5 de dezembro de 2015

Sargento do Exército, sim senhor! Com muito orgulho.

Turma de 1980 da EsSA

Pensando bem..




Definitivamente, nossas divisas não foram coladas com cuspe!

(Imagens: 1980- Sargento Santos Maia - 2015 - Faustino Biavatti e Sandra Lemos)

11 comentários:

Anônimo disse...

Parabens....Lindas fotos.
Recordar é viver!

Anônimo disse...

Sem dúvida, eram outros tempos. Parabéns a todos.

Anônimo disse...

Parabéns aos companheiros da turma CFS 80. Conheço alguns destes nobres colegas q enobrecem ainda mais a turma. Saudações!
Maj QCO Leonardo

Anônimo disse...

Que legal, meu avó esta nessas fotos. Ralaram pra cacete....
Pena que muito Sargentos de hoje (não são todos), muitos não querem nada com nada...Vergonha mesmo, se preocupam com coisas alheias ao trabalho....

Não sejam Sargentos, ser praça já era na época de hoje. Façam AMAN ou prestem concurso publico....
Quem tem $$$$$ dará vida mais digna pra família....

Anônimo disse...

A foto com saco na cabeça ? Trote?

blog montedo.com disse...

"Anônimo disse...
A foto com saco na cabeça ? Trote?"

Não, amigo, não era trote.
Tratava-se de um procedimento padrão para que os 'camponeses esavianos" (nós, alunos) não soubéssemos a localização do campo de concentração para onde fomos levados pelos invasores da "Antróvia", país comunista fictício cuja fonteira com a "Esávia" era justamente a Serra das Luminárias, onde se situa o Pico do Gavião.
A situação era fictícia, a ralação, bem real.

Anônimo disse...

Concordo com o anonimo de 6 de dezembro de 2015 14:50. Quem quer ser militar tem que fazer AMAN ou melhor aínda fazer um Curso Superior na área de saúde, medicina, odontologia ou enfermagem, trabalhar no ar condicionado e ganhar muita grana. Naquele tempo ser Sargento era uma baita moral. Lembro que meu irmão chegava com a farda verde-oliva brilhando um breve de paraquedista no peito e montanha no ombro, aquelas divisas bonitas. Hoje o militar faz paraquedimso e vai moarar no RJ, e onde? O jovem de hoje tem muitas oportunidades, faz curso superior sem sair de casa a distância, tem muitas chances. Qualquer curso técnico ganha mais que o 3º Sargento. Aquele papo de "vocação" não existe mais, o jovem pode até chegar vibrando da Escola, mas quando entra na tropa logo fica contaminado pelos outros que só pensam em usar o EB como "trampulim" e sair fora. Esta é minha opinião pessoal.

Anônimo disse...

Eu já tive orgulho de ser Sargento do Exército. Hoje, é uma das carreiras mais desvalorizadas se tratando de concurso público. É o fundo do poço dos concursos. Enquanto um Soldado da PM de MG ganhar mais do que um 3º Sargento do EB, fica difícil se sentir valorizado.

Anônimo disse...

Desvalorizado mesmo este concurso. Tenho um amigo que quando sai para balada, fala para as meninas que é empresário...na verdade ele é 3º Sargento pé de poeira. Tem um carrão do ano, mas "atolado" de empréstimos. O Sargento lobinho tem que cair na real, se foi o tempo que sargento era o top..Em Manaus até o mototaxi/motoboy ganha mais que um sargento. Fica a dica ser técnico em segurança do trabalho.

José Anilton de Lima Soares disse...

Tenho a honra de estar nesta turma de 1980, uma das melhores, sem demérito das outras, é claro... Fomos e voltamos a pé, ao CIEsSA, às cercanias de Luminárias e a São Bento Abade, de onde foi acionada a "Fuga e Evasão"... Não é o melhor salário, efetivamente... Mas quem pensar só no salário, deve ir para outra profissão... Precisa de brasilidade, para servir nas FFAA... Quem não tiver este quesito pulsando no peito, vai achar o "fardo" muito pesado... Vai ser mais um frustrado, a reclamar, sem fazer nada para mudar de profissão... Como tantos que vi na carreira... Lindas imagens, muito obrigado pela postagem...

Magno Souza disse...

Prpvavelmente foi o bicho perdido

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics