4 de agosto de 2015

Reajuste dos 21,3% é criticado por militares. Já dívida dos 28,86% não está arquivada

Sargento Genivaldo Silva (de barba) presidente da AMARP: 'aumento parcelado não significa nada'.
O reajuste aos militares das Forças Armadas, prometido pelo ministro da Defesa Jaques Wagner na última sexta-feira, será decidido na próxima segunda-feira. Porém, o percentual acima de 21,3% pretendido pelo governo não agradou os representantes da categoria. “Dividido em quatro anos, não significa nada no soldo”, reclama Genivaldo da Silva, presidente da Associação dos Militares da Reserva (Amarp).
Para o deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ), conceder um percentual para cada patente vai criar problema. “Há diferença de sete vezes entre o menor e o maior salário. Além disso, a incorporação de militares vai diminuir e o meio expediente que acontece em outubro e novembro pode se estender por mais meses”, diz. 
Já em relação à dívida de 28,86% do governo com os militares, o presidente da Amarp disse que “o governo não quer pagar”. Bolsonaro afirma que o prazo de o governo pagar já acabou. “A dívida já ultrapassou mais de 20 anos. Quem não entrou na Justiça não tem mais chance. E nem todos que entraram vão ganhar”, disse. O ministro disse que o governo não tem dinheiro para pagar a dívida.
Mas o processo dos 28,86% não foi arquivado, como acreditavam alguns. O interessado pode verificar a ação que se encontra no setor de Arquivo da Coordenação Administrativa. Lá está o processo físico. O processo eletrônico tramita ainda, informou a Cgecs, unidade da Secretaria de Gestão Pública, ligado ao Ministério do Planejamento.
O Dia (Blog do Servidor)/montedo.com

34 comentários:

Anônimo disse...

Não é dívida de 28,86%. Pega mal.

É dívida da diferença dos 28,86%.

Anônimo disse...

Como o Governo não tem dinheiro para pagar os 28,86 aos militares , se teve para pagar aos Civis, bancar o bolsa família, bolsa escola , FIES sem falar nos empréstimos bilionários que o Lula fez para a Países Africanos, além de m Porto em Cuba e bancar o Mensalão, lava Jato etc...

Anônimo disse...

Esse "acima" de 21,3% pode ser 21,4%, 21,5%, etc. Não se pode confiar na palavra do governo. Se eles não pagam nem os 28% determinados pela justiça, imaginem eles mesmos determinarem algum índice.

Anônimo disse...

Ação na fronteira apreendeu mais de 4 t de maconha e contrabando avaliado em R$ 700 mil

http://www.ilustrado.com.br/jornal/ExibeNoticia.aspx?NotID=67528&Not=A%C3%A7%C3%A3o%20na%20fronteira%20apreendeu%20mais%20de%204%20t%20de%20maconha%20e%20contrabando%20avaliado%20em%20R$%20700%20mil

Anônimo disse...

Enquanto estes PTralhas estiverem no poder e os comandantes forem omissos,seremos sempre discriminados !

Rogério - JF disse...

O que me chama a atenção é que o Sr. Genivaldo - Presidente da AMARP, está sempre reivindicando algo para os militares e nas eleições, os militares não retribuem nas urnas. Até quando o militar vai ter que tomar na cabeça para aprender que atualmente as coisas só se resolvem com políticas.

Anônimo disse...

É pública e notória a falta de credibilidade das notícias relacionadas às Forças Armadas publicadas pelo jornal O Dia. Têm cunho meramente sensacionalista e comercial (visam vender jornal mesmo). Que o Montedo me perdoe, mas replicá-las sem a devida ressalva beira a má fé.

Anônimo disse...

Como não temos chefe vai ficar por isso mesmo.Esperamos.....................

Anônimo disse...

Ta de sacanagem esse aumento! kkkkkkkkkk

Diego Aless disse...

21% em 4 anos, e pior que deixar a meta aberta, e depois dobrar a meta.

Anônimo disse...

O companheiro esqueceu do tempo de Collor e FHC. Oito anos sem porra nenhuma.

keko marques disse...

Enquanto ficarmos bancando os cordeirinhos, é daí pra pior.

Anônimo disse...

No dia em que essa esquerda for arrancada do poder, todos esses generais que foram comandantes das forças armadas deverão responder por todos esses anos de omissão, permitindo a destruição das forças armadas e o cumprimento da agenda marxista desse partido podre. Esta será a verdadeira comissão da verdade.

Anônimo disse...

Em Minas Gerais um terceiro sargento na reserva está recebendo R$ 10.500,00, um segundo tenente na reserva uns R$ 14.000,00 e nós ?
Nossos comandantes nunca pensaram na tropa, estiveram no poder por 20 anos, poderiam ter feito um plano de carreira e nada, veio o PSDB e f..., depois o PT e f.... mais ainda. Os nossos comandantes só pensam em uma boquinha quando forem para a reserva, mamar em uma estatal.

Anônimo disse...

Sobre direito adquirido, sugiro acessar, ler e divulgar o seguinte ...

http://www.odireitodomilitar.blogspot.com.br/2013/10/a-medida-provisoria-2215-102001-e-os.html

Um forte abraço a todos.

Anônimo disse...

==> Entendam e divulguem porque a MP nº 2.215-10, de 31/10/2001, não é votada ...

Essa MP não pode ser mais votada. Ela já foi objeto da emenda constitucional 32, de 11 de setembro de 2001. Todas as MPs editadas até a promulgação da emenda constitucional n. 32 de 11 de setembro de 2001 foram confirmadas como lei até que outra MP ou lei ulterior as revogue.
::::::::::::::::::::::::::::::::

Veja o que diz a Emenda Constitucional nº 32 ( Pesquise no google )

Art. 2º As medidas provisórias editadas em data anterior à da publicação desta emenda continuam em vigor até que medida provisória ulterior as revogue explicitamente ou até deliberação definitiva do Congresso Nacional.

Art. 3º Esta Emenda Constitucional entra em vigor na data de sua publicação.

Brasília, 11 de setembro de 2001

Anônimo disse...

* Tudo se encontra no GOOGLE, veja ...

Veja o que é vontade política e empenho de Comandantes: A nossa maldita MP DO MAL, é a de nº 2.215-10, de 31/10/2001. Seis dias depois, em 05/11/2001 o Governo FHC editou a MP 2.218 que tratava sobre a reestruturação da remuneração da PMDF e que suprimia vários direitos da PMDF. Ocorre que com a pressão da PMDF, menos de um ano após a data da MP 2.218, exatamente em 04/07/2002, a MP deles foi votada e convertida na Lei Federal nº 10.486 COM A MANUTENÇÃO DOS DIREITOS RETIRADOS PELA MP anterior. Viram como funciona, eles têm culhões, não deixaram que uma simples MP acabasse com suas carreiras, o que infelizmente não aconteceu conosco.

Ubirajara Felix disse...

No tempo de Collor e FHC, um Sgt recebia muito bem vcs esqueceram disso,para anônimo 17:28

Anônimo disse...

Depois que esses PTralhas criaram este negócio de dar um percentual dividido, antes em três anos, agora em quatro, depois em doze, e assim por diante, ficou uma enganação, pois isto faz com que os OTÁRIOS, que somos, fiquem esperando esse tempo das parcelas acabar para poder tentar algum novo aumento. Talvez esta tenha sido a única coisa difícil que os PTralhas fizeram com suas poucas "intelijumências". Nossos comandantes são comprados para fingirem não notar isto que está acontecendo com os militares.

Anônimo disse...

Este governo está acabando com o nosso país , e os comandantes, que diziam defender a pátria até com a própria vida, se escondem atrás de dinheiro que os compra. É com dinheiro que nos negam o reajuste, que eles estão pagando esses cubanos que estão invadindo o Brasil a título de "mais médicos". Tudo isto faz parte de um projeto bem articulado que não saiu do crânio de nenhum PTista, Claro. Copiaram de algum outro comunista por aí.

Paul Cezar disse...

Realmente, uma pessoa que do seu jeito está tentando melhorar a situação merece o nosso voto. Nas próximas eleições, eu vou lembrar o nome do Sr. Genivaldo, com certeza.

C.J. disse...

O certo seria colocarmos militares na politica com o voto, cercar todos elegendo para deputado federal, estadual, vereadores, etc... com vários guerreiros prontos para colocar fim na desorganização desse nosso país, acabar com os desvios de verbas, e pensar na honestidade e dar um futuro melhor para todos....salários melhores para todos.

Evair Limas disse...

Fiquem contentes se nao levarem mais um zero%!

Léo disse...

Esse canalha do Zé Dirceu ainda é possuidor da Medalha do Mérito Militar ? Quantos militares passam 30,35, 40 anos com excepcionais serviços prestados a este país ,inclusive trabalhando para a ONU , passificando e reconstruindo o Haiti e nunca , jamais recederão tão honrosa comenda.Vergonha esse ladrão ainda ostentar uma medalha militar.

Evair Limas disse...

Fiquem contentes se não levarem mais um zero%!

Anônimo disse...

O comentário forte que rola do QGEx em Bsb é que foi oferecido 25%, em 4 parcelas anuais, sendo a primeira para 2017.

Anônimo disse...

Qual a diferença disso para o zero %, Ivair?! Você estudou um pouquinho de Matemática, pelo menos?

Anônimo disse...

Sou da turma de novembro de 1998. Naquele mês, quando recebi meu primeiro salário de terceiro sargento, ele era equivalente a 10 salários mínimos. Atualmente, 17 anos depois, já como primeiro sargento, minha renda equivale a 7,5 salários mínimos. Precisa dizer mais alguma coisa?

Anônimo disse...

Oito anos de Collor, oito anos de FHC, Sarney e Lula as migalhas e o golpe de misericórdia na criação da MP do mal. Os funcionários de entidade importantíssima e reconhecida mundialmente em pesquisas de vírus e outros males, sede no Pará, entraram em greve por reajuste e melhorias. Isso me lembra a paralisação do tráfego aéreo com o movimento dos controladores de tráfego aéreo que, achando ou não, medidas de melhorias vieram. O preço foi alto, até hoje. Os comandantes, aparentemente, não demonstram reaçpão pró militares.

Anônimo disse...

Deveria ocorrer uma aproximação dos salários dos praças dos salários dos oficiais. Em 1997 eu ganhava a metade do salário de um Maj como 3° Sgt, hoje ganho a metade como ST.

3º Sgt QE R/1 SIDNEY - PR disse...

Para que realmente algo possa melhorar, tem que ir direto ao X, Y e Z do problema; ou seja, direto ao assunto que está fedendo a carniça podre:

" PROVAR QUE ESSA MALDITA MP 2215 - A DO DIABO", está realmente "reinando" de forma e maneira irregular. Medida Provisória não pode continuar a ser "provisória" por 15 anos, prorroguem automaticamente ela, ou não! e ponto final! Temos que bater nessa tecla - ela não está mais vigente de maneira regular. Será que "SE DISCUTISSE ESSE ASSUNTO A FUNDO, NÃO SE CHEGARIA A ESSA CONCLUSÃO"? A OAB poderia nos dar essa resposta em definitivo.

Anônimo disse...

É só promover todos que acaba com a miséria..
Principalmente as praças...os menos remunerados.

Anônimo disse...

Li em muitos comentários que os militares não colaboram nas urnas, meus caros, acordem!!!!
Essas nossas eleições em urnas eletrônicas, com certeza é a maior fraude de tds os tempos, pelo amor de Deus povo, só o Brasil desenvolveu esta incrível tecnologia?

Sobre golpe militar, adianto a tds vcs que nenhum oficial da ativa dará início a esse tipo re ato, esse interesse só as praças das forças armadas possuem, porém elas não acreditam na força que possuem.
Com soldos muito inferiores as forças auxiliares de todo Brasil, a familia das praças das FFAA passam pela maior dificuldade de tds os tempos, militares individados, muitos devedores de agiotas, tendo até sua integridade física e de familiares ameaçadas.
Essa é um resumo básico da situação.


ATÉ QUANDO SENHORES?????

josean costa disse...

Senhores, acho que sou um dos poucos que receberam o tal dos 28,86% na justiça, na verdade 4,91% , já que na época era 2S. Mas , ainda não recebi os atrasados , visto que ingressei com a ação antes da prescrição quinquenal , tenho direito a reabrir o processo. Com a chegada da súmula vinculante 51, que estende aos civis o direito líquido e certo ao percentual, ficará mais fácil requerer tais diferenças. Informo pois, aqueles que entraram com ação mas ainda não receberam nada , pedir vistas ao processo .

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics