22 de abril de 2015

Exército distribui donativos a famílias afetadas por tornado em Xanxerê

População ainda precisa de comida, água, material de construção e outros.
Triagem de donativos e cadastro é feita pela Assistência Social da cidade.
Exército começou a carregar os caminhões na manhã desta quarta (Foto: Júnior Recalcati/Divulgação)
Exército começou a carregar os caminhões na manhã desta quarta (Foto: Júnior Recalcati/Divulgação)
Mariana de Ávila
Do G1 SC
O Exército realiza na manhã desta quarta-feira (22) a entrega de donativos às familias atingidas pelo tornado em Xanxerê, no Oeste catarinense, segundo a Secretaria de Assistência Social do município. Conforme a prefeitura, foram recebidos muitos donativos desde terça (21), mas os desabrigados ainda necessitam de comida, água, material de higiene pessoal, limpeza e de construção, além de móveis. Pelo menos mil pessoas perderam as casas.
Segundo o secretário municipal da Assistência Social, Amelio Francisco Rabaelli, todos os afetados pelo tornado são cadastrados pela Defesa Civil municipal. "As equipes estão indo a todos os bairros e vendo as necessidades específicas de cada uma. Até o final desta tarde, vamos ter a relação completa do que precisam", disse.
O órgão informa que muitos caminhões com donativos estão chegando na cidade. Segundo o prefeito, Ademir Gasparini, a necessidade de alguns itens já foi sanado. "Eu quero fazer um apelo que a gente tá recebendo muita roupa, mas a gente não vai precisar de tanta. O que nós precisamos é material de construção, água e alimentos", diz.
A Defesa Civil municipal confirma que 200 homens do Exército estão no município, 100 chegaram a tarde e o restante da madrugada. Eles montaram alojamento no Femi e carregaram os caminhões ainda na madrugada. A entrega iniciou às 7h desta quarta.
"Acho que ficar em casa, de braços cruzados
essas horas, não vai ajudar ninguém"
Elizete Von, voluntária
Doações
O órgão estadual da Defesa Civil não realiza campanhas de captação. Entretanto, entidades de classe realizam campanhas independentes e os interessados em mandar colaborações devem procurar as Defesas Civis de municípios na região Oeste.
Donativos estão em parque de exposição e distribuição é organizada por militares (Foto: Júnior Recalcati/Divulgação)
Donativos estão em parque de exposição e distribuição é organizada por militares (Foto: Júnior Recalcati/Divulgação)
A Assistência Social também afirma que a prefeitura abriu uma conta específica para que moradores de outros estados e do país colaborem. As informações podem ser obtidas pelo telefone 49 3441-8505.
Todos os donativos estão armazenados no Parque de Exposições Femi, no Centro de Xanxerê. Voluntários, Defesa Civil municipal trabalham com a equipe de assistência social na triagem do que foi recebido. O público também procura diretamente o local, que realiza cadastro.
"Acho que ficar em casa, de braços cruzados essas horas, não vai ajudar ninguém", disse a auxilia de empresa Elizete Von, que se voluntariou no Parque de Exposições. Ela afirma que iniciou ajudando os amigos afetados e depois resolveu ampliar a boa ação.

Volta para casa
A prefeitura deixou à disposição dos atingidos uma escola municipal para alojamento, a Pequeno Príncipe. A adesão, no entanto, foi baixa, segundo o prefeito, pois a maioriea preferiu ficar com parentes e amigos. "Poucas pessoas ainda procuraram os abrigos, eles preferem ficar nas suas casas pra fazer ronda, pra que não haja saques", disse Gasparini.
O prefeito afirma que a limpeza da cidade deve começar efetivamente nesta quarta "Estamos montando uma força-tarefa, com caminhões e carregadeiras também cedidas por outros municípios, para limpeza e possibilitar que as pessoas façam a reconstrução", informou Gasparini.
Como se forma um tornado corrigido (Foto: G1)

Apoio do governo federal
O ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, chegou a Xanxerê no final da tarde desta terça e garantiu apoio do governo federal para reconstrução do município.
Occhi também anunciou o envio de mais 100 militares do Exército. Ao todo, 200 devem auxiliar nas ações de reconstrução. Os primeiros 100 desembarcaram no final da tarde desta terça.
O ministro do Trabalho, Manoel Dias, anunciou nesta terça-feira (21) a liberação do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para as famílias atingidas pelo tornado.

Feridos
Dois homens morreram e cerca de 120 pessoas foram levadas para hospitais, segundo a Polícia Militar. Ao menos 2,6 mil residências foram atingidas, segundo último balanço da PM e cerca de mil pessoas ficaram desabrigadas. Outro tornado também atingiu a cidade de Ponte Serrada, a 45 km de Xanxerê.
Parte dos pacientes que ficaram feridos durante o tornado, recebeu alta na terça (21). Pelo menos 13 pessoas feridas durante seguem internadas em hospitais de Xanxerê e Chapecó nesta quarta (22).

Tornado
A passagem do fenômeno deixou dois mortos, 120 feridos e um rastro de destruição na cidade. Os ventos que formaram o tornado podem ter chegado a 330 km/h por volta das 15h, horário do fenômeno, conforme o Inmet.
A escala de classificação de tornados começa em 65 km/h e chega a mais de 500 km/h. O F0 é o mais fraco e o F5 é considerado o mais forte. “Pelas características dos estragos e pela intensidade dos ventos, este deve ficar entre F2 e F3”, disse Mamedes Luiz Melo, meteorologista do Inmet Brasília.
G1/montedo.com

6 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns aos companheiros de farda. Liderando a ação.

MILICO VELHO disse...

MONTEDO,SE PUDER,ABRA O LINK Q LHE ESTOU ENVIANDO E SE FOR CONVINIENTE, O REPRODUZA NO BLOG:

http://mujahdincucaracha.blogspot.com.br/2015/04/o-exercito-desde-caxias-e-de-caxias.html

Anônimo disse...

Deus e o Exército, somente lembrados na hora do sufoco!! Triste

Anônimo disse...

Agora que o povo de xanxerê precisa de ajuda financeira do governo estadual e federal para reconstruir suas casas, Os governantes querem que a população atingida pela catástrofe, Retire seu suado fgts para reconstruir suas casas.A onde esta o dinheiro que a Dilma prometeu para reconstruir a cidade, Sera que vai ter o mesmo destino do dinheiro da petrobras.

Anônimo disse...

Esse pessoal é exemplo. Além de cumprir a missão, muitos também fazem doações, apesar dos salários baixos. Enquanto isso, no "circo central" o dinheiro do contribuinte triplicou para alimentar aqueles que não estão nem aí com o país e as FA.

Anônimo disse...

Dilma aprovou a triplicação do fundo partidário, de R$ 280 milhões para R$ 778 milhões. Será que não dá para destinar apenas R$ 50 milhões para recontruir a cidade, sem o povo ter que resgatar o suado FGTS? Afinal o dinheiro do governo vem do povo, nada mais justo que voltar para o povo. Partido político deve viver somente da contribuição dos seus militantes e pronto.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics