19 de fevereiro de 2016

Auxílio pré-escolar: portaria do governo é republicada e militares terão reajuste retroativo a janeiro

Publicação original: 18/2 (18:28)
(R.A.)

38 comentários:

Anônimo disse...

Alguém sabe pra qual valor irá, pós reajuste??? Grato!

Anônimo disse...

O valor sera de R$321.00

Anônimo disse...

321,00 reais menos a cota parte, deve sobrar em torno de 306,00 para a maioria

Anônimo disse...

321

Anônimo disse...

Em torno de 300 reais.

Anônimo disse...

R$ 321,00

Anônimo disse...

passará de R$ 90,00 para R$ 321,00. Fico triste que ainda tem pessimista que ficam dizendo que os militares só levam na traseira.

Anônimo disse...

Pena que só atenda alguns. Sem dúvida, vai aliviar quem tem filhos dentro da faixa etária. Uma mão na roda.

roberto da silva barros disse...

321 pila........

Anônimo disse...

90 reais onde?... Eu recebo 56 reais pra cada filho...

Anônimo disse...

Pena que só paga até a criança completar 5 anos de idade.

Anônimo disse...

321 - 5% igual a 304,95 para a grande maioria

Anônimo disse...

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/antigos/d0977.htm

Art. 4° A assistência pré-escolar alcançará os dependentes na faixa etária compreendida desde o nascimento até seis anos de idade, em período integral ou parcial, a critério do servidor.

Kelma Costa disse...

Esse universo é muito grande dentro da Força, eu fico muito feliz com todos aqueles que vão receber o reajuste desse beneficio.

Anônimo disse...

http://manualdoservidor.ifc.edu.br/auxilio-pre-escolar/

Definição:
Benefício concedido ao servidor para auxiliar nas despesas pré-escolares de filhos ou dependentes com idade até 5 (cinco) anos de idade, inclusive.

Anônimo disse...

02/07/2007
Governo reduz idade do auxílio-creche

GOVERNO REDUZ IDADE DO AUXÍLIO-CRECHE

O auxílio-creche, um benefício garantido pelo Decreto 977 de 1993, teve o limite de idade dos dependentes que têm direito ao benefício alterado de 6 para 5 anos pela Emenda Constitucional 53, de dezembro de 2006, que diminuiu a idade escolar

Azimute disse...

Vale lembrar que o CPEX rapidamente correu e amparou o não pagamento. Sem qualquer tipo de menção a um possível pleito para verificar, junto aos órgãos competentes, mudança na legislação parã benefício dos militares. Infelizmente impera em diferentes níveis do Exército o "caldeirão do inferno, desguarnecido, onde puxar ose pares para dentro do caldeirão é bastante comum".

Anônimo disse...

Salário Família 2016 – Quem tem direito, valor e como receber

http://salariominimo2016.blog.br/salario-familia-2016/

Anônimo disse...

Mimimimi

Anônimo disse...

Cadê os pessimistas de plantão que só fazem reclamar??cadê aqueles que só estavam tacanho pau?? Que militar só leva na traseira? ?

Anônimo disse...

Comentarista de 18 de fevereiro de 2016 22:34, faz um nenem procê!

Anônimo disse...

buáaa buáaaa buáaa

MESSIAS DIAS disse...

Fico feliz por fazer valer Principio da igualdade, previsto na nossa Constituição Federal.
Os jurista do CPEx deveriam ter vergonha de sua informação.
Espero que este mesmo CPEx se esforce para todos, que detém o direito, recebam o AUXILIO,agora em março.

Essa mobilização devemos ter de imediato para ser instituído, novamente, o AUXILIO MORADIA.

Consisto a todos nos esforçarmos e mostrarmos nossa indignação com a falta desse auxílio, ainda que moremos em PNR, que particularmente não ocupo.

Solidariedade e Luta.

Vamos comentar as mazelas que a falta do Auxílio Moradia causa na Vida dos Militares, em especial, os Praças, que estão morando totalmente nas periferias e favelas, pondo totalmente em risco a segurança própria e de seus familiares!

Anônimo disse...

Gente iremos receber até o filho(a) completar 5 anos, 11 meses e 29 dias, ou seja QUASE 06 ANOS! ao contrário do anonimo acima que disse até 5 anos.
Parabéns! foi uma conquista sim. vai aliviar sim, muita gente boa precisando.
Fui beneficiado, possuo 2 filhos.

Anônimo disse...

Quem não chora não mama, papai!

Anônimo disse...

Consisto?

Anônimo disse...

Muito bom. Pena que não vou receber. Na hora que mais preciso. Pré vestibular dos filhos....

Anônimo disse...

E aí Messias, fazendo propaganda eleitoral

Anônimo disse...

Ué! Não foi o cepex que afirmou que militares não tinham direito? Ou alguém no cepex ainda não sabe que as leis são iguais para todos, inclusive para beneficiar os militares, e não só prejudicar com interpretações esdrúxulas feitas pelos chefes do EB.

Anônimo disse...

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Exército nega, mas Justiça Federal manda pagar as férias de recruta

http://www.odireitodomilitar.blogspot.com.br/2016/02/exercito-nega-mas-justica-federal-manda.html

Anônimo disse...

Consisto que votem em mim

Anônimo disse...

Kelma, vc eh linda!

Anônimo disse...

Esclarecendo: no 1o momento o CEPEx ficou na duvida. Ha realmente uma distincao entre militares e func pub. Sempre lembramos disso quando querem mexer em nossa aposentadoria. No mesmo momento em que informou que nao pagaria, iniciou gestao juridica sobre o assunto. A resposta veio.

Anônimo disse...

"Consisto"? Cruz credo! Agora sei porque naum queriam te promover...

Unknown disse...

E eu fico mais triste ainda quando vejo militares (eu acho) como vc que se contenta com um acréscimo mínimo de direito nosso...militares como vc que vive uma vida limitada em todos os sentidos, recebe 1/5 que a copeira(com respeito a profissão) do senado recebe e não pernoitao a bordo.....se liga nas suas palavras camarada

Anônimo disse...

Alguém aí em cima falou que passará de R$ 90,00 para R$ 321,00, porém eu recebo apenas R$ 70,30.

Anônimo disse...

ta melhor que o bolsa familia...vou providenciar o(s) meu(s)...

Renato Lima disse...

Isso e para cada filho?

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics