19 de maio de 2015

Mulher do tenente-coronel pagou R$ 15 mil pela execução do marido

MULHER DE TENENTE-CORONEL ASSASSINADO E MAIS CINCO VÃO A JÚRI POPULAR

CRISTIANA E A IRMÃ FORAM PRESAS 12 HORAS APÓS O CRIME
Suspeita de encomendar a morte do marido, Cristiana Osório Cerqueira, 43 anos, será julgada em júri popular. Também enfrentarão o mesmo procedimento outras cinco pessoas, entre elas a irmã, Cláudia Osório, 50 anos. A pena pode chegar a 30 anos de prisão.
O tenente-cornonel do Exército Sérgio murillo Cerqueira Filho, 43, foi assassinado na madrugada de sábado (16/5) com um tiro na nuca. Ele e a esposa sofreram um sequestro relâmpago, na 208 Norte, quando saíam da casa de amigos. A mulher acabou liberada. O corpo do coronel foi encontrado às 3h, "em posição de execução", segundo a Polícia Militar, com um tiro na nuca no Núcleo Rural Aguilhada, em São Sebastião, a 26 km do crime.
Leia também
Frieza: mandante do assassinato, esposa pediu orações para o marido pouco antes de ser presa
Doze horas após o sequestro, Cristiana e a irmã foram presas suspeitas de terem cometido o crime. Elas confessaram. O casal estava junto há 15 anos e tem uma filha de 13. Eles estavam em processo de separação e Cristiana teria mandado matar o marido por uma pensão estimada em R$ 10 mil. Em depoimento, ela confessou que pagaria R$ 15 mil pela morte do militar.
DIÁRIO do PODER/montedo.com

8 comentários:

Anônimo disse...

Arrumei uma mulher desta especie em ITAITUBA/PA em 1993, convivi com ela por alguns anos, ela quase acabou comigo, mas graças a Deus consegui me livrar dela na justiça

Anônimo disse...

Já diziam os "antigos": case com uma mulher da qual você a conheça e sua família também!
Essa não é a única...todos os dias há mulheres matando o marido, assim como há maridos matando mulheres, filhos matando pais, etc.
Ontem mesmo, ficou registrado uma mulher atirando no ex-marido na frente de um filho de 12 anos...um absurdo!

Anônimo disse...

http://centraldepoliciafsa.blogspot.com.br/2015/05/major-comete-o-suicidio-dentro-de.html

Anônimo disse...

Encontrei hoje, terça, um QAO da reserva que serviu muito tempo no 1º RCGd e prá minha surpresa, ele me disse que ela á filha de coronel reformado .

Caracas !!!!

3º Sgt QE R/1 PERIVALDO disse...

quem tem uma mulher dessas, não precisa conhecer o capeta.

Anônimo disse...

Veja o funeral no Cidade Alerta ...

http://noticias.r7.com/cidade-alerta/videos/por-pensao-de-r-10-mil-esposa-manda-matar-coronel-do-exercito-18052015

Anônimo disse...

Ainda querem criar a figura do feminicídio, como se a vida da mulher valesse mais do que a do homem. Se esse coronel tivesse matado a mulher, estaria sendo chamado de monstro e a notícia seria repetida milhares de vezes. Como ele foi a vítima, é apenas um caso triste.

Anônimo disse...

Onde foi parar o sexo frágil? Com o tempo, só nos romances de grandes escritores. Mulheres frágeis e inocentes nem nos ricões dos sertões existe mais, raras exceções. No Pará,mulher convenceu o namorado a largar o emprego humilde, pegar a pequena poupança que tinha para investir em "loja" em Macapá. Marcou encontro em motel em Belém, onde o real namorado aguardava, cortou a cabeça da vítima e jogou na lata de lixo. Foram presos e condenados; O de Fortaleza,envenenou um dos filhos, o marido e tentou jogar a culpa nele. Tá presa; A de São Paulo,prostituta de carreira,casou com japonês milionário,estava se separando e, com certeza, pegaria uma boa grana, mas queria tudo. Matou e esquartejou o empresário, colocando na mala. Está presa; A loirinha,Ristofhen, planejou e ajudou no assassinato dos pais, e ainda chorou muito no velório. A dentista bonitona, cortou o pênis do noivo após dopá-lo porque ele desistiu do casamento. O sexo frágil está em extinção.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics