12 de janeiro de 2010

SUPOSTA BRINCADEIRA ENTRE SOLDADOS DEIXA UM FERIDO GRAVE EM BOA VISTA

O soldado Elienai Chaves da foi atingindo por um tiro supostamente acidental nas dependências da residência oficial do general do Exército de Boa Vista, localizada na avenida Ene Garcêz.
De acordo com a Folha de Boa Vista o soldado pertencia ao 32º Pelotão de Polícia. Ele foi levado em estado grave para o centro cirúrgico do Pronto-Socorro Francisco Elesbão (PSE).
A assessoria da Secretaria de Saúde (Sesau) informou que foi submetido a uma cirurgia de emergência na noite de sábado (9), e ainda encontrava-se na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por causa do projétil que ficou alojado na coluna cervical.
Em nota enviada à imprensa na manhã de domingo (10), a assessoria de comunicação do Exército informou que Elienai, de 20 anos, foi vítima de disparo de arma de fogo, realizado por outro militar, enquanto prestava serviço de guarda.
Na nota o comando explica que foram adotadas medidas legais necessárias para apurar em que circunstâncias o fato ocorreu. O Comando adiantou que peritos do Exército e da Polícia Civil realizaram os levantamentos necessários no local da ocorrência e o autor do disparo foi autuado em flagrante delito.
De acordo com notícias extras oficiais o nome do soldado que teria disparado o tiro contra Elienai seria Portela.
Um companheiro de quartel de Elienai, que pediu para não revelar o nome, informou à Folha que o tiro que atingiu o jovem pode ter ocorrido durante uma “brincadeira” comum entre os jovens recrutas (conhecida como “golpe de arma”). O militar detalhou que alguns deles pegam a pistola e, após descarregá-la, apontam para o colega e apertam o gatilho. Nesse momento, há o risco de uma bala ficar na arma e disparar.Leia mais.

PORTAL AMAZÔNIA

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics