24 de abril de 2016

Ameaça terrorista põe segurança para os Jogos em alerta

Rio 2016
Agentes de segurança se preparam para operações durante Olimpíada
Na maior operação integrada de segurança já organizada no país, 85 mil agentes serão mobilizados para atuar no Rio durante os Jogos. Do total, cerca de 9,6 mil homens serão cedidos pela Força Nacional, que atuará dentro das instalações esportivas. Nos últimos dias, cresceu a preocupação com atentados terroristas, depois da divulgação de uma ameaça feita por um integrante do Estado Islâmico em novembro, após os ataques que deixaram 137 mortos em Paris.
Há duas semanas, a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) confirmou que o francês Maxime Houchard postou em sua conta no Twitter a seguinte mensagem: "Brasil, vocês são nosso próximo alvo". A conta já foi suspensa.
De acordo com Cristiano Barbosa Sampaio, diretor de Operações da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos (Sesge) – órgão do Ministério da Justiça criado para planejar e coordenar ações de segurança públicas –, a ameaça não alterou a rotina de todas as instituições envolvidas na operação integrada:
– Os riscos de ameaças terroristas nos Jogos Olímpicos são conhecidos desde a candidatura do Rio, sempre existiram. Já havíamos feito um mapeamento e colocado em prática ações para mitigar todos os riscos.
A operação de segurança para os Jogos começa em 3 de maio, com o início em território brasileiro do revezamento da tocha. Foi montando um plano para cada uma das 54 instalações olímpicas, incluindo áreas de treinamento e Vila dos Atletas. Na quarta-feira, no evento-teste do tiro esportivo, 800 militares do Exército participaram da Operação Cardeal IV nas imediações do Centro Olímpico de Tiro, no Complexo Esportivo de Deodoro. Foram montados postos de controle e bloqueio de trânsito na região.
– Em termos de segurança pública, posso dizer que estamos prontos. Os grandes eventos que abrigamos deixou o grande legado da integração entre instituições federais, estaduais e municipais – diz José Mariano Beltrame, secretário estadual de Segurança do Rio.
ZHESPORTES/montedo.com

9 comentários:

Anônimo disse...

Destes, milhares passaram por um treinado muito rigoroso e estão aptos a levantar a mão indicando o caminho correto das delegações. O treinamento foi muito duro: foram horas sustentando o peso de um capacete e de um colete a prova de balas com prazo de validade vencidos, manuseando um fuzil que não acerta o alvo a 50 metros de distância, isolados do resto da equipe por falta de comunicação ou de meio de transporte adequados, liderados por jovens secundaristas com 10 meses de formação, levantando e abaixando os braços com cara de malvado pra aparecer na mídia com aquela farda zerinha distribuída (pra inglês ver) na véspera do evento, e seja o que Deus quiser kkkk

Anônimo disse...

Negativo....Não tem ameaça nenhuma.....até mesmo porque o principal trunfo do EI é a surpresa...eles não avisam sobre alvos e ataques que irão realizar...essa ABIN é uma piada, querendo criar uma situação para que o PT atraves da marionete decrete estado de defesa...Bolsonaro ja explicou isso tudo no congresso...É só procurar...URGENTE Bolsonaro denuncia...ta lá e só ver...Capaz que o Estado Islâmico vai avisar que atacará..lorota da ABIN...FAKE...

Anônimo disse...

Deve ser piada, esse José Mariano Beltrame é um brincante.

Aristides Barbosa disse...

Montedo , minimizar risco de atentado mas Olímpia das é mole , quero ver minimizar os riscos de não sermos assaltados nas ruas saindo as 0500hr pra trabalhar,quero ver ter médicos , remédios e bons atendimentos nas Upas ... Enfim quando tudo isso acabar vai acabar voltando a ser o que era aqui no rj.

Anônimo disse...

eles que venham, por aqui não passam.

Anônimo disse...

O Rio está bem preparado...sei...Os Franceses é que não tem preparo algum, contam com meia dúzia de policiais, mal treinados, mal pagos, soldados também sem preparo e sem vocação, tipo a Legião Estrangeira, por isso não conseguiram evitar um ataque...aqui, vai ser diferente, soldado brasileiro, catanho de pão com ovo e banana- o bicho vai pega cumpadre.

Sgt EsMB/ 2003 disse...

UMA OBSERVAÇÃO AO ANÔNIMO DAS 24 de abril de 2016 21:01

Nossos armamentos podem ser antigos e as vezes não ter peças de reposição, mas os que a tropa usam estão em condições de uso sim senhor.

Se o seu fuzil erra um alvo a 50 metros de distância é porque o senhor ou sua tropa não o calibrou e não clicou individualmente.
Se o seu fuzil está quebrado, talvez você não solicitou manutenção às OM de MAT BEL.

OK?

Anônimo disse...


Ao Sgt ESMB/2003,

O Senhor vai ser promovido a Ten QAO direto. Não vai nem passar pelos estágios de primeiro sargento e subtenente.

Parabéns.

Anônimo disse...

A segurança nas olimpíadas será uma piada, tropa mal equipada, totalmente desmotivada e mal paga. Esse militares ficaram acantonados em quarteis já sem estrutura para os militares da própria OM e imaginem aqueles que vem de fora. Nossos militares até as tropas de elite não possuem condições, nem treinamento para combater células terroristas, nossa inteligência é uma piada. Se o estado islâmico resolver atacar aqui será um verdadeiro banho de sangue, que Deus nos proteja.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics