16 de setembro de 2015

Justiça Militar interroga acusados de desvios de armas de quartel do Exército

Acusados por desvio de armas começam a ser interrogados
Juiz de Fora (MG)  - Teve início nesta semana a etapa de interrogatórios dos acusados de terem participado de um desvio de armamentos e munições no 4º Depósito de Suprimentos do Exército. De acordo com informações da Justiça Militar, na última segunda-feira (14), foram ouvidos quatro ex-soldados que serviam na unidade militar, sediada no Bairro Barbosa Lage, Zona Norte. Já o civil, que é apontado como o elo entre os militares e os compradores de armamentos, será interrogado no próximo dia 29.
Três ex-militares foram denunciados pelo Ministério Público Militar (MPM), em agosto passado, por furto de 17 armas, já o civil e um dos ex-soldados respondem por receptação. A denúncia do MPM foi acatada em sua integralidade pela Justiça Militar, e todos passaram a ser acusados no processo.
Leia também
Três militares são desligados do Exército por desvio de armas em Juiz de Fora
Segundo a peça acusatória, o crime ocorria da seguinte forma: dois soldados, de 22 e 23 anos, entravam no pelotão de armamento, geralmente durante a noite, e retiravam as armas de forma aleatória e as guardavam em mochilas. Enquanto faziam a subtração, outro militar, 23, esperava a dupla em um carro do lado de fora do quartel. Os suspeitos deixavam o local pela porta da frente e, possivelmente, não eram submetidos a revista. Após a fase de interrogatório, serão ouvidas testemunhas do caso.
Tribuna de Minas/montedo.com

3 comentários:

Anônimo disse...

Não sei não ! Esse 4º D Sup tem muitas noticias negativas ....

O que deve ser feito ????

====> Veja nos links abaixo .. e tem outros casos ainda. (pesquise no Blog)
..........

montedo.com: Justiça Militar condena à prisão militares que ...
15 Fev 2014
Nove pessoas, entre elas dois militares, três ex-militares e quatro civis, foram condenadas à prisão pela Justiça Militar em função do roubo de mais de 60 toneladas de alimentos do 4º Depósito de Suprimentos (DSup) do ...
http://montedo.blogspot.com/

..............
Três militares são desligados do Exército por desvio de ...
10 Abr 2013
Apesar de as investigações do desvio de armas, ocorrido no 4º Depósito de Suprimentos (4º D Sup), no Centro, não estarem concluídas, três militares que trabalhavam no setor de armas do quartel já foram desligados do ...
http://montedo.blogspot.com/
...............

montedo.com: Recruta do Exército morre com tido acidental ...
18 Jan 2013
Recruta do Exército morre com tido acidental durante troca de guarda em MG ... Um comentário: Anônimo disse... o 4º D Sup e o bairo barbosa laje são em Juiz de Fora. 21 de janeiro de 2013 19:56 · Postar um comentário ...
http://montedo.blogspot.com/
............

Soldado do Exército é condenado a oito anos de prisão por ...
10 Mai 2014
... o fuzil que matou o soldado Jonathan Loures Rodrigues, também de 19 anos, com um tiro na cabeça, em janeiro de 2013, nas dependências do 4º Depósito de Suprimentos (4ºD Sup), no Bairro Barbosa Lage, Zona Norte.

...........
montedo.com: Terceira morte em três anos: soldado do ...
24 Ago 2015
Já em janeiro de 2013, o recruta Jonathan Loures Rodrigues, 19, foi alvejado por um tiro de fuzil na cabeça, quando encerrava o turno de sentinela nas dependências do 4º Depósito de Suprimentos (4º D Sup), no Bairro ...
http://montedo.blogspot.com/
...............

Aluno do Curso de Sargentos é baleado ...
06 Ago 2014
Em janeiro de 2013, o soldado Jonathan Loures Rodrigues, 19, foi morto com um tiro de fuzil na cabeça nas dependências do 4º Depósito de Suprimentos (4º D Sup), no Bairro Barbosa Lage, Zona Norte. Ele foi baleado ...
http://montedo.blogspot.com/

..................
Tiro acidental: colega foi o autor do disparo ...
22 Jul 2014
Em janeiro de 2013, outro soldado, também de 19 anos, foi morto com um tiro de fuzil na cabeça nas dependências do 4º Depósito de Suprimentos (4º D Sup), no Barbosa Lage. (R. A.). TRIBUNA DE MINAS/montedo.com ...

Anônimo disse...

Algumas perguntas que talvez o Ministério Público Militar já fez ou irá fazer:

1. Esse "pelotão de armamento" (que guardava armas) não tinha tranca na porta não? Cadeado? Lacre? Controle e procedimento para fechar/lacrar quando do término do expediente, a exemplo das Reservas de Armamento?

2. A guarda não consegue fazer uma revista simples para identificar armamento nas mochilas/bolsas?

3. Como soldados tinham acesso fácil, à noite, ao "pelotão de armamento"?

Enfim, desculpem-me pela expressão, mas de duas uma: ou esses soldados eram muito "especialistas" nesse metier ou esse quartel era uma "zona"!

Amauri disse...

Essa OM é um para-raios de más noticias!!!!

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics