26 de setembro de 2016

Eleições 2016: a mediocridade dos 'Leões de Alojamento'

Resultado de imagem para eleições 2016
Abaixo, dois exemplos da mentalidade tacanha que - infelizmente! - ainda impera nos alojamentos. Dá bem para entender porque continuamos à espera dos chefes.


Na postagem
Vereador? Prefeito? Para quê? Hora dos milicos elegerem seus representantes



Anônimo disse...


Não voto em militar, porque depois, se eleito, ele vai colar no comandante e sua turma, vai no quartel tomar wiskey barato e comer coxinha nas comemorações (assim como os juízes e desembargadores), para depois " casar" o famoso discurso de proteção a instituição, quando das diversas injustiças diárias. Se vendem barato, por um diploma e uma coxinha. AGORA, se houvesse uma associaçao nacional, forte, essa sim poderia apoiar candidatos comprometidos com a causa dos militares, porque senão correria o risco de não obter votos nas próximas eleições. Candidatos isolados, assim como uma andorinha sozinha, não faz verão. Perda de tempo e vantagem somente para quem se esorte.O que um vereador, sozinho e perdido no meio da amazonia, vai alterar para a minha carreira, em Brasilia, casa de DEPUTADOS FEDERAIS E SENADORES? Boa sorte.


Anônimo disse...



Todos os militares que conheci que tentaram alguma candidatura, o fizeram apenas em benefício próprio. O perfil deles era sempre o mesmo: ser dar bem, dar golpe no expediente e trabalhar que é bom, nada. 
Acho que pessoa honesta no Brasil não se envolve com política, porque quando faz isso, mais dia menos dia, se envolve em alguma falcatrua, é o que vemos todos os dias nos noticiaŕios. Com canditado militar nunca será diferente.
Se nos perguntarmos o que o Bolsonaro fez pela classe militar, responderemos: Nada. Mas sabemos como ele e sua família se beneficiam com isso.
Resumindo não voto em militar pórque sei qual é o perfil de candidato a cargo eletivo...mentir, enganar, legislar em proveito próprio, antecipar a reserva, pegar liçenca para sua campanha, resumindo se dar bem.
Não foi ajudar mais um vagabundo a se dar bem, votando nele...

18 comentários:

João Luiz disse...

Podem me chamar do que quiser, mas se os candidatos das Forças Armadas, fossem iguais os das PMs e outras instituições que REALMENTE BRIGAM pela classe eu votaria neles, mas depois da decepção do "Bolssomito" que só aparece na época das eleições esbravejando contra tudo e contra todos se reelege e só sabe colocar a família na boquinha da roubalheira, digo, política e depois some no terreno, prefiro pagar meus 3 reais de multa e fazer meu churrasco.

Anônimo disse...

Caro Monte, não sei se publicará este meu comentário, mas já vale se você o ler.

Pois bem, considero que criticar aqueles que são contra candidatos militares ou que nunca votariam neles é direito seu e de qualquer milico. E concordo com essa sua "campanha" salutar de criar uma união da classe para a representação política. Mas, caro Montedo, o título que usa no seu post ("Eleições 2016: a mediocridade dos 'Leões de Alojamento'") ofende a todos os militares que são obrigados a usar do anonimato para exprimir as suas opiniões e visões da vida.

Somos, sim, obrigados a nos utilizarmos do anonimato, porque se nos identificarmos, os nossos comandantes vão nos perseguir e punir com base em quaisquer motivos do famigerado RDE. Enquanto estamos na Ativa somos forçados a sermos cidadãos de 2ª classe. E a criação desse seu blog veio bem a calhar, pois favoreceu que muitos de nós pudéssemos desabafar, exprimindo nosso ponto de vista sem o perigo de sermos punidos. Vejo aqui no blog muitos colegas se referirem a esse aspecto - o anonimato - de forma pejorativa como sendo ato de covardes - os tais "leões de alojamento" - que só tem coragem de falar certas verdades no anonimato. Pois, como falei anteriormente, isso tem a ver com o fato de não querermos que nossos familiares fiquem sem a nossa presença, por termos de cumprir alguma punição por termos nos expressado como cidadãos, pois para as FA o militar não é cidadão.

Conheço e conheci - assim como o nobre colega também tem exemplos e muitos nas suas meritórias décadas de carreira militar - colegas que foram severamente punidos por tentar ser um cidadão correto e honesto e quem mais sofreu foram os seus familiares.

Portanto, "leão de alojamento" é uma expressão que somente a emprega o militar desejoso da identificação do anônimo para uma futura caça às bruxas. E usar tal expressão é comungar dessa visão de que o militar deve optar por apenas uma de duas saídas: ou registrar o seu RG e sofrer as consequências, talvez até perdendo o único ganha pão no momento ou calar-se para sempre.

Fico indignado quando leio críticas aos tais "leões de alojamento" e vendo o próprio editor/proprietário do blog comungar com tal assertiva a indignação se mistura a decepção e frustração.

Dos mais de vinte e dois milhões de visualizações deste blog, tenho certeza que muito mais de 50% são dos "leões de alojamento" que, com base nos argumentos acima, orgulhosamente me incluo.

P.S.: se o caro publicar este comentário, sei que muitos críticos dirão coisas como "se tem medo de ser punido de forma arbitrária, é só procurar a justiça", "se presencia coisas erradas, procura o MP", "se não está satisfeito, procura outro trabalho", etc, etc. No entanto não é tão simples assim escolher um desses caminhos citados, como se escolhe na feira livre entre comprar um aimpim (macaxeira) ou um inhame. A vida é mais complexa em suas opções, não sendo exata como 2+2.

Anônimo disse...

Tudo o que mais querem é que não se mude o "status quo". A uma minoria, das minorias tudo....ao resto...vcs já sabem como é...

Então continuem com esse pensamento de desunião, desagregação e incentivo a formação de castas.

E tudo que mais querem é que não haja união, formação de bancadas e representantes políticos.

Mas se pensarem o contrário, vão ser sempre deixados de lado e ultrapassados , "bypassados" por outros que se interessam.

Exemplo claro são os policiais, que já há algumas eleições estao elegendo seus representantes que estão brigando por melhorias de interesse deles nas câmaras estaduais e federais.
Já estamos perdendo em salários para varias destas PM.
Olhem os evangélicos como crescem na política, inclusive correntes evangélicas concorrentes se unem quando tem interesses das igrejas e conseguem aprovar ou barrar causas que não sai de seus interesses, como cobrança de impostos para as igrejas.


Não caiam nessa de todos militares ou seus dependentes que se candidatarem só estão visando o lado financeiro deles ou benefícios próprios.
No meio militar, todos sabem quem é quem no seu meio e sabem separar quem está com segundas intenções dos que realmente se candidatarem para trabalhar em prol de melhorias para os militares e sociedade como um todo.

Os militares são profissionais, dentro de áreas sob administração militar é proibido fazer campanha política , porém, em áreas fora da jurisdição militar, os cidadãos podem se organizar e se unir buscando melhorias no meios político que os beneficie.

Cuidado com a desinformação e contrapropaganda para manter a opinião contrária e o desinteresse dos militares em ter seus representantes no meio político.

anderson ribeiro disse...

Para o anônimo,
Infeliz comentário do medroso que se utiliza do anonimato para falar em nome de todos os militares, saiba vc seu cagão que sua opinião é muito diferente da minha.
Não sou e nunca serei obrigado a me utilizar do anonimato, (Anderson da Silva Ribeiro - 1º Ten QAO Idt 049821413-9, quero ressaltar que em nenhum momento me senti ofendido pela chamada da matéria (Leões de Alojamento) muito pelo contrário, expressa a realidade.

Anônimo disse...

É isso mesmo, querem votar em um candidato militar? Procurem um da PM, esse sim briga para melhoria da classe. Salário do subtenente em Santa catarina: 12.000,00 (na conta). Que sonho lindo.

Anônimo disse...

É meus caros colegas! A mentalidade medíocre continua a mesma... triste mesmo...vem um anônimo defender a ridicularidade do outro...o dia em que a maioria pensar e resolver acreditar nos militares que se enveredam para a política, seja vereador ou presidente da república... aí sim, as nobres forças armadas mudarão para melhor.Triste saber que os leões continuam valentes, no limite de seus respectivos armários!

Anônimo disse...

O termo "leões de alojamentos" não é para atingir os anônimos, pois esses pelo menos participam, mas sim aqueles que reclamam diariamente pelos quarteis, nas cantina, alojamentos, esquinas e não colocam um tijolo pra nada. Apenas reclamam, malham, mas não produzem nada. Normalmente preguiçosos, golpistas de escalas, simuladores de doenças, usam a familia como escudo pra fugir das missões, etc ...

Anônimo disse...

É no congresso nacional que as coisas acontecem, e não no grande sertão veredas pampa amazonico mata atlântica. E todas as categorias descritas como tendo representantes no CONGRESSO NACIONAL, as têm porque possuem SINDICATOS OU ASSOCIAÇÕES como ponta de lança! Neste sentido, este tópico, bem como a "brabice" desse montedo,acerca os "leoes de alojamento", serve somente para limitar as mentes mais vulneráveis bem como atrair mais incautos (bem como desinformar). Vereador CRIA AS LEIS MUNICIPAIS E FISCALIZA A PREFEITURA. NÓS, MILITARES, SOMOS GUARDAS MUNICIPAIS? Não voto em militar no cargo para vereador! Montedo, tem coragem de publicar?

Anônimo disse...

Explica aí montedo, como a "bancada de vereadores" vai evitar que "os da ativa" trabalham, provavelmente, cinco anos a mais! Em qual seçao, no congresso nacional, se dara a exposição em defesa dos nossos direitos? Sabe de nada, tropeiro!

Anônimo disse...

Está claro que o montedo não é da época do contraditório e da ampla defesa! Foi só abrir os olhos de alguns inocentes, que o mesmo tenta desqualificar a opinião, embasada, dos "leões de alojamento"! Tristeza.

Anônimo disse...

Anônimo 26 de setembro de 2016 10:28, você falou muita verdade no seu comentário. Pelo que via nos quartéis, o Serviço Reservado é quem atua, e muito traiçoeiramente, em situações como essas que você falou. Quem se faz anônimo, assim se faz porque, aí sim, vai sofrer a covardia imposta pelo comando do seu quartel. A "briga" é muito desigual e por isso não é vergonha nenhuma se manter no anonimato. E ainda mais, acho que muitos aqui que tentam fazer com que o comentarista se identifique é exatamente gente adestrada pelo tal serviço.

Anônimo disse...

Anônimo 26 de setembro de 2016 12:59, isto que você disse é exatamente característica daqueles que se candidatam a políticos. Para se saber se o cara quer mesmo lutar politicamente pela classe, dever-se-ia mudar a remuneração dos políticos. Gostaria de ver o cara, ao ser eleito, continuar recebendo salário baixo e tendo o desempenho gigantesco para lutar por alguma classe. Duvido que alguém iria ser candidato!!!

Anônimo disse...

Como deu a entender o anônimo 26 de setembro de 2016 14:18, há muitas enganações e vários aproveitadores no meio político. Existe até advogada que ludibriou muita gente com falsa promessa de promoção devida pela FAB e que, após reunir grande número de militares, virou política se esquecendo das ações na Justiça. Também concordo sobre o que falaram do Bolsonaro, pois não está representando seus eleitores de forma correta, só gosta de aparecer em programinhas de tv. Votava nele!

Anônimo disse...

Parabéns por publicar as visões divergentes!

Anônimo disse...

Pq não usam tb a expressão "leões de palanque de formatura"...formalizem as duas. Pois os "leões" que usam do palanque vivem em um mundo abastado do resto da tropa e nunca sentiram a corda da forca envolvendo seus pescoços, apregoam honestidade, devoção incondicional, se utilizam da expressão "não esta contente saia..." e não vivem o que cobram ferrenhamente dos subordinados. Pior ainda é ver os simpatizantes desses leões de palanque de formatura, se identificando esperando tapinha nas costas e reconhecimento. Enquanto isso, a degradação salarial galopante (PM e bombeiro ganhando o mesmo que ST do EB)e as péssimas condições que a mesma oferece ao militar e seus familiares se fazem evidentes e ganham força todo dia. Mas para os "leões de palanque de formatura" tudo está maravilhoso, imaculado... Ainda têm o disparate de falar em "família militar"... só se estão pensando no bem estar de suas próprias. Lamentável.

Anônimo disse...

Voto não sai do bolso!
Para fazer bolão da loteria e jogar no cartola tem um monte!
Por isso jogue seu voto fora!
Vote num militar se não fizer nada não se reelege mais!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Convenhamos, candidatos das FFAA a vereador?
Vereador é para o município, fora do campo de atuação para favorecer a classe dos militares.
Concluindo, apoio os exemplos acima, sou tacanho, não entendo.
Mesmo se fosse para deputado federal, reparem bem, o Bolsonaro é uma vergonha para os militares. Parecemos um bando de analfabeto, estupradores, injustos, preconceituosos e sem qualquer instrução. Apoiar um doente como esse e dar aval para nos chamarem de imbecis. Não apoio.

Anônimo disse...

Candidato Militar, ou foi,ou é será, mais um oportunistaque enm nada vai acrescentar ao eleitor militar ou a sociedade. Só mais um político salafrário que apenas quer se dar bem, através do voto de uns inocentes úteis, essa é a realidade o resto é idiotisse...tenho dito.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics