11 de abril de 2015

"Uh! Choque elétrico!!!" Cânticos de alunos da EPCAR fazem apologia à tortura.

Como se diz lá em Bagé: 'só dando com um gato morto pela cabeça!'
Como o instrutor de uma escola de formação de oficiais 'puxa' um canto desses?

Alunos da Escola Preparatória de Cadetes da Aeronáutica (EPCAR) entoam cânticos de apologia à tortura em exercício militar, em Barbacena (MG). "Pegar o vagabundo e dar porrada pra valer [...] choque na língua, choque no pé", gritavam os alunos.



A FAB informou em nota que o episódio é isolado e está sendo apurado em sindicância.
Casta Capital/montedo.com

24 comentários:

Anônimo disse...

o que me deixa mais puto e o inimigo esta dentro da forca porque mostram essas coisas isso faz parte da formacao militar e garanto que muitos nao tem coragem pra fazer a metade do que cantam quando estao em forma.

Anônimo disse...

É um bisonho, quer dar uma de fodão diante dos alunos. Tipo de coisa que só atrai olhares negativos.

Anônimo disse...

Hoje não se pode mais cantar nada que fale em agressividade, porrada, matar entre outras coisas. Ai fico me perguntando qual a real finalidade das forças armadas, fazer carinho no inimigo...
Existe diferença em cantar, preparar o militar para enfrentar o inimigo do que fazer as coisas em tempo de paz, temos quer ser realistas, pois se um dia tiver uma guerra não vão passar a mão na cabeça se formos pegos pelo inimigo.
Ou acham que se tiver uma guerra não existe nada disso por qualquer força armada do mundo...
Pois hoje somos os severino para apagar fogo dos problemas de outros setores que não conseguem...
Ta de brincadeira, logo teremos que cantar ciranda cirandinha em TFM...
Por isso em breve quero ir embora das FFAA e do Brasil se possivel...

Anônimo disse...

Que mundo chato esse que vivemos... se tivesse uma máquina do tempo...

Anônimo disse...

Que isso agora canção de TFM é fazer apologia a tortura, e os RAPs e FUNKs são o que então...
As forças armadas tem que cantar e estimular os militares no TFM com a realidade que um dia se encontrarão se houver uma guerra ou querem que se cante musicas infantis de roda, isso é uma piada...

Rodrigo Villani disse...

Prezado Montedo:
Este evento é um fato isolado; vamos dá-lo a proporção que ele merece.
Há constantes recomendações no corpo de tropa para que atitudes como esta não sejam tomadas.
Logo, o responsável responderá pelos seus atos, por meio da sindicância.
"Tratar desigualmente os desiguais nas desigualdades" (Rui Barbosa)

Anônimo disse...

Eles deviam entoar ciranda cirandinha?! Esse politicamente "correto" esta acabando com o Brasil.

Anônimo disse...

Vamos mudar pra ilarie da Xuxa ou prepara da Anita? Ta formando guerreiros ou estilistas de moda? Só no Brasil pra uma tropa cantando brados de guerra virar noticia!

Anônimo disse...

Próximo passo será puxar ciranda-cirandinha

Anônimo disse...

Cara, tortura é covardia, é o método mais covarde de tratar o inimigo, ele está totalmente dominado, são alunos e mais dia menos dia vão querer fazer aquilo que o instrutor fez ou falou, quem pensa diferente disso tem problemas. Tortura não é guerra, é covardia.

Anônimo disse...

Tem uma melhor. Marinheiro òòò. Quem te ensinou a nadar....
Fala sério, tão formando combatente s ou o que?

Anônimo disse...

OS MELANCIAS SEMPRE A POSTOS. COVARDES. IDENTIFIQUEM QUEM FILMOU. PROPRIO FILME MOSTRA QUEM O VIU FILMAR. QUEREM QUEIXAS E NÃO GUERREIROS. ME ENVERGONHO DESTE MELANCIAS. DESPREZO DESPREZO DESPREZO.

Anônimo disse...

Kkkkk fato isolado??? Qualquer TFM no brasil tem isso e vai continuar TENDO. engraçado msm colega ai em cima falando q por causa do instrutor cara vai fazer... Cheguei a conclusão q so paisano acessa o blog. Pq se existir um militar aqui e falar q nunca puxou ou respondeu uma contagem dessas, no mínimo faz parte do exército la na capadocia...essa porra msm. Vamos de camarada boris...

Anônimo disse...

Duvido muito q vc seja ou tenha sido militar... Serviu aonde??? Colégio militar??? Csm??? So pode kkk

Rodrigo Villani disse...

Prezado Anônimo do comentário de 12 de abril de 2015, às 0057.
Como visto, não utilizei a alcunha de "Anônimo" como muitos de vocês aqui no blog fazem.
Parafraseando o Editor, muitos anônimos dos comentários são Leões de Alojamento.
Sou Maj Cav, servi a carreira inteira no Corpo de Tropa e agora curso o CCEM/ECEME. Desde meus tempos de tenente, recomendações como esta estão em vigor.
O problemas é que poucos ainda resistem a cumprir ordens no Exército. Isto se chama falta de DISCIPLINA INTELECTUAL.
Repito, não sou da Aeronautica, mas com certeza este fato é isolado, e será tratado à luz de nossos preceitos.
O mundo evolui, há tempos tais canções já não politicamente corretas, vivemos um Estado Democrático de Direito onde o respeito ao próximo é importante.
Se temos há mais de 10 anos índices de confiança da população acima dos 65%, creio que a Instituição está no caminho certo.
Parabéns Montedo pelo seu Blog, acesso-o quase diariamente e vejo que as notícias são relevantes.

Anônimo disse...

As FFAA esta virando escoteiro, ou seja nada contra os escoteiros até já fui e adorei pois aprendi muito porem a ideologia é infantil de atividades civicas e patrioticas. As FFAA esta fazendo isso somente, mão amiga somente.
Tenho medo se um dia precisar das FFAA para uma guerra, pois cada dia menos treinamento, mais medo de treinar, de se machucar, de se falar com um militar subalterno.
As FFAA esta perdendo os seus ideais, onde não se pode nem mais se cantar uma musica que esta errado. Vamos voltar a historia do escotismo e cantar musicas infantis então...
Pois se os FUNKS fazem apologias e nada é dito, teremos que cantar musicas infantis...

Anônimo disse...

O POLITICAMENTE CORRETO DEVE TER SOFRIDO UMA BOA LAVAGEM CEREBRAL. NÃO SÃO NOVOS CONCEITOS, SÃO CONCEITOS ANORMAIS. A FUNÇÃO DO MILITAR É MATAR O INIMIGO ANTES Q ELE MATE ALGUEM. O RESTO É CONVERSA PARA BOI DORMIR. TRISTE VER UM CAVALARIANO SEM O IMPETO DA CARGA.
NOVOS TEMPOS????
NÃO ACREDITO. ACREDITO MAIS EM PROFISSÃO NÃO ADEQUADA AO MODO DE PENSAR.

Rodrigo Villani disse...

Triste é ver um militar usando o subterfúgio do anonimato para expressar suas opiniões. Então descumprir normais agora é deixar de ter ímpeto no ataque? Ser covarde, escrever em caixa alta e se achar o combatente, o senhor da guerra é o certo?
Por fim, não estamos em guerra. Não temos inimigos. Quando os tivermos talvez as "canções de guerra" ajudem na formação.
Eu comandei um Esqd Fuz Mec no Haiti, e nunca precisei disto para liderar meus subordinados, tampouco as "canções de guerra" foram fator de sucesso.
Pense nisso camarada.

Anônimo disse...

nossa, quanta babaquice! lamentável que militares achem errado uma tropa cantar uma canção dessa. muita modernização causa isso. hoje em dia os sargentos e oficiais se formam e compram um laptop ao invés de uma pistola. o que estão fazendo com as nossas forças armadas? ou seria com as nossas universidades? pq do jeito que está nossas academias militares estão virando uma grande faculdade pública.

Anônimo disse...

CAMARADA???? ESTA PALAVRA ERA USADA EM OUTRO EXERCITO. E ELE ACABOU, SE DESMANTELOU, CAIU POR DENTRO. ANONIMATO NÃO É SUBTERFUGIO ASSIM COMO CAIXA ALTA, O HAITI É AQUI.CANÇÃO É CANÇÃO, SER POLITICAMENTE CORRETO NÃO FAZ UM GUERREIRO E EXERCITO É FEITO DE GUERREIROS.
QUER QUEIRA QUER NÃO.
LEMBRA DAS AULAS? COMANDAR E LIDERAR SÃO ATOS DISTINTOS.

Anônimo disse...

Escrever em caixa alta é o mesmo que gritar.

Anônimo disse...

Se não fosse o IVO, o AMO e a EMA, as FA seriam mais unidas! Ainda dá tempo de uni-las. Brasil acima de tudo, e não esqueçamos, abaixo de Deus

Anônimo disse...

Ciranda, cirandinha, vamos todos comandar...... Vou pegar o praça velho e vou desvalorizar!

"Canção de Academia Militar não identificada"

Anônimo disse...

O EB mudou mesmo. Um major cursando ECEME preocupando-se apenas com indices de aprovacao da populacao!
P.S: desculpem-me a falta de acentos. Culpa do teclado.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics