2 de maio de 2015

Exército começa a retirar famílias das áreas de risco de Salvador

Onze pessoas morreram no local, após chuva causar deslizamentos.
A partir de segunda-feira, famílias desalojadas terão direito a aluguel social.

Do G1 BA, com informações da TV Bahia
Homens do Exército começaram, na tarde desta sexta-feira (1º), a retirar as famílias que moram nas áreas de risco da comunidade do Barro Branco, na região da Avenida San Martin, em Salvador. Por causa dos deslizamentos de terra que ocorreram nesta semana, no local, 11 pessoas morreram.
A residência da dona de casa Ana Lúcia Oliveira foi a primeira a ser evacuada. A casa foi interditada pel Defesa Civil, e fica bem ao lado do local onde houve o deslizamento. Ela está está hospedada em um hotel pago pela prefeitura, mas pensa no futuro com otimismo.
"A expectativa de verdade é ter uma casa e seguir meu caminho adiante. Ser feliz. É o que todos nós precisamos", afirma.
Dilza Oliveira, mãe de Ana, ajudou a guardar as roupas em sacos etiquetados. Para ela resta o consolo de saber que escapou por pouco da tragédia.
"A gente pode perder tudo, menos a vida. A gente com vida constrói tudo de novo", diz.
Os móveis e roupas da família de Ana foram levados para um galpão na região das Sete Portas, um dos três lugares destinados pela prefeitura para guardar os bens dos desabrigados.
Quem perdeu pertences, como geladeira e fogão, nos deslizamentos e desabamentos por causa da chuva, deve procurar a Secretaria Muncipal de Promoção Social. A partir desta segunda-feira (4), vai ser dado um auxílio emergência de até três salários mínimos como indenização a essas famílias.
Segundo o secretário Bruno Reis, até agora 276 famílias desabrigadas já receberam o pagamento do aluguel social. Que agora vai até um ano com o apoio de trezentos reais por mês.
"O aluguel social era de seis meses, mas com a regulamentação da lei que foi publicada hoje, nós ampliamos para um ano. A partir de segunda-feira estaremos inaugurando uma unidade na Rua Miguel Calmon, 28, onde faremos os cadastros para em seguida efetuar os pagamentos para as pessoas que ainda não foram cadastradas", explica.
G1/montedo.com

2 comentários:

Anônimo disse...

Aonde estão os funcionários dos ministérios, saúde, cidades,as nossas policias militar e civil,certas situações que estão acontecendo no Brasil,Não é para chama o exercito,para isto foram criados os ministérios, Observamos que tem gente ganhando sem trabalha.

Anônimo disse...

Bingo!!!! Vc acertou na mosca!!!!
tem gente ganhando sem trabalhar e
nós trabalhando sem ganhar!!!!
acho q acabei de descobrir quem são os palhaços do circo Brasil e eles usam camuflados.....
kkkkkk

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics