31 de julho de 2012

Militares do Exército vão auxiliar na reconstrução de cidade gaúcha devastada por tornado

Força-tarefa para reconstruir Santa Bárbara do Sul ganha apoio do Exército
Município foi atingido por suposto tornado no fim de semana
Fenômeno que atingiu a cidade tem características de tornado 
Crédito: Divulgação / CP
Uma equipe de mais de 40 militares do Exército deve chegar, ainda nesta terça-feira, ao município de Santa Bárbara do Sul, no Alto Jacuí, para auxiliar na reconstrução da área atingida por um temporal com características de tornado, ocorrido no fim de semana. Além dos militares, funcionários municipais de cidades vizinhas foram deslocados também para ajudar nos trabalhos. Moradores se uniram para colaborar na limpeza de ruas e no conserto das residências devastadas pelo forte vento.
De acordo com a Defesa Civil Estadual, a chuva forte que atingiu município na manhã de hoje dificultou o andamento dos trabalhos. À tarde, a precipitação parou, permitindo a retomada das atividades. A previsão é de que o órgão envie ainda nesta terça a Santa Bárbara mais de mil cestas básicas e kits-dormitório, com colchões, travesseiros, cobertores e lençóis. Até quinta-feira, mais de 4 mil telhas, compradas pelo governo do Estado, chegarão à cidade.
De acordo com coordenador regional da Defesa Civil, sargento Lauro Brito Lopes, um levantamento realizado no município revelou que cobertores e colchões são as principais necessidades da população. Segundo ele, a avaliação total dos danos deve ser concluída em breve e encaminhada para homologação do Estado. O prefeito Mário Roberto Utzig Filho já decretou situação de emergência.

Temporal destelha casas e desabriga famílias
Na noite do último sábado, o temporal com rajadas de vento de 150 a 200km/h, de acordo com a MetSul Meteorologia, destruiu 20 casas e provocou danos em pelo menos outras 140, além de pontos comerciais. Os bairros mais atingidos foram Cohab, Fátima, Juventude, Loeblein e parte do Centro em um raio de 1km e largura de aproximadamente 300 metros. Os desabrigados foram para as casas de parentes e amigos.
A coordenação municipal da Defesa Civil montou uma equipe de servidores para fazer o cadastramento das famílias afetadas enquanto o Departamento de Assistência Social recebe roupas, alimentos e móveis. Além disso, foi aberta uma conta no Banrisul para arrecadar recursos para a recuperação da cidade. Equipes da Secretaria de Obras também recebem materiais de construção e percorrem a área devastada para fazer a retirada de galhos e árvores caídas das ruas.
Forte vento destruiu casas em Santa Bárbara do Sul - Foto: Metsul/Rádio Planetário
Saiba como ajudar
A conta disponibilizada para receber recursos é do Banrisul (Agência 0341 / Conta 04.010842.0-0), sob o nome SOS Santa Bárbara do Sul, do Fundo Municipal de Defesa Civil. Na Capital, é possível fazer doações no Centro Administrativo Fernando Ferrari, na av. Borges de Medeiros, 1501, em Porto Alegre, das 8h às 18h30min, inclusive aos fins de semana. Em Santa Bárbara, a Prefeitura recolhe donativos na av. Eduardo Brito, 29, no Salão Paroquial da Igreja Matriz, no Centro de Referência de Assistência Social (Cras).

Aberta linha de crédito no Banrisul
O Banrisul anunciou a criação de uma linha de crédito emergencial, com juro diferenciado, para auxiliar as famílias e empresários que perderam os imóveis com o vendaval que atingiu Santa Bárbara do Sul. A linha de crédito para pessoa física pode ser solicitada no valor de R$ 100 até R$ 15 mil, de acordo com a capacidade de comprometimento do cliente.
A linha de crédito empresarial pode ser de, no mínimo, R$ 1 mil, e, no máximo, R$ 20 mil, com prazo de carência de seis meses. As parcelas podem ser pagas em até 36 meses, com juros de 1,20% ao mês para a pessoa física e de 1,40% ao mês para a pessoa jurídica. As solicitações de crédito devem ser encaminhadas direto na agência do Banrisul em Santa Bárbara do Sul.
Correio do Povo/montedo.com

3 comentários:

Anônimo disse...

Esse é o Exército Brasileiro!!!
Apesar de uma MERDA DE SALÁRIO, tem o lado bom da carreira que é poder atuar em auxílio aos nossos irmãos brasileiros de todas as partes do país. A Mão Amiga estendida ao povo sofrido do Brasil.

Para nós militares: BRASIL ACIMA DE TUDO!!!!

Para os Políticos: DINHEIRO ACIMA DE TUDO !!! Corruptos Nogentos. Fora!!!

Anônimo disse...

esse apoio ninguem vê, exercito trabalha, mesmo muito mal remnunerados, politicos bem pagos e com cachês extras ficam olhando!!!!

Anônimo disse...

CHAMEM O EXÉRCITO

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics