12 de abril de 2015

Decreto de Dilma corta voos de fim de semana de ministros e comandantes militares.

Força Militar: Ministros sem voos de volta para casa
Um decreto do governo publicado no Diário Oficial da União impede o transporte de autoridades aos estados de origem em aeronaves da Aeronáutica nos fins de semana

Rio - O vai-vem de ministros nos aviões da FAB vai diminuir. Um decreto do governo federal publicado ontem no Diário Oficial da União impede o transporte de autoridades aos estados de origem em aeronaves da Aeronáutica nos fins de semana.
Os ministros agora só poderão voar em aeronaves da Força a trabalho e “em casos especiais”. Os pedidos de viagens por motivo de segurança e emergência médica e as viagens a serviço estão mantidos. A restrição também alcança comandantes das Forças Armadas e o chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas. A alteração do decreto 4.244 de 2002 faz parte do ajuste fiscal que o governo tem adotado desde o início do ano para reduzir gastos e reequilibrar as contas públicas.
Leia também
"Cortando na carne": Dilma vai assinar decreto restringido uso de jatinhos da FAB por ministros.
Antes da medida, além do uso para missões e atividades oficiais, os aviões da FAB eram usados pelos ministros também para passar fins de semana ou feriados com a família em seus estados de origem.
O transporte de autoridades em aviões da FAB também é concedido ao vice-presidente da República e aos presidentes do Senado, da Câmara dos Deputados e do Supremo Tribunal Federal. (R. A.)
O DIA/montedo.com

Um comentário:

Anônimo disse...

É pouco, aqui tô comendo macarrão com farinha, o resto já foi cortado. desentalando com água.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics