6 de julho de 2015

Cabo do Exército é morto após briga em saída de bar


Giovanni foi encaminhado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.
Foto: Reprodução/Facebook.
Leilane Benetta
Curitiba (PR) - Uma confusão na saída de um bar, no Alto da XV, na madrugada desse domingo (06) levou à morte do cabo do Exército Giovanni Porcides, de 22 anos. Ele estava com a namorada e três amigos, quando se envolveu em uma discussão com ocupantes de dois carros.
Depois de entrarem em luta corporal, o motorista de um dos veículos atirou em Giovanni, que chegou a ser levado para o Hospital Evangélico, mas não resistiu aos ferimentos.
Segundo o delegado Miguel Stadler, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o jovem deixava um bar na Rua Itupava, por volta das 3h, com um amigo, a namorada e duas moças, quando um Corsa Classic teria mexido com o grupo e acelerado na direção deles.
Giovanni teria tentado conversar com o condutor do carro, quando ocupantes de Fiat Uno se intrometeram. “Uma pessoa que estava no Fiat logo atrás desceu e já agrediu o Giovanni”, contou o delegado.
Houve uma briga generalizada e, segundo testemunhas informaram à polícia, o motorista do Corsa disparou contra o rapaz. Conforme a DHPP, as pessoas que estavam nos carros não conheciam Giovanni e não estavam no mesmo bar.
Equipes da DHPP fazem diligências nessa segunda-feira à procura do autor do crime. Quem tiver informações que possam auxiliar a identificação do criminoso pode entrar em contato com a DHPP, de forma anônima, pelo telefone 3360-1400.
ParanáOnline/montedo.com

Um comentário:

Anônimo disse...

Estou surpreso por não ver nenhum comentário a respeito deste garoto. Trabalhamos juntos na Operação São Francisco (MARÉ-RJ). O conhecia a pouco tempo, mas logo percebi um militar competente e enquadrado. Vítima de uma violência gratuita a qual estamos sujeitos no Brasil. TODOS OS RESPONSÁVEIS ESTÃO PRESOS. Em cinco anos já estarão livres. Os pais, sem seu único filho, amargarão esta perda irreparável para sempre.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics