1 de setembro de 2016

RS: soldado do Exército pode ter sido baleado por engano, diz Polícia

Polícia investiga se soldado do exército foi baleado por engano na Capital
O militar costumava emprestar o veículo a vizinhos

Yasmin Luz
yasmin.luz@rdgaucha.com.br
A Polícia Civil investiga se o soldado do Exército baleado por criminosos na Lomba do Pinheiro, em Porto Alegre, no último domingo (28), era o alvo dos bandidos. De acordo com o titular da 4ª Delegacia de Polícia e Homicídios, Rodrigo Pohlmann Garcia, o soldado Denner Matheus Roldão costumava emprestar o veículo, um Corsa cinza, para vizinhos e conhecidos. Ele continua internado em estado grave.
No domingo, pelo menos dois homens chegaram ao local e perguntaram quem era o dono do carro, que estava estacionado nas proximidades. Quando o soldado respondeu, os criminosos dispararam contra ele, que foi atingido três vezes: duas no tórax e uma na cabeça.

Leia também
Soldado do Exército é baleado na cabeça na Zona Leste de Porto Alegre

A polícia apura três hipóteses para ele ter sido baleado, inclusive engano. A primeira é se o automóvel foi usado para algum crime. A segunda é se Roldão estaria envolvido em alguma ocorrência policial, e a terceira, se o carro foi emprestado para uma terceira pessoa que cometeu algum tipo de delito.
Alguns suspeitos foram identificados, mas falta as testemunhas fazerem o reconhecimento.
RÁDIO GAÚCHA/montedo.com

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics