9 de abril de 2017

"Não nos tratem como crianças indefesas", diz aluno do Colégio Militar de Salvador

Ainda sobre o episódio relatado na postagem 

Pais revoltados: alunos do Colégio Militar de Salvador são obrigados a permanecer em treinamento sob chuva intensa 

entendo que, dos 117 comentários recebidos até agora, este que vai abaixo dá um excelente contraponto ao que foi relatado. Segue:

"Sou aluno do colégio militar de salvador e estava no treinamento inteiro. De fato muitos alunos molharam-se mas lembro-lhes que a escola é voltada para demonstrar aproximadamente como é uma carreira militar. Os alunos que não queriam ficar na chuva saíram e não foram obrigados a nada, não receberam punições nem nada do tipo. Os molhados do integral(8º e 9º anos, sendo eu do nono ano) daquele dia, estavam previstos, no horário escolar, que teriam TFM (treinamento físico militar) e por ordem do coronel foi autorizado a troca de uniforme, ou seja, não ficamos molhados o dia inteiro na verdade foi até divertido marcharmos na chuva.
Na reportagem diz "dezenas de alunos, muitos deles crianças", quantas crianças tem no colégio? Se não me falha a memória, NENHUM!! Mas se alguém quiser colocar os alunos do sexto ano como crianças são apenas uns 40 de APROXIMADAMENTE 750 ALUNOS!!
Todos alunos sabem que de vez em quando chove durante os treinamentos, uma chuvinha rápida que você pega quando anda na rua e nem por isso corre para fugir dela e chegar ao seu destino dessa forma pensávamos que seria a chuva que nos molhou por inteiro, fomos surpreendidos tanto nós como nosso comandante.
Para finalizar e combater contra essa imagem que distorce o bom exemplo e caráter do nosso comandante, convido essas pessoas que nunca viram como é um dia lá no colégio a nos visitar e entrevistar qualquer aluno e perguntar o que ele pensa sobre tudo.
Se formos comparar o atual comandante com o último (que também foi ótimo para todos) houve várias melhorias como: o almoço, salas multimídias, excluído tempo de IM(instrução militar) para dar lugar a mais aulas. Ele sempre nos apoia e nos incentiva a estudar isso é nítido sempre que nos encontramos pelo pátio ou em formaturas mas também nos proporciona lazer, como viagens para competições desportivas, encontros de grêmios estudantis entre outros e posso citar como exemplo uma viagem que fiz com tudo pago pela escola para Fortaleza, não só eu mas muitos dos meus colegas foram também.
Esse comandante também é pai, e suas duas filhas participaram do treinamento encharcadas até o final e ele mesmo ficou ao nosso lado na chuva demonstrando que estaria ao nosso lado em todas as dificuldades que encontrarmos na escola, encharcado sim, como todos nós. É isso que eu tenho a dizer a vossas senhorias que só falam mas não escutam e não conhecem nosso querido Colégio Militar de Salvador pois não sabem o que acontece aqui, por favor não nos tratem como crianças indefesas pois nossos instrutores, monitores, professores, orientadores e muitos outros que são em sua maioria militares vem nos ajudando a crescer como cidadãos dignos desta nação e só venham falar mal de um evento ocorrido em nosso sistema de ensino militar depois que experimentarem um dia no colégio com a gente e participar todas as atividades, inclusive uma formatura na chuva.
Tenho muito mais a dizer mas acredito que seria melhor conversarmos pessoalmente, por favor nos visite e converse conosco."

104 comentários:

Anônimo disse...

Aluno do 9o ano escrevendo assim? Difícil...

Anônimo disse...

Parabéns pelo brilhante texto deste jovem aluno, com certeza um futuro e grande cidadão nas conquistas vindouras.
Chega de muito mimimi e vão cumprir mais com todos os deveres estes que se acham cheios de direitos. Com certeza certas dificuldades como estas não cai pedaço de ninguém e nem derrete.
Aos comentaristas do ECA, está sim deveria acabar, bem como outras leis que só dão direitos aos VAGABUNDOS, tais como: desarmamento, lei de cotas, etc. Ou não fomos todos iguais, não parece............

Anônimo disse...

O fato é que este blog, em q pesem as várias manifestações de adulação ao "dono" dele - como este gosta de se autointitular -, é um campo fértil de declarações estapafúrdias e manifestações de praças que descarregam suas frustrações e incompetências, sempre estimuladas pelo blog, que veicula notícias polêmicas, sem qq preocupação com os verdadeiros fatos. Não são todas, inclusive, conheço excelentes praças, mas, acreditem, os q vêm aqui são, com quase absoluta ctz, aqueles gordos, barrigudos, encostões nos quartéis, q vivem assando carne, bebendo, jogando bola e mexendo com as vizinhas alheias. Depois aparecem como "leões de alojamento", cheios de empáfia. Mereciam uma tese de doutorado.
A impressão que as pessoas de bem têm, qdo leem as noticias desse blogo, é que basta receber via whats alguma notícia - contanto, claro, q seja para acender o fogo das inabilidades e inépcias -, o "dono" publica sem qq preocupação de verificar a veracidade e/ou correção da "fonte". Pronto, está dado o pontapé para aquelas praças destilarem um monte de besteiras, verborragia sem qq atenção à instituição, à autoridade militar, a nada. Aliás, como sofre nosso amado vernáculo qdo há tais manifestações. Depois querem reivindicar remunerações iguais a profissionais de carreiras q, se aqui viessem ler o q é escrito por aqui, ficariam ruborizados.
Pior, ter de aguentar as praças auxiliares que pensam ser alguma "otoridade", achando-se cheios de razão, qdo na vdd são cheios de descrédito.
Quero ver a isenção de "dono" em publicar minha declaração, contrária ao q prega.

Anônimo disse...

Repetindo aqui:
Anônimo disse...
Vou fazer, a todos aqui e ao CMT, a mesma pergunta que é feita ao Sgt, momentos antes de ser punido por mandar o soldado fazer míseras 10 flexões, isso era necessário? Lembrando: o soldado já é militar e vai para guerra.
A essa resposta, conclui-se se o CMT devia ter feito isso ou não. Simples assim.

Anônimo disse...

Crianças e adolescentes quase sempre são indefesas diante da autoridade doa adultos; a grande maioria não são emancipados. Se isto está previsto no regulamento da escola é outra história. Não é praia, não é lazer, é escola. O fato do comando ficar na chuva com as filhas não prova nada, só reitera o autoritarismo da imposição. Dividir a fome com os famintos? Não sei! Só mesmo conversando para saber o que se passa na cabeça do comando.

Anônimo disse...

Logicamente e racionalmente se uma pessoa disse isso todas as outras pensam igual, afinal todos pensam igual neste mundo não é!?

Anônimo disse...

Existe o tal de bom senso para com a saúde das crianças e adolescentes.Essa história de fazer os alunos serem superiores ao tempo, é conversa sem noção. Tem que ter responsabilidade com os filhos dos outros. Algumas podem ficar doentes seriamente e o comandante vai assumir a responsabilidade?

Anônimo disse...

��������eita argumentos fajutos

Anônimo disse...

Mas que textão bonitinho para um aluno do nono ano, hein?!

Vai que eu acredito!

Anônimo disse...

Parabéns a jovem. Excelentes palavras. O caso tornou-se Público de nível nacional. Esta nas mãos das autoridades que analisaram o caso. isto poderia ter sido evitado. Não existe a necessidade. As crianças e jovens são valorizadas e respeitadas, justamente para punir que fizer algo contra foi criado o ECA que tem muito poder juntos com Promotores e Juizes. Infelizmente o Sr Comandante podia ter evitado isto. Utilizado um local coberto.

Anônimo disse...

Ô, aluno...deixa de ser aparecidão.

Teu Cmt errou, e errou feio.

Errou pq é INVENTOR, IDEÚDO na essência, vaidoso.

Vc conhece a máxima do INVENTOR, aluno? Não? Pois então pergunte ao seu pai, provavelmente milico.

Teu Cmt deu munição para aqueles que ficam à espreita para falar mal dos CM (procure sobre o caso do pseudojornalista CHICO PINHEIRO, da rede globo).

Errou por ter ido na contramão do que é preconizado nas diversas normas para as formaturas, todas publicadas em BE.

Saiba que, até em cursos de formação, ou mesmo na tropa, recomenda-se prudência nessas atividades. Refiro-me à tropa de homens adultos.

Entendo que a sua ideia principal é a de dizer que homens, cidadãos, são forjados na dificuldade, afinal estamos falando de um CM que, preza por valores maiores, não cultuados por outros EE civis.

Por isto, aluno, poupe-me de seu texto pq ele não me convence.

Zum Zaravalho...



Anônimo disse...

Ad Sumus!
E ponto final!!!

Anônimo disse...

Este aluno é um dos 750 do total e não pode dizer por todos, alem do mais jovens não tem a maturidade para saber o certo do errado por isso são amparados pelo ECA e não respondem por sí e tem seus pais como responsaveis. Os pais sim que se sentiram prejudicados tem que cobrar providencias. Na minha opinião já acho errado militar ficar na formatura por capricho de comandantes em dia de chuva, correndo risco de doenças, raios e objetos cairem sobre a sua cabeça. Agora imagina jovens do CM que nem militares são e sim seguem uma disciplina militar, pois destes 750 alunos quantos seguirão a carreira militar? Poucos garanto...

Anônimo disse...

Vamos lá ! Sou aluno do Colégio Militar de Salvador(CMS) e assim como meu colega ,também estava no treinamento. Antes de mais nada, gostaria de apontar alguns “erros” no que foi dito por ele:
1-“ lembro-lhes que a escola é voltada para demonstrar aproximadamente como é uma carreira militar... “
Resposta- Gostaria de ressaltar que o COLÉGIO Militar de Salvador é um colégio então ele é voltado para o ensino e não para demonstrar como seria uma carreira militar.
2-“excluído tempo de IM(instrução militar) para dar lugar a mais aulas”
Resposta- O tempo de IM(instrução militar) ainda existe, mais precisamente nas quartas feiras das 7:00 às 7:45 no horário divulgado aos alunos tem escrito “Treinamento( Instrução Militar)” , durante esse tempo nós participamos de uma “formatura” e após ela, estamos à disposição da CIA que pode ou não utiliza-lo para IM. Uma certeza eu lhe dou, esse horário não foi “convertido” em aula.
3-“ Os alunos que não queriam ficar na chuva saíram e não foram obrigados a nada, não receberam punições nem nada do tipo”
Resposta- A ordem de retirar os alunos de forma não foi dada, dando a entender que haveria uma punição aos alunos que por livre e espontânea vontade resolvessem sair de forma.


Obs1: “foi até divertido marcharmos na chuva.”
+Pode até ter sido divertido para você , mas já pensou nos outros ? Nos que podiam estar com frio, preocupados com o uniforme ou com medo de pegar alguma doença...
Obs2: “Se não me falha a memória, NENHUM!! Mas se alguém quiser colocar os alunos do sexto ano como crianças são apenas uns 40 de APROXIMADAMENTE 750 ALUNOS!!”
+A pessoa até 12 anos(incompletos) é considerada criança, nesse caso uma parte dos alunos do sétimo ano também devem ser incluídos na sua conta. Além disso, independente de quantas crianças foram “prejudicadas” o que importa é o fato: tinham crianças na chuva e em forma.
“Vamos ver o que diz a Lei Federal 8.069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente). Art. 2º Considera-se criança, para os efeitos desta Lei, a pessoa até doze anos de idade incompletos...”(Trecho retirado do site(blog) ECA E Conselho Tutelar)
( link: http://ecaeconselhotutelar.blogspot.com.br/2013/01/idade-quando-e-crianca-e-quando-se_10.html#.WOrg-IjyvIU)

Anônimo disse...

Muito bem!!!!

RUBEM WEBER disse...

Certamente ninguém desses críticos se preocupa com as chuvas de drogas que os alunos, das demais escolas em Salvador, recebem diariamente como proposta até em salas de aula !

MiriamCB disse...

Excelente resposta! Sou ex aluna e ratifico cada palavra. No afã de chamar atenção a mídia publica informações sem qualquer fundamento, antes de apurar fatos! Orgulho de ter feito parte da história desse lugar sensacional, onde são ensinados valores importantíssimos, lugar de formação exemplar!

Anônimo disse...

Pelo comentário deu ainda mais vontade de colocar meu filho no colégio militar, padrão totalmente diferente dos alunos do colégio público até mesmo particular. Tenho certeza que aí se forma os melhores da nação. Brasil acima de tudo, e vamos parar de mímimi,
Sgt 2003

barreto438 disse...

👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽

Djoy disse...

Só seria difícil escrever assim se fosse um aluno desinteressado em estudar, e apoiado por iguais desinteressados. Um aluno do nono ano não só tem capacidade total de escrever assim, pensar assim e também escolher ser melhor a cada dia... E não ficar de mimimi se sentindo um coitadinho incapaz.

Anônimo disse...

Excelente texto, mas devemos lembrar se o aluno for menor de idade necessitaria dá autorização dos pais e preparação adequada para essa atividade, ou seja uniformes apropriados, molhar na chuva e ficar molhado, não é uma atividade propriamente militar, isto se faz em qualquer lugar.

Os Colégios Militares não preparam para a carreira militar como era antigamente, não existe prosseguimento na carreira militar após formados.

Não existe uma carga horária necessária ou atividades que devem ser exercidas para ser considerado como Colégio Militar, ou seja, apenas o nome da instituição não é suficiente, não existe regulamentação sobre o tema.


Anônimo disse...

Esse é o nível dos nossos colégios, somos ensinados com excelência para atingirmos o nosso melhor desempenho. Não diminua a capacidade do aluno por sua idade.

Anônimo disse...

Discordo! Não menospreze a capacidade destas "crianças". Tenho uma menina de 12 anos, estuda no sétimo ano de uma escola privada e te garanto, que é capaz de escrever um texto tão bom e coeso quanto este, ou seja, não se tenha de exemplo para os demais.

Anônimo disse...

Perderam uma boa oportunidade para realizar o treinamento da "FORMATURA EM CASO DE MAU TEMPO".

Anônimo disse...

Faça um blogue para o senhor, aqui o dono é um praça, diferente das FA onde os senhores oficiais se acham os donos numa demonstração de patrimonialismo imoral que é umas das razões do nosso atraso instituicional. Se o senhor é tão bom quanto acha ser.

Anônimo disse...

Sou ex-aluno do Colégio Militar do Recife e digo, com toda a sinceridade, que formaturas na chuva não são tão incomuns, a menos que seja uma verdadeira chuva torrencial, que é o que parece que houve. Mesmo assim, convenhamos: é só uma chuva! Parem de fazer estardalhaço por causa de uma chuva! E para os supersticiosos que acham que chuva causa gripe, deem uma pesquisada no google sobre isso. Ou melhor, já vou dar de mão beijada a informação para vocês, é só acessar esse link: http://super.abril.com.br/saude/pegar-friagem-provoca-resfriado/

Cláudia disse...

Escrevem até melhor!! Conheço alguns alunos do SCMB, premiados até fora do Brasil, por suas redações de alto padrão!!

Pai de Aluna de Colégio Militar disse...

Regulamento dos Colégios Militares
DA FINALIDADE DOS COLÉGIOS MILITARES
Art 2o
Inciso II - Capacitar Aluno para o ingresso em escolas militares ...

Colégio Militar é ensino também ... mas há sim a carreira militar como pano de fundo ... quem não gosta de formaturas pelo temor de ficar doente tem toda liberdade de por seu filho em outra escola ...

CM = Educação Física
CM = Formaturas Militares
CM = Maior rigor no ensino
CM = despertar gosto por práticas desportivas
CM = Desenvolver no aluno sua responsável auto-independência
CM = Cumprir horários, manter uniforme limpo, cabelo cortado

Quem quer ir pro CM só pelo ensino está pedindo vaga no lugar errado

Magnolia Jesus disse...

Pois é anônimo. Para você ver que o ensino é diferenciado e que o modelo desta excelente instituição deveria ser copiado. Com certeza muita coisa de ruim não estaria acontecendo. Parabéns ao aluno por relatar tão objetivamente o que aconteceu. Magnolia (Mãe de Aluna do CMS e encantada com o Colégio)

Anônimo disse...

Percebe-se que você não conhece nada de Colégios Militares...

Anônimo disse...

hahaha, duvido um aluno do 9° ano (vulgo 8° série) escrever um texto com tal coerência e coesão !!!! intener = um mundo sombrio

Anônimo disse...

Deixem de hipocrisia! Ter deixado os alunos na chuva foi errado e ponto. Faltou bom senso. Custa aceitar isso.

Mãe de militar disse...

Se existisse mais colégios militares nesse país, não teríamos tantas mortes de jovens e tanta corrupção. Ninguém morre aprendendo a ser um cidadão de bom caráter é de regras que o ser humano precisa, porque a falta de respeito é o reina neste país.

Anônimo disse...

Engraçado como estão achando estranho a redação do aluno. Srs., estudem para q possam escrever próximo de um garoto do 9º ano do CM, pois, a depender do q vcs, praças bárbaros como o colega bem disse acima, escrevem aqui, de fato, vão estranhar mesmo.
Maj LEONARDO

Anônimo disse...

Puro masoquismo !!!!!

Anônimo disse...

Concordo.

Carlos Alberto disse...

E por isso que a juventude de hoje e fraca e afrescalhada, causa desses Mimimi, não vão morrer se pegar chuva não, tem que aprender que a vida nem tudo é fácil como alguns pais bestas falam. Uma juventude zumbi dominada pela moleza dos computadores, e pais bananas que não tem pulso e fazem tudo que o filho quer, tudo molenga obeso pela falta de atividades físicas, aos senhores anônimos, já começa a ser frouxo por aí com medo de mostrar a cara deixa de frescura isso é vida militar igual a vida de quem treina artes marciais tem que ter diciplina. Prof. Carlos manaus am

joao elias disse...

O Brasil não vai pra guerra kkkkkk

Anônimo disse...

Bom dia!

Prezados! Acredito que estão desvirtuando o fato, pois o que está em questão é a "atitude do CMT" e não o colégio militar.

joao elias disse...

Já ouviu falar da competição Cisne branco? Ela é feita pela marinha, e o objetivo é escolher a melhor redação, (geralmente tem um tema, tipo enem) e sempre quem ganha são os alunos do fundamental, todos são bem preparados, e esforçados, e o campeão ganha varios prêmios além de ser honrado por outras autoridades como até o general da DEPA, o mais alto comando do colégios militares, tudo que acontece passa pela DEPA.

Anônimo disse...

Depois de esclarecido, que a diversão continue! Quando jovem, já cheguei ensopa depois de fazer questão de andar na chuva de uniforme escolar. Levei uns puxões de orelha da mãe, mas quem resiste quando está com os colegas?

Anônimo disse...

Exposição desnecessária aos elementos não forja pessoas mais preparadas para a vida. Tantos comentários "espartanos" e estoicos que estou até achando que o comandante que ordenou que essas crianças ficassem na chuva é uma vítima da mídia. O interessante é que essa carta é soberbamente bem elaborada para um garoto com essa pouca idade, é carregada de argumentos que inocentam e mudam o foco da arbitrariedade cometida pelo cmt. Os perfis que aqui estão elogiando tal atitude na sua maioria foram criados essa semana, pelo visto para fazer CI. Ao corajoso anonimo que odeia praça, nitidamente discípulo (ou o próprio) de um tal Maj QCO, você está sendo redundante, já publicou essa opinião com os mesmos dizeres a um tempo atrás, que praça é obeso, come churrasco e mexe com mulher alheia....Não esqueça de tomar o remédio caro anônimo, e faça umas seções no psiquiatra dedicadas e atenuar esse ódio das "infames" praças, inimigos dos gloriosos oficiais do EB, pois somos todos irmãos de farda. Sabemos que há reclamões, mas em todos os círculos hierárquicos e não somente entre as praças.

Ander Faria disse...

Bom dia...

Alguém comentou ai: "aluno do 9º ano escrevendo assim..." ou seja, um aluno de 9º ano com 15 anos + ou - não pode escrever bem, tem que ser 'semi-analfabeto', como alguns alunos universitários existentes no Brasil atual. Só vale lembrar que estes Colégios Militares não nivela o aluno por baixo, como é regra em outras escolas dirigidas por professores que só sabem fazer um discuso de ideologias.
No mais, ficar na chuva não mata ninguém, ainda mais alunos. Joguei muito futebol e fiz corridas e caminhas na chuva, nada de mais legal. "Crianças" e adolescentes querem ser desafiados e tenho certeza, que tudo foi feito com todo cuidado. Como chefe escoteiro em um passado não muito distante, já fiz caminhadas de 24 km com crianças de 12 anos e de 32 Km com jovens de 16 anos. Eles hoje são homens adultos e profissionais qualificados, lembram-se com alegria de um fato que lhes aconteceu há tempos atrás. O problema hoje é que esta sociedade patética tenta desmoralizar tudo que desafia a pessoa, seja homem ou mulher. Tudo tem que ser fácil e dado de mãos beijadas. Vamos deixar de palhaçada, e deixar esse pessoal correr, se molhar, se sujar de lama, jogar futebol, basquete, judô, etc. Colégios Militares são um dos poucos refúgios de uma educação pública séria neste país. Grato. Bom dia, parabéns aos alunos.

Anônimo disse...

Alunos do 8° e 9° ano tem capacidade de escrever um texto desse sim. Eu não estudei no CMS mais eu fui aluno no CMC é os colégios militares tem que ser exemplo para todos os colégios do Brasil. Esse pessoal que fala mal dos colégios militares são tudo desinformado. Se essas pessoas passarem 1 dia em qualquer colégio militar, eles vão querer colocar seus filhos em qualquer colégio militar. BRASIL ACIMA DE TUDO!!

Anônimo disse...

Masoquismo nao tem idade, em vez de ficar estudando, ele acha que tomar chuva o faz mais inteligente ou uma pessoa melhor, entao que seja feliz.

Anônimo disse...

Muito mimimi por causa de uma chuva, estudei 4 anos interno em CM, isso aí é frescura, pití de pseudopedagogos.

Anônimo disse...

Quem não conhece, visite o CMS.
NÃO VOMITE O QUE NÃO CONHECE...

Anônimo disse...

Se na tropa, para as formaturas, tem local em caso de mau tempo, pq hj nem o recruta é pode "sofrer", imagine em um colégio militar. Errou o CMT, falta de bom senso, era só comandar fora de forma ...

Anônimo disse...

Os que estão aplaudindo crianças de 12 anos tomando chuva em forma, é só ler o ECA, lei federal que está valendo tb para os CM. Os que nao concordam devem entrar na máquina no tempo e voltar para antes da Constituição de 1988

Anônimo disse...

Os que estão aplaudindo crianças de 12 anos tomando chuva em forma, é só ler o ECA, lei federal que está valendo tb para os CM. Os que nao concordam devem entrar na máquina no tempo e voltar para antes da Constituição de 1988

Anônimo disse...

Ninguém percebeu que esse texto é anônimo? Que qualquer pessoa pode tê-lo escrito

Anônimo disse...

Ninguém percebeu que esse texto é anônimo? Que qualquer pessoa pode tê-lo escrito

Diogo Marques disse...

O administrador do blog copiou e colou a declaração de um aluno. Qual é o nome deste orgulhoso aluno? Onde originalmente foi publicado? Onde está o print da tela?
Convenhamos.... isso, do jeito que está publicado, é desinformação. Não tem credibilidade.

Anônimo disse...

Crianças indefesas não usam o guarda chuva.

Anônimo disse...

É um aluno do Colégio Militar, por favor né.

Julio da Silva Mendes disse...

É, muito fácil mesmo criticar o trabalho dos outros, valenfo-se do anonimato. Porque esse idiota não se identifica e fala como honem? Já até vejo a cara desse covarde, maus um daqueles praças que se acham superiores aos demais por ter conseguido fazer um curso superior. Não tenho nada a ver com o "dono do blog" como vc se refere, mas o desafio a criar um seu e nos manter informados como este tenta.

Anônimo disse...

Anônimo9 de abril de 2017 18:43
Quanto ódio pelas pífias praças, inimigos dos oficiais....Kkkkk, decerto algum praça obeso destilando testosterona durante o churrasco em que discutia sobre futebol, deve ter dirigido olhares à sua senhora...Kkkkk. Quanto ódio destilado.

Unknown disse...

Eu fui aluna do colégio militar de Manaus, e passei por situações semelhante. Nunca fomos obrigados a ficar na chuva, mas muitas ficávamos e outras corríamos. Nunca me senti humilhada, nunca fui desrespeitada, e sempre compreendi que o ensino em uma instituição militar é diferente de uma civil. O sentimento deste aluno é o mesmo que compartilho. E sinto orgulho e gratidão por tudo que vivi no CMM (Alessandra Lima)

Anônimo disse...

Estudei no CMS nos anos 70 e 80 e tomei chuva no pátio, educação física, curso de formação de reservistas e isto sempre foi uma tradição, então só que posso dizer é: nos 60anos mais 500 ex alunos desfilaram em homenagem ao CMS, se for necessário o comando terá mais de 500 ex alunos como testemunha e que hj temos orgulho de termos tomado chuva, aqueles que não querem não coloquem seus filhos lá, obrigado

Uoleston Rodrigues disse...

Anônimo kkk. Você está acostumado com a escola civil pública... O ensino no colégio militar é rígido e de qualidade não uma bagunça como acontece em instituições públicas municipais e estaduais em que alunos saem do ensino médio sem saber ler, escrever ou fazer um simples cálculo matemático .

Anônimo disse...

Penso que o erro maior não é se a criançada tomou chuva ou não (com o calor de Salvador a chuva deve ser até boa), e na minha infância eu tomava chuva por farra e nunca reclamei.
O erro de fato foi ter dado munição aos verdadeiros inimigos da pátria, os "Chico Pinheiros" da vida se regogizam com atitudes assim, que ali no momento pode parecer uma bobagem, mas basta um vazamento de vídeo para se tornar um grande, um gigante problema para a Força.

Infelizmente o "mimimi" está ai na espreita sempre esperando um deslize nosso para nos prejudicar.

Anônimo disse...

Praças bárbaros....Kkkkkk, a mais nova pérola do Maj QCO Leonardo ...Além de obesos, mexedores com mulheres alheias, alcoólatras, também bárbaros rude e ignorantes....Caso não esteja enganado, v. Majestade, Maj QCO Leonardo afirmou certa vez ser oriundo do universo das praças....A língua costuma ser o chicote do lombo...Kkkkkk.

Maria do Carmo disse...

Aluno do 9o. Ano escrevendo assim? Parabéns. Por essas e outras e cada dia mais sou a favor da redução da menoridade penal não para 16, mas para 14 anos. O "cidadão" q defendeu o CMS parece ter compreendido a questão discutida: exposição a perigo das crianças(termo genérico).Nem quero imaginar como seria o post do pai de um aluno atingido por um raio. Mas é claro:aluno do CM não é criança: é imortal, é super homem,XMan. Nada lhes acontece. Não se trata de "mi mi mi" mas de direitos e deveres garantidos constitucionalmente. Aliás, o CM deveria incluir no currículo esta disciplina. Realmente o autor do post escreve bem MAS não conhece as leis do seu país. Espero que aprenda até chegar ao Comando. O ponto nodal é: o zelo, o cuidado dispensado àqueles q estão sob a "guarda" do CM.Bravos? Sei q são, afinal aguentar gritos (falo com conhecimento de causa) isso é para os fortes.Sem falar nas condutas de "superiores" q se constituem em verdadeiras humilhações (a não ser q vc, goste de ser humilhado). O respeito às vezes passa longe E VCS SABEM! Nem vou falar do crime diante do CPM!Tenho medo DESSA SAFRA DE MILITARES QUE ACHA HUMILHAÇÃO NORMAL. Afinal, o "cidadão" assim moldado apresentará um desvio: positivo ou negativo. COMO SERÁ ESSE COMANDANTE? Os fatos estão aí... A GARANÇA É MUITO SÉRIA PARA QUEM RECEBE!Em contra partida, o CM deve saber e levar a sério, muito a sério o cuidado com a vida daqueles q estão sob seus cuidados, sob sua guarda,(no caso vocês... CRIANÇAS), vocês q estão dispostos a defenderem a Pátria. Seja Chefe de Turma, Coronel Aluno mas antes de tudo SEJA CIDADÃO DE VERDADE, sabendo dis seus direitos e deveres, RESPEITANDO O SEU SUBORDINADO, para que seja UM BOM COMANDANTE E NÃO SUBMETA SUA TROPA A PERIGO, nem a humilhações porque a vida é muito cara, não para a Nação(que não chora mas tem q ser respeitada), não para seu Comandante( que merece seu respeito mas não é seu familiar) mas para sua familia para quem vc é o bem mais precioso. Louvável o sentimento pela Nação, O. Compromisso assumido qdo vcs colocaram a Boina GARANÇA,principalmente daqueles q querem a BOINA PRETA, MAS SER FORTE NÃO É EXATAMENTE FICAR DEVSIXO DA CHUVA, CORRER O RISCO DE SER ATINGIDO POR UM RAIO E MORRER, NÃO É DIZER"SIM SENHOR,COMANDANTE, SARGENTO ETC". SER FORTE VAI MAIS ALÉM. MEDITE, CRIANÇA.

Anônimo disse...

Quem escreveu essa matéria no mínimo é algum aluno(a) incapaz de cumprir as normas que escola aplica,minha filha estuda no Colégio Militar já fez formatura pelo CMBH c/ chuva e nunca reclamou,fala que está sendo preparada p/ seguir carreira militar e terá que enfrentar Sol e chuva no futuro, porque não agora? ������

Jamille de Oliveira disse...

Sou educadora e esposa de militar. A conduta do cmdt passou longe do bom senso. Sobre o texto, não tem fonte, nem nome. Seria um texto verdadeiro ou algo escrito para minimizar a repercussão negativa que houve?? O R1 e R69( regimentos internos dos CMs) não aprovam isso. A LDB e ECA tb não. Poupe- me dos argumentos rasos.Todo argumento a favor disso é absurdo!

Jamille de Oliveira disse...

Quer ver minha formação? Coloque nome primeiro.

Anônimo disse...

Fico abismado em saber que, para alguns militares, o texto publicado não pode ter sido feito por um aluno do 9º ano por estar muito bem redigido.
Fico imaginando os filhos desses que esperam que um texto de um adolescente de 14 ou 15 anos tem que pecar na coerência, coesão e na correção gramatical. É por esse pensamento mesquinho que nossa educação é uma das piores do mundo.
Agradeço ao CMR pela excelente educação que eu tive. Lembro-me que fazíamos, em média, duas redações por semana, e nossas redações eram, em sua maioria, muito bem redigidas.
Não é à toa que frequentemente alunos(as) de algum CM conseguem bolsa de estudos em Harvard ou no MIT.

Maria do Carmo disse...

Enviei uma manifestação sobre o assunto em tela mas ainda não foi publicado. Responsável pela publicação: poderia verificar por gentileza? Gosto muito deste blog pela liberdade de expressão(com seriedade) que é concedida aos leitores. Queria registrar meus parabens a toda equipe Obrigada.

Nestor disse...

Zum Zaravalho!!!

Anônimo disse...

Servi em CM por mais de dezoito anos, como a maioria dos militares que posta aqui no blog sempre cultuei os dois maiores valores do Exército Brasileiro: O "Hierarquia" e o "Disciplina", nesse período convivi com sete comandantes,em todos os comandos aconteceram fatos que deveriam ter sido denunciados ao MPM, mas antes de me apedrejarem, lembrem-se dos pilares por mim citados acima, formaturas na chuva sempre fizeram parte da rotina desse CM, somente uma vez,em um Sete de Setembro, o comandante da guarnição cancelou o desfile do Batalhão Escolar, no centro da cidade, por causa do mau tempo, minutos antes do início do desfile; o ECA sempre foi desrespeitado por todos os comandos, basta dar uma olhada nos artigos 232 e 242 do ECA, que ficará bem claro o descumprimento da lei, uma única vez alertei meu comandante imediato sobre o descumprimento do ECA e ele foi bem claro comigo: "Você só sabe colocar areia, não ajuda em nada !" Conheci esse indivíduo quando ele era cadete, era um moita, agora como major, teve que sair da moita , mas como eu, cultuava também os pilares do EB citados no início do texto, fiquei muito aborrecido na hora, mas depois entendi que ele estava na mesma situação.Resumindo : Quem se junta a porcos, acaba comendo farelo. Desabafo de um militar que sempre acreditou na Instituição e nos seus Valores, mas que se decepcionou ,em graus variados,com os comandantes de CM com os quais eu tive o desprazer de conviver.

Anônimo disse...

Alguém conhece o caso "sgt cadeirinha". Parece piada mas não é. Um Sgt que tinha degeneração na coluna. O Cmt chegou vibrando novo Cmt e falou quero todos baixados nas formaturas. Existia um Sgt que não caminhava. O S3 na formatura falava no microfone. Pronto? pronto? S1, Sgt Brigada o mapa da força esta fechando e em tom de brincadeira falava e o "cadeirinha" já esta no local? Toda formatura o Cadeirinha lá sentado sob sol e chuva. Galera o "sgt cadeirinha" era formado em Direito. Juntou tudo como prova e ganhou uma grana quente do Cmt, nem foi da União foi do Cmt. O Cmt era cabeça da turma e foi como Coronel para reserva. Cuidado toda ação tem uma reação. Lembre-se do "sgt cadeirinha"

marcosarapico disse...

E desde o início. ...assim são moldados nossos futuros comandantes. ...não posso nem chamar de líderes, pois criam essa idéia de que "eu já passei por isso e estou aqui ", e se futuramente, desnecessariamente tiver que deixar alunos ou militares na chuva, vai deixar,vai achar natural, normal, comum, pois ele já passou por isso. ...e desnecessariamente. Assim moldam essas mentes atrasadas que futuramente comandarão. Cumpram. Obedeçam. Façam. Afinal milico é superior ao tempo e inferior a m.... Ridículo.

marcosarapico disse...

Quanta indignação na sua escrita. As praças. ...Será que nenhum pai ou mãe criticou o ato? Me representa que tu é um frustrado ou guarda extremo rancor pelas praças. Temos aqui sim um veículo onde podemos expor nossas opiniões, e não só como anônimos, podemos também nos identificarmos e darmos nossa cara a tapa pelas opiniões divergentes. Nem todas as praças são analfabetas ou possuem somente um curso superior de "guerra". Sr grande autoridade oficial do Exército, eu lhe desafio a sair do EB e desfilar sua arrogância nas filas de emprego ou distribuir seu currículo de formado na AMAN para ver qual emprego o Sr consegue aí fora. Eu como praça "recalcado, como o Sr sugere, lhe garanto. ...entro fácil no mercado de trabalho com meu curso superior. Destile seu veneno. Sua arrogância. Se for oficial será um "belo" comandante. ..Esse é o Exército Brasileiro. ..Isso é o que ensinam na AMAN e o pior. ...tem gente de mente fraca que acredita ser o grande centro do universo. ...

Anônimo disse...

Com certeza a Sra. segue os grandes ensinamentos de Paulo Freire... our seja, tem a menor ideia do significado do termo "bom senso."

marcosarapico disse...

É indiscutível a qualidade do ensino, porém o que está sendo discutido é a atitude do diretor da escola. Desnecessário e ponto. Quanto aos bárbaros. ...as vezes somos mesmo, principalmente quando tratamos com imbecis.

Anônimo disse...

Legal mesmo eh o aluno dancar funk na sala de aula, fumar maconha no corredor e enfiar porrada no professor...

Lucas de Lima Ferreira Gonzalez Llana disse...

O problema seria se os militares n ficassem na chuva com os alunos, mas todos os monitores e militares pertencentes da instituição permaneceram juntamente aos participantes da formatura sobe chuva.

Anônimo disse...

https://zonaderisco.blogspot.com.br/2008/02/militares-atingidos-por-raio.html


Não precisa falar mais nada. Acesse e tire suas conclusões.

Anônimo disse...

Vc quer dizer aquele tempo em que nao havia doutrinacao marxista na escola e as crianças nao eram ensinadas sobre como homem transa com homem e mulher com mulher? Queria mesmo ter uma maquina do tempo...

Anônimo disse...

O pessoal fica falando tanto em ECA... enchem a boca... apenas esquecem que eh essa mesma bosta de ECA que diz que um menor pode roubar, estuprar ou matar que nada lhe acontecera...

Anônimo disse...

Depois que vi gente reclamando que o mascote do CM sofria maus tratos, pois era obrigado a desfilar no 7 Set, essa da chuva nem me surprende.

Anônimo disse...

Com toda a certeza, quem esta reclamando nao tem filho em CM, ou se tem, nao entraram por concurso ou sorteio...

Anônimo disse...

Sou QAO ,mas nessa o QAO babão se deu mal.

Unknown disse...

Concordo.

Anônimo disse...

CM será sempre CM...
Quanto à dúvida se um aluno do nono ano consegue escrever o que aí está isto mostra apenas o quanto muitos, ainda que possam ser pais de alunos da instituição, desconhecem a capacidade não apenas da instituição em ensinar, como a do próprio desenvolvimento físico e cognitivo de seus filhos.
Por isso repito CM será sempre CM... Os que não estiverem de acordo, até onde sei não são obrigados a forçar seus filhos a permanecerem na "tropa".
Além disso, este comandante, penso eu, demonstrou o que realmente é ter postura de LIDERANÇA, permanecendo junto aos seus LIDERADOS diante da dificuldade até o final. Aliás, postura que está faltando em muitas instituições, seja militar ou não.
Encontramos tantas "crianças" sendo obrigadas a permanecerem em “instituições” sem a estrutura e qualidade que os CMs oferecem e esse pessoal aí tentando denigrir àquilo que funciona com PRIMAZIA.
O país já destruiu com o ensino público convencional, agora parece que não satisfeitos, tem quem queira destruir aquele que ainda funciona em todos os aspectos educacionais, a começas pela formação de um caráter disposto a enfrentar e vencer seus próprios limites.
Espero que esses alunos consigam realmente dar muitas outras resposta a estes que fragilizados pelas próprias incapacidades de superação, insistem em não permitir que os seus busquem caminhos diferentes, caminhos que os levam ao crescimento pessoal, caminhos escolhidos por eles e não imposto seja por quem quer que seja.
E antes que digam que estou falando do que não entendo, minha filha fez parte do CMC, e muito certamente no nono ano escrevia seus textos com a mesma coerência da apresentada acima... Tanto, que aos 17 anos passou no primeiro vestibular em medicina na Federal do Paraná e na Federal de Santa Catarina. Hoje faz residência médica em uma das melhores instituições públicas na área de médica. Posso afirmar que uma das mais belas imagens que vi, a mais inesquecívelde todas que presenciei (e olha que presenciei muitas), foi quando ela, como porta bandeira, juntamente com seu grupamento carregou o brasão do CMC no desfile de 7 de setembro em plena chuva, “encharcados”... Mostraram que CM será sempre CM...
Parabéns a todos os ex-alunos e todos os atuais alunos dos CMs espalhados pelo Brasil.

Anônimo disse...

Com a imagem que acompanha a chuva poderia se fazer qualquer matéria a respeito:
- Alunos fazem formatura para receber a chuva;
- Alunos testam o novo uniforme;
- Chuva cai durante a formatura;
- Comandante pune alunos deixando-os na chuva;
- Cortes no orçamento obriga alunos ao banho de chuva;
- Comenoração da Ditadura com tortura de alunos; ....

Anônimo disse...

Olha, sinceramente, impossível não dar uma resposta ao indivíduo inimigo das praças, mas antes, gostaria de deixar claro meu posicionamento, compactuo com a opinião da Sra. Jamille, faltou bom senso e está longe da legalidade, simples assim. Vamos a análise do comentário do senhor da verdade, inicialmente disse que as praças que aqui comentam são gordos, obesos, ora, quando olhamos para os militares em final de carreira observamos nitidamente os QAO fininhos e os ECEME gordos, estes últimos realizando o TAF apenas no papel ou por meio do telefone. É mentira? Continuando...Tese de doutorado? O que os oficiais sabem sobre Ensino Superior? Sobre pesquisa? Sobre produção científica? AMAN? EsAO? ECEME? Quebra o meu galho, as verdadeiras academias são as Universidades, das quais muitas praças já passaram por lá. Por estas e por outras fiz questão de terminar meu curso superior, hoje tenho profissão, se acabar a tal das Forças Armadas, me viro e vou trabalhar na iniciativa privada. Agora, se as Forças Armadas acabar os oficiais de "acadimia", vão fazer o quê? Além disso, as praças já se viram faz tempo, dão o seu jeito, estão acostumados com as dificuldades, sabem lidar com os problemas. Os oficiais, por sua vez, são literalmente despreparados para a vida, mal acostumados a ter tudo nas mãos, não sabem nem ao menos trocar a resistência de um chuveiro, para tudo recorrem ao velho Sgt QE que trabalha no Pelotão de Obras, uma piada. E por último, e não menos importante, vamos falar das vizinhas alheias. Os oficiais são realmente despreparados para a vida, isto é fato, logo, são igualmente despreparados para a arte do amor, para a arte de constituir família, para a arte de educar os filhos, por estas e por outras, entendo a preocupação e o receio com as praças, estas são mais vividas e experientes. Fica a dica do outro colega, procure outro blog para postar seus comentários idiotas.

Anônimo disse...

Tudo isso pq era uma formatura! Se fosse na aula de educação física não ia ter tanta gente indignada! Bom mesmo é tirar os filhos daí é colocarem numa outra escola! Lá, provavelmente, não vão saber escrever textão assim, não vão usar uniforme, vão desrespeitar professores... Vai ser bem melhor! Tá ruim, troca de escola! Deve ter um regimento a ser cumprido aí, tomara q os pais tenham lido antes da matrícula!!!

Anônimo disse...

Não existe essa de ficar doente pq pegou chuva. Procura te informar. Isso é mito.

Sonia Maria disse...

Sim aluno do nono ou até mesmo de sexto consegue escrever bons textos. Acho que o que falta nesta pessoa e saber que conhecimento adquirimos, e felizmente esse país tem muitos jovens com grande capacidade. Parabéns ao aluno e a família que educou ele para servir a sociedade.

Anônimo disse...

Parabéns pelo Blog Montedo e pela oportunidade de todos se expressarem em assuntos tão diversos.

Pela lei 9.394/1996, diz que o ensino militar é regulado em lei específica, que é a lei 9.786/99, esta lei não diz quais são as atividades militares que os alunos devem obrigatoriamente cursar, serem submetidos e suas finalidades, de acordo com as peculiaridades da carreira militar.

No histórico dos Colégios Militares deveria constar as atividades militares cursadas pelos alunos, com as qualificações e habilitações da carreira militar. Se é um órgão preparatório para as escolas militares, tem que informar no quê o aluno está sendo preparado, resta saber o quê faz o Colégio Militar ser diferente das escolas/colegios não militares.

Lembrando que está previsto o funcionamento da Educação de Jovens e Adultos(EJA) no Exército, que até o momento não está regulamentado.



lei Nº 9.394/1996

Art. 83. O ensino militar é regulado em lei específica, admitida a equivalência de estudos, de acordo com as normas fixadas pelos sistemas de ensino.

LEI Nº 9.786, DE 8 DE FEVEREIRO DE 1999.

Art. 1º É instituído o Sistema de Ensino do Exército, de características próprias, com a finalidade de qualificar recursos humanos para a ocupação de cargos e para o desempenho de funções previstas, na paz e na guerra, em sua organização.

Parágrafo único. A qualificação é constituída pelos atos seqüentes de capacitação, com conhecimentos e práticas, e de habilitação, com certificação e diplomação específicas.

Art. 7º O Sistema de Ensino do Exército mantém, de forma adicional às modalidades militares propriamente ditas, o ensino preparatório e assistencial de nível fundamental e médio, por intermédio dos Colégios Militares, na forma da legislação federal pertinente, ressalvadas suas peculiaridades.

§ 2o Os Colégios Militares mantêm regime disciplinar de natureza educativa, compatível com a sua atividade preparatória para a carreira militar.

Art. 8º A Educação de Jovens e Adultos, também adicional às modalidades militares propriamente ditas, quando desenvolvida pelo Exército Brasileiro, visará à melhoria da escolaridade de seus recursos humanos, atenderá à legislação federal específica e será realizada mediante a colaboração de outros Ministérios, dos Governos estaduais e municipais, além de entidades privadas.

Anônimo disse...

Ah,por favor! Não use o brado se não o respeita. E tem a coragem de falar uma merda dessas

Anônimo disse...

Primeiro: quem tem dúvidas sobre a capacidade dos alunos dos CM de escrever esse texto, realmente não conhece o Sistema CM e o potencial desses jovens.
Segundo: o CM não é obrigatório, pars ninguém, o mesmo portão que permite a entrada, permite a saída. É uma instituição de ensino diferenciada, pois tem um ensino diferenciado, de cunho militar, se não estudar é reprovado, seja quem for.
Terceiro: tendo entender algumas declarações postadas aqui. Palavras de revolta, de indignação, de desagrado, naow com o fato em si, mas com outros aspectos da carreira militar, ou com as atitudes de seus chefes e comandantes, até entendo o desapontamento, só não entendo porque e como essas pessoas ficaram, ou ainda estão na carreira militar, pois obrigatória é só para o recruta, o restante é opção. O mundo é grande e existe o livre arbítrio, se achas que tem condições de conseguir algo melhor, ou mais justo, tenta a sorte por ai. Agora a pessoa tem tantas reclamações, passou por humilhações e prejuízos, mas conseguiu ficar "sofrendo" 30 ou mais não nessa, realmente não entendo.
Quarto (voltando ao assunto principal): quem nunca pegou chuva? Quem nunca brincou na chuva? Como bem escreveu o jovem, não os tratem dessa forma, não fiquem procurando justificativas para manchar algo muito maior do que esse monte de asneiras e palavras cruéis que vimos aqui. Conheçam e conversem com quem realmente conhece o sistema, quem realmente sabe do que está falando, sem mágoas e ressentimentos dissimulados, não façam parte dessa turba que vive tentando manchar as virtudes e a história de uma instituição centenária que formou, forma e continuará formando, milhares de homens e mulheres com valores tão pouco cultuados hoje em dia.

Anônimo disse...

Pode ser ver claramente que não conhece a capacidade desses jovens, opinando sem conhecimento. Diz a lenda que só devemos opinar sobre determinado assunto tendo a mínima base de conhecimento necessária para fazê-lo. Pesquise, leia, procure saber mais, depois talvez tenhas condições de escrever algo de útil.

Mauro disse...

Porque difícil? Difícil para um aluno do sistema publico civil de educação que fingem aprender de professores que fingem ensinar conteúdos que fingem ser relevantes. Parabéns aos alunos e professores e instrutores dos colégios militares de todo o Brasil. Ainda há luz nessa escuridão que é a educação brasileira. Sigam fortes.

Anônimo disse...

"Matou a cobra e mostrou o pau"... Parabéns!

Anônimo disse...

Queridos, sou aluno do terceiro ano do ensino médio do Colégio Militar de Brasília, e devo lhes informar que, apesar de incomum, de fato, formaturas em baixo da chuva ocorrem. Muitas vezes somos liberados, porém, caso seja uma formatura importante, o Colégio faz de tudo para manter a ordem e encerrar a solenidade o mais rápido possível, ou a transfere para um outro local, a exemplo do nosso auditório. Ninguém, e repito, NINGUÉM, que nunca tenha feito parte do SCMB, consegue imaginar como é nosso dia a dia no Colégio. Todos os alunos de todos os Colégios Militares são gratos por estudar nas escolas mais bem vistas do Brasil, tanto no quesito disciplina como ensino. Não há "exploração de jovens", como muitos observadores insistem em pensar quando presenciam uma formatura longa, seja em baixo da chuva, ou no sol escaldante. Nós, alunos, somos gratos, e nada que o Colégio nos "obrigue" a fazer, pois a nada somos obrigados de fato (somente a cultivar os ensinamentos que nos foram passados pelo Colégio), será o suficiente para retribuir toda essa gratidão que sentimos pela nossa amada instituição de ensino. Zum Zaravalho!

Pedro Fonseca disse...

A metodologia dos Colégio Militares, nunca mudou. Passados várias décadas e gerações de alunos de todos os níveis, sobre as questões da forma de tratamento que os alunos recebem, sempre foi e sempre será "militarizada". Contestações deste tipo, também sempre existiram, de alunos insatisfeitos com as normas e regras disciplinares. Isso não é só utilizado para o seguimento da tradicional "carreira militar", para os que optarem pela mesma. Na vida civil, isto também é perfeitamente válido e aceito. De fato, existem alguns acontecimentos isolados de abuso, por alguns instrutores e monitores. Nesses casos, existem os Ministérios Públicos, para receberem quaisquer denúncia, desde que fundamentada com provas e testemunhas. Como foi o incidente do Corpo de Alunos do C.M.S, realizando a ordem unida debaixo de chuva, colocando em risco, a saúde da tropa estudantil.

Anônimo disse...

Ninguém é obrigado a colocar seu filho em um Colégio Militar. Se não está satisfeito tem todo direito de tira-lo. Ao responsável pelo texto ... parabéns !!! ��������������������������

Wesley Ryan disse...

Temos aqui alguns comentários como:
"Aluno do nono ano escrevendo assim ? Difícil"
"O comando errou feio"

Somos alunos dos excelentíssimos Colégios Militares, não somos qualquer instituição, nosso ensino não é qualquer um para que reduzam a capacidade de um colega do nono ano, nós somos duramente filtrados, por isso tenho certeza da capacidade de todos que compõem estes. Nos enchem de oportunidades, viagens, atividades físicas, instruções que podem ser bem aproveitadas, a qualquer momento posso solicitar ao meu professor uma aula de reforço no período da tarde, somos preparados para PISM, EsPcEX,Enem e outros tantos concursos, 98 por cento dos meus professores eu sei que possuem mestrado, não é toda instituição de ensino que possui esse porte... Principalmente no Brasil.
Portanto pense bem antes de falar algo que reduza a capacidade de um dos meus colegas, nós sim somos o futuro da nação, margem de erro para aquela pessoa especial que não quer nada com nada (até mesmo o pior de nós é excelente em algo) ou aqueles que merecem e não estão.
Deixe compartilhar algo, eu queria muito ter passado por isso deve ter sido divertido. É realmente frustrante que o meu comandante de companhia e meus sargentos sejam tão zelosos, no menor chuvisco eles cancelam a entrada em forma. Um evento desses seria fantástico! Não faz mal colocar a farda para lavar depois, que inveja.
Aos que nunca participaram do Sistema Colégio Militar sugiro não comentar, vocês não sabem a grandeza dos nossos colégios. Aos que não gostaram por algum capricho, é bem fácil sair dele, mas todos nós sabemos que isso não é vantajoso.

Anônimo disse...

Colegio Militar é muito bom sim, mas na relação de custo benefício, em virtude da defasagem dos soldos, mas está muito longe de ser essa ilha de excelência educacional que muitos falam aqui. Tem alunos excepcionais sim, lógico, por ser um sistema com 13 CM espalhados pelo país, com aproximadamente 800 alunos cada tem mesmo que ter alunos que se destaquem, mas vejam bem, todos os bons resultados obtidos se referem ao âmbito de escolas públicas, outra coisa é o apoio a projetos e competições tipo de olimpíadas de física, fatos que nos demais estabelecimentos da rede pública sao quase impossíveis, por isso vemos alguns excelentes alunos ganhando prêmios, bolsas de estudos em universidades estrangeiras de renome, etc. Masse analisarmos bem a média do efetivo as coisas mudam um pouco. Poucos alunos passam nas escolas militares depois que os CM perderam a franquia da metade das vagas na EsPCEx entre 5 e 10 por ano por CM, poucos acessam vestibulares mais concorridos como em universidades federais, nos cursos de medicina, engenharias, direito, etc. Só não vê quem nao quer que nao é tão alto o nível assim.

Anônimo disse...

Novamente o palhaço do Maj Leonardo! Putz....

Unknown disse...

Aluno de um bom colégio, no caso o Militar de Salvador, escreve bem sim. Estudei no do Rio de Janeiro. Não nos nivele por baixo, não é justo. Use o padrão adequado de comparação.

Wesley Ryan disse...

Para o Anônimo que me respondeu (não sei usar bem esse site),tenho que discordar.Vou citar algo recente, o Colégio Militar de Juiz de Fora (CMJF) representou o Sistema Colégio Militar do Brasil na Competição Internacional QUANTA 2016, realizada de 17 a 20 de novembro, na cidade de Lucknow, Índia. O evento explorou as áreas do conhecimento de Ciências, Matemática, Habilidades Mentais e Robótica. A equipe do CMJF foi composta por seis alunos e uma aluna, além de três oficiais. O Colégio obteve o 2º lugar geral entre escolas de 40 países de todos os continentes. O CMJF venceu as provas de Science Quiz e Obstacle Robot Race, conquistando os troféus The Best Team Turn Out e First Runners Up. Nosso antigo Coronel aluno ganhou uma bolsa para nada mais nada menos que Yale,pena que são apenas 13 colégios, o Brasil merece mais que só isso.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics