1 de maio de 2015

Soldado paraquedista é punido por levar peixe para último salto

No último dia como soldado quis fazer voo épico. Acabou castigado
Era a última missão, uma vez que ia abandonar o exército. Mas aquele que seria um momento a recordar, acabou em castigo e em mais 12 dias como soldado.
No último dia como soldado quis fazer voo épico. Acabou castigado
Um soldado paraquedista resolveu levar consigo um peixe no seu último voo, o que levou a que fosse castigado. Matthew Tattersall, da 82ª divisão em Fayetteville, Carolina do Norte, Estados Unidos, tirou uma selfie ao lado do seu peixe, Willy Makelt, já no ar.
Depois publicou a fotografia nas redes sociais, onde dizia que o peixe tinha sobrevivido ao voo, contando com mais de 15 mil gostos e três mil partilhas.
“A fotografia tornou-se muito popular. Pensei que ia ter alguns gostos, mas nada como isto”, conta Tattersall, de 23 anos.
No entanto, quando os seus superiores tiveram conhecimento desta situação, obrigaram-no a escrever um trabalho com mil palavras sobre a importância das medidas de segurança e profissionalismo, segundo o Daily Mail.
Contudo, o soldado não levou a sério a tarefa e por incumprimento recebeu outro castigo: 12 dias extra em tarefas de limpeza.
NOTÍCIAS AO MINUTO/montedo.com

2 comentários:

Anônimo disse...

KKKKKKKKK.
PQD DOIDÃO HEIN, LEVOU UM PEIXE BETA PRA PULAR COM ELE.

AGORA O BETA QUE É UM PEIXE BOM DE BRIGA TAMBÉM MERECE UM BREVÊ DE PRIMEIRO PEIXE PQD !!!

Anônimo disse...

Peixe PQD...
Entra para a historia...

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics