20 de julho de 2012

Governo analisa reajuste não linear para os militares em 2013

Governo define categorias que terão aumento salarial

Simone Cavalcanti 
 (scavalcanti@brasileconomico.com.br)

Após oferecer plano de carreira a professores, Planalto analisa o que poderá conceder às Forças Armadas.
Há um reconhecimento de que os salários mais baixos de Exército,
Marinha e Aeronáutica estão bem defasados em relação aos servidores civis
A presidente Dilma Rousseff definiu que vai seguir critérios de justiça e de coerência para atender às reivindicações de reajuste salarial de determinadas categorias do funcionalismo público federal. Depois de apresentar a proposta e o plano de carreira para os professores das universidades, determinou que agora é a vez de os técnicos do governo sentarem para estudar o que pode ser concedido às Forças Armadas e aos servidores de salário-base, que ganham as menores remunerações.
Há um reconhecimento de que os salários mais baixos de Exército, Marinha e Aeronáutica estão bem defasados em relação aos servidores civis. Em especial o de quem ingressa na carreira.
Segundo o Ministério da Defesa, a remuneração bruta de um recruta era de R$ 518,01 em julho de 2011, menos do que um salário mínimo (R$ 622). Na outra ponta, a renda de um almirante fica por vota de R$ 19 mil. Por isso mesmo, é bem possível que não seja autorizado um reajuste linear.
Com recursos limitados, principalmente porque não são das melhores as perspectivas para as receitas da União, o Planalto quer seguir no rumo do cumprimento da meta de superávit primário (economia de recursos públicos para pagar parte da dívida).
A questão fiscal é prioritária. E é preciso fazer escolhas.Por isso mesmo, as reivindicações de reajuste para os funcionários com rendimentos maiores, como os auditores da Receita Federal, não serão atendidas agora.
"...a remuneração bruta de um recruta era de R$ 518,01 em julho de 2011, menos do que um salário mínimo (R$ 622). Na outra ponta, a renda de um almirante fica por vota de R$ 19 mil. Por isso mesmo, é bem possível que não seja autorizado um reajuste linear."
O secretário de Relações do Trabalho, Sérgio Mendonça, disse ao Brasil Econômico que, mesmo que não seja possível dar o aumento pleiteado às outras categorias, está autorizada a negociação de alguns pontos do plano de carreira, como regulamentação de gratificações, por exemplo, que têm um impacto muito menor nas contas.
Segundo ele, o volume total de recursos que o Executivo poderá abrir mão para os reajustes ainda não está definido. E montar essa equação não está sendo nada fácil.
Primeiro porque, como a conjuntura se mantém muito instável, há uma enorme dificuldade para projetar a arrecadação federal no próximo ano e, portanto, as despesas que serão possíveis de acomodar. De toda forma, o governo tem até o dia 15 de agosto para fechar completamente as propostas salariais e até o dia 31 para entregar o Projeto de Lei Orçamentária ao Congresso Nacional.
"Continuamos a negociar com as categorias, mas aguardamos ainda uma definição sobre os valores que estarão disponíveis no Orçamento para os reajustes", afirmou o secretário.
Ele ressaltou que o único montante colocado à mesa até o momento é o dos professores que contarão com R$ 1,5 bilhão reservado na proposta orçamentária de 2013.
Os outros R$ 2,4 bilhões, que complementam a oferta, serão diluídos entre 2014 e 2015. "As negociações não podem ser uma porta aberta apenas para atender os pleitos das categorias", se posicionou, lembrando que, no caso dos professores, há uma decisão firme sobre a educação vista como uma questão estratégica para o desenvolvimento do país no longo prazo.
De acordo com dados do Planejamento, caso todos os pedidos do Executivo, Legislativo e Judiciário fossem aceitos, a conta seria nada menos que R$ 92,2 bilhões ao ano - metade da folha de pagamento atual da União, que chega a R$ 187 bilhões.
O montante também é maior do que se gastava para pagar os servidores há dez anos (R$ 75 bilhões).
Diante do recrudescimento nas negociações, os sindicalistas de várias categorias fazem forte pressão para que as negociações não sejam mais conduzidas sob a batuta da ministra do Planejamento, Miriam Belchior. A avaliação é a de que ela é linha dura e resiste até mesmo às seguidas manifestações dos grevistas, como a de ontem na Esplanada dos Ministérios.
Os dirigentes sindicais sugeriram a troca de Belchior pelo ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República do Brasil, Gilberto Carvalho, mas sem sucesso.
Em nova investida, tentaram transformar em interlocutora a ministra Ideli Salvatti, da Secretaria de Relações Institucionais. No entanto, a orientação da presidente Dilma é a de que a ministra do Planejamento segue à frente das negociações.
Brasil Econômico/montedo.com

24 comentários:

Anônimo disse...

Esses camaradas estão sempre tirando de foco o povo; Vejam! a dez anos atrás o montante pago aos servidores era menor porque àquela época os funcionários contratados eram menores bem como o número de ministérios.Quantos entraram por conta do governo e, agora querem lavar as mãos. Esse jogo politico do planejamento vai continuar e jamais admitirão que têm dinheiro em caixa,tudo, para que se possa dar o mínimo possível sempre.Quem quer ter serviços de qualidade com profissionais capacitados e concursados não pode abrir mão de lhes pagar salários decentes a altura da sua qualificação e importância.

Anônimo disse...

Estudar? De novo...? Proponho que estes camaradas venham cursar aqui no Rio de Janeiro. Com o tal Sistema de Aprovação Continuada, que não reprova ninguém, nem mesmo analfabeto, essa "thurma" aí do Planejamento, já tinha terminado todos os estudos, com mestrados, doutorados, PHD's e com isso já teriam concluído que a necessidade de aumento dos mlitares é premente, necessária, justa e digo mais, de interesse da Segurança Nacional.

Anônimo disse...

"é bem possível que não seja autorizado um reajuste linear."

OLHA OUTRA AÇÃO DOS 28% VINDO AI!!!

Anônimo disse...

Esses estudos começaram ano passado, entraram em 2012, que já está na segunda metade, se arrastará em 2013... E assim vai, enrolando, enrolando... Aí eu pergunto: até quando? Estão esperando mais manifestações, atos de indisciplina entre outros? Cadê a presidente que disse governar para o povo, ou nós militares não fazemos parte do povo??? Esperar que os comandantes façam algo é improvável, pois são inertes. E assim nós seguimos cada vez mais desestimulados e não adianta vir os comandantes de unidade cobrar farda nova, corte de cabelo em dia e etc, pois estão todos na mesma lama. Este governo nos trata como lixo.

1 Sgt Cav.

Anônimo disse...

Estão dando a entender que quem entra na Força (os recrutas) ganham menos e por isso teriam um reajuste maior. Enquanto isto os profissionais teriam um reajuste menor.
Piada.

Anônimo disse...

A diferença é que as outras categorias conseguem negociar índices de reajuste, existe pressão, existe negociação. No nosso caso existe apenas rezas e esperas. Se o governo decidir dar 1% será esse o índice e pronto. Quem vai acompanhar esse estudo? Quem vai analisar se o índice que o governo apresentar será ou não justo? Receberemos o que o governo oferecer, como sempre. Assim como os cães de rua que recebem os restos, isso se houver restos a distribuir.

Anônimo disse...

Na hora de fazer comparações para mostrar que o PT sabe governar(?) e administrar, fala-se em índices maravilhosos da economia, investimentos e distribui-se dinheiro a outros países "pobres". Na hora de tratar o povo que faz a máquina funcionar, aí aparece só pobreza, índices econômicos preocupantes, crise da Europa e outras mazelas que os países ricos produziram no esbanjamento do dinheiro deles. Como a própria presidente disse, e serve para ela também, "... não podemos brincar na beira do abismo...". Abismo que o PT e seus patrocinadores vão cair.

Anônimo disse...

Pode ter certeza que alguma cachorrada vem por aí, o mesmo golpe que tentaram dar nos professores. Olho aberto com essa gangue que está no poder, em conjunto com nossos chefes omissos eles vão querer nos embrulhar de novo.

Anônimo disse...

Montedo, novidades sobre o famigerado CHQAO (a novela continua).

CHQAO mudou novamente, Boletim do EB de Hoje BE Nº 29/2012
Brasília, DF, 20 de julho de 2012.

Será semelhante ao CPREP CAS ( serão chamados dentro das vagas todos os candidatos por "antiguidade" independente de nota, que tirarem 5,00 ou mais).

PORTARIA Nº 93-DECEx, DE 6 DE JULHO DE 2012.
Altera o inciso I do art. 1º, os incisos VII e X do art. 3º, os art. 18,
19, 20, 22 e 24, os incisos I e II do art. 46, os art. 53, 54, 55, 57, 59,
63, 76, 78 e 81 e o Anexo A das Instruções Reguladoras do
Concurso de Admissão e da Matrícula no Curso de Habilitação ao
Quadro Auxiliar de Oficiais, referentes ao processo seletivo em
2012 (IRCAM/CHQAO - EB60-IR-20.001).

Anônimo disse...

TÓFFOLI, UMA SUMIDADE JURÍDICA!!!!
REPAREM NO NIVEL DO MINISTRO DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL - INDICAÇÃO POLITICA COMO SEMPRE NO STF SÓ PODE DAR NISTO.*Realmente, é uma barbaridade. No julgamento do mensalão.
Ele terá de se declarar impedido, SERÁ QUE VAI FAZER ISTO? Nossa Corte Suprema, outrora Casa de renomados e imparciais ministros, agora virou Casa Política e da pior espécie.
*PERFIL DO MINISTRO TOFFOLI: É DE NOS ENVERGONHAR.
*Quem é ele, você sabe? Agora você vai saber:
*Nome: José Antonio Dias Toffoli
*Profissão (atual): *Ministro do Supremo Tribunal Federal / STF- Suprema Corte.
*Idade: 41 anos
*Um breve histórico, para entender "COMO SE SOBE NA VIDA
*Currículo: "um passado não muito distante:
*Formado pela USP
* Pós-Graduação: nunca fez
* Mestrado: nunca fez
* Doutorado: também não fez
* Concursos: 1994 e 1995
* Reprovado em concursos para juiz estadual em São Paulo (é
(estadual e não Federal, não vá se confundir).
* Depois disso, abriu um escritório e começou a atuar em
movimentos populares.
*Nessa militância aproximou-se do deputado federal Arlindo
Chinaglia e da militância do Partido dos Trabalhadores.
Deu o grande salto na carreira ao unir-se ao PT.
*Em Brasília aproximou-se de Lula e José Dirceu, que o escolheram para
ser o advogado das campanhas 1998, 2002 e 2006
*Com a vitória de Lula foi nomeado Subchefe de Assuntos
Jurídicos da Casa Civil, então comandada por José Dirceu
*Com a queda do chefe, pediu demissão e voltou à banca
privada.
*Longe do governo, trabalhou na campanha para a reeleição
de Lula, serviço que lhe rendeu 1 milhão de reais em honorários
*No segundo mandato, voltou ao governo como chefe da
Advocacia-Geral da União.
*Toffoli é duas vezes réu
*Ele foi condenado pela Justiça em dois processos que correm em
primeira instância no estado do Amapá.
*Em termos solenemente pesados, a sentença mais recente
manda Toffoli devolver aos cofres públicos a quantia de
700.000,00 (setecentos mil reais) dinheiro recebido
"indevidamente e imoralmente" por contratos "absolutamente ilegais",
celebrados entre seu escritório e o governo do Amapá.
* Um dos empecilhos mais incontornáveis para ele é sua
visceral ligação com o PT, especialmente com o ex-ministro
José Dirceu, o chefe da quadrilha do mensalão.
*De todos os ministros indicados por Lula para o Supremo,
Toffoli é o que tem mais proximidade política e ideológica com o
presidente e o partido.
Sua carreira confunde-se com a trajetória de militante
petista – essa simbiose é, ao fundo e ao cabo, a única
justificativa para encaminhá-lo ao Supremo
*POSSE: Cadeira dos sonhos
*No dia 23/10/2009 ocorreu à posse de Dias Toffoli como
ministro do STF (indicado pelo Presidente Lula)
*Algumas atividades como Ministro do STF:
*Ao longo de oito meses no STF ele participou de julgamentos
polêmicos e adotou posturas isoladas.
* Em março foi o único entre dez ministros que votou
favoravelmente ao pedido de habeas corpus para libertar José
Roberto Arruda, ex-governador do Distrito Federal.
*Em maio, votou pela absolvição do deputado federal Zé
Gerardo (PMDB-CE), primeiro parlamentar condenado pelo Supremo desde a
Constituição de 1988 (o julgamento acabou em 7 a 3).
* Duas semanas depois, indeferiu um pedido de liminar em
habeas corpus em favor do jornalista **Diogo Mainardi**, em
processo no qual foi condenado por calúnia e difamação.
*Mainardi é crítico da gestão petista e de Lula e mora na
Itália, devido a ameaças de morte que recebeu!!
*Toffoli, que também é ministro-substituto do Tribunal
Superior Eleitoral pediu vista de um dos processos por
propaganda eleitoral antecipada contra Lula e a presidente pelo PT, Dilma Rousseff
*O julgamento avaliava um recurso contra uma decisão que
multou os dois, nos valores de R$ 10 mil e R$ 5 mil, respectivamente, e que foi determinada pelo ministro Henrique Neves no dia 21 de maio.
*ESTE É O MINISTRO DO NOSSO SUPREMO TRIBUNAL.
QUE BARBARIDADE!!! QUE VERGONHA!!!!

Anônimo disse...

Linha dura. Esta frase já foi usada para nominar alguns generais no passado recente. Agora, está sendo usada para as ministretis do PT. Logo, logo, virá a ditadura dos aloprados... talvez...

Anônimo disse...

Quem ganha menos ganhará mais? Quem, cara pálida? Só os recrutas? Ou só os estrelados não vão ganhar? Baseado na fama "honesta" e ardilosa do PT, eles são capazes de reajustar só os recrutas para ganharem um salário mínimo e saírem da inconstitucionalidade. Gastam menos dinheiro e fazem a propaganda enganosa de reajuste dos militares. Esse tipo de reajuste vira uma "sanfona" dentro da tropa, trazendo mais insatisfação quer seja dos graduados, ou dos oficiais. Quem ganha, encosta em valores do soldo ao do mais antigo, que fica insatisfeito. Depois o governo espertamente dá um reajuste separado para eles e aí, vai virar a mesma novela dos 28%. O PT só tem um jeito, PEDIR PRA SAIR. Estão repetindo os mesmos erros do governo passado.

josé luiz disse...

Não acredito que ainda tem graduado "vibrando" com esse tal de CHQAO...acho esse curso um absurdo e uma enorme falta de respeito com os subtenentes, que passam quase 30 anos de serviço e na hora de ser promovido ainda tem que fazer um curso indescente desse.em contra partida promove garotos a oficiais temporários formados em 10 meses de meio-expediente, e sem o mínimo de vivência militar para ser oficial, e quando vão embora ainda recebem o dobro do que um S Ten com mais de 30 anos de Sv...acordem St/Sgt, voces estão sendo passados para trás na cara dura e ainda estão vibrando

Anônimo disse...

É DIFÍCIL ENTENDER AS PESSOAS. TENHO ACOMPANADO NESTE BLOG DO MONTEDO OS ASSUNTOS RELACIONADOS COM VENCIMENTOS DOS MILITARES, ENTRE OUTROS, E, SINCERAMENTE, AS VEZES FICO SEM ENTENDER DIREITO O QUE REALMENTE ESTAMOS QUERENDO. JÁ VÍ NEGUINHO BRAVO PORQUE O AUXÍLIO NATALIDADE É EQUIVALENTE AO SOLDO DO POSTO OU GRADUAÇÃO, AGORA TEM GENTE BRAVA PORQUE POSSIVELMENTE O REAJUSTE SEJA ESCALONADO E NÃO LINEAR. NUNCA PAREI PRA PENSAR NO TAMANHO DO AUXÍLIO NATALIDADE DOS CORONÉIS E GENERAIS, TALVEZ PORQUE NUNCA PENSEI TAMBÉM NOS EMPREGADOS DA INICIATIVA PRIVADA QUE NÃO RECEBEM ESSE BENEFÍCIO E NENHUM DOS OUTROS QUE NÓS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS, CIVIS E MILITARES RECEBEMOS. E COMO RECEBEMOS, BASTA DAR UMA OLHADA NOS POLPUDOS SALÁRIOS QUE OS ÓRGÃOS PÚBLICOS PAGAM A SEUS FUNCIONÁRIOS. ALGUNS ESQUECEM QUE SOMOS PAGOS COM DINHEIRO PÚBLICO, TEMOS ESTABILIDADE, PLANO DE SAÚDE, ALIMENTAÇÃO (PARA OS MILITARES), AUXÍLIO NATALIDADE, AUXÍLIO PRÉ-ESCOLAR, PLANO DE CARREIRA (MESMO QUE SEJA UMA BOSTA), APOSENTADORIA COM 30 ANOS DE SERVIÇO E COM SALÁRIO INTEGRAL. O SALÁRIO TÁ RUIM? TÁ! ENTÃO VAMOS VALORIZAR O RESTO E DAR UMA OLHADINHA PARA OS LADOS E PARA TRÁS E VEREMOS QUE TEM GENTE BEM PIOR.

.´.

Anônimo disse...

Tenho uma sugestão para dar um calaboca, pelo menos na briosa:
- tocar licença no horário, quem quiser ficar chalerando os principes que fique;
- acabar com o serviço 2 x 1 cruel e desumano;
- obrigar os príncipes a comerem a mesma porcaria que os praças;
- acabar com a movimentação dos príncipes a cada dois anos (rj x manaus x rj em 02 anos é mole, quero ver ficar 20 anos no rj);
- acesso para os praças fazerem mestrado (na briosa só quem faz são os príncipes, eles acham que praça não sabe nem ler, muito menos fazer um mestrado);
- acabar com viatura oficial para titular de OM (no RJ tem CMG utilizando toyota para ir e vir para casa);
- pago pra ver esse aumento diferenciado, até porque é brincadeira um sub ter ganhar, com 30 anos de serviço, muito menos do que um 1T-RM2 que não sabe nem o que tá fazendo. Isso para não falar que ao passar para a reserva com 30 anos, um sub leva 20 mil enquanto um RM-2 com menos de 10 anos leva 70 mil. Se levar em conta que RM-2 feminino é esposa de príncipe...

Anônimo disse...

o problema desse aumento é que o governo nao vai querer dar linear, os Comandantes das Forças (que nao estao ganhando mau, por sinal) nao vao aceitar, vai continuar o impasse, o governo vai colocar a culpa nas FFAA por nao chegarem a um acordo e vamos continuar sem aumento. Alguem quer apostar para ver?

Anônimo disse...

Me chamo Henrique Lopes, sou um jovem civil de 21 anos que adimira muitíssimo as FA brasileiras . Militares das forças armadas não se calem diante dessa proposta de aumento miserável de 20%!!! Não se curvem diante desse "cala boca"!!! Vocês homens e mulheres das forças armadas merecem um aumento muito maior por tudo o que fazem pela sociedade brasileira!!! Vocês NÃO DEVEM DESISTIR dessa empreitada por uma remuneração dígna!!! NÃO CESSEM DE PROTESTAR, MESMO QUE SEJA DE MANEIRA VIRTUAL ! A sociedade brasileira precisa conhecer a verdadeira face desse governo dominado por RATOS do PT !!!

Anônimo disse...

e praca pq quer... podia ser comediante ia ganhar mais viu

Anônimo disse...

Vai abrir concurso da PM aqui em PE, vou vazar e me tornar Sd...rebaixo minha graduação mas ganho mais!!

Anônimo disse...

Digam, por favor, o que faço com o salário-familia de R$ 0,48 para 3 dependentes?? não paga nem a tinta de impressão do BP.

Anônimo disse...

Por falar em CHQAO, isso é uma covardia com a praça, senhores estrelados que leêm esse blog, reflitam, como um garotinho de 19 anos que trancou a faculdade e tem 3 meses de te TSCMM, com uma formação de 10 meses de meio expediente pode ser oficial e receber carta patente, tendo as mesmas premissas de um oficial de carreira, mesmo que temporariamente, por 8 anos...e um S Ten, com 30 anos de serviço, que é um profundo conhecedor da admistração militar,já teve vivência nacional, missões no exterior e um profundo conhecimento sobre os mais variados assuntos relativos à força, NÃO PODE SE OFICIAL NO FIM DA CARREIRA? Será que querem mais uma vez cortar gastos à custa do nosso sacrifício, da nossa dignidade? Não queremos ser oficiais para bater de frente com os senhores nas suas decisões,ou rivalizar com senhores tomando vossos comandados, afinal somos do mesmo exécito, somos facilitadores do vosso trabalho. Pensem.

Anônimo disse...

Os erros de pôrtugues, do comentário acima são decorrentes da velocidade de digitação, não de ignorância léxica e gramatical. Aliás ignorância a nós praças, atribuída pelos nossos superiores que nos menosprezam, achando q o sargento/subtenente sabe somente escrever o próprio nome, nada mais. Que somente o oficial têm capacidade para coordenar e gerenciar qualquer coisa q seja, achando que somos burros o suficiente para nos sentirmos "valorizados", quando somos contemplados com as missões que eles não querem ou não têm competência para executar (sindicância, por ex...). Fato q desabona esse pensamento(além da péssima e preocupante situação salarial), é a evasão massiva das FFAA, aqui no meu quartel, nos últimos 5 anos, pediram deligamento 23 sargentos, todos aprovados em concurso público, receita federal, PF, INSS, etc...todos hj ganhando mais que o Gen CMT da BDA.

Anônimo disse...

NÃO TEM ESTA DE OLHAR PARA TRÁS E DIZER QUE TEM MUITOS PIORES. O GOVERNO TEM DE VER É QUE JÁ SE PASSARAM 11 ANOS (MILITARES) SEM TER UM REAJUSTE DIGNO PARA AS FORÇAS ARMADAS QUE PRESTAM UM RELEVANTE SERVIÇO À NAÇÃO. TEMOS TAMBÉM QUE CUMPRIR COM OS NOSSOS DEVERES QUE TODO CIDADÃO BRASILEIRO DEVE TER: PAGAR SEUS (IMPOSTOS,SAÚDE,ESCOLA ...) PORTANTO, SNHORES(AS) AUTORIDAES, PRECISAMOS TAMBÉM DAR UMA MELHOR QUALIDADE DE EDUCAÇÃO AOS NOSSOS FILHOS PARA QUE NO AMANHÃ NÃO TENHAMOS "DESQUALIFICADOS E INCOMPETENTES" PROFISSIONAIS CUIDANDO DE NOSSA PÁTRIA. ESTAMOS PASSANDO POR UMA FASE E UMA SITUAÇÃO FINANCEIRA CONSTRANGEDORA. PORTANTO SENHORES (AS) GOVERNANTES (AS), JÁ ESTÁ MAIS DO QUE NA HORA DE NOS ACRESCENTAR O QUE NOS É DIGNO E MERECEDOR; O REAJUSTE QUE VEM DEFASADO A MAIS DE UMA DÉCADA PARA ÀS FFAA, E NÃO UMA SIMPLES CORREÇÃO NOS SOLDOS DOS MILITARES QUE CUIDA DESTE NOSSO BRASIL, SEJE ELE ATIVO, NA RESERVA OU APOSENTADO. - OBRIGADO... Anônimo.

Anônimo disse...

O QUE É AS FORÇAS ARMADAS:
OS OFICIAIS GENERAIS SAO OS REIS; OS OFICIAIS SAO OS PRINCIPES SE PREPARANDO PARA CHEGAR AO REINADO; NOS OS PRAÇAS OS SERVIÇAIS A SERVIÇO DESTE REINO;AINDA TEM O FILHO BASTARDO, QUE É O OFICIAL PÉ PRETO E O ALPHA ALPHA, QUE PENSA QUE PRINCIPE, MAS NUNCA CHEGA AO REINADO; TEM AINDA O CHALEIRA QUE ENTREGA OS CAMPANHAS PARA OS OUTROS.

Arquivo do blog