20 de maio de 2015

Da série: 'morro e não vejo tudo!'

Que negócio é esse???


Supostamente, o vídeo foi gravado no 4º BIL, em Osasco (SP).

30 comentários:

Anônimo disse...

Caramba !!!!

Muito bom treinamento.

Em 1977, ao sair do quartel após o toque de ordem, o Cmt da Guarda me disse que antes de sair eu tinha que fazer um teste.

Eu topei, ai ele trancou a porta e jogou uma luva de boxe direita e ele colocou a canhota ....kkkk

Rapaz, o cara batia pra valer e eu fugindo ..... tem cada louco por ai he he he

Anônimo disse...

instrução de lutas, prevista no C 20-20, não sei qual a surpresa...

markus mota disse...

Alguém vai rodar kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Garcia disse...

Isto é agressão gratuita e covarde, os aplicadores deveriam ser presos, processados, expulsos e indenizarem as vitimas. O anônimo do C 20-20, reveja seus conceitos e faça como eu coloque o seu nome aí nos comentários!! Deixem de postar comentários anônimos!

Anônimo disse...

Já tá rolando IPM !

Anônimo disse...

Se instrução de luta é assim, imaginem quando for de tiro...KKKK

Anônimo disse...

Vai rodar até o cmt da brigada

Anônimo disse...

Eu não vi problema nenhum em se tratando de treino militar. Numa situação de guerra ninguém trata o opositor com mimos não é mesmo? se cair na mão do inimigo o soldado vai resistir à tortura moral.

Anônimo disse...

Instrução de defesa pessoal e de combate é um treinamento previsto, porem não existe a necessidade de agressão pra valer e sim simulação.
Sindicancia e IPM neles...

Anônimo disse...

Isso é coisa para ser apurado com rigor, e tem q punir esses militares q estão no Cmdo desse pelotão. Gente , estamos no século XXI.

Anônimo disse...

Isso só pode ser coisa de temporeba...

Ten Reis disse...

Isso não são "superiores" são mais inferiores que uma ameba! aonde já se viu uma coisa dessa? esse sujeito tem que ser excluído das fileiras do Exército por idiotice!!!

Anônimo disse...

Isso acontece porque qualquer um ensina, mesmo sem ter as mínimas condições. Quer saber quando um instrutor de lutas está preparado para ensinar alguém? pergunte se ele dá aulas em uma academia na rua, As vezes nem mesmo o manual ele sabe.

Anônimo disse...

Como diz o ditado: "quem inventa é INVENTOR, começa no I , termina com R e nunca vai chegar no B!"

Anônimo disse...

Ahh Esses Oficiais

Anônimo disse...

Montedo, mais uma vez ventilou-se aqui no Forte Apache, por graúdos, a seguinte situação: 35 anos de sv e pra quem ficar o posto acima na reserva; volta do anuenio sendo adquirido a cada 5 anos fechado; auxílio moradia e para praças com o chqao promoçao a major na ativa. Onde tem fumaça tem fogo!

Anônimo disse...

Prezado colega das 21 de maio de 2015 00:02...conversa de baia!

Anônimo disse...

Montedo, mais uma vez ventilou-se aqui no Forte Apache, por graúdos, a seguinte situação: 35 anos de sv e pra quem ficar o posto acima na reserva; volta do anuenio sendo adquirido a cada 5 anos fechado; auxílio moradia e para praças com o chqao promoçao a major na ativa. Onde tem fumaça tem fogo!

Anônimo disse...

Tinha um treinamento na PMSP no qual o instrutor entrevistava um um aluno dentro do escritório. Uma entrevista com perguntas corriqueiras. Então, de súbito, o instrutor dava um tapão na cara do aluno. Qual o objetivo? Algumas pessoas, ao sofrerem um ataque inespeados desses, ficam sem reação. No mais extremo caso, assumem posição fetal e choram baixinho. Essas não podem ser policiais. Outras, já enlouquecem de raiva e perdem todos os limites. No mais extremo dos casos, sacam da pistola e a esvaziam na cabeça de quem deu o tapa. Essas também nao podem ser policiais. Realmente, talvez eu seja um monstro fascista espancador de velhinhas, mas não fiquei nem um pouco horrorizado com essas cenas do vídeo. Suportar um tapão na cara não é a pior coisa que pode acontecer a um soldado em operações na guerra ou em GLO.

Ubirajara Felix disse...

No rio de janeiro os malandros bota pra F e não dar em nada, ai os militares da uma tapinha e vcs queres justiça. Hahahahahahahaha

Anônimo disse...

Forte Apache? Ou grã circo Apache?
Anônimo 21 de maio de 2015 00:02

Anônimo disse...

"35 anos de sv e pra quem ficar o posto acima na reserva; volta do anuenio sendo adquirido a cada 5 anos fechado; auxílio moradia e para praças com o chqao promoçao a major na ativa. Onde tem fumaça tem fogo!"

Isso é verídico ? Estamos f....!!! QAO vai receber bengala em vez de espada ... kkk !!!

Anônimo disse...

O pior é que ainda tem gente que defende esse absurdo e fala em "inimigo" quando sabemos que no atual contexto não se cogita enfrentamentos do tipo. Vergonha é a palavra que resume essa "instrução". Pobres jovens. Punição severa a esses imbecis"

Anônimo disse...

Esse Anônimo das 20 de maio de 2015 21:55, deveria ter mais respeito com o pessoal temporário,pois,se ele é de carreira,deve saber muito bem que quem trabalha de verdade nas OMs são os temporários. Esses instrutores independente de serem temporários ou de carreira,devem ser punidos. Sinceramente,não sei o porque de tanta mágoa do pessoal de carreira sobre os temporários.

Anônimo disse...

Anônimo disse...
Montedo, mais uma vez ventilou-se .... ESTAMOS DEBATENDO O EXAGERO NA INSTRUÇÃO E TU VEM COM UMA VIAJEM DESSAS? O WAGNER JAQUES JÁ AVISOU QUE A REPOSIÇÃO SALARIAL É SUPERIOR A INFLAÇÃO. PARE DE TORAR, VOLTE PARA INSTRUÇÃO E FIQUE EM PÉ LÁ ATRÁS.!

Anônimo disse...

Não deveria acontecer, mas continua acontecendo...LAMENTÁVEL

Tiago David disse...

KKKKKK... "VOLTE P INSTRUÇÃO E FIQUE EM PÉ LÁ ATRAS"... Essa foi boa. é cada cometário aqui que tá loco. Quanto ao que interessa, o vídeo da postagem, temos que entender que as coisas mudaram, e estão mudando a cada ano. Nao se pode ministrar hj uma instrução no "padrão" que era ministrada anos atras. Temos que cair na realidade que os tempos são outros. Burro é aquele militar que não enxerga isso e comete essas merdas ai. BRASIL ACIMA DE TUDO.

julio cesar Bertolin disse...

É curso de formação em ações de comandos? É curso de operador de FE, CIGS??? Então, pra quê essa PALHAÇADA??? Tem embusteiro e piruador pra tudo, fala sério!

Anônimo disse...

Vocês não entenderam: era apenas um treinamento, onde um militar fazia o papel de seu Madruga e o outro o de dona Florinda. Só resta saber em que manual o instrutor se baseou para montar essa instrução.

Anônimo disse...

A batida tinha que ser com uma flor!..??kkkk

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics