23 de dezembro de 2015

Subtenente do Exército é morto a tiros na frente do filho na Bahia

Subtenente do Exército é morto a tiros na frente do filho no Cabula


O filho da vítima estava trabalhando quando ouviu os disparos e correu para socorrer o pai, baleado pelos ocupantes de um Gol

Louise Lobato* (louise.lobato@redebahia.com.br)
Luis César Ramires da Silva, 59 anos, subtenente da reserva do Exército foi assassinado no bairro do Cabula, em Salvador, na noite da segunda-feira (21). O crime aconteceu por volta das 20h30 na rua Silveira Martins, nas proximidades do Conjunto Habitacional da Polícia Militar 1.
De acordo com informações da polícia, a vítima foi baleada nas costas, peito, abdômen e coxa por três ocupantes de um Gol prata. O subtenente era dono de um comércio situado na frente do condomínio CHOPM 1. O filho dele, Rodrigo Marques da Silva, 32 anos, é dono de uma barraca de bebidas que fica ao lado da do pai.
Ele estava trabalhando quando ouviu os disparos e correu para socorrer Luis César. Testemunhas relataram para a polícia que os atiradores fugiram em alta velocidade na direção do shopping Bela Vista e das Lojas Americanas. Já o filho do subtenente disse ter visto um homem fugindo do local a pé.
Rodrigo socorreu o pai para o Hospital Roberto Santos, onde Luis César deu entrada às 20h35. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu na instituição. O corpo do subtenente foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT), onde deverá passar por perícia antes de ser liberado para o sepultamento.
A motivação e autoria do crime ainda não foram divulgadas pela polícia. O caso será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
* Com informações da repórter Lara Bastos
Correio 24Horas/R7/montedo.com

2 comentários:

Anônimo disse...

Estava tranalhando, batalhando por uma vida melhor.

Anônimo disse...

Se fosse no RJ diria que foi milícia, mas na Bahia...

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics