3 de julho de 2015

Os blindados, a tropa e os 'formadores de opinião'

Visita de Membros do Poder Executivo e Formadores de Opinião ao CI Bld
Imagem: CI Bld
No dia 24 de junho de 2015, o CI Bld recebeu a visita de membros do Poder Executivo Federal e Formadores de opinião, que estiveram na guarnição de Santa Maria-RS para conhecerem o potencial de defesa e a posição estratégica em que esta Guarnição está sediada.
Imagem: CI Bld
No auditório deste Centro, foi realizada uma palestra proferida pelo Exmo Sr Gen Div José Carlos Cardoso, que destacou as particularidades das Organizações Militares sediadas em Santa Maria, enfatizando as peculiaridades do Centro de Instrução de Blindados, como referência nacional em se tratando de assuntos relacionados com a Tropa Blindada e Mecanizada do Exército Brasileiro, proporcionando aos militares nacionais e estrangeiros, cursos e estágios visando à preparação e o conhecimento profissional na área de atuação destas tropas.
Estiveram acompanhando a comitiva uma representação do Centro de Comunicação Social do Exército, composta por 03 Oficiais e dois Praças.
O Ten Cel Marcio Gondim Eickhoff, Cmt interino do CI Bld, anfitrião do encontro, explanou sobre a tecnologia, projetos e empreendimentos utilizados por este Centro, mostrando a Seção de Simuladores e os softwares desenvolvidos em prol de instrução dos alunos que por aqui passam e apresentando algumas das viaturas blindadas do Exército Brasileiro.
CI Bld/montedo.com

Comento
A notícia não cita que são os tais "membros do Poder Executivo e Formadores de opinião".
Confiram a informação que recebi por e-mail:
Na mesma esteira do 'morro e não vejo tudo', aconteceu em Santa Maria a visita de "formadores de opinião" na semana passada.
Foram 10 dias de preparação naqueles moldes de faxina e etc...além de muuittooos treinamentos para a formatura que incluía um desfile de blindados que ocorreu (como dá pra ver na foto) abaixo de chuva. 
E quem seriam os "formadores de opinião"??????
Eram 8 (oito)...isso mesmo 8 alunos do CEUB e da UnB de Brasília!!!!!!!!!
Fala sério né....mover mundos e fundos pra recepcionar um pessoal mal vestido e que sequer estava interessado no que viram....foi demais.
Enquanto isso o salário óóóó...."

Desfile para os 'formadores de opinião'

40 comentários:

Anônimo disse...

Militar é bajulador por natureza! Estive no USARMY, nem cafezinho lhe é oferecido: CURTO E GROSSO ou, APENAS PROFISSIONAIS!

Anônimo disse...

Bom dia.

Quantos sacrifícios são impostos a tropa não é ! E qual o benefício que se colhe ?

Quantas despesas,com o pessoal aquartelado, com a alimentação, energia, água, papel, material de limpeza, material de manutenção, estresse ... para nada.

Rolha.

A tropa rala. Ocorre a mesma coisa, quando um general marca visita numa segunda´feira, o meio de sexta e o final de semana já era. E a tal autoridade sabe disso. A pergunta: Prá que e porquê numa segunda feira ?

Líder ou Cmt !?

Bom final de semana pata todos os leitores do Blog.

Anônimo disse...

Esses Leões de alojamento são chatos para caramba.
O pior é que a grande maioria é incompetente

Anônimo disse...

Ao 3º comentarista ... o leão tá errado em 99% das vezes, porque são pessoas que não fazem a diferença pra melhor ou não colocam um tijolo pra construir nada, entretanto, nessa matéria a reclamação procedde.

Lembrando:

http://montedo.blogspot.com.br/2015/02/leao-de-alojamento-em-acao.html

Anônimo disse...

Milico se transformou em lambedor de botas. Querem agradar a tudo e a todos e se desvalorizam justamente por não ter boca pra nada. Somos um bando de boca aberta.

Anônimo disse...

Formadores de opinião? De que tipo? Para que tipo de público? Não vejo nada além de um bando de maltrapilhos. Provavelmente ainda ganharam uma polpuda ajuda de custo para passar o dia rolhando e enchendo a barriga. Enquanto isso os trouxas de sempre(as praças) passaram dias trabalhando fora do horário, além da já tradicional escala de serviço(também privilégio das praças), sem ganhar um centavinho a mais por isso.

Anônimo disse...

Chato são os leões de palanque... e o pior é que sua totalidade é incompetente por natureza e altamente manipulável....

Sub Araguaia disse...

Pelo menos os "leões de alojamento" não são bajuladores e hipócritas como os demais!

Anônimo disse...

peçam para sair, mi mi mi

Anônimo disse...

Esses "formadores de opinião" poderiam retribuir a atenção dispensada pela tropa e reunir-se com nossos generais para quem sabe formar em suas mentes alguma opinião, já que nossos generais perderam toda e qualquer opinião há décadas.

Anônimo disse...

Os leões de alojamento são COMANDADOS por cordeiros, não se esqueçam disso, CORDEIROS !!!!
Só mesmo nas Forças Armadas brasileiras ocorre de um animal do topo da cadeia alimentar ser subjugado por um animal mais fraco e manso... como os CORDEIROS (Comandantes)! Kkkkkkkkkkk !!!!!!
Engraçado que no hospital militar não é permitido entrar com calça justa dessas parecidas com as de ginástica, calça legguing, mas entre os "formadores de opinião" tinha membro vestindo tal traje "indecente" para adentrar numa OM, segundo os administradores de hospitais militares, mas que no CI Bld foi aceito com tranquilidade.
Quem muito se curva acaba mostrando a bunda, CORDEIRO !!!

Anônimo disse...

Enquanto isso militar NÃO TEM OPINIÃO...

Anônimo disse...

Por que quem não concorda com os status quo é chamado de leão de alojamento por alguns "companheiros"? Esses elementos devem achar que tudo está uma maravilha. As FA precisam passar por uma modernização, mas não de materiais, mas sim de gestão de recursos humanos, todos sabemos que a profissão militar é feita de sacrifícios no mundo todo, mas aqui no Brasil é feita de sacrifícios de uns e privilégios de outros. E pode me chamar de leão de alojamento, se isso for porque penso dessa maneira, tá na hora de dividir o sacrifício entre todos, profissionalizar todos os níveis, não só no papel mas na prática.

Anônimo disse...

Rapaz dia da artilharia aqui em curi tiba foi um mês saindo as 19:30 sendo que na véspera saímos as 23:00... pra que? para fazer uma formatura a noite com direito a peça de teatro. A tropa sifu em tanta faxina e treinamento de formatura pra agradar generais da reserva e um monte de pseudo autoridades que ficam conversando com ar de "nem ai" pro que estava acontecendo. Triste mas somos um exercito de aparências....

Anônimo disse...

Prezado Montedo

Na ocasião da visita, dentre os presentes estavam universitários bem como membros do MPF, como o Sub-Procurador Geral da República em pessoa.

Anônimo disse...

Enquanto aos praças que possuem nível superior completo, outros com pós, mestrado e doutorado, são formadores de opinião também, mas não para o EB, porque não há ouvidos para este público, mas para tratar como formadores de opinião um bando de estudantes universitários comuns que em nada acrescentam ao Exército, esta força não mede esforços.
Detalhe: pessoa (não militar) que utilizar fardamento das forças armadas comete crime do CPM em seu art.172 e uma das "formadoras de opinião" estava utilizando a japona e nada sofreu, mesmo estando no interior do quartel.

Charles (Pequeno Principe) disse...

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/07/idoso-tem-tanque-e-arma-antiaerea-apreendidos-em-casa-na-alemanha.html

Anônimo disse...

BOM DIA SANTARÉM

Dia do Bombeiro Militar é comemorado nesta quinta-feira

http://globotv.globo.com/tv-tapajos/bom-dia-santarem/v/dia-do-bombeiro-militar-e-comemorado-nesta-quinta-feira/4293075/

Anônimo disse...

GRTV 2ª EDIÇÃO

Exército de Petrolina comemora 40 anos de atuação na região

http://globotv.globo.com/tv-grande-rio/grtv-2a-edicao/v/exercito-de-petrolina-comemora-40-anos-de-atuacao-na-regiao/4297592/

Anônimo disse...

JORNAL DO ALMOÇO - SC

Exército e TRE-SC fazem acordo para ampliar atendimento na Justiça Eleitoral

http://globotv.globo.com/rbs-sc/jornal-do-almoco-sc/v/exercito-e-tre-sc-fazem-acordo-para-ampliar-atendimento-na-justica-eleitoral/4297002/

Anônimo disse...

JORNAL NACIONAL

Exército brasileiro muda comando da fiscalização de produtos controlados

http://globotv.globo.com/rede-globo/jornal-nacional/v/exercito-brasileiro-muda-comando-da-fiscalizacao-de-produtos-controlados/4295101/

Anônimo disse...

Estupro coletivo pode ter participação de militares do exército, diz polícia

http://www.campograndenews.com.br/cidades/interior/estupro-coletivo-pode-ter-participacao-de-militares-do-exercito-diz-policia

Anônimo disse...

Que decadência!!!

Anônimo disse...

O Montedo, cade a credibilidade e imparcialidade desse blog? Nitidamente VC está selecionando comentários, e deixando de publicar muitos..

Anônimo disse...

Gente dentro do EB tem muito mai formador de opinião com curso superior q esse bando de universitário q se acha socialista e nem sabe q che não cubano. ....
o q acontece é q hoje o EB não se impõe mais.... Não tem voz na sociedade e nem na política. ... aí vive bajulando alguém q pode vir a ser sei lá o que! !!!!
acabou.... Estamos no fundo do poço. ..
É só esperar o tempo passar...
e aproveitar o dia de partir...

(PELO AMOR DE DEUS! PÚBLICO INTERNO. ... PRAÇA É SUBSTANTIVO FEMININO! !!!!)

Anônimo disse...

Este crime só se tipifica se o agente tiver dolo de ludibriar ou se beneficiar com o uso do fardamento.

Anônimo disse...

Glorioso EB de Brancaleone, onde tudo é para inglês ver, e agradar aos lords.

Anônimo disse...

Minha Carreira é mais importante que meu País;
Minha carreira é mais importante que o bem estar e moral da tropa;
Minha carreira é mais importante que a atividade fim;
Minha carreira é mais importante que minha liderança sobre meus subordinados;
Minha Carreira é mais importante que minha honra;
Minha carreira é mais importante que minha familha;
Minha carreira é mais importante que Deus;


TRADUZINDO O PENSAMENTO RETRÓGADO DE NOSSOS comandantes.

Júlio Fortes disse...

Prezado Montedo

Acompanho seu blog quase diariamente, com atento interesse em dois fatos: 1) a quantidade de militares ou não que se utilizam do anonimato com medo de represálias e o que afirmam sob esse manto, 2) os comentários clandestinos ou não sobre os mais variados assuntos que de certa forma preocupam o militar médio brasileiro (em direito seria o homem médio brasileiro, como termo de comparação). Assim teremos o que em psicologia social significaria: o que aflige o pensamento coletivo do grupo ao qual pertencemos. Entrei para o Exército em 1985, aspirante de 1988 e na tropa a partir de 1989. Era um tempo de transição, como todos sabem. Recordo-me que na seara da arraia miúda da época (e eu me incluo) comentava-se que os militares não podiam deixar um vácuo tão grande com o esvaziamento da participação que tiveram antes, que não significasse intervenção inoportuna, mas que também não resultasse em participação nenhuma. Certamente quem conduzia a Força à época deve ter tido suas razões para que se mantivesse a margem e preservação para evitar maiores desgastes deve ter sido uma delas (não vou entrar no mérito). Quando entrei na faculdade de Direito, quinze anos depois, percebi a consequência do vácuo, e que existia um quisto psicossocial muito grande, que consistia numa rejeição muito forte aos militares, associando-os a diversos fatos no passado (alguns de forma devida, muitos outros sem lastro). Consegui dar um cala boca em professores remunerados à soldo da esquerda que só sabiam enunciar mantras ininteligíveis e tentar convencer professores e alunos (em sua grande maioria) que não tinham opinião formada. Mesmo assim, nunca desrespeitei nenhum professor ou colega, a intervenção que fiz, o foi de forma inteligente e sempre mantendo a postura que aprendi não só em casa com meus pais e que foi amalgamada em minha vida militar (e esse é um valor que nos torna muito respeitados no meio civil, acreditem). A iniciativa do CComSEx, CI Bld e 3ª DE tem de ser louvada. Faz parte certamente de uma etapa entre outras que certamente ocorrerão. E qual a finalidade desta iniciativa? É justamente atuar nos chamados "formadores de opinião" do futuro. Os estudantes de jornalismo, de direito, principalmente, e de tantas outras áreas, deverão participar. E o que se ganha com isso? Nada? Tudo. No meio deles estarão certamente alguns futuros Alexandres Garcia, Mirians Leitão, Joaquins Barbosa. Ou precisa-se explicar que não se muda a opinião de quem já lhe tem consolidada. Com isso certamente poderá haver também futuros políticos , para quem sabe lutarem pelos interesses comuns dos militares (Congresso não é feito de bancadas somente, mas de alianças muito importantes). Pode ser também que haja juízes que não firmem sentenças totalmente desfundamentadas não só contra a Força (o que também é ruim para a nossa coletividade), mas também quanto ao interesse comum. É isso...

Cel R/1 Fortes - advogado OAB MS 19.006

PS: ao anônimo que criticou o uso da japona pela estudante, queria ver se fosse a sua filha!!! Pode ser que seja uma estudante pobre ou mesmo que estivesse esquecido o agasalho (é olha que quem conhece Santa Maria, sabe que lá é bem frio). Como advogado creio que é muito forte a suposição numa situação dessa que nosso nobre Ministério Público Militar fosse se preocupar com esse fato tão irrisório...

Anônimo disse...

Mi mi mi mi mi mi mi

Anônimo disse...

Ridículo...sem mais!

Anônimo disse...

Hipócritas!!! O exército é composto por um bando de frustrados de um lado e um bando de bajuladores e hipócritas de outro... Com algumas raras e esquisitas subespécies!

Anônimo disse...

Ao Cel R1....
Sinto desapontá-lo, mas esse tipo de atitude, em nada mudará nossa situação, se a política interna não mudar....
nos quartéis não há mais motivação em nenhum ciclo... e tentar convencer alguém de fora, sem conseguir convencer nem os de dentro, não tem fundamento...
pois o trabalho de formiguinha que o público interno fazia (assim como o sr fez e assim como eu fiz na primeira faculdade que onze anos atrás) hoje não se faz mais... pois estou na segunda formação superior e o público interno, "formador de opinião" joga toda a realidade do que se passa dentro dos quartéis, quando é questionado pelos colegas de curso....
porque não existe convencimento interno de uma realidade utópica....
Essa propaganda pra meia dúzia de universitários não resolve. ... pois os maiores defensores, que é o público interno, não tem mais o que defender...
uma das grande virtude que ainda temos é a da verdade. ...
e se falássemos algo diferente da realidade estaríamos mentindo....
Não existe mais liderança. ... os cmt reclamam abertamente, e com razão e não vemos ninguém nos defender e tentar mudar a realidade que vivemos. ...
só ainda estamos aqui pela estabilidade em meio a um país em crise.... mas de resto, não há o que defender....
2°Sgt 2002

Anônimo disse...

Senhor Cel/R1, abertamente afirmo que nunca vi nenhuma Miriam Leitão (ex-guerrilheira), nenhum Alexandre Garcia e afins proferirem palavra favorável às forças armadas. Supondo TB que, inquestionalvelmente, a maioria de nossas universidades está minada com a ideologia marxista, duvido sinceramente que uma japona camuflada e alguns canapés mudem a ótica dos, afirmados por vossa senhoria, "formadores de opinião". Concordo com o colega acima, não adianta idealizar uma vitrine utópica, projetada para o público externo, se não há convencimento por parte do público interno. Não há motivação, os próprios cmts, impotentes reclamam abertamente, ou tomam medidas para soterrar a tropa em avalanches burocráticas ( " N" inspeções, dia do fardamento..) e operacionais (manobras militares sem combustível, sem alimentação decente...) assim tentando ocultar, jogar em segundo plano tal realidade assoladora. Realmente, a fraca âncora motivacional que vejo no EB, ainda é a estabilidade, e a possibilidade de alcançar a reserva remunerada com 48 anos ( e assim exercer autonomamente função para complementar a renda). Ninguém entra no EB para ficar rico, de fato, porém, qualquer Sd ( sem desmerecer os nobres colegas) de PM ganha mais que um 2sgt com 15 anos de EB. A partir do momento em que ganhar mais q um oficial sup, creio que alguns leões de palanque de formatura deixarão sua zona de conforto e brandirao algum tênue descontentamento, mesmo q valendo-se do manto do anonimato em um blog. Abraço a todos. Selva!!! 2SgtCom

Anônimo disse...

Significado de Frustração
O que é Frustração:

Frustração é um sentimento, uma emoção que ocorre quando algo que era esperado não ocorreu. É um substantivo feminino que nomeia o ato ou o efeito de frustrar-se, de não ter o seu desejo satisfeito. Do latim frustratione (deixar sem efeito).

Frustração é uma sensação de incapacidade diante de desgostos sofridos, diante de obstáculos difíceis de ultrapassar e que impedem chegar onde se deseja. A frustração ocorre quando identificamos um erro entre aquilo que planejamos alcançar e o que realmente aconteceu.

keko marques disse...

Alexandre Garcia é ten r2

Anônimo disse...

Como diz um camarada: exército de Carmem Miranda

Anônimo disse...

É por essas e outras que o US Army está na frente do EB de Brancaleone a mais ou menos uns mil anos. Lá eles não vivem de bajular civis.

Júlio Fortes disse...

Ao anônimo 2 Sgt Com: ninguém afirmou que japona ou canapés iriam mudar a opinião de alguém, você é que está deduzindo isso companheiro...

Anônimo disse...

Reflexão para os nossos atuais "comandantes".
13 Cheguei à conclusão de que a sabedoria leva vantagem sobre a loucura, como a luz leva vantagem sobre as trevas. 14 Os olhos do sábio estão na cabeça, mas o insensato anda nas trevas. Mas eu notei que um mesmo destino espera a ambos, 15 e disse comigo mesmo: A minha sorte será a mesma que a do insensato. Então para que me serve toda a minha sabedoria? Por isso disse eu comigo mesmo, que tudo isso é ainda vaidade. 16 Porque a memória do sábio não é mais eterna que a do insensato, pois que, passados alguns dias, ambos serão esquecidos. Mas então? Tanto morre o sábio como morre o louco! 17 E eu detestei a vida, porque, a meus olhos, tudo é mau no que se passa debaixo do sol, tudo é vaidade e vento que passa. 18 Também se tornou odioso para mim todo o trabalho que produzi debaixo do sol, porque devo deixá-lo àquele que virá depois de mim. 19 E quem sabe se ele será sábio ou insensato? Contudo, é ele que disporá de todo o fruto dos meus trabalhos que debaixo do sol em custaram trabalho e sabedoria. Também isso é vaidade. 20 E eu senti o coração cheio de desgosto por todo o labor que suportei debaixo do sol. 21 Que um homem trabalhe com sabedoria, ciência e bom êxito para deixar o fruto de seu labor a outro que em nada colaborou, note-se bem, é uma vaidade e uma grande desgraça. 22 Com efeito, que resta ao homem de todo o seu labor, de todas as suas azáfamas a que se entregou debaixo do sol? 23 Todos os seus dias são apenas dores, seu trabalhos apenas tristezas; mesmo durante a noite ele não goza de descanso. Isto é ainda vaidade. 24 Não há nada melhor para o homem que comer, beber e gozar o bem-estar no seu trabalho. Mas eu notei que também isso vem da mão de Deus; 25 pois, quem come e bebe, senão graças a ele? Àquele que lhe é agradável Deus dá sabedoria, ciência e alegria; mas ao pecador ele dá a tarefa de recolher e acumular bens, que depois passará a quem lhe agradar. Isto é ainda vaidade e vento que passa.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics