29 de outubro de 2011

SOLDADO DO EXÉRCITO MORRE AFOGADO EM SAICÃ!

Soldado do Exército morre afogado em treinamento em Rosário do Sul
Corpo foi localizado na tarde desta sexta-feira em um lago
Um soldado do Exército de 20 anos morreu durante um treinamento militar no Campo de Instrução Barão de São Borja, em Rosário do Sul, na região da Campanha.
O corpo foi encontrado por volta das 14h de sexta-feira, em um córrego. Informações preliminares não indicam sinais de violência, mas ainda não se sabe o que aconteceu.
Segundo o Exército, Caleb Vigil da Rosa participava da Operação Jacuí 5, uma manobra militar de final de ano iniciada na segunda-feira. Natural de Pelotas, ele servia no 9º Batalhão de Infantaria Motorizado, sediado no mesmo município.
Subcomandante do batalhão, major Maurício Vargas Hüning afirmou que a averiguação do fato está sendo realizada no campo de instrução e já foi instaurado um inquérito policial militar. Ele disse que só depois do inquérito será possível saber o que ocorreu.
O corpo foi encaminhado para o Departamento Médico Legal de São Gabriel para necropsia, onde ainda se localizava na manhã de sábado, e deveria ser encaminhado a Pelotas durante a tarde.
De acordo com informações repassadas ao pai do soldado morto, o cabeleireiro Levi Machado da Rosa, 46 anos, Caleb estava desaparecido desde a noite de quinta-feira, após ser enviado para um serviço. Ao localizarem o corpo no córrego, Caleb estaria com uma mochila nas costas e sem o fuzil, que teria sido encontrado mais tarde em outro ponto do campo. A família foi avisada do ocorrido na sexta-feira, às 17h, e desde então aguarda o corpo do soldado.
Levi conta que o filho servia no batalhão há cerca de um ano e sete meses.
— Ele era apaixonado pelo trabalho. Passou dois dias preparando as malas para essa missão. Se não fosse do quartel, seria um cara frustrado — diz o pai.
DIÁRIO DE SANTA MARIA

6 comentários:

eu disse...

É inaceitável que um menino de 20 anos vá para um simples treinamento e volta de lá sem vida. Caleb não é o primeiro e talvez não seja o último a ser vítima de um caso como este. É necessário uma maior preocupação e monitoramento com relação ao treinamento dado aos soldados. Sou mãe de um adolescente, e amanhã será meu filho à estar em uma destas missões. Deixo aqui minha indignação e sentimentos à família e à nós,amigos! Sentiremos muito sua falta Caleb,descanse em paz!

Ten Juventino 1908 - Primeiro Morto em Acindente Aereo no Brasil disse...

Concerteza é inadimissivel a morte de um soldado, concerteza um soldado exepcional como Caleb fara falta a todos e traz muitos sentimentos tristez.
Mas não podemos esquecer que fatalidades acomtecem, muitas vezes morremos tomando banho quando caimos e batemos com a cabeca em algum lugar...
E o que diria entao?
Faltou alguem ali com um travessiro tomando cuidao?
Nao podemos estar em todos os lugares pois sao muitas as possibilidades de acidentes.
Concerteza devemos tentar reduzir e agir com risco controlado.

Mas infelizmente, nao so no exercito, mas como em todos os momenots da vida, estamos em costantes momentos de risco controlado, como atrazessar uma rua.

jennifer disse...

isso podia te acontesico com qualquer ou tro soldado,mas é assim quando é a hora é a hora então uma pessoa como o caleb vai ficar em nossos pensamentos e nunca saira do nossos coracão!ele éra uma boa pessoa então agora o que eu tenho adiser é assim vamos tomar mais cuidados,pq eu tenho varios amigos do quarteu que estavão nessa misão e espero ñ te que participa de mais um desiludimento sobre o quarteu,pq se éra uma misão que corria perigo pq mandar estes caras com familia,que sentira muito sua faltae sem fala que ele tinha uma vida pela frente!e feser umas coisas dessas sem fundamentos bom é isso ai vai em paz caleb!luto eterno te amoo!

lica eliene dubreuil disse...

fatalidades acontecem, mas mandar uma pesssoa sozinha pelo campo,não é nada seguro! acidentes podem ser evitados, quando se pensa com logistica e cuidado. Especialmente cuidado com a vida dos outros.

Anônimo disse...

Quero deixar meus sinceros sentimentos a familia do soldado Caleb ,que Deus lhes de o conforto necessàrio porque realmente perder um filho è a dor mais triste desse mundo,isso naum tem nem nome porque é triste demais,quando se perde os pais ficamos órfãos mas e quando se perde um "filho" !!! naum existe nome para essa dor.....Que Deus acolha o Caleb como eu sei que ele merece,sei também que ele deixou amigos aqui na terra que vão ama-lo para o resto de suas vida ,sei tambèm que ele jamais serà esquecido ...Serà para sempre um filho e amigo muito querido e amado.....Luzia chagas.

Anônimo disse...

FATALIDADE OU IRRESPONSABILIDADE DA AUTORIDADE QUE EMITIU A ORDEM PARA QUE O MILITAR CUMPRISSE "A MISSÃO" NUM ITINERÁRIO DE UMA REGIÃO QUE O MESMO NÃO CONHECIA? NA DOUTRINA MILITAR OS MENSAGENS PARA LONGAS DISTÂNCIAS DEVEM SER DUPLOS...E AGORA?

Arquivo do blog

Real Time Web Analytics