30 de abril de 2016

Antigão x Modernão


11 comentários:

Anônimo disse...

Como sempre, o antigão sempre atochando o mais moderno...

Anônimo disse...

Kkkkkkkk.....
É bem isso mesmo.....
Hoje são todos cheios de "não me toque"

Geração.com

Kkkkkkkk..... Mil vezes kkkkkkk....

Anônimo disse...

Na minha época, durante o acampamento obrigatório, os alunos depois de uma longa marcha, corriam uns quinhentos metros e quando saiam de uma curva, eram "recepcionados" por uma barraca com gás lacrimogênio.Eu, arataca da gema, nunca tinha visto uma fumacinha arretada e tão irritante. Também havia um pequeno lago de água suja e mal cheirosa, quase igual o da foto, onde era obrigado a mergulhar e, se não fizesse, o sargento vinha e pisava na cabeça para "incentivar" e isso sem contar o serviço de sentinela afastado do acampamento, em noite sem lua e sem enxergar o caminho de volta. Hoje em dia se fizerem isso vão ser processados. No caminho de volta para a escola, mamãe ficaria horrorizada vendo seu "cabeçudo" todo cheio de lama,só na cabeça tinha meio quilo, morto de cansaço e ainda cantando alegremente. Foi muito divertido! E a história se repetiu com o meu filho, cabeçudinho. kkk

Anônimo disse...

Sou antigão, mas graças a Deus que algumas coisas mudaram

Anônimo disse...

.

acp

São adolescentes em algum país ex-comuna, pelo capacete e o akm.

acp

.

Anônimo disse...

Sou Subtenente e ainda bem que muita coisa mudou, hoje vivemos num estado democrático de direito. Antigamente anos 80 e 90, no Exército, qualquer oficial, a seu bel prazer, poderia deixar sargento de pernoite ou até mesmo aplicar-lhe uma punição disciplinar sem o devido processo legal. Vi tanta barbaridade, assédio moral perpetrado por tenente contra praça, tanto abuso de autoridade que hoje posso afirmar que vivemos num Exército bem melhor que o de antigamente.

Anônimo disse...

Faço minha as palavras do Subtenente anônimo de 1 de maio de 2016 00:42, nosso Exército mudou muito e para melhor, só o direito da ampla defesa já é uma grande conquista. Eu também sou Subtenente e devo ser da mesma época do companheiro e também vivenciei muito excesso e muito abuso de autoridade por parte de oficiais quanto as praças, cheguei a ver companheiro sair de uma formatura direto para a cadeia, pq o Sr. oficial achou que uma careta em forma, devido ao sol escaldante no rosto, era um ato de indisciplina e coisas do tipo. Nós praças temos que agradecer a democracia que invadiu os muros dos impenetráveis quarteis, ela veio para evitar todos esses excessos e abusos que ainda ocorrem, mas com muito menor frequência, pq lá fora existe uma justiça atenta que intervem nas horas necessárias. Mesmo com essa bagunça toda pela qual passa nosso país, nós militares, praças, devemos gritar em alto e bom som: Viva a Democracia, ela veio para nos tirar iminente calvário.

Anônimo disse...

Os anônimos das 00:42 e das 12:37 estão corretíssimos.
Ainda há muito que ser mudado, mas estamos muito melhor que na era dos antigões.
Viva o devido processo legal!

Anônimo disse...

Estamos na geração "palavras machucam".....

Anônimo disse...


.

acp

São adolescentes em algum país ex-comuna, pelo capacete e o akm.

Eis o EB. O primeiro é de 2015, os demais de 2006 a 2013:

https://www.youtube.com/embed/vzne8Lk8M4Q
https://www.youtube.com/embed/eq1z5qIpQfI
https://www.youtube.com/embed/6Lh9BhNle84
https://www.youtube.com/embed/fwhDdxAqrMo
https://www.youtube.com/embed/JHQr3PR7PzU
https://www.youtube.com/embed/Gkt4_fMYXPI
https://www.youtube.com/embed/TsMnPAxUAPI
https://www.youtube.com/embed/kdowcuFDaA4

acp

.

Anônimo disse...

o Brasil se tornou melhor e pior com a democracia, mas com certeza s tornou bem melhor, apesar dos ladrões que nos robam. Os generais presidentes na época do regime militar eram muito bem intencionados, e muito fizeram para fazer de nosso chão um lugar melhor, com honestidade, amor pela pátria e tambem com truculência, desrespeito a dignidade humana, arrogância, despreparo. Quanto aos ladrões de nossa democracia, eles que amarrem as calças porque hoje diferente de antes temos um ministério publico e uma policia federal decente.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics