26 de abril de 2015

Brasil gasta mais com as Forças Armadas do que Israel

Soldado do Exército brasileiro patrulha as ruas do complexo da Maré durante a ocupação, no Rio de Janeiro
Soldado do Exército brasileiro patrulha as ruas do complexo da Maré durante a ocupação, no Rio de Janeiro
Tânia Abrantes
São Paulo - O Brasil está no topo da lista dos países que mais investem nas Forças Armadas no mundo, segundo levantamento do International Institute for Strategic Studies divulgado recentemente
De acordo com o estudo, no ano passado, o orçamento do país para o setor militar foi de cerca de 31,9 bilhões de dólares. A pesquisa não indica o valor da cotação usado para o cálculo.
Em um ranking de 171 países, o Brasil aparece em 11º - à frente de nações como Israel e Iraque. Para se ter uma ideia, Israel investiu ao longo de todo 2014 cerca de 23,2 bilhões de dólares. Tal montante leva em conta os repasses feitos pelos Estados Unidos ao país do Oriente Médio.
Agora, quando se leva em conta o tamanho da população, o investimento brasileiro parece irrisório perto dos gastos de Israel. Por lá, foram investidos o equivalente a 2,9 mil dólares por pessoa, enquanto no Brasil, a proporção é de 157,41 dólares per capita em investimentos.
Detalhe: apesar de ser um país com uma elevada cultura bélica, Israel tem apenas mil quilômetros de fronteiras em extensão. No Brasil, são mais de 16 mil Km que dependem de monitoramento. Veja a tabela abaixo.
Na prática, o orçamento brasileiro com a Defesa é equivalente a 5% do total investido pelos Estados Unidos no setor. O país, que ostenta o maior orçamento militar do mundo, destinou 581 bilhões de dólares para suas Forças Armadas.
Na América Latina, segundo o estudo, a maior parte das despesas se destina à “manutenção da lei” e segurança interna com foco no combate ao tráfico de drogas e outros tipos de crime organizado.
“Brasil e México, que têm as duas maiores economias da região, realizaram novas ações militares internas em meio à contínua violência relacionada ao tráfico'', afirma um trecho do relatório.

Como a Defesa usa o dinheiro
Segundo dados do governo federal compilados por EXAME.com, o Ministério da Defesa gastou cerca de 74,4 bilhões de reais em 2014. Quase metade deste valor foi destinado ao Exército Brasileiro. Veja as áreas da Defesa que mais receberam repasses do governo no ano passado:

Órgão/Entidade VinculadaTotal no Ano (R$)
COMANDO DO EXÉRCITO34.334.064.729,38
COMANDO DA MARINHA19.436.300.788,32
COMANDO DA AERONÁUTICA18.188.235.556,17
FUNDO DO EXÉRCITO1.169.144.138,00
FUNDO NAVAL499.135.522,23
MINISTÉRIO DA DEFESA469.114.890,37

Para este ano, a previsão é que cerca de 81,5 bilhões de reais sejam destinados à pasta.

Brasil é uma das maiores potências militares do mundo
Segundo outro levantamento, o Brasil é a 22ª maior potência militar do mundo. De acordo com o estudo da Global Fire Power, cerca de 370 mil pessoas no país estariam prontas para uma entrar em uma guerra se necessário.
Os Estados Unidos, por sua vez, tem 1,4 milhão de pessoas ativas nas Forças Armadas. Confira como o Brasil se compara aos Estados Unidos e Israel:
CritérioBrasilEstados UnidosIsraelFonte
Pessoas prontas para a guerra370 mil1,4 milhão160 mil GFP
Tanques de guerra4868.8484.170GFP
Força Aérea (número de aeronaves)74913.892684GFP
Força naval11347366GFP
Orçamento para a DefesaUS$ 31,9 bilhõesUS$ 581 bilhõesUS$ 23,2 bilhõesIISS
População202.656.788320.202.2207.821.850GFP
Território8.514.8779.826.67520.770 kmGFP
Fronteiras comparilhadas16.145 km12.048 km1.068 kmGFP
Posição no ranking de potências militares22º11ºGFP
Posição no ranking de orçamento militar11º13ºIISS
EXAME/montedo.com

15 comentários:

Anônimo disse...

Que pesquisa !.......blá,blá,blá...
Em vez disso, perguntem aos militares brasileiros o que eles mais querem nesse momento? Resposta:
Aumento real nos salários defasados, auxílio ou plano pra compra da casa própria,posto acima,1% ao ano que foram retirados a "forceps", pagamento dos 28,6%.Façam isso e depois falem dos canhões.

Anônimo disse...

Essas pesquisas são a maior furada. Analisando os dados do Brasil:

1) Pessoas prontas pra guerra: 370 mil ... onde estão esses militares? fui sargento de infantaria por 14 anos, servi no 1o BIS em Manaus, no 19 BIMtz em São Leopoldo, ambas unidades Forças de Ação Rápida, em ambas como comandante de grupo de combate de tropa de pronto emprego bem como adjunto de Pelotão de Operações Especiais e posso dizer: não estamos preparados para guerra! Onde estão essas 370 mil pessoas? Está incluído nesse número os recrutas? Esse é a quantidade total de militares das Forças Armadas? muito vago esse dado...

2) Taqnues de Guerra: 468... em quais condições? Qual idade desses blindados? Qual a qualidade? E a tecnologia embarcada? Todos Operacionais? Todos Funcionando? Todos com munição, provisões, combustível plenos? Todos com suas devidas guarnições completas?

3) Força Aérea: 749 aeronaves... idem ao item 2

4) Força Naval: 113 o que? idem ao item 2

5) Orçamento 31,9 bi... desse total, quanto é destinado efetivamente à atividade fim? quanto é destinado a pagamento de pessoal da ativa? quanto é destinado ao pagamento de pensões, aposentadorias, etc? Quanto é destinado a pesquisa e desenvolvimento?

Essas pesquisas puramente quantitativas não representam a realidade que as forças armadas vivem... qualquer militar da ativa pode confirmar que deveríamos estar muito atrás nesse ranking, se a pesquisa fosse feita QUALITATIVAMENTE.

Anônimo disse...

Duvido muito que gastem. Mas mesmo que sim nem em sonho chegaríamos perto do profissionalismo deles. Quando entro de serviço e vejo o capitao S1 olhando os uniforme e mijando os soldados por estarem com uma manchinha no coturno ou um fio solto na farda. E apos a parada vai todo mundo tirar a farda nova e colocar a velha para tirar o serviço dou risada e pergunto... sera que em israel o cmt da tropa esta olhando e dando BA para o coturno envernizado e a farda bem passada ou esta orientando seus homens e conferindo granadas e muniçoes... srrs somos um exercito de brinquedo....

Anônimo disse...

Exército de Carmem Miranda, corrigindo o campanha das 16:52

Anônimo disse...

Corretíssimo o anônimo das 15:58. Sem falar que o topo da pirâmide gasta mais que a base.

Anônimo disse...

Antes de fazerem esta pesquisa porque não perguntaram como Israel emprega as tropa deles se eles colocam exercito como policia nas favelas e policiar olimpíadas isto não é gasto com exercito e gasto de interesse da nação pois que ninguém se interessa em pesquisar como soldado fica alojado em que dorme e salaria que vão receber ai ninguém pesquisa !!!

Anônimo disse...

50% desse investimento vai para vilas de oficiais pelo Brasil a fora, onde a esposa do oficial manda troca a cor do PNR recém pintado porque "não combina com seu jogo de sofá", já vi isso acontecer, jogando fora o dinheiro publico...aff, quem puder que saia fora...

Anônimo disse...

Alguém tem valor de gasto dos PTTC ??? Geralmente voltam aqueles militares que ficavam enrolando no trabalho.

Anônimo disse...

Desses 370 mil, estão em guerra contra o mosquito da dengue, kkkkkkkkkk! O PT, conseguiu humilhar os militares rebaixando a classe a caçadores de mosquito.Vergonha nacional, será que os EUA, exporiam seus soldados a essa degradante situação( degradante no sentido que existem orgãos que são habilitados para esse trabalho) as forças armadas oferecem outros propositos,matar mosquito, e entrar em favela.

Anônimo disse...

Prezados,
Essa notícia possui um vies que compromete o entendimento adequado do tema.
A análise deve ser feita em relação ao PIB.
A média mundial é de 2,4% do PIB com gastos de Defesa.
O Brasil gasta apenas 1,5% do PIB com Defesa.

Garivaldino Ferraz - Brasília disse...

Concordo com o comentarista das 12:40 de 27 Abr. Não é uma comparação justa! Apesar de Israel viver em permanente situação de ameaça, seu território é menor que os nossos Estados de Sergipe ou Alagoas e sua população aproximada é menor que a metade dos moradores da Cidade de São Paulo. Em um cálculo rápido, cada israelense paga cerca de 2.966 dólares para suas FFAA ao ano, enquanto que cada brasileiro contribui anualmente com aproximadamente 157 dólares para a defesa do país.

Garivaldino Ferraz - Brasília disse...

Montedo, me desculpe a voada. Relendo o texto com mais atenção, vi que comentei algo que já consta no texto, que é o gasto por habitante com as FFAA de Israel e do Brasil. Mas vale a comparação da extensão territorial e populacional israelense com a do Brasil.

Anônimo disse...

Depois de décadas "economizando" no lombo dos militares, esses pesquisadores só aparecem agora, quando o governo teve interesse em soltar algum dinheiro para reequipar as FA. Alguém comparou salários? Basta comparar com a PM do DF.

Anônimo disse...

SEM COMENTÁRIOS ...INFELIZMENTE AGUARDANDO OS 3 ANOS QUE FALTAM PRA IR PARA A RESERVA REMUNERADA PRA PODER TRABALHAR EM ALGO PARA DAR CONFORTO A MINHA FAMÍLIA, COMO DISSE INFELIZMENTE, POIS A FAB MERECIA MAIS TEMPO, PORÉM NÃO É POSSIVEL. COMO DISSE O COMPANHEIRO, PREFERÊNCIA EM VER O MILITAR NA FORMATURA DO QUE VÊ~LO CUMPRINDO SUA MISSÃO. A QUAL DEVERIA SER FEITA POR 4 GUERREIROS É FEITA POR 1 POIS NÃO TEMOS DINHEIRO PRA COMISSIONAMENTO E/OU DIÁRIAS. PENA!!

Anônimo disse...

Lamentável uma pesquisa desta, FA totalmente sucateada, defasada, emperrada....

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics