13 de dezembro de 2015

Lei Seca: oficial da Aeronáutica é preso por desacato durante blitz em Nata


Fiscalização da Lei Seca aconteceu nesta sexta-feira (11) em Ponta Negra.
Oficial estava sob efeito de álcool e xingou policial militar durante abordagem.
Do G1 RN
Um oficial da Aeronáutica foi preso por desacato na madrugada desta sexta-feira (11) durante blitz da Operação Lei Seca, feita nas imediações de uma boate em Ponta Negra, Zona Sul de Natal. Ao todo, foram 23 carteiras de habilitação recolhidas.
Segundo o capitão PM Styvenson Valentim, o oficial estava sob efeito de álcool. Ele percebeu que a blitz estava acontecendo e passou o carro para uma mulher dirigir. "Ela também estava sob efeito de álcool e não tinha carteira de habilitação", informou.
Durante a abordagem, um policial militar recolheu a carteira do oficial. "Ele achou que não teria a carteira recolhida e ficou estressado. Com isso, o oficial xingou e ofendeu o policial", disse o capitão. O oficial da Aeronáutica foi levado para a delegacia.
O objetivo da blitz, segundo o capitão, era impedir que as pessoas dirigissem sob efeito de álcool. "Quase 60 carros foram deixados no estacionamento da boate e na rua. Muitas pessoas chamaram táxis. Outras dormiram no carro ou foram para a praia", disse. A blitz começou às 0h e terminou às 8h30.


Arte bafômetro vale (Foto: Editoria de Arte / G1)Lei Seca

As regras da Lei Seca consideram ato criminal quando o motorista é flagrado dirigindo com índice de álcool no sangue superior ao permitido pelo Código Brasileiro de Trânsito: 0,34 miligrama de álcool por litro de ar expelido ou 6 decigramas por litro de sangue.
Nesse caso, a pena é de detenção de 6 meses a 3 anos, multa e suspensão temporária da carteira de motorista ou proibição permanente de obter a habilitação.
Condutores autuados por esse tipo de infração pagam R$ 1.915,40 de multa, perdem 7 pontos na carteira e têm a CNH apreendida. O valor é dobrado caso o motorista tenha cometido a mesma infração nos 12 meses anteriores.
Se o bafômetro registrar um índice igual ou superior a 0,05 miligrama de álcool por litro de ar, mas abaixo do 0,34 permitido pelo Código de Trânsito, o condutor é punido apenas com multa.
No exame de sangue, o motorista será multado por qualquer concentração de álcool, e pode ser preso se tiver mais de 6 decigramas de álcool por litro de sangue.
G1/montedo,com

5 comentários:

Anônimo disse...

Nos EUA, não existe essa de "sabe com quem está falando?". O importante é evitar vítimas de acidente, não importando quem é o irresponsável bêbado.

Anônimo disse...

Ainda tem gente que pensa que é autoridade! Mau exemplo para pares e subordinados e sociedade em geral!

Anônimo disse...

Graaaande autoridade!!! Uma vez estava eu sendo atendido no pronto atendimento, quando chegou um rapaz jovem acompanhado de outro homem segurando o braço. O homem mais velho tinha deslocado o ombro durante uma partida de futebol mas, não era militar e não poderia ser atendido no hospital militar, pois não se enquadrava como uma emergência, conforme disseram.O novinho encheu o peito, se identificou como sendo tenente e, queria porque queria que a tenente médica atendesse e chamasse o ortopedista. O ortopedista ficava de sobreaviso e só deveria ser acionado para casos de emergência, e era major.Mesmo assim o novinho insistia que falaria com ele e... é claro que a médica que era tenente não deixou pois sobraria uma tremenda mijada. Eles foram embora procurar atendimento em hospital público.

Anônimo disse...

imagina quando for posto em prática a PEC que desmilitariza a PM
desde a colonização do brasil so ladrão de galo vai pra cadeia.
Esse que se diz autoridade , já deve estar solto, dependendo do
delegado fiança de 1 salário.
Lei é pra ser cumprida por todos. Fer Aço!

Anônimo disse...

Anonimo de 20:48, desculpe-mas creio que nao tenha sido o fato de ser tenente. Mas sim o carater da pessoa, ja vi casos de ST q atravessava ilicitos por rodovias no MS, e qndo parado, se identificava como militar, ate o dia em que foi preso. Caso parecido aconteceu com um coronel no Rio de Janeiro. Nao é o posto, nem a graduação, mas sim o carater do homem...

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics