13 de janeiro de 2010

HAITI: GOVERNO BRASILEIRO PREOCUPADO COM A SITUAÇÃO DOS MILITARES BRASILEIROS

"Há informações de que algumas instalações militares das Nações Unidas sofreram danos e estamos a recolher informação sobre os nacionais brasileiros", disse o ministro dos Negócios Estrangeiros em comunicado.

Por outro lado, o presidente Lula da Silva, expressou a sua "grande preocupação relativamente aos brasileiros e povo haitiano", salientando que o Brasil está a analisar as formas de ajuda a prestar ao Haiti.
A força de paz das Nações Unidas no Haiti conta com 7.060 soldados de várias nacionalidades que estão sob o comando do Brasil, e 2.091 polícias.
Cerca de 1.300 soldados brasileiros integram a missão, além de tropas da Argentina, Bolívia, Canadá, Chile, Equador, França, Guatemala, Jordânia, Nepal, Paraguai, Peru, Filipinas, Coreia do Sul, Estados Unidos e Uruguai.
O chefe de operações do departamento de capacetes azuis da ONU, Alain Leroy, disse em comunicado que a sede do MINUSTAH (missão das Nações Unidas para o Haiti) confirmou danos assinaláveis em várias instalações da ONU.
A missão de paz da ONU foi estabelecida no Haiti em Junho de 2004 para garantir a segurança no país após um golpe de Estado que forçou o antigo presidente Jean Bertrand Aristide a sair do país.
Lusa

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics