15 de abril de 2015

Após tentar atacar pedestres com faca, advogado é morto por policiais da Aeronáutica no RJ.

Advogado morre depois de ser baleado por militares da Aeronáutica na orla da Barra
Os militares, que voltavam de uma feira de segurança, e chegaram a dar voz de prisão ao advogado
Os militares, que voltavam de uma feira de segurança, e chegaram a dar voz de prisão ao advogado
Os militares, que voltavam de uma feira de segurança, e chegaram a dar voz de prisão ao advogado.
(Foto: Marcos Nunes)
O Fiat Palio do advogado, que estava estacionado na orla da Barra da Tijuca
O Fiat Palio do advogado, que estava estacionado na
orla da Barra da Tijuca Foto: Marcos Nunes
Um advogado foi morto depois de ser baleado por militares da Aeronáutica, no posto 5 da Avenida Lúcio Costa, na orla da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, nesta terça-feira. De acordo com o delegado André Leiras, da Divisão de Homicídios (DH), por volta de 18h, os militares encontraram o homem com uma faca tentando atacar motoristas e pedestres. Eles desceram das motos e deram voz de prisão ao advogado, que teria tido um surto psicótico e resistido, tentando ferir os batedores. Foram dados então um tiro para o alto, um no braço e um no peito do acusado, que morreu no local.
Ainda de acordo com Leiras, quatro pinos de pó branco, supostamente cocaína, foram encontrados no Fiat Palio do advogado. Suas narinas também estavam sujas com o mesmo material. Agentes da DH chegaram a interditar a Lúcio Costa para a realização da perícia. Uma mulher que teria tido o carro esmurrado pelo advogado está prestando depoimento na especializada. Os militares voltavam da feira de segurança Laad, que acontece no Riocentro, também na Barra da Tijuca.
EXTRA/montedo.com


Ontem a noite, a FAB divulgou nota oficial sobre o episódio
Ocorrência no Rio de Janeiro
O Comando da Aeronáutica lamenta informar que nesta terça-feira (14/04), por volta das 17h, durante o deslocamento de um grupo de militares a serviço da Instituição, no bairro da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, houve um confronto envolvendo militares do Batalhão de Infantaria e um homem, que acabou sendo baleado no local.
Neste momento, a Polícia Militar do Rio de Janeiro procede o registro da ocorrência e desde já o Comando da Aeronáutica colabora para elucidação do episódio.
Brasília, 14 de abril de 2015 (18h21).
Brigadeiro do Ar Pedro Luís Farcic
Chefe do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica

26 comentários:

Anônimo disse...

Despreparo profissional e desconhecimento legal, é uma constante nas FFAA.

Anônimo disse...

Parabéns ao pessoal da Aeronáutica, observaram o fato e agiram com eficácia!!!

Anônimo disse...

Sem poder de polícia e sem poder de fiscalização de trânsito, batedores da Aeronáutica? o Rio virou terra de ninguém...que pena minha linda e maravilhosa cidade.

Anônimo disse...

Ao anônimo de 12:32. Os policiais da FAB não estavam patrulhando as ruas ou muito menos tem função de fiscalização de trânsito. Eles são utilizados somente em favor da FAB como militares de guarda e escolta de unidades. Qualquer cidadão pode intervir em situações de risco de vida de terceiros ou de sua própria vida, isso é considerado pelo lei como legitima defesa. Os militares fizeram o correto. Que tudo transcorra bem para eles.

Anônimo disse...

Não sei qual foi o despreparo citado por um comentarista aí de cima? Afinal, agiram em legima defesa de terceiros, qualquer cidadão poderia ter feito o mesmo. E no caso de militares além de poder ele deve fazer.

Anônimo disse...

Qual o desconhecimento legal? E qual o motivo do despreparo?!

Anônimo disse...

Qualquer pessoa poderá e os militares DEVERÃO dar voz de prisão a qualquer um que esteja comentendo.um crime.... se informe aí desavisado

Anônimo disse...

Agiram muitíssimo bem, fizeram o que qualquer um deve fazer: AGIR EM LEGITIMA DEFESA DE SI PRÓPRIO OU DE OUTREM.

PARABÉNS. ESTE PAÍS PRECISA DE ORDEM

Anônimo disse...

Pelo contrário, isso mostra que, sim, temos gente preparada para agir, parabéns aos companheiros da FAB.

Anônimo disse...

Parabéns aos companheiros, sinal que estavam atentos aos acontecimentos e agiram com preparo, ao contrário do despreparado lá de cima que fez um infeliz comentário.

Anônimo disse...

ao comentarista que disse que é despreparo, digo:

- as FA e nem qualquer órgão policial oferece bola de cristal para saber o que se passa na cabeça das pessoas.

- outra, a abreviatura de FORÇAS ARMADAS é apenas FA, conforme C21-30, logo vc é que demonstra despreparo no manuseio das palavras e argumentação.

- a única coisa que o pecaram, foi não portar um TASER para imobilizar o delirante, mas isso não é culpa deles, e sim da instituição.

fale!

Anônimo disse...

ELES FIZERAM O CERTO, MAS SERÃO HOSTILIZADOS TANTO DENTRO COMO FORA DAS FA. ESPEREM OS DESDOBRAMENTOS. AQUI O ERRADO É COITADO E O CORRETO É MONSTRO. NOSSA DURA REALIDADE. INVERSÃO DE VALORES.

Anônimo disse...

Tudo dentro da lei. Parabéns.

Anônimo disse...

O Leão de alojamento não sabe nem a Lei.

Anônimo disse...

Esse leão de alojamento que não conhece das Leis.... muito menos os excludentes de ilicitude deve ser ten... pois se fizermos uma pesquisa nas OM verificariamos a quantidade de erros que tem nas sindicâncias produzidas por eles... por isso precisam com coitados que tem CAS pra resolver este problema.
Parabéns aos companheiros da Aeronáutica.

Anônimo disse...

Olha isso Montedo!!!!
https://www.youtube.com/watch?v=eAQS1jvFUGQ

"Ministro da Defesa" que tem somente 2º Grau, defende MST e desmerece manifestação do povo.

Anônimo disse...

Se alguém loucão, cheio de drogas,armado de faca, partisse para cima de você ou sua família, o que faria? Ele foi atacar a equipe errada. Quem não concorda com a ação dessa equipe, gostaria que esse "louco" matasse algum civil primeiro? Os viciados estão consumindo esses "pozinhos" misturados com substâncias desconhecidas e estão fritando o cérebro.

Anônimo disse...

É impressionante, a julgar pelo primeiro comentarista, como depois de tantos anos as FFAA atuando em GLO, como ainda há militar que desconhece o amparo legal para atuar em legítima defesa de outrem e para atuar em caso de crimes em flagrante.
Os militares batedores da FAB estão de parabéns, dignos de elogio.

Ten Reis disse...

É por essas e outras que vemos o padrão dos nossos militares...quanta asneira escrita, e quantos "entendidos" temos dentro da Força...é um falando de "Despreparo profissional e desconhecimento legal" é outro falando "Sem poder de polícia e sem poder de fiscalização de trânsito" pelo amor de Deus...queriam o que? militares armados se deparam com uma situação dessas e agem conforme a lei e dentro dos padrões doutrinários, e ainda queriam que eles desse um simples "boa noite" para o vagabundo??? francamente, voltem para o ensino fundamental e recomecem tudo do zero...PARABÉNS aos companheiros da FAB que agiram dentro da legalidade e tenham certeza que em momento algum serão hostilizados por ninguém como disseram ai.

Anônimo disse...

Parabéns aos companheiros da FAB que agiram dentro da lei em legítima defesa.

Anônimo disse...

Corretissima a equipe da FAB!

Anônimo disse...

O pior de tudo é que a maioria dos críticos geralmente é militar. Já passei por algo similar, mas não com tamanha gravidade, pois bastou o gás de pimenta comprado com meu próprio soldo.Depois do ocorrido fiquei sabendo que alguns estavam usando a mim e a outro ex-militar, atualmente na PRF, como exemplo de como não agir, pois poderia dar um processo para o EB. Parabéns aos Policiais da Aeronáutica e, aos críticos de plantão, digo para deixarem de ser covardes, pois é essa sua covardia que faz com que não sejamos respeitados nem por formigas. A omissão de vocês fez as Forças Armadas chegarem onde chegaram e é preciso de militares como esses envolvidos na ocorrência para resgatar a dignidade por vocês ignorada. Por favor, estudem o mínimo de lei, vão conversar com assessor jurídico de sua unidade para ver se aprendem algo, daí quem sabe terão a capacidade de julgar as situações com um pouco mais de bom senso!

leandro gama disse...

Parabens teria ferido outras pessoas,

Anônimo disse...

Quer dizer que é melhor a bandidagem tomar conta, que as Forças Armadas?
Você é um comédia.

Anônimo disse...

Parabéns aos combatentes da Polícia da Aeronáutica!

Anônimo disse...

Boa noite. Gostaria que a Aeronáutica fizesse rondas assim por todo o Rio. São mais de 500 ataques com facas esse ano. Mesmo sendo civil está mais do que na hora de mandar esses bandidos para a vala. Assim o judiciário não solta e dias depois estão nas ruas cometendo crimes novamente.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics