23 de maio de 2017

Messias Dias e as promoções no Exército

102 comentários:

Anônimo disse...

A DAProm já comete irregularidade e ilegalidades no sistema de avaliação do Exército e com a Comissão de Promoções a QAO que produzem suas pontuações sem motivação, para promover militares apadrinhados e mais modernos, quebrando a Hierarquia e Disciplina (A Hierarquia e Disciplina pode ser quebrada para os praças, mais não para os oficiais). E agora temos o mais novo fato que começa ser observado: Todas as portarias que criam normas para as promoções de Subtenentes a QAO, produzidas após a criação do Ministério da Defesa, são ilegais e inconstitucionais. Conforme o Paragrafo Único, inciso II do Art. 87 da Constituição, quem tem competência para criação destas portarias é o Ministro de Estado ( Ministro da Defesa). Mais o Comandante do Exército e Chefe do Estado Maior do Exército as produziram e assinaram; o que torna as portarias inconstitucionais. Ainda tem mais, conforme o Inciso I do Art. 13 da Lei de Processo Administrativo Federal (Lei 9.784 de 29 de janeiro de 1999), o Ministro de Estado não pode delegar estas funções a ninguém. Sendo assim as portarias também se tornam ilegais. Em sua defesa o Exército diz que o Decreto 90116/84 de 29 de agosto de 1984, diz que esta competência pode ser delegada, mais a lei de processos administrativos, criadas posteriormente mudaram esta realidade, como diz no que foi descrito acima (Quem tem maior poder? Uma lei ou um decreto ?). Para terminar, a única norma valida para reger as promoções de subtenentes a QAO, o Decreto 90116/84 não dá poderes a Comissão de Promoção ao QAO para pontuar os militares - Art. 24 (a famosa pontuação entre 0 e 49 pontos), não fala sobre ultrapassagem de militares por turmas mais modernas e possuem interstício menor para promoção que os atuais utilizados e expedidos por portarias inconstitucionais e ilegais.

Anônimo disse...

Se tornar público o método de "seleção", o EB vai perder o chicote e o cabresto para "disciplinar" as praças . Oficial quando é preterido por alguns meses coloca a boca no trombone, já sabe dada e hora de cada promoção até coronel. Praça só tem direito ao silêncio, resignação e ser escaneado na sua nanocarreira.

Anônimo disse...

1 Sargentos..observem a proposta de carreira publicada em matéria anterior ...que diz 8 anos de 1 SGT para STen e modifica de 3 sgt para 2 sgt para 6 anos...os 1sargentos perderam 4 anos na carreira....2 agora e mais 2 lá atrás...pois levaram em média 8 anos pra serem promovidos a 2 Sargentos​...e os lobinhos vão sair com 6 anos...fala sério....espero que alguem do EME corrija isso....

Anônimo disse...

Muito bom tenente, que acabe essa obscuridade, subjetividade e parcialidade com relação à carreira das praças. Quando alguém mexe na "gloriosa" carreira dos oficiais é para melhorar algo. A nossa só piora, canetada após canetada, regulada com o humor do gen que ocupa a chefia do EME ou DAPROM. É muita insegurança. Agora...quando oficial da acadimia é preterido algumas semanas....aí não pode, é injusto, mimimi..... pois é senhores, quando a falta de lealdade e desorganização das pessoas que gerem nossos órgãos controladores de promoção usam isso a seus critérios para ferrar as praças aí pode...vão chover processos, casa vez mais, quem viver verá.

Anônimo disse...

Caro companheiro;
Faça um favor para nós praças:
-Pare de usar os problemas do nosso plano dr carreira como bode expiatório de seus problemas e aspirações pessoais. Não o autorizo a reivindicar nada em meu nome, pois segui a carreira militar por que quis e logo estarei em outra profissão. Ademais, o senhor se expressa muito mal e sua oratória causa vergonha para nós praças.

Infante Blindado - ESA 1996

Anônimo disse...

Militares são especialistas em ilegalidades e arbitrariedades no que tange seus subordinados. E ainda há pessoas que defendem intervenção militar, se passassem uma temporada dentro de quartéis, principalmente do EB, conheceriam a realidade.

Marcelo Carvalho disse...

Enquanto os Graduados forem promovidos na base da Portaria teremos essas distorções. Simples assim.

Anônimo disse...

O Ten Messias tem razão em seus argumentos, pois do jeito que está não pode ficar. A Ficha de valorização e os conceitos durante toda a carreira são instrumentos justos e totalmente válidos. Existem muitos casos de ST se humilhando e as vezes passamos vergonha alheia por ver companheiros puxando o saco não se comportando com honra, como homem, para fazer média com os superiores, para receber um conceito melhor para ser no futuro promovido ao QAO. Entendo, que o ST não pode tá preso e de mãos atadas para agir no assessoramento aos seus comandantes, ficar com medinho de opinar e agir dentro da disciplina e hierarquia.

O ST, principalmente o mais antigo da OM, tem que orientar, interceder pelos mais modernos, ter acesso ao Cmdo para ssuntos relevantes e não apenas ser um boneco ou cuidar de cargas velhas ou incinerar Bandeiras.

Temos que ter um Exército de homens e não de capachos, medrosos.

Honra.

Anônimo disse...

Conforme eu disse na Msg anterior, o TenMessias tem toda razão, mas etendam que nem todos devem sair QAO, como nem todos devem sair general. A carreira é uma peneira justa, pois retrata o sujeito e a vida profissional e particular como ela é.

Convenhamos que muitos são fraquinhos, egoistas, desinteressados, sem iniciativa, só reclamam, só pensam em si e nunca no coletivo ou na Instituição.

Gente que não faz a diferença prá melhor. Olhe ai na sua OM e analise os mais antigos. É duro de engolir alguns.

Anônimo disse...

Em vez de ficar reclamando, vá estudar! Já sabem que a carreira é uma porcaria e ficam 30 anos sem estudar idiomas, universidade, etc. É pedir pra tomar na cabeça!

Anônimo disse...

Realmente está tudo em desacordo, mas alguém do EME muda ? Não senhores pois "praça" é lugar de desocupado e mendigo.

1º Sgt Inf 98

Anônimo disse...

Ao comentarista de 23 de maio de 2017 07:26

Não concordo com o seu posicionamneto, pois se o militar fala algo em favor do grupo ou classe é embusteiro ou quer levar alguma vantagem. Mas se o militar é OMISSO como a maioria, ai é covarde.

Que dureza heim !

E Vc age pelo bem comum ou só pensa em Vc ?

MESSIAS DIAS disse...

E você tem nome?

Ah tá ANÔNIMO.

Que vergonha Cabra.

Quando se olha no espelho aparece o que do Chefe...

Fake Subserviente.

Anônimo disse...

Estou desde 31 Dez 12 na reserva, a minha brilhante carreira regulada por porcarias foi as seguinte:
- 3º Sgt à 2º Sgt, de 1º Dez 78 à 1º Dez 85 (7 anos);
- 2º Sgt à 1º Sgt, de 1º Dez 85 à 1º Dez 92 (7 anos);
- 1º Sgt à ST, de 1º Dez 92 à 1º Dez 99 (7 anos);
- ST à 2º Ten QAO, de 1º Dez 99 à 1º Dez 2006 (7 anos) - Detalhe, 06 semestres no QA, sendo as duas primeiras vezes fiquei por 1;
- 2º Ten QAO à 1º Ten QAO, de 1º Dez 06 à 1º Dez 09 (3 anos);
- 1º Ten QAO à Cap QAO, de 1º Dez 09 à 1º Dez 12.

* Vc conhece alguém que teve carreira pior ?
** Foram 5 requerimentos ao DGP/DAProm e 01 ao Cmt EB, apenas um ganho, os demais indeferidos.
*** Nunca fui omisso, sempre fui dedicado ao EB, poucas vezes sai do quartel no toque de ordem, sempre intercedi pelos mais modernos junto ao Cmdo e sempre pensei no coletivo. Porque me conceituaram mal ? Será porque eu não babava, dava partes, requerimentos e intercedia pelos mais novos ? Retaliação !

Nesse periodo muitas injustiças foram cometidas, como portarias surgidas de repente mudando a regra do jogo, extinção de QM, etc
Houve em 1985, inclusão de QMS extinta na minha QMS, entrando centenas na minha frente nas diversas graduações, causando prejuizos a nós até o final da carreira. Posteriormente, demostrei em requerimento fundamentado em mais de 80 páginas e anexos, que a grade curricular do Cursos de Formação das duas QMS eram diferentes e havia naquela época, um Curso de Especialização para esse fim com duração de 06 meses, mas de nada adiantou. INDEFERIDO.

Se fosse Lei...

Anônimo disse...

E se os sargentos mais modernos pudessem avaliar os ST das suas respectivas OM, o que esses mais novos enxergariam ?

Eles os teriam como espelhos ou exemplos a serem seguidos quando um dia forem ST ?

Quando eu era 3º Sgt no 16º B Log entre 1981 à 1983, eu tinha como exemplo a ser seguido, um ST chamado Ataíde. Eu olhava para ele com admiração e pensava: ! Quando eu for ST, eu quero ser como ele. " E fui, pois lutei muito pelos meus subordinados e muitas vezes me prejudiquei por isso.

Poucos ST que conheci agiram sem egoismo. Quase a totalidade, agiu e age: Meu pirão primeiro, não vou me queimar por ninguém.

Anônimo disse...

Essa p.... mesmo!!! Todo mundo sabe a regra do jogo. O negócio é ter uma renda extra e ir p reserva subão tranquilo e com bastante vitalidade.

Anônimo disse...

Graças ao bom Deus, vivemos em um Estado democrático de direito, onde o livre pensar e o expressar são plenos. Porém, causa-me estranheza, depoimentos de críticas destrutivas relacionadas ao Ten Messias Dias. Não cabe julgar se o mesmo tem aspirações pessoais ou não. O julgamento, se é que deva ser feito, deve ser analisado a partir dos problemas que existem no processo de promoção. Muito fácil ficar sentadinho no conforto do ar condicionado, ou pior, fazendo "vidinha em Brasília, e ignorar os problemas que por ventura existam. Sejamos dignos e falemos que concordamos com o processo decisório da DAPROM. Se não concordamos com o processo, sejamos corajosos em ao menos respeitar o silencio dos que tem medo e a coragem de quem não tem em se manifestar. Parabéns Ten Messias Dias. A coragem é uma virtude. Não se afaste dela.

Anônimo disse...

O Ten Messias tem razão na parte da publicidade, ou melhor, na falta dela. Mas cada um fez o concurso para uma carreira específica: praças e oficiais, a exemplo de analista e auditor fiscal. Para o analista virar auditor tem que fazer o concurso para auditor. No caso do EB ainda existe uma peculiaridade: TODOS os oficiais possuem curso superior. Então, se for pra promover praças à oficiais, que seja exigido o curso superior. Menos vitimização e mais realismo.

Anônimo disse...

Ponto importantíssimo é que fora as disparidades nas promoções como o famigerado "balão", nós temos somente duas promoções contra as três dos oficiais excluídos os QAO. Isso sim é desigual.

ST CESAR disse...

Parabéns ao Ten Messias Dias, pelo menos alguém ( não me incluo nessa) teve coragem de ao menos tocar no assunto de maneira pública e tão clara.

Anônimo disse...

Vergonha alheia é pouco. Na minha OM tem ST querendo dar lembrancinha!!!!! para Cmt e Sgt Brigada entregando colegas e fazendo almoço em casa e convidando os OF, vale tudo pela promoção até perder a dignidade, deveriam ter vergonha de carregar aquilo no meio das pernas.

Anônimo disse...

A escravidão no Brasil já foi abolida pela princesa Izabel. Se hoje as pessoas ainda acham que não podem falar, reclamar e exigir seus direitos constitucionais e regulamentares, continuam na "escravidão". A Justiça está aí para defender os que a procuram. Medo de represálias? Já estão prejudicados e ainda podem reclamar de qualquer ato imposto por causa das reclamações. O "capa preta" é a autoridade máxima. A Justiça determina e não tem "estrela" que mude isso.

Anônimo disse...

Senhor Anônimo 23 de maio de 2017 10:52 - Comparar praças e oficiais como analista e auditor fiscal é REALISMO. FALA SÉRIO!!!!! Essa conversa já cansou.

Parabéns Ten Messias Dias! Minha vibrante continência ao senhor.

Anônimo disse...

Parabéns ao Tenente Messias Dias, em um vídeo ele falou tudo o que gostaríamos e não tínhamos coragem de dizer. Nossos Cmt podem até não mudar nada por enquanto, para não dizerem que foi por causa da solicitação do Messias Dias, porém, com certeza estão pensando na pertinência, na veracidade e, principalmente na possibilidade de implementar algumas das sugestões, uma vez que esse assunto que era exclusivo do EB (interno) agora está sendo escancarado para a sociedade e, considerando que o EB valoriza bastante a imagem conquistada perante a opinião pública, não vai querer se queimar por um assunto tão simples de resolver.

Anônimo disse...

E vc ficou no anonimato quantos anos? Vc eh que eh fake, de oficial. ST chorao... gritou e esperneou somente quando foi com vc.
Selva 93

Anônimo disse...

Tem gente q está ávida para entrar na onda do oportunismo.
Bom, bem disse o camarada lá em cima: expressa-se mal, oratória terrível e dá-lhe holofotes para aspirações outras. Faz de tudo para opinar - sempre de forma piegas - e, quase sempre, para aparecer. Pior, estabilidade emocional "zero", pois, qdo confrontado, apela para palavras de cunho depreciativo e imorais, denotando completa falta de condições para estar à frente de alguma liderança. Depois reclamam do Bolsonaro.
O mais grave é q, provavelmente, será eleito pelos q vêm aqui apoiá-lo. Se nós estamos mal representados, mais triste ainda ter de perceber q não temos opções concretas para melhor representatividade.
Um conselho: aceite críticas. Não pense q vc é o moral personalizado, por não o é.
Maj LEONARDO

Anônimo disse...

Ouvindo o Messias Dias, percebi que ele se preocupa apenas com a promocao para oficial. Se estivese mesmo preocupado com todos falaria tb sobre promocao de 3 p 2 e 1 sgt. Esse cara jah eh 1 ten? E ainda quer se autopromover...

Anônimo disse...

Para o companheiro Anonimo do dia 23 de maio de 2017 as 1007hs, achei interessante a tua história de vida no quartel, do prejuízo que lhe causaram com a entrada de uma turma dentro da turma no qual você pertencia. Gostaria de manter contato contigo, pois tua história poderia ser agregada as outras histórias que tenho já disponibilizada, é claro preservando a fonte e o nome dos prejudicados, procuro editar uma tese para dissertação que estou elaborando com o titulo ABUSOS E OUTRAS PECULIARIDADES DA ADMINISTRAÇÃO MILITAR FRENTE AO DIREITO ADQUIRIDO.Favor me contacta via facebook, pesquisa mendes visqueira
Espero teu contato, abraços.

Paulo disse...

Caros Subtenentes prejudicados, todos sabem dos erros da comissão de promoção a QAO......e olhem mais a primeira postagem.
O que vocês tem mais a perder ? vocês ja perderam !
Entrem na justiça e procurem seus direitos.

Anônimo disse...

Maj LEONARDO
Não devia estar desperdiçando sua "ilustre sabedoria" com "bárbaros incivilizados" que comem churrasco, tomam cerveja e mexem com mulher alheia nas vilas militares, as praças, segundo sua ótica. Apoio o Ten Messias, irrestritamente. Vocês oficiais, digo, os oficiais de AMAN, casta à qual V. Sa não pertence, Maj "Leonardo" segundo os próprios, fazem alarde e mimimi quando são preteridos, no entanto às praças isso é aceitável segundo EME. Comparam carreira de auditor e analista com carreiras de graduados e oficiais, ridícula comparação. Não vejo a estada na Acadimia como um curso superior, como afirma-se. Que órgão controla a qualidade, aplicabilidade e eficiência das "ciências militares" que se ensina nesse estabelecimento?? O MEC???? Nas carreiras de nível técnico e superior da RF por exemplo, é verdade, não há progressão de nível, porém o estágio final da carreira de nível médio, apresenta equidade no sentido pecuniário em relação ao início da carreira de NS, não há perdas, como na "carreira" nano carreira (três promoções em 27,28 anos e as demais sob júdice), das praças em relação a dos oficiais. Um ST com 30 anos de sv ganha 2000 reais a menos que um Asp. E o que falar de um ignorante funcional acima que deixou a pérola: "...(sic) TODOS os oficiais têm nível superior...". Onde esse cidadão serve não devem existir of temporários então. Aí pode. Para agradar as elites locais, pendurar filhinho de político, e compadres, aí pode dar carta patente a um garoto com o segundo grau somente, SEM NÍVEL SUPERIOR. Hipocrisia galopante.

Anônimo disse...

Maj Leonardo: minion da Contra Inteligência. Vá capinar um lote.

Anônimo disse...

Senhor Anônimo 23 de maio de 2017 13:16, concordo que não tem comparação, da mesma maneira que não tem comparação entre praças e oficiais. O problema é que as praças não conseguem enxergar que fizeram um concurso para PRAÇA e não para OFICIAL, e continuam insistindo e se achando vítimas do sistema por não serem promovidas ao oficialato. O concurso estava aberto para todos. Assumam as consequências de suas escolhas e parem de drama.

Anônimo disse...

Maj Leonardo: Sempre que acesso o Montedo tem um comentário desse oficial, estou achando que ele deveria ser comentarista e não militar do Exército. Vá capinar um lote.

Anônimo disse...

23 de maio de 2017 16:07.....
Não ha comparação entre a carreira de oficiais e praças, mais o EB, na verdade não a instituição, mais comissões de oficiais, criam portarias ilegais e inconstitucionais conforme o primeira postagem e ferem a hierarquia e a disciplina na promoção de praças, hierarquia e disciplina que não é quebrada na promoção dos oficiais. Criam portarias que permitem que o praça (sargentos e Subtenentes) seja ultrapassado por militares de turmas mais modernas, mais não existe isto para oficias. Na promoção de Sub para QAO é 100% merecimento a promoção, mais a promoção de oficiais e sempre por merecimento e antiguidade, assim sendo, todos sairão ate coronel; enquanto a subtenentes que nunca sairão QAO. Pare de hipocrisia e de se achar um rei com este papo de diferença de carreira de oficiais e praças.....todos são iguais perante a lei. Oficiais do Exercito criam portarias que desrespeitam a lei para prejudicar os praças em suas promoções.

Anônimo disse...

Montedo não sei se voce vai publicar isto, mais gostaria:

Porque oficiais se comportam como se fossem reis sobre os praças! porque se comportam como se praças fosse seus empregados! tratam praças como se não fossem gente! acha que praça não tem direitos ! parecem que são deuses eternos que nunca vão morrer !
Saibam senhores oficiais que quem paga o salario dos praças é o governo e não os senhores. que um praça é pais de família. E saibam que sargentos de carreira são concursados como voces de academia.

Anônimo disse...

O concurso que fiz no ano de 1996 foi para o Curso de Formacao de Sargentos. Os concludentes seriam promovidos a graduacao de 3 Sgt e com ascencao ate o posto de Capitao no final da carreira. Tudo isso que escrevi constava do Edital desse concurso. Ainda tenho o manual do candidato com essas informacoes. Pergunto: o EB mentiu?

Anônimo disse...

Eu sou Sten sim senhor! Com muito orgulho! Casei com mulher rica e tenho dinheiro para gastar. Carro novo, casa própria, graduado e especializado, com cursos no EB, instituições civis e por aí vai.
Vivo melhor que general. Se não sair QAO blz.Afinal o concurso que fiz foi para praça mesmo!
Sejam felizes!

Anônimo disse...

Por que um soldado não pode ser general? Por que ele tem q fazer AMAN ou ESA? Bobagem, por isso vemos um monte de Sub fraco e um monte de Coronel fraco...todo mundo devia entrar como soldado...mais como estamos em um País colonizado...digo que temos que mudar as legislações de promoção sim...Os Oficiais não são donos das FFAA...Há hierarquia deve estar de mãos dadas com a competência, com a liderança, etc... O Sistema de RH do EB é tão "esquisito" que até as notas dessas escolas praticamente definem todas as promoções...Então quer dizer que o último de uma turma... não sai general, mesmo se durante os próximos 40 anos ele for acima da média...? O EB, assim como as demais FFAA tem que passar por enormes transformações na gestão de pessoal...E observação...isso apenas vai fortalecer a hierarquia e disciplina...só para constar ...não sou militar...

Anônimo disse...

Você realmente é um desinformado ou moderno da geração 2000, os concursos da ESA eram de 3 Sgt a Cap estava no Edital.

Anônimo disse...

Tacanho seu pensamento, anônimo das 16:07, praça não tem sonho de sair oficial para carregar espada e tomar mijada de um CHEM. Queremos remuneração melhor na passagem para inatividade. E para vc que está mal informado, quando fiz o concurso nível nacional, com 80 candidatos por vaga, estava PREVISTO EM EDITAL, A ASCENÇÃO ATÉ O POSTO DE CAPITÃO, EM 30 ANOS. Nossos gloriosos generais mudaram a regra no meio do jogo, querem que as praças tenham 3 promoções em 30 anos e sejam gratos ao sistema. Fala sério. Não pedi vaga para ninguém, ninguém me deu nada, se o EB me deu alguma coisa de graça algum dia, não lembro. Gente como vc, que deve ser oficial em zona de conforto não me representa.

MESSIAS DIAS disse...

Maj Leonardo chega de Pérolas e Hipocrisia.

Sinceramente....

Anônimo disse...

Ai, sou o garoto propaganda do EB. O informe mais hábil em tempo de paz é o próprio militar. Só vou transmitir à juventude a minha vivência no glorioso EB. Que por sinal foi, para iniciar a conversa, a constatação de diversos feudos, com vassalos e suseranos. OMs onde se mantinham casas de bajulações, ambientes de bullying, amor entre os homens (que não eram pais e filhos), cabide de empregos para os filhos desajustados dos influentes...

Anônimo disse...

O debate nesse espaço democrático deveria ser pautado por colocações e argumentações plausíveis.Eu não tenho dúvidas que o Ten Messias é inconsequente que tem prejudicado e muito a sua familia.Quando entrou na carreira militar sabia quais eram as regras.

Anônimo disse...

Parabéns Tenente Messias Dias. O Sr nos representa. Eu vi um abusrdo.
Um Subão Comandos, alto nivel tomar carona de um Subão sendentário do Hospital Militar. O Subão foi para o Hospital Militar como 3º Sargento era de arma. Ficou toda carreira nos prontuários a função dele era mandar o Soldado guardar pastas e meio dia ia embora. Ele era fotografo e fazia "buque" para filhos e filhas de militares, dizem que dos oficiais era de graça. Nunca saiu da guarnição, não fazia TAF, TAT , nada, nada, nada. saiu QAO e o Comandos demorou dois anos para sair. Ele estava sempre com um palito de dente na boca e só falava "cabra eu come e bebe", meu Curso que e "alterocopismo", gostava de uma gelada. A Comissão deu o máximo de pontos para ele. Isto que não entendemos. Tem camarada que foi preso como 2º Sgt foi para Brasilia ganhou a Pacificador e saiu qao. O Ten Messias Dias falou bem. Isto ai tem que terminar com esta Comissão

Anônimo disse...

É o que eu sempre digo: o problema é a má remuneração. Se a remuneração fosse à altura, não precisava praça ficar brigando para sair Oficial. Última graduação é ST, deveriam todos parar aí, com remuneração condizente e satisfatória.

Anônimo disse...

Ten Messias solicite a seu advogado para pedir ao Juiz que solicite a documentação dos QA, pois se for uma solicitação Judicial a DAPROM não tem como negar, realmente é uma vergonha o que fazem com os praças que são os que fazem as unidades andarem, concordo que nem todos devem sair oficiais, mais são poucos, a maioria faz por merecer. Sou a favor de acabar com a pontuação da CPS e para que isso venha a acontecer é necessário que os militares que se sentirem prejudicados entrem com recurso até esgotar a esfera administrativa e se derem indeferido entrar na justiça, pois quando muitos recorrem é que realmente existe algo de errado nas portarias e que não estão cumprindo conforme seu entendimento, Ex: como pode ser um militar considerado como pertencente a uma turma de formação na qual não se formou? Militar de 94 sendo considerado como turma de formação de 95; o que se entende por remanescentes da turma formação abrangida, o que se entende de militar oriundo de uma turma de formação, veja o militar da T 94 não é oriundo da T 95 e aí por diante, leiam a Port nº 006-EME, de 15 JAN 15 na sua redação original. Já perceberam que a DAPROM não disponibiliza mais o aditamento de contencioso! Era público até o ano passado, o que estão querendo esconder? Infelizmente o EB não esta cumprindo o que determina a constituição, estão se linchando pra ela.

Anônimo disse...

A turma de 1996 foi a mais prejudicada de todos os tempos, os 10 primeiros foram promovidos e o restante da turma todo saiu do quadro de acesso e ficou na geladeira. As vagas para promoção fecharam na minha cara ...A TURMA DE 1996 fazem o que querem com ela...mais uma vez um sacrifício para ser promovido a Subtenente, a TURMA DE 1996 poderia ser toda promovida esse ano para compensar os 9 anos para promoção a 1 sargento. Messias muito obrigado por ter coragem, pois temos muitos militares lotados de emprestimos em contracheque, passando mal, hipertensos por conta desses quadros de acesso. A TURMA DE 1996 precisa ser toda promovida para acertar o fluxo.

Anônimo disse...

Boa.

Anônimo disse...

A TURMA DE 1996
DAPROM promova todos da turma de 1996 a Subtenente, pois a diferença entre o 1 e o último da turma chega a quase dois anos, a turma de 1996 entrou e saiu do quadro de acesso : " Imaginem os 11 primeiros da sua turma serem promovidos e por um passe de "portaria"...mudaram a portaria depois que promoveram os 11 primeiros....meu Deus....amarguei 9 anos para sair 1 sargento e agora !!! DAPROM !! promovam os PRAÇINHAS DE 1996 logo a Subtenente, pois a diferença em o primeiro e o ultimo é enorme....são varios quadros de acesso de diferença.....Obrigado Ten Messias !!!

Anônimo disse...

Pessoal, desse jeito estamos nos igualando aos políticos. É momento de nos unirmos, acho que todos nós temos nossas convicções certas ou erradas. Cada um quer algo para si. Só reclamar não adianta pois estamos presos aos regulamentos. Mas precisamos fazer algo para ser mudado pois do jeito que está não dá pra aguentar mais. Está chegando a nossa vez.

Anônimo disse...

Quando prestei concurso para EsSA fiz sabendo do acesso até Cap, mas não sabia da falta de respeito do Exército com os seus militares, da arrogância e prepotência de alguns oficiais como o Sr Maj Leonardo. Quando realizei o concurso, os alunos oriundos de Colégio Militares ingressavam na EsPCEx com média 4,0, e na epoca tive média 4,98 e fui reprovado apenas na Redação para um aluno do Colégio Militar entrar na minha vaga...se fosse hoje seria um processo.
Sou primeiro sargento e fui prejudicado e muito nessa carreira....já teve oficial que limpava a cadeira com álcool para evitar que o praça fizesse uso dos seus pertences....já tive chefes que falava que praça é tudo igual..farinha do mesmo saco.....É triste essa caminhada...rumo ao vazio...a depressão e isolamento.....se eu pudesse voltar ao passado.....acabei com a minha vida e da minha familia....essa turma de 1996...meu Deus como sofre...acabaram com a turma de 1996 ....a diferença do 1 para o ultimo da turma são de 4 quadros de acesso....eu não entendo porque não promovem todos juntos...metade e final do ano.

Anônimo disse...

O meu primo fez concurso para Sargento da Aeronautica, passou no CONCURSO INTERNO para oficial e casou-se com uma Ten Média da FAB. Ficaram ricos, pois ela serviu varios anos na fronteira e ele também.....deixaram a Força esse ano como empresarios. VIVA A FAB !!!

Anônimo disse...

Eu estou conformado em ser praça, não aspiro a nada nessa carreira e digo mais quem nada me oferece o que posso oferecer e venho oferecendo é nada. Dessa forma evito a frustração e não fico me cobrando. E se me apertar eu baixo. Turma ESA Art 2002. Toda a EsSA/02 me conhece.

Anônimo disse...

Boa Noite.
Faço o seguinte questionamento: Se o Ten QAO Messias Dias é da Turma do CFS 91 de Infantaria. Como ele pode ser 1º Tenente, se os militares dessa Turma só vão sair a partir de 1º JUNHO 2017.

Anônimo disse...

Major Leonardo, o grande problema dos militares é a desunião, fica claro isso nos comentários de alguns colegas graduados. Com certeza os "praças" precisam de uma representação que venha do seu meio, pois são grande maioria dentro das FA.As PMs nos ensinam muito em relação a isso. E eu com toda convicção, não votaria em um oficial, principalmente do EB, para me representar em qualquer âmbito da política, pois se já não se interessam em valorizar os graduados quando estão na força, imagina se eleitos.
Ps: E fazer sindicância e guarda bandeira não considero valorização e sim passar a bola.

Anônimo disse...

cara palida , quando fiz o concurso ESA 1994 um dos garotos propagandas era o paido jogador de volei giovane gaveo , o pai dele era Cap QAO, e ate hj lembro desse comercial e era sim divulgado que a carreira se estendia ao oficialato, (Cap QAO)nao que esse comercial tenha me convencido da escolha que fiz mas era o que se divulgava, foi entao propaganda enganosa, mudaram a regra durante o jogo e isso nao se faz , covardia, poderia ate ter escolhido outra carreira , a de guarda municipal da minha capital(acho que estaria melhor)entao VC NAO TEM RAZAO NO QUE DIZ, SINTO MUITO , VC DEVE SER UM BITOLADO...

Anônimo disse...

Grande sabedoria. O Tenente falou tudo. Isto mesmo que ocorre. Sem falar que os Subtenentes não promovidos cada vez estão ficando em número maior dentro dos quartéis. A insatisfação é grande. Vai começar a indisciplina e insubordinação. O reflexo para os Sgt egressos da ESA é grande. A maioria fala que vai estudar para sair fora e não chegar em tal situação. O que não entendemos são os critérios. Tem camarada que foi punido, peito liso, fraco, vai para Brasilia e sai promovido. Militares com vários Cursos a Comissão da 2 pontos e militar peito liso da 30 pontos. Semelhante a isto são as movimentações tem camarada com 27 anos em Brasilia e em Guarnição Especial e Localidade "A". Camarada movimentado pelo PLAMOGEX que fica anos sem abrir a vaga para outros. Sem falar que é injusto o cara ficar na Guarnição Especial averbando tempo para reserva. Todos ocupando PNR e não são movimentados e outros compulsados e tem suas famílias destruídas. Recentemente publicou um Cap QAO movimentado do Nordeste parece que para Brasilia. Sendo que muitos Cap QAO que estavam em Guarnição Especial com o tempo não foram atendidos pela DCEM em 2016 e pediram reserva na Selva. Como pode isto? Como bem falou o Tenente são e serão "enxurradas de ações". A promoção ao QAO é "caixa preta". Comentários de zap zap que a última turma a ser promovida a QAO será 1993 e que os últimos QAO a serem Cap QAO serão da turma de 1988, depois será merecimento e poucas vagas a última promoção do QAO ou seja de 1º Ten a Cap QAO, semelhante aos Oficiais de AMAN nem todos serão Coronel. Falam que esta é a penúltima turma do QCO, depois serão S Ten com nivel superior que vão ocupar as vagas dos QCO, mas chegarão somente a Cap QEO. Quem não tem nível superior vai sair na "vala comum" (antiguidade e merecimento) porém com poucas vagas podendo chegar até 11 anos na graduação de S Ten. Dizem que tudo para economia e vai aumentar o número de temporários. Tudo isto é "bizú de zap zap". O C ComSEx deveria fazer um Informex informando a tropa. São muitas incertezas e como falou o Tenente Messias, tem militar ficando doente, doente de tomar "tarja preta". Tem militar comprometido que vibra a carreira toda e no final da carreira acontece isto, o cara se termina mesmo e a família junto. Parabéns Tenente o Sr fez o certo. Selva!

Anônimo disse...

Tem um caso real o Sargento chegou da ESA em 1988 e formou um Soldado recruta que foi auxiliar dele no furriel. Este Soldado cursou o CFS 1991 voltou para o Grupo e hoje ele é QAO e este sargento que formou ele é Subtenente aínda e auxiliar do QAO na Seção Mobilizadora. É constrangimento ou não?

Anônimo disse...

O comentarista que citou que tem sub se humilhando é verdade. No meu quartel tem um que traz doce de leite caseiro e queijo para o Comandante. Da pena de ver, um coitado. O comandante sai correr e ele sai atrás para que seja visto correndo. Triste demais para um homem, triste mesmo, um homem velho ele atá vovô e fazendo isto

Anônimo disse...

Esse é o preço que vocês formados em escola (EsSA) pagam pelo preconceito com os Sgt do Quadro Especial.

Anônimo disse...

Parabéns ao ten Messias pelas palavras, coisa que nenhum militar tem coragem de falar com seu comandante. É isto mesmo tem que ser dito a verdade para todos que acessem este site saibam como funciona a instituição Exército, mais uma vez Parabéns pelas palavras.

Anônimo disse...

Tem colega entrando contra o Diretor da DAPROM e contra o Comandante que fez a FIPROM. uma galera ta fazendo isto. Pedindo Dano Moral e Material. O FAM que vai ficar feliz emprestar grana para eles pagarem as indenizações. Tem um malucão que entrou contra a DCEM pegou os nomes de vários que estão em locais "filé" e jogou na Justiça.vixe.....que rolo

Anônimo disse...

"O problema é que as praças não conseguem enxergar que fizeram um concurso para PRAÇA e não para OFICIAL,...". Perfeito comentário. Pior, gostam de se enganar se achando no "direito" de serem QAOs. Se bem q QAO não tem como ser considerado oficial.
Bom, com relação ao praça q acha q oficiais são os de AMAN, somente, digo-lhe, com enorme preocupação, que pensava serem a incompetência e o recalque as únicas características de vcs, mas vejo q tb há outros tantos com ausência de massa cinzenta, para se bem simpático.
Mais uma vez, oficiais de AMAN podem e devem ter condições diferentes dos demais oficiais. São formados para as ciências das Armas - sim, eles são profissionais de NS, graduados na Academia - e devem ter projeções diferenciadas. Da mesma forma os QEMs, QSau, que são oficiais com peculiaridades diferentes e devem ter condições diferenciadas. Agora, há características em comum entre estes e os QCOs: todos chegam a coronéis, coisa q vc, praça, não tem condição nenhuma. E repito: oficiais devem ter condição diferenciada de praças, tem de ser assim.
Outra, entre os oficiais há os q se destacam, ou vc acha q todos vão para missão no exterior?? Somente aqueles q se dedicam, inclusive, eu, QCO, q me dediquei e estive nos EUA por 2 anos, prestei consultoria, alarguei minha network para fora do Brasil e, com isso, obtive um apartamento de frente para o mar, entre outros 2 imóveis.
Nem todos os oficiais de AMAN poderão ter essa oportunidade porque não se dedicaram para isso. Para vcs, praças, da mesma forma. Trabalhei com excelentes sargentos lá fora e eles são excepcionais. Outros tão fabulosos quanto foram para países como Argentina, Colômbia, França etc., mas por quê? Dedicaram-se, estudaram, habilitaram-se em idiomas, apresentaram conceitos acima da média. Diferentemente de vcs, q só engordam, reclamam e choram. O índice de gastrite nas estatísticas médicas deve ir às alturas com vcs.
Portanto, não tenho nada contra praças - já lhes disse, ainda q por pouco tempo, eu fui um praça -; tenho, no entanto, com os metidos a espertos, sabichões, que nada têm, nada são e tudo querem. Com os ex-praças, então, q querem comparar suas escolhas erradas comigo, chega a dar pena. Querem colocar na mesma balança condições de trabalho péssimas; salários medianos q se achatarão ao se aposentarem, pois estarão sob o teto no INSS; aluguel; 200 anos de serviço para se aposentarem; estacionamento para irem trabalhar (isso, se não apelarem para o busão); entre outras baboseiras. Já lhes disse, querem tirar onda, tirem-na com os seus ex-colegas. Comigo, com os 16,6k q ganho, com o excelente ambiente de trabalho q tenho (ar-condicionado, respeito dos superiores, hora para entrar e sair, confraternizações, medalhas, apart funcional, Trnp na quadra etc.), esqueçam, vcs nunca conseguirão chegar perto sequer.
Maj LEONARDO

Anônimo disse...

Conheço o Messias camaradas e duas coisas posso falar dele:
1- concordo com o que ele diz
2- ELE SO SE MANISFESTA QUANDO A PROMOÇÃO " DELE " ESTÁ PRÓXIMA KKKKK

ou não perceberam que ele sumiu desde o último vídeo dele????
Não sou contra ele, sou a favor...
Agora querer colocar ele como exemplo...menos menos...

Anônimo disse...

Impossível não responder, mas o camarada Boris Scarlovisk que disse as praças fizeram concurso para ser praça sestá equivocado, falta realmente conhecimento para entrar no debate. Para seu conhecimento, nobre desinformado, em meados dos anos '2000 ainda aparecia no perfil das praças um esquema cronológico da carreira onde estes poderiam chegar ao posto de Capitão. Além disso, no próprio panfleto do concurso esta informação estava inserida. Mudar as regras durante o jogo é inaceitável é uma tremenda falta de respeito. Hoje, vejo que as praças lutam apenas por salários decentes, dignos, que sejam realmente capazes de dar um sustento para a sua família. Ninguém quer fazer uso da balela da espada, estes militares querem apenas equiparação salarial na sua aposentadoria.

Anônimo disse...

Está enganado. No meu edital em 1994 está escrito: carreira até o posto de capitão. Não fiz concurso para até subtenente. O que aconteceu é que a regra do jogo pode mudar a qualquer momento (portaria).

Anônimo disse...

Só um detalhe,
Esse Messias Dias não me representa!!!
2° Sgt 2002

Anônimo disse...

Auto lá!!!!
Eu sou muito bem resolvido com a carreira de praça que escolhi.

E tenho minha motivação nata.

E vivo muito bem com minha família.

2° Sgt 2002

Minustah!

MESSIAS DIAS disse...

Prezado Montedo.

Gostaria mais uma vez de lhe agradecer ter aberto o seu blog para o debate. Pena que vossa senhoria não tenha explorado o assunto, ou até mesmo, como de costume, texto acerca do que estava alí descrito.
Vendo no YouTube que em 2 dias, um assunto de notícias de uma classe, atinge quase 20 mil postagens, me parece uma resposta clara aos Comandantes Militares, de como está o dito MORAL DA TROPA.

Montedo, meu último dia na Ativa será 31 de maio de 2017, por Reforma, ex-officio. Certeza que foram anos trabalhados e de autenticidade e lealdade para com meus amigos e colegas Subtenentes e Sargentos, Dedicação e Amizade para com os Cabos e Soldados e, não diferente, sinceridade e autenticidade para com os Oficiais.

Ainda, apresentarei no YouTube:

1. O Vídeo de como fui preso (cenas reais dos fatos). Mandarei ao Montedo o Processo do forjado APF por Desacato que foi arquivado.

2. As Improbidades e possível corrupção nas Promoções no Exército, com cadastramentos na Valorização do Mérito, que beneficiou promoções irregulares, com possível, falsidade documental e ideológica, como também Estelionato.

3. Possível corrupção ou favorecimento em concurso público dentro do EB.

4. O caso de maus tratos no CMS, quando tambem apresentarei os crimes escondidos do então Estuprador de Vulnerável, Capitão Fernando Barros Gotolip, atualmente Tenente Coronel Demitido do Serviço Ativo, com Salário Integral, e, em Liberdade, no caso do CMJF.

Do futuro,temos a certeza de um passado e presente, ao qual posso olhar-me no espelho e de cabeça erguida a todos. Posso olhar os olhos de meus filhos e os aconselhar!

Obrigado a todos!

Anônimo disse...

O ST Messias Dias, quando foi tua promocao a 1Ten?
Selva.

Anônimo disse...

Srs., não sejam piegas (gostei do termo empregado pelo Maj Leonardo. Peço a devida vênia para usá-lo). Eu desafio a qq um aqui me dizer q no edital havia a previsão de o praça chegar a oficial como um direito, em absoluto. O edital prevê "podendo chegar a capitão", está bem claro lá. Poder não é dever, portanto, não falem besteiras aqui. A única garantia é de q cheguemos a ST e ponto final.
ST MB 92 (muito bem pontuado para sair QAO agora em junho).

Anônimo disse...

Sobre as promoções de sargentos ate subtenente, o Exercito criou a Portaria 243 de 21 de junho de 2016.......acho que poucos sargentos sabem desta......esta portaria permite que um sargento possa ser ultrapassado por sargentos de turmas mais modernas. Novamente os oficiais criam portarias para prejudicar os praças, desrespeitando a Hierarquia e Disciplina. Agora os oficias querem que os praças os respeitem conforme a Hierarquia e Disciplina e nas sua promoções sejam respeitadas a Hierarquia e Disciplina, muito hipócritas.

Anônimo disse...

A soberba e a arrogancia deste major é impressionante, parece um deus. acha que vai ate viver para sempre ? suas palavras ja mostram seu carater.

Anônimo disse...

Entendo, que o Ten Messias, não precisava ta brigando pela transparencia das promoções ao QAo, mas briga. Ai recebe criticas !

Pergunto: E os demais 99,99% dos QAO ou ST, falam oubrigam por alguém ? Tentam melhorar a situação para a coletividade ? Não né ! Cada um olhando para o seu umbigo, oque é normal. Cada um por si, sempre meu pirão primeiro.

Parabéns pela coragem.

Antes fazer do que não fazer.

Saúde a Paz.

Anônimo disse...

O tal 2° Sgt 2002 - Minustah, ta feliz, pois está lá se dando bem. Mas e os demais que não tem a sua sorte.

Vc é um grande fingidor. Só olha o seu lado.

Anônimo disse...

Na carreira, quem não se expõe, não reinvidica, não luta por ninguem, fica no seu quadrado, aparece só na boa, nunca se queima e na hora do conceito estão sempre bem. Interessante essa postura de comodismo ou seja na moita concordando com tudo e na boa. Os demais, que se virem. Eu considero um covarde. Nunca fica mal com o Chefe ou Cmt.

Anônimo disse...

Como eu disse no inicio dos comentarios acima, fiquei 7 anos em cada promoção (basta ler), pois bem, fui 12º na formação em uma Turma de 51 alunos no CFS, fui MB no CAS e também lutei pelos demais dando sugestões, requerendo pela via Adm varias vezes com argumentos fortes mas não adiantou.

A minha falha, foi não ter ido para o judiciario, como me arrependo. Porque digo isso ! Porque no momento deles decidirem meus direitos liquidos e certos baseados em provas em requerimentos tendo em média 80 a 100 páginas, eles alegaram em alguns que entrei fora do prazo. Entretanto, a legislação diz que o prazo da decisão são 60 dias a partir da entrada do requerimento no DGP, não é !

Um requerimento ficou 3 meses lá, outro 7 meses, os demais nem lembro, todos decididos fora do prazo. Teve um que ficou no Gab Cmt EB 1 ano e meio. Isso mesmo. O fato ocorreu em 2004. Vacilei mesmo. o direito não socorre quem dorme.

Eu sou da Turma 78 (12º/51 na formação), e por injustiças nas varias mudanças nas legislações das promoções, tive a insatisfação nas promoção ao QAO, de ser ultrapassado por militares da minha Turma, a de 79, 80, 81, 82 e sair com a de 83. Foi duro engolir. Repito: Mudanças nas legislações.

Meu conselho: Recorram ao judiciario sim se houver injustiça.

Anônimo disse...

Continuando, também acho que promoção é um pouco de sorte, pois tem militares que tudo da certo na carreira, chega no QA e tem um monte de vagas e sai na primeira vez e tem outros, que chegam no QA e as vagas são minimas. Era comum isso nos anos 90 e 2000. Vou citar meu exemplo nas promoções de 1º Sgt à ST:
- até as promoções de Dez 97 (era 1 por Mer e 1 por Ant), promoviam em média 40 por semestre na minha QMS, quando entrei no QA para Jun 98 (passou a ser 3 por Mer e 1 por Ant), foi assim:
=> em Jun 98 - 11
=> Dez 98 - 08
=> Jun 99 - 06
=> Dez 99 - acho que 18, ai sai (4 semestres).

Observaram ! dei azar, pois em 4 semestres que fiquei no QA, promoveram o total do que se promovia em UM semestre até Dez 97.

Ah ! Houve outra quebra de regra que tava em andamento também, veja:
- quem tirava acima da nota 8 no CAS, era "MB" e recebia 50 pontos e "B" recebia 30 pontos, com isso eu tinha a vantagem de 20 pontos sobre os militares "rabeiras" da Turma anterior 77, o que me prejudicou demais, pois eu poderia ter siso com isso promovido no 1º QA em Jun 98.

MUdança na regra, alguns se deram bem e outros se dão mal. Sempre será assim.

Anônimo disse...

Esse Mesmo Le. Se acha. Coitado

Anônimo disse...

Neste último QAM 01/2017 foi vergonhosa a quebra de hierarquia da turma de 92 sobre as turmas mais antigas. Posso citar o exemplo da QMS Comumunicacoes, previstas 68 vagas, serão promovidos apenas 5 da turma de 91, 5 da turma de 90 , apenas 1 da turma de 89, e o restante 57 todos da turma de 92. A CPQAO deu pontuação máxima a esta última turma. Numa total manipulação de pontos.

Anônimo disse...

Quero saber de quem esta em guarnição especial anos e anos. Sou manutenção de comunicações e a guarnição especial que tento ir não consigo tem outro manutenção de comunicações faz 6 anos. E ai DGP? O que eu faço?

Anônimo disse...

Os fakes, comumente não tratam dos assuntos e simplesmente buscam menosprezar e tirar o foco da VERDADE.

MESSIAS DIAS disse...

Obrigado por concordar e apresentar a controversa encoberta pela inveja.

Edilson De Oliveira Rett disse...

Boa tarde amigos. Estamos discutindo acerca do sexo dos anjos. A promoção a QAO é por merecimento, e o merecimento é aferido por uma pontuação. Tudo o que fizemos em nossa carreira é transformado em pontos. Nos é imputada uma pontuação inclusive​ os conceitos, chegamos ao mérito puro! É com base nisso que deveriam ocorrer as promoções! CPQAO caixa preta é ILEGALIDADE! Transformaram a promoção de merecimento em Escolha! A CPQAO é ilegal pois fere de morte os princípios dá ADM Pública,a saber:Legalidade, Impessoalidade, Moralidade,Publicidade, Eficiência, etc... O Comando continua "dividindo pra conquistar" criam-se grupos antagônicos dentro do círculo dos praças! A figura do "Subão pai dos praças" "antigão, experiente, respeitado e respeitador" não existe mais! Deu lugar a um ser medíocre,medroso, bajulador, se "borra de medo" de se queimar com o Comando e ter sua FIPROM negativada. Aliás, mais um documento a
"Secreto", que muitas vezes sai positivo e depois é feito um telefonema nos ferrando! Senhores praças vamos nos unir! Nossa luta não contra nós mesmos! É contra os principados e as postestades do escalão superior! Kkk deixo aqui um trecho de uma música do saudoso Raul Seixas, que se encaixa bem aos hipócritas dá Força: " ...Convence as paredes do quarto e dorme tranquilo, sabendo no fundo do peito que não era nada daquilo. Coragem, coragem, se o que vc diz é o que pensa e faz, coragem eu sei que vc pode mais, muito mais!..." Como sempre digo, inclusive em depoimento em sindicância, "entrei no Exército pra tratar dos dentes e já sou Subtenente"! Não vou trair meus ideais nem meus companheiros por uma estrela. Vou continuar botando a cabeça no travesseiro e dormindo tranquilo! Me sacanearam sim, tô botando o EB no pau! Se ganhar bem! Se não ganhar, recorro! Não me arrependo de nada! Continuo mantendo minha dignidade e podendo olhar qualquer um, e, principalmente meus filhos nos olhos! Caso não apareça meu nome, sou o ST MB Vtr Auto Turma de 89 RETT

Anônimo disse...

Maj Leonardo eh o cara! O verdadeiro p... das galaxias!!

Devia ser promovido a Marechal.

Anônimo disse...

Ao suposto 2° Sgt 2002, vc deve ser doente. Ia te chamar de companheiro, mas vc congrega o mesmo pensamento tacanho, diminuto, mesquinho, do tal Maj QCO "Fake" Leonardo. Nenhum de vcs me representa. Vc menos ainda, suposto 2° Sgt 2002, queria conhecer você pra saber se és de fato feliz e resignado em ser preterido, humilhado, tendo sido aprovado em concurso público de nível nacional. Queria conhecer ainda, nos 12 anos que me faltam para a reserva, um caso tão agudo de masoquismo como seu, suposto 2° Sgt Minustah 2002. Fake.

Anônimo disse...

Rindo aqui com os comentários de Vossa Majestade Maj QCO Leonardo....deves ser uma pessoa desprezível para quem tem a infelicidade de te rodear. Tamanha arrogância e ego. Faz-me lembrar os príncipes mimados e maquiavélicos dos filmes de época. Embora sua personalidade demonstre que vc não tem intelecto e nem sabedoria para se comparar a alguém assim. Reitero as palavras de muitos aqui no blog a seu respeito: vá capinar um lote!

Anônimo disse...

Estou cojitando a criação de um grupo de zapp sob a denominação: SUBTENENTES PRETERIDOS AO QAO. para troca de idéias e, se for o caso, unirmos forças. Farei contatos prévios com os companheiros via email. Sou da turma de 90 e estou no sexto QAM. Para se ter uma ideia, nesse último QA estimo ter ganhado apenas 8 pontos da Comissão. Não possuo deméritos, apenas uma advertência na graduação de 1Sgt. Sendo que possuo 88,865 pontos na FVM.

Anônimo disse...

Saí 2°sgt em 2012, após 8,5a, mesmo ano em que meu chefe estava cursando o CPOR/ NPOR. Ano passado ele recebeu a sua 3a promoção e já é 1° tenente.
Parabenizei-o pelo mérito, espero que em junho/ 2020 eu saia primeiro com pelo menos 8a de segundo.

2°Sgt 2003

Anônimo disse...

O TEMPORÁRIO NPOR não possui curso superior, às vezes nem conclui na ativa.

Cap Inf

Anônimo disse...

Ten Messias, vai ser reformado mesmo? Não entrou na justiça contra essa reforma?

Anônimo disse...

Analista ganha bem, no fim de carreira parelha a um auditor, eu não queria sair QAO, pois já tenho 1a como SD EB e 3 como marinheiro, quero ir embora com 30a SV.
Mas falando em analista, 18.000 em final de carteira não é nada comparado com 5500 do sub

Anônimo disse...

Estou pagando pra ver e com certeza verei todos aqueles que foram promovidos com pontuaçãoes indevidas sendo responsabilizados pelos seus atos e aqueles q deveriam corrigir tais atos não fizeram.

MESSIAS DIAS disse...

Último dia: 31 de maio de 2017.

Anônimo disse...

Envergonhando a minha escola, que lastimável. Poderia, qdo desejasse criar as celeumas de q tanto gosta, usar o sutache da ESA.

Anônimo disse...

Quem deve ter vergonha cara palida é quem se omite e só corre atras de interesses pessoais, sempre querendo se dar bem e a coletividade que se exploda. Mude para melhor fingidor.

Anônimo disse...

Pergunto aos defensores do sistema, dos que dizem que tudo esta bem, que o sistema é justo, porque apenas uma parcela dos praças tiverem oportunidade de fazerem o CHQAO? Minha turma foi dividida em quatro os ultimos puderam fazer o CHQAO, faço outra pergunta pode uma portaria passar por cima do princípio da isonomia. Depois o militar entra na justiça e ainda é chamado de poderador.

Anônimo disse...

É a mais pura verdade o ditado: "farinha pouca meu pirão primeiro". Egoísmo puro!!!! Como exemplo é a manifestação do Sr. S Ten Mat Bel, turma 92, que refere estar muito bem pontuado para as promoções de 01 Jun 17. Pelo que pude perceber em seu discurso, ele estando bem os outros que se exploram. Lamentável isso !!!!!

Anônimo disse...

Maj, vc é um Gênio, muito obrigado pelas suas palavras de incentivo para aqueles que ainda nao enxergaram entendam que os pracas so tem uma saída, enquanto Vossa Excelencia se refastela no que julga ser a bonança, 16 k rss. A saida de Emergencia. Permissao pra me retirar.

Anônimo disse...

COMPANHEIROS,
A promoção do S Ten ao Posto de Of QAO não é um direito, mas uma concessão (..fulano diz...RESOLVE PROMOVER......), queriam o quê? Fez curso na Escola de Sargentos das Armas e não Escola de Oficial das Armas. Já deveria ter sido extinta essa promoção a muito tempo. Veja os S Ten da Marinha. Concurso interno, seria uma forma de VALORIZAR os praças. Essa CP é uma vergonha, concede um monte de pontos para uns S Ten que um ZERO seria a pontuação ideal. Vamos parar de gritaria, sabem desde que entram, que no final da carreia nem todos serão CONCEDIDA essa sofrida Promoção.

Ex 3°Sgt Eduardo (Esfcex) disse...

Meus eternos agradecimentos ao Ten Messias Dias e ao Sgt Israel pela ajuda e concelhos quando quase fui injustiçado pelos oficiais e alguns praças babões que acham que o EB pertence a eles!
Aos "anônimos" contrários ao posicionamento do Ten Messias Dias...
Só quem conhece e acompanhou esse cara é quem sabe o que ele passou.
Ele não pediu nada a nenhum oficial, só buscou o que lhe era de direito e foi tomado, vocês que criticam deveriam sair do escuro e botar a cara, se unir, por que praça no EB é análogo a "praça pública", onde cachorro caga, mija e ninguém faz nada!
Se valorizem mais e valorizem mais suas carreiras, dêem valor a quem luta por uma causa justa e que vai beneficiar a vocês mesmos!
Vocês fizeram um concurso muito concorrido, não pediram favor a ninguém, então não devem ser tratados como mendigo!
Mas enquanto existir essa desunião entre vocês praças, nunca vão deixar de ser comparados a "praça pública"
O Brasil precisa de uma Guerra de verdade urgentemente​!

Anônimo disse...

Montedo, o capitão estuprador de vulnerável citado pelo Messias era major quando o caso explodiu no CMJF, sua mulher era funcionária no CM , os dois foram transferidos para Campo Grande na ocasião, o Gotelip foi promovido por ressarcimento de preterição à TC, só depois foi considerado indigno para o oficialato, sua mulher recebe hoje os proventos integrais do seu marido. Existe Justiça ?

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics