19 de junho de 2015

Morador morre baleado e três soldados do Exército ficam feridos em confronto com bandidos na Maré

Tiroteio ocorreu na Vila dos Pinheiros durante a madrugada desta quarta-feira

DAYANA RESENDE / BRUNO AMORIM
RIO - Um morador foi baleado e morreu no Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio, na madrugada desta quinta-feira. Vanderlei Conceição de Albuquerque, 34 anos, estava em casa, na Vila dos Pinheiros, e foi atingido por uma bala perdida durante um intenso tiroteio entre militares da Força de Pacificação e traficantes da região.
Ele chegou a ser levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da comunidade, mas não resistiu. Três soldados do Exército ficaram feridos durante o confronto.
Agentes da Delegacia de Homicídios da Capital (DH/Capital) investigam o caso. A perícia foi feita no local, e testemunhas e parentes da vítima estão sendo ouvidos.
Os militares feridos foram encaminhados ao Hospital Central do Exército (HCE), em Benfica, de acordo com a assessoria da Força de Pacificação da Maré, que ocupam o complexo de favelas. Dois deles foram atingidos por estilhaços na coxa e já receberam alta. O terceiro, que foi baleado no braço, passou por cirurgia e se recupera na unidade hospitalar.
A Força de Pacificação informou, em nota, que os soldados faziam patrulhamento de rotina na região, quando criminosos armados atiraram contra os militares, que tiveram ferimentos leves. Após o confronto, a Força de Pacificação reforçou a segurança da região. Depois de disparar contra os militares, os bandidos fugiram.
Devido ao confronto, policiais do Batalhão de Policiamento de Vias Especiais (BPVE) chegaram a ficar encurralados na Linha Vermelha. Nas redes sociais, moradores relataram o intenso tiroteio, com uso de granadas, que ocorreu por volta das 23h. Durante a madrugada, uma página no Facebook já trazia a informação sobre a morte de um morador, confirmada pela polícia somente por volta das 13h.
A Força de Pacificação continuará atuando no Complexo do Alemão até o meio-dia do próximo dia 30, quando a responsabilidade pela segurança em todas as comunidades da região passará a ser da Polícia Militar. Nas favelas Roquete Pinto e Nova Holanda, a transferência para a PM já foi feita.
O Globo/montedo.com

4 comentários:

Anônimo disse...

Lamentável essa situação na Maré!!! Será que nossos chefes não viram que essa operação está manchando a imagem do EB?? Estao todo falando mal do EB nessa atuação da Maré! Já morreu um militar, quantos mais tem que morrer para terminar essa palhaçada? Chegou a hora do EB abandonar a maré, isso é missão da polícia, MILICO É MISSÃO DE DEFESA EXTERNA!! Será difícil nossos chefes entender isso?? Lamentável...

Anônimo disse...

Ele é Cabo BM-RJ => Daciolo fala na TV Câmara sobre a questão SALARIAL dos militares, reaparelhamento e educação. Boa entrevista.

http://sociedademilitar.com.br/wp/2015/06/daciolo-fala-na-tv-camara-sobre-a-questao-salarial-dos-militares-reaparelhamento-e-educacao-boa-entrevista.html

* Jair Bolsonaro e filhos onde andam V. Exas ?

OS AGUARDAMOS NO DIA 30 JUN 15, AS 14 HRS NA PRAÇA DOS 3 PODERES ( BRASILIA-DF )

Vida que segue ...

Anônimo disse...

18 Jun 15 => STF reconhece ampliação de reajuste de 28,86%

http://blogs.odia.ig.com.br/coluna-do-servidor/author/ahorto/

Anônimo disse...

Ao anônimo 19 de junho de 2015 12:45 e aos demais...
As forças armadas tem a missão de pacificação no exterior porque aqui não?
O grande problema é o mal planejamento.
Policia sim tem que fazer a atividade mas se não tem, alguém tem que fazer...
Basta olhar na nossa constituição onde diz nos temos o dever da manutenção da lei e da ordem.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics