19 de agosto de 2015

As militares ianques mundo afora

Mulheres Soldado norte-americanas










Esta seleção de fotografias mostra mulheres soldados, norte-americanas, durante as missões no Afeganistão, Iraque e Tailândia. Um olhar sobre mulheres que servem as forças armadas dos Estados Unidos da América, pelas objetivas dos fotógrafos da agência Reuters.
SIC Notícias/montedo.com

5 comentários:

Anônimo disse...

Lindas fotos realmente, mas não se esqueçam que foto é foto, a mulher nas forças armadas americana e reconhecida como combatente e sofre com isso também, o índice de estupro é alto e acobertado, assim como é em muitos outros países aonde suas mulheres tem força ativa nas forças armadas, que o lado positivo contamine as nossas FA (em especial ao EB), aonde as mulheres tem funções administrativas e de saúde, hoje a maioria é de temporárias em diversas áreas.

Anônimo disse...

Enquanto isso no EB, muitas militares do segmento feminino (não todas) dão migué, dizendo que tem medinho de fazer ronda de madrugada, que "passam mal" em formaturas e outras atividades fim... entre outras tantas desculpas esfarrapadas!!!! Quero ver quando começarem a formar as primeiras sargentos da área combatente (já que da parte logística já está em andamento)... bom, veremos com o tempo...

Anônimo disse...

Não conheci nenhuma no EB que fosse minimamente aceitável, só querem missões boca boa, falam muito antes mas na hora da instrução o cabra tem que se desdobrar para não constrange-las. As OF, essas não sabem nem onde fica o norte. Mas como no EB tem sempre muita gente "bem intencionada" a coisa passa.

Anônimo disse...

Quero ver fazer aqui, no país onde só imperam o direitos e nada de deveres.

Anônimo disse...

Vejam a situação: Ano passado uma sargento foi ser minha auxiliar na seção, eu sendo seu chefe direto com 25 anos de serviço, duas pós-graduações e fazendo mestrado. Ela fez a seleção para OTT, e sabem o que aconteceu!? não! Hoje ela é minha chefe, com 45 dias dias de formada e em seu curriculum apenas uma graduação. É mole ou quer mais? ....

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics