29 de fevereiro de 2012

Presidente do Clube Militar diz que não foi nada disso. Então tá, general.

Em nota aos associados, o general Renato César Tibau da Costa, presidente do Clube Militar, negou ter sido pressionado pelo Comandante do Exército para retirar do ar o Manifesto divulgado no último dia 16, em que os clubes militares das três Forças criticavam a conivência de Dilma em relação às declarações das ministras Maria do Rosário e Eleonora Menicucci. O general afirmou que "houve uma conversa [com Enzo] sobre o assunto, sem pressões, como acontece entre camaradas unidos pelo mesmo ideal".Então tá, Excelência.Nota general tibau
View more documents from Ricardo Montedo.

16 comentários:

ST ROMANOWSKI MILITAR FORÇAS ARMADAS disse...

Acho que esse General e de Cavalaria. Nunca recua. Faz frente para retaguarda e avança.

General já que é assim coloque o Manifesto novamente no site.

Ou esta com medo do Amorim.

Américo disse...

Montedo, respeito profundamente suas posições, porém, meu modesto ponto de vista é que algo vai mal entre o relacionamento das FFAA (Pelo menos boa parte delas - sejam ativos ou inativos), com os atuais detentores do poder, principalmente no que diz respeito aos baixos salários, em detrimento a um revanchismo explícito, como forma de vingança a um passado não muito distante. Os vermelhos não sossegarão enquanto não saciarem seus instintos marxistas. Desafiam os militares diariamente, com o objetivo de testá-los ou mesmo, ardilosamente para levá-los a exaustão ou desagregação. Até quando? por hora carece precisão de cálculos dos desejos dos maus intencionados, para não cairem na armadilha do demonio. Não acredito num campo minado, metafóricamente; No entanto, se houver pólvora, uma pequena fagulha poderá acabar provocando incendios. E isso não será bom para ninguém.

Ricardo Montedo disse...

Américo, concordo com você, os petralhas estão louquinhos para ver o circo pegar fogo.
Mas pergunto: a quem caberia um posicionamento firme, mostrar liderança e ganhar o respeito dos cidadãos e da tropa?
Óbvio que isso é tarefa dos comandantes, mas eles há muito tempo deixaram de se comportar à altura dos cargos.
Ficam engolindo sapos e mais sapos, apresentando Forças Armadas de fantasia e a tropa 'se virando' para fazer a sucatama funcionar, isso sem falar nos baixos salários.
E aí, como fica?
Fica a milicada a mercê da prepotência dessa corja, que tem a petulância de mandar retirar uma nota do site do Clube Militar. E o General retira! E depois fica dizendo que não foi bem assim.
Neste blogue, apenas registro os fatos (sempre eles) e dou minha opinião, se for o caso.
Aqui, o pau que bate em Francisco bate em Chico, sem distinção. Não sou um propagador de uma guerra entre oficiais e sargentos (fato que está na raiz do movimento de 1964), de jeito nenhum. Mas não posso deixar de registrar e comentar o que acontece.
E você há de concordar comigo que os altos coturnos não parecem nem um pouco preocupados com a satisfação da tropa, não é mesmo?
Eles tem olhos apenas para cima, para a cúpula, lá onde estão o poder e as vantagens que almejam.
É lamentável, mas é a verdade.
Grande abraço.

Anônimo disse...

Isso é típico também dos oficiais da ativa principalmente em função de comando. Não admitem o erro ou vacilo muito menos questionamentos dos subordinados.

Anônimo disse...

FRACO E SEM MORAL...ERA UMA VEZ UM GENERAL!

Américo disse...

Também me pergunto: como podem ser tão submissos nossos comandantes? Parece que foram forjados para rastejarem para uma corja inimiga da Pátria. Concordo que a tropa encontra-se desamparada e desestimulada. Um dos motivos que os mantém no cargo por tanto tempo é exatamente suas posições a nada se oporem, escondendo detrás da hierarquia e disciplina, para não contrariar seus opressores, deixando seus subordinados a amargar a triste realidade.
Grande abraço, também.

Anônimo disse...

Sabemos que tipo de gente usa o termo "CAMARADA". Não é preciso dizer mais nada.

Anônimo disse...

"Camaradas unidos pelo mesmo ideal" é a melhor parte!!!

ANOIR disse...

LENDO ISSO CHEGO A ME ENVERGONHA DE UM DIA TER VISTO O GEN TIBAU COMO UM CHEFE PREOCUPADO COM A TROPA! QUE IJENUIDADE! A MINHA BÁÁÁ ONDE VIEMOS PARA MEUS COLEGAS VERDE OLIVA.

Anônimo disse...

Saudade do tempo em que Generais, honravam a farda.

O país está irremediavelmente perdido e liquidado.

A era da mediocridade, covardia, desonestidade e falta de patriotismo está instalada.

ass. uma brasileira envergonhada

Anônimo disse...

Já vi muitas desculpas dessas com soldados de 3ª baixa ksksksk minto as desculpas dos soldados 3ª baixa eram bem melhores que essa.

etaperneta@gmail.com disse...

General, a quem pensas que enganas???

Jonecy disse...

Não tem conversa que modifique meu pensamento legal, foi COVARDIA ou SUBSERVIENCIA, mesmo, devagar eles irão ditando normas, quando quiser cuidar, será tarde.

Antonio Carlos Zamith Jr disse...

A reação só aumenta. Eu já assinei.Mesmo que o Presidente do ClubeMilitar,o tiro sai pela culatra. Quero ver prender mais 80 oficiais de 4 estrelas. E haverá reação nos da ativa. Sei disso pois sou engenheiro do IME.

Anônimo disse...

esses generais de hoje envergonha o povo braileiro , pois covardia nao e qualidade pra general, e por isso que os petralhas querem encher o exercitos de gay pra desmoralizar de vez com o exercito que ja foi tao respeitado

Anônimo disse...

Já passou o tempo de mlitares de verdade! Hoje se observa uma corja subserviente, que se curva aos desmandos do PT.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics