22 de maio de 2015

Confusão em bar: tenente do Exército é detido após ferir duas pessoas a tiros no interior de SP

Tenente do Exército é detido depois de atirar em duas pessoas em Leme
Segundo a PM, militar efetuou os disparou durante uma discussão em bar.
Regimento em Pirassununga vai abrir um processo para apurar os fatos.

Do G1 São Carlos e Araraquara
Leme (SP) - Um tenente do Exército foi detido na madrugada desta quinta-feira (21), em Leme (SP), após atirar contra pessoas em um bar. Segundo a Polícia Militar, um homem foi atingido por quatro tiros e uma mulher foi baleada na perna. A assessoria de imprensa do 13º Regimento de Cavalaria Mecanizado, de Pirassununga, informou que será aberto um processo administrativo para apurar os fatos.
De acordo com a PM, o militar se envolveu em uma briga em um bar na Avenida Berta Buhrnheim, no bairro Cidade Jardim. Durante a discussão, ele atirou contra as pessoas que estavam no estabelecimento e atingiu a mulher e o homem.
As duas vítimas foram encaminhadas para a Santa Casa da cidade. Segundo o hospital, a mulher passou por uma cirurgia e passa bem e o homem deve ser submetido a uma operação ainda nesta quinta-feira. O militar foi ouvido pela Polícia Civil e encaminhado para o quartel do regimento.

Nota
Em nota, a assessoria de imprensa do regimento ao qual o militar pertence comentou o episódio. O texto afirma que, por volta de 0h15, quando um militar pagava sua conta no caixa do bar, foi agredido com um soco e caiu. Ainda no chão, ele continuou apanhando e o tenente tentou apartar a briga.
Ele, porém, passou a ser agredido e, para se defender, sacou sua arma, que disparou durante a luta corporal com o agressor, diz a nota. "Uma outra pessoa também foi ferida durante a briga", afirma o comunicado.
"Presenciaram os fatos mais três militares que estavam no mesmo local. Os militares prontamente socorreram as vítimas, acionaram o Resgate e a Polícia Militar. O fato foi registrado em Auto de Prisão em Flagrante pela Polícia Civil. O Regimento abrirá processo administrativo para apurar os fatos", conclui a assessoria.
G1/montedo.com

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics