18 de julho de 2015

Cabos do Exército são acusados de assalto à mão armada no RS

Cabos do 27º GAC são acusados de assalto (Imagem: Ijuí-Memória Virtual)
Ijuí (RS)  - O comando do 27º Grupo de Artilharia de Campanha (GAC) emitiu nota à imprensa acerca de um registro policial.
O teor da nota é a seguinte:

"Em relação ao roubo à mão armada na padaria KI SABOR, situada na Avenida Porto Alegre, nº 87, Bairro Lulu Ilgenfritz, IJUÍ-RS, ocorrido por volta das 2030 horas do dia 14 de julho de 2015, em que dois militares do núcleo base, integrantes do 27º Grupo de Artilharia de Campanha, figuram em condições distintas, um como acusado e o outro como suspeito, da autoria do delito criminal.
Informo que o Comando desta Unidade Militar não pactua com nenhuma prática criminal ou ato ilegal e, desde o momento em que tomou conhecimento do fato, tem envidado esforços em colaborar com as investigações policiais, colocando à disposição todos documentos solicitados e esclarecendo as indagações dos órgãos policiais.
Por fim, o 27º Grupo de Artilharia de Campanha, através do seu Comandante, instaurará o devido Procedimento Administrativo para apurar o fato e as responsabilidades. O Exército Brasileiro, que tem a ética e a verdade como alguns de seus valores mais caros, não compactua com qualquer tipo de irregularidade praticada por seus integrantes e tomará as medidas cabíveis que o caso requer".

A nota está assinada pelo Tenente Coronel Wagner Sarmento Lecomte, comandante do 27º Grupo de Artilharia de Campanha (GAC) de Ijuí.

Um comentário:

Anônimo disse...

FALTA DE PAGAMENTO

A Marinha do Rio de Janeiro pode ficar sem materiais, como fardas .....

http://blogs.odia.ig.com.br/coluna-do-servidor/

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics