sugestão aos nossos Chefes?

E, como Soldados, não nos cabe desunião nesse momento importante de nossas vidas, seja na ativa ou na reserva. É tempo de União!!! Nenhum de nós é tão bom, quanto todos nós juntos.

As articulações neste momento crucial que influencia na vida de todos nós não devem acontecer somente nos gabinetes de Comando!!! Na era digital, a Tropa tem que estar mais unida do que no passado, tendo como alinhamento a firmeza de propósitos.

Meu fraterno abraço.

TC Inf - Filho de Praça!

Anônimo disse...

Para aqueles que demonstram nada entender de Exército ( a grande maioria aqui) exclareço que o Gen R1 Villas Bôas, não é um militar da ativa, e nem deveria ser chamado de Cmt do Exército, haja vista que esse cargo é de caracter político, e nomeado pelo Governo, ou seja não nos representa, mas possui compromisso direto com o presidente e pode ser trocado a qualquer hora:


Resultado da Pesquisa: Dados do companheiro.
Nº Almanaque: -
Posto/Grad: Gen Ex R1
Arma/Qualif: COMBATENTE / ORIUNDO DE INFANTARIA
Nome: EDUARDO DIAS DA COSTA VILLAS BÔAS
Destino: O militar foi desligado em 5/2/2015.
OP de Vinculação (*): Cmdo 11ª RM
Aniversário:07/11

Anônimo disse...

O amigo que escreve contra o Bolsonaro, por favor, dê outro nome para 2018, se este não tiver o nome no mensalão, petrolão, se não tiver apelido, se pelo menos sabe que existe uma FFAA, se antes ou agora se manifesta sempre a favor do povo e contra os bandidos, que possa enfrentar um debate com qualquer um e não ficar com cara de bunda, que seja perseguido só por bandidos e outros argumentos mais, eu prometo que serei um fiel cabo eleitoral dele.Caso não tenha este nome, não atrapalhe.

Anônimo disse...

Em meus 30 anos de EB, aprendi muito jovem a não confiar em discursos sem compromisso, como do GEN "VIDAS BOAS".
em 1991, ainda na primeira edição do fracassado soldão, um Gen de nome FERRARI, na época Cmt do recem criado COTER, dizia que assim que o soldão de 91 fosse aprovado, nossos problemas de salários e de PNR (aluguel) estariam resolvidos...
Continuei na M ate 2001, quando a MP DO MAL, entrou em vigor. Desta data em diante não mais tive problemas financeiros, porque tomei uma decisão de viver dentro do meu orçamento e parar de jogar dinheiro fora. Hoje acredito que, apesar de inda pagar 30% de pensão, meu dinheiro da com sobra, pois todos os meses, deposito pelo menos mil reais a poupança. Tenho casa própria em Taubate e pago aluguel em Porto Alegre, que como sabem, não tem PNR não funcionais disponíveis. Tenho dois carros, um 2.0 e outro 1.8 anos 2004 e 2014 e uma moto HD 2008. Então como pode se ver é possível sim viver muito bem com salário pago pelo EB, ninguém deveria estar na pindaíba como dizem, o problema e descontrole financeiro por falta planejamento pessoal.
Quanto as mudancas que virão, com certeza virão como em 2001 e com certeza haverão outras nas próximas décadas, esse pesadelo nunca irá acabar, e Este é preço de se viver no Brasil, um pais atrasado, improdutivo e com o povo mais irresponsável que existe no mundo...

Anônimo disse...

Nossos adversários internos e "subjetivos" são a apatia, comodismo e desunião dos próprios militares que relegam a política pra 2° ou 3° plano, não dando importância devida para o seu voto. Já nossos inimigos reais são essa imprensa 99% bolivariana que sempre nos pinta como vilões diante dos fatos perante o povo e a esquerdalha política que tem interesse em ver as FAs enfraquecidas. Diante do histórico da situação, não consigo ficar otimista.

Unknown disse...

Muito importante que as palavras do nosso comandante possam ser mescladas com imagens de tropas dos diversos locais Brasil, inclusive nos serviços mais inóspitos como nos trechos da Engenharia quando centenas de militares ficam por meses a fio no meio do mato no meio do nada abrindo estradas de qualidade!!!!!
Temos que passar essas imagens em horário nobre prá população perceber que não se trata de privilégio mas sim de reconhecimento!

Anônimo disse...

Quero ver o contracheque de junho....

Anônimo disse...

Aí que me refiro

Anônimo disse...

É bom saber que o General. Idas Boas vai ocupar agora o cargo de comandante do EB, pois o mesmo encontrava-se vago desde a criação do ministério da defesa. Boa sorte General.

Anônimo disse...

Não há como esperar o pior. Vejamos. Ir para a reserva com 35 anos, diminuição dos vencimentos quando na inatividade, reajustes aviltantes que recebemos tipo o de janeiro do corrente, perda das vantagens da MP 2215, míseros 2% no cumprimento de missões, sem hora extra, fundo de garantia, etc. Alguns dirão: não está satisfeito pede para ir embora. Digamos que a grande maioria dos Médicos das Forças Armadas siga esse conselho e peça desligamento do serviço. Será o fim do Serviço de Saúde e do FUSEX que já estão péssimos. E você Praça ou Oficial de baixa patente, que não tem como completar seus salários com polpudas diárias o que fará para dar assistência médica a sí e seus familiares. Irá contratar um plano de saúde particular? Irá para a fila do SUS? Ou irá pedir licenciamento e procurar um trabalho melhor para que possa dar um vida digna a sí e seus familiares? O problema é seríssimo. Estão brincando com a nossa paciência. Acordem.

Anônimo disse...

Anônimo de 5 fevereiro, você é um fanfarrão, pois que, te conhece que te compre, se você consegue viver bem com carro, casa, quem esta do teu lado sabe a tramoia que já se envolveu e se envolve com o sofrimento alheio. Mas deixando de lado esta hipocresia de falar que o salário dá ´para fazer tudo isso, jamais um pai de familia principalmente sendo praça alcança uma vida tranquila sem que a familia ajude. Os militares há mais de 25 anos vivem na economia, na mendigação, como o próprio Lula falou: eu dou umas esmolas para eles e eles ficam como cachorros a comer os farelos. Todos estudaram e se sacrificaram para conseguir ser militar, não para ser um mendigo, mas ser valorizado pela Pátria e não venham falar besteiras, pois aqueles que falam são na maioria civis com depoimentos esdruchulos que nunca tiveram capacidade de serem militar de carreira, pois não é para qualquer um, a profissão militar é uma das mais sacrificantes e se um militar fala mau de sua farda é porque não tem aptidão e não se valoriza. Cada um ganha o espaço refletido do seu caráter.
O Gen Villas Boas está fazendo alguma coisa, oque muitos não fizeram e deixaram os militares hoje na M... que estão.
Por isso verdadeiros militares tenho a certeza que jamais se refutarão em lutar ombro a ombro no combate por melhores condições salárias e dignidade para toda sua familia, valorizando assim a profissão que foi tão humilhada e taxada de mentiras por políticos, grupos e pessoas que não sabem nem oque vieram fazer neste mundo.
As palavras do Nobre Gen são apoiadas por um grupo grande de civis da sociedade de BEM aqui neste Brasil, fica aqui o registro.

Léo disse...

O General Villas Boas transferiu para " a "sociedade brasileira" a responsabilidade inerente ao seu cargo.Ora, quem deveria conhecer as ansiedades financeiras, a quase miséria vivida pela tropa e seus familiares,os soldos indecentes que temos e resolver tais problemas deveria ser " a sociedade brasileira", e ainda por opção da mesma, ou o próprio Comandante ? "A sociedade " a qual ele se refere- a elite vagabunda,ladra e lixo,aquela que tem o poder de decisão,a elite política,essa mesma elite criminosa da Lava-Jato,a mesma que ARROMBOU O BRASIL e está SE LIXANDO se um Sargento trabalha igual a um jumento e vai morrer ,antes de se aposentar (40 anos,né general?)e tem os piores reconhecimentos salariais, VENCIMENTOS OS MAIS VEXATÓRIOS, HUMILHANTES, VERGONHOSOS E RIDÍCULOS ,entre todas as Carreiras de Estado, está se lixando pra nós.Se lixando!!! A responsabilidade de decisão se seremos uma milícia armada e muito mal paga ou um exército preparado,não somente do ponto de vista técnico,mas,sobretudo, com a satisfação do orgulho de vermos o reconhecimento desta nação que abriga a maior Organização Criminosa de toda a história humana,jamais deveria ser delegada à" sociedade Brasileira".Jamais! Já que a lei nos impede da livre expressão e da sindicalização e coloca um comandante para nos representar, a obrigação de resolver a indecência dos nossos soldos é sua,general.Tão somente Sua!!! Que sociedade coisa nenhuma!!!

Anônimo disse...

Não acho ..eles sabem que a bomba relógio é o contracheque do militar ,se não houver uma real valorização salarial..."livre+nos Deus!!!!

Anônimo disse...

Vamos ver como ficará o contracheque de junho.

Anônimo disse...

Desde que eu entrei nas FFAA, só houve perdas. Sejam elas salárias, através da inflação, ou sejam pela perda dos direitos.
Perdas pela inflação são recuperáveis, agora, as perda dos direitos, jamais. Essa é a diferença.
Muitos de nós (militares), principalmente os que passaram dos 30, ou os que estão na reserva, ficam se metendo na reforma só para ver se ganham "um a mais". Atitude puramente egoísta.
Não se deve barganhar salários com os direitos dos outros. Meus amigos, devemos nos unir para não perder os direitos.
O problema salarial é antigo, não desprezível, mas não devemos querer ganhar por essa troca espúria.

Anônimo disse...

A PM de Minas foi pra Rua com seus oficiais e ganhou. ..A PM di Tocantins foi ora Rua e ganhou também. O nosso problema é que ficamos de muito blá blá blá. ...se continuarmos assim vai acontecer como em 2001 .....

Anônimo disse...

Gente cadé o chapa quente?

Anônimo disse...

Ao comentarista de 6///07:35: Comentário infeliz esse seu! Chamar de egoísta quem tem 30 anos de serviço e quem está na reserva, é no mínimo egoísmo! Se tem alguém "se metendo" no assunto da reforma é porque tem os mesmos direitos básicos de todos, não querendo levar vantagem em cima dos direitos de ninguém! Claro que alguns direitos não se aplicam ao pessoal da reserva! Voce acha que só quem está na ativa tem uma família para cuidar, contas a pagar, salário defasado...! A reserva te espera!

Anônimo disse...

pelo andar da carroça vamos agasalhar 90% das obrigações dos civis em troca de algum que outro suposto "benefício", e continuaremos ainda com as nossas - na prática, é só fumo. O poder de negociação das FA nessas questões é diretamente proporcional bancada de deputados a nosso favor no congresso, simples assim.

Anônimo disse...

mais uma cortina de fumaça pra acalmar a tropa...preparem o lombo que o governo vai sentar a madeira nos militares, e isso meus amigos, todos nós já sabemos

Anônimo disse...

Querem mexe então criem gratificações para quem está na ativa como:auxílio moradia, gratificação para quem está de serviço e mais algumas coisas que beneficiem os da ativa, aí sim, aumentem para 35 anos de serviço ou que querem mais fazer.

Hercules Smith disse...

Parece haver "agentes " esquerdopatas oportunistas,ou coisa pior ,infiltrados nas FFAA..
. Se forem militares,peçam baixa,estão na profissão errada ou são meros recrutas no serviço militar obrigado!!! Se estiverem se passando por tal,que sejam entregues a justiça!!

Anônimo disse...

Desde que os civis comunistas anistiados, retornaram do "exílio" e tomaram o poder pela via democrática (gamacismo), só fizeram minar as FA até a sua destruição total, substituindo-a pela força bolivariana. Vão deixar a concretização desse plano maliavélico? Agora ou nunca!

Anônimo disse...

Mais defasado...

Anônimo disse...

Anônimo de 5 de fevereiro de 2017 20:59, se não tem nada de proveitoso a falar, cale-se. Você está chamando toda uma classe das 3 forças de desajustados e incapazes. Você é a pessoa mais equilibrada deste mundo.

Anônimo disse...

Excelente Cmt, estamos prontos para cumprir qualquer missão.

Anônimo disse...

Minha sugestão: Sugiro que os Comandos Militares em conjunto com as lideranças
do Alto Comando das FFAA, ACERTE com o Presidente da República (Comandante Supremo das Forças Armadas), um reajuste JUSTO e DIGNO para a classe em caráter de URGÊNCIA, fins ao menos amenizar o quadro VERGONHO e HUMILHANTE da remuneração dos Guardiões da nação. Que não fique apenas na promessa do Ministro da Defesa, conforme foi anunciado recentemente, pois sabemos que só os santos vivem de promessas.

Anônimo disse...

Ao anônimo de 6 de fevereiro de 2017 11:33 - Parabéns pelo comentário!

Anônimo disse...

Léo, valeu! Servidor sempre, subserviente jamais!

Anônimo disse...

Caro anônimo de (5 de fevereiro de 2017 20:37): Sempre digo e afirmo, esse General é melancia.

Anônimo disse...

"Até o enforcado tem o direito de estribuxar" , não adianta fazer belos discursos se quem precisa ouvir é surdo . Militares das Forças Armadas: preparem-se para a "Volta da MP 2215 - Parte II - tiro de misericórdia"

3º Sgt / 2013

Anônimo disse...

Aqueles que consideram que reajustes ou qualquer outra vantagem sejam concedidos apenas ao pessoal da ativa, estimulando assim uma possível desvinculação, gravem o comentário que vocês estão escrevendo hoje para ler no futuro, seja ele próximo ou não. Aprendam a se colocar no lugar dos outros, ou a vida se encarrega na prática de te colocar nesse lugar. Somos uma só categoria, seja da reserva ou da ativa, vestimos todos a mesma farda, ou nos unimos ou vamos apenas fortalecer quem tenta nos atingir.

Anônimo disse...

Ao amigo do dia 05 Fev - 16:13
Ao subtenente do dia 5 de fevereiro de 2017 11:35
Não disse que o amigo faz parte da dita geração, sei que não faz.

Como tenho toda a certeza de que nunca nos travestimos de militares.

Quanto à questão da hierarquia e disciplina temo, ao meu ver, que em determinado momento, quando a onça vir beber água, esses pilares não bastarão.
E, com todo o respeito não creio que qualquer caçador terá sucesso nesta empreitada.

As coisas estão acontecendo neste país, nível político baixíssimo, STF inescrupuloso, criminalidade, corrupção, desemprego...O caos, meu amigo, o caos.

E, de quebra, ainda estão acabar de vez com as FFAA.

A nota é muito boa, bem escrita, mas será que o recado está dado? Será que vamos ter mesmo de assistir a onça beber água?

Abraços...

Anônimo disse...

Comprei minha gravata hoje...tá safo! Problema resolvido...

Anônimo disse...

Eiiii, eu quero receber hora extra!!! Milícia já!!general vc não me representa!

Ass: Pantaneiro bucho quebrado.

Anônimo disse...

não adianta chorarem ou se alegrarem, pois araremos de aceitar a "Volta da MP 2215 - Parte II - O tiro de misericórdia".

O que o Comandante fez foi uma declaração para "acalmar a tropa", declaração esta que não tem poder algum no meio político. Ou vocês acham que Brasília vai se importar com o "inaceitavel" do nosso comandante?...vai ter a 2ª parte da MP do mal sim, e quanto mais nos prepararmos para isso menos doloroso será...sejamos realistas, todos nós sabemos que não virá coisa boa por ai, não vamos mentir para nós mesmos, sabemos que o nosso comando não tem "cunhão político" para barrar isso, essas medidas estão muito além do que um general possa resolver. Preparem o lombo, pois vem chumbo grosso por ai...detalhe: fonte segura assegura isso!!!

Anônimo disse...

isso não passa de jogar para torcida depois ele vai dizer que não consegui fazer nada mas tentou,e em troca o general consegue uma boquinha na petrobras como aconteceu com o zenildo, tinoco e outros tantos que ferram com os militares principalmente as praças e se foram com mil mordomias e nós ficamos como escravo de um sistema corrupto e servindo se representação sem direito a nada até para pagar o famigerado 28% este general não consegui vai conseguir mudar a mentalidade deste bando de corrupto é esperar para ver.
estes inventores do dia do uniforme, da familia militar, do adjunto de comando etc..

Anônimo disse...

Exato!!!

Anônimo disse...

Com salários dignos senão ..."Livre-nos Deus"!!!

Anônimo disse...

KKKk

Anônimo disse...

http://g1.globo.com/to/tocantins/noticia/2016/12/assembleia-aprova-aumento-de-ate-r-10-mil-para-policiais-do-tocantins.html
e agente fica só nas promessas!

Anônimo disse...

Tu tá em que mundo véio!!!!
Kkkkkk...
2° Sgt 2002

Altevir Stall disse...

Senhores! Estamos em plena democracia meio capenga, mas estamos, até quando? Só Deus sabe. Vamos parar com essas briguinhas que não resolvem os nossos problemas. Vamos ser otimistas, vamos pensar nas promessas do Ministro da Defesa. Volta do Auxílio Moradia, Adicional de Tempo de Serviço, Adicional de Habilitação. Aumento de até 90%, neste semestre ainda. O General Villas Boas é bem intencionado. Parabéns pelo texto, concordo integralmente com V Exa. Grande abraço a todos!

Anônimo disse...

Cadê essa matéria nas capas dos jornais?
Cadê no globo.com e UOL?
Bora!!!

Anônimo disse...

Já que o EB verticaliza salários baseando-se em competências e capacitação, segundo uma ótica ultrapassada e inerte, o que devemos então pensar, nós subordinados, de um general quatro estrelas, com 40 anos de sv, com 20℅ de ADC de tempo de serviço, ganhando 14 mil, sendo quem um jovem recém formado em qlq curso, após aprovação e nomeação em carreira federal ingressa ganhando em alguns casos 18, 20 mil? Talvez isso seja mais impactante do que falar que um sd PM recém formado ganha 6400 reais em alguns estados dá federação e um 2° Sgt do EB com missão no exterior, com cursos diversos, vivência nacional, Haiti, Maré e afins, quinze anos de serviços ganha 4060 reais. Estamos mal representados, e os que aí estão, estão prestando um desserviço com sua omissão e covardia, algo que mudará a essência das Forças Armadas. Quem viver verá. Essas palavras do sr Gen VB deixarão de ser falácia, quando figurarem sob forma de reajuste no meu contracheque, até lá, é mais um ocupando uma cadeira. Sem mais.

Anônimo disse...

Só acredito vendo.

Anônimo disse...

Cochilaram durante mais de 30 anos, aliás dormiram em berço esplêndido, preocupados com a opinião pública e foi aí que o cachimbo caiu. O inimigo sempre vestiu verde oliva.

Anônimo disse...

Temer falou para a reivindicação dos militares o seguinte : CICA. Apenas isso.

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 207   Recentes› Mais recentes»

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics