15 de junho de 2015

Sargento das Forças Especiais do Exército é baleado no Haiti

Militar da tropa de elite do Exército brasileiro é baleado no Haiti
Sargento foi atingido na perna na área mais violenta de Porto Príncipe.
Ele integra força de paz da ONU e já não corre perigo.
  • Sargento brasileiro foi atingido por em Sité Soleil, área violenta da capital haitiana
Tahiane Stochero
Do G1, em São Paulo
Um militar brasileiro que integra a tropa de elite que o Exército mantém na missão de paz da ONU no Haiti foi baleado no domingo (14) durante uma patrulha em Cité Sóleil, a região mais violenta da capital haitiana, Porto Príncipe.
O militar foi atingido na perna, sendo socorrido a um hospital argentino que presta serviços às tropas das Nações Unidas no país caribenho. Ele teve alta nesta segunda feira e, segundo o Exército, não corre riscos.
Trata-se de um sargento que integra o Dopaz, o Destacamento de Operações de Paz, que o Exército brasileiro mantém em seu batalhão no Haiti desde 2006, e que é formado por militares Comandos e Forças Especiais. A unidade é usada como linha de frente nas operações da ONU para enfrentar os grupos armados no Haiti. O G1 apurou que o suspeito de atirar contra o brasileiro teria sido morto no confronto.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics