28 de fevereiro de 2013

Um ano depois, Embraer confirma venda de 20 Super Tucanos para os EUA

Embraer firma contrato com Pentágono e fornecerá 20 aviões para militares dos EUA
Contrato é de US$ 427,5 milhões; aviões serão usados por militares do Afeganistão para treinamento e contra insurgência

Felipe Moreno
SÃO PAULO - A Embraer (EMBR3) firmou um contrato com o Pentágono para fornecer 20 aviões leves de apoio para a Força Aérea, comunicou o órgão do governo dos EUA nesta quarta-feira (27). A empresa, junto com sua parceira Sierra Nevada, derrotam a Beechcraft para conseguir um contrato no valor de US$ 427,5 milhões.
Leia também:
EUA cancelam compra de Super Tucanos da Embraer
Os aviões serão usados por militares do Afeganistão para treinamento e contra insurgência. O acordo havia sido firmado, primeiramente, em dezembro de 2011 - no valor de US$ 355 milhões. Mas a Beechcraft, derrotada, questionou a legalidade em janeiro do ano seguinte.
Embora a Força Aérea tenha dito que a decisão havia sido justa e transparente, ela optou por cancelar o contrato em fevereiro de 2012 - citando problemas com a documentação fornecida pela companhia.
InfoMoney/montedo.com

Um comentário:

Anônimo disse...

Será que vamos retribuir o favor e ir de f-18?

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics