9 de fevereiro de 2016

Guerra ao mosquito: militares estarão em 256 municípios dia 13/2

Defesa divulga lista com distribuição de militares nas ruas contra o Aedes no próximo dia 13

Os 26 Estados e o Distrito Federal terão a presença de militares das Forças Armadas na campanha contra o mosquito Aedes aegypti, no dia 13 de fevereiro. A mobilização vai abranger 356 municípios, incluindo todas as cidades consideradas endêmicas, de acordo com indicação do Ministério da Saúde, e as capitais do País.
No próximo dia 13, 220 mil militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica irão às ruas para distribuir material impresso com orientações para a população sobre como manter a casa livre dos criadouros do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e do Zika vírus. A meta é visitar três milhões de residências.
Para a distribuição do efetivo das Forças Armadas nessa fase de mobilização, foram considerados os municípios com maior incidência das doenças transmitidas pelo mosquito e os que contam com organizações militares instaladas.
Essa será a segunda etapa da campanha contra o mosquito. Na primeira, iniciada em 29 de janeiro, as Forças Armadas realizam um mutirão de limpeza em 1.200 unidades militares espalhadas pelo País. Essa fase se encerra nesta quinta-feira (4).
Confira abaixo os números de militares por unidade da federação e a lista dos municípios que serão visitados no dia 13 de fevereiro.

Próximas etapas
Ainda estão previstas duas etapas da campanha de combate ao Aedes. Entre os dias 15 e 18 de fevereiro, 50 mil militares, sob a coordenação do Ministério da Saúde, farão visitas nas residências, acompanhados por agentes de saúde, para inspecionar possíveis focos de proliferação, orientando os moradores e, se for o caso, fazendo aplicação de larvicida em criadouros.
A última etapa, ainda em fase de elaboração com o Ministério da Educação (MEC), prevê a participação de visitas a escolas. A meta é reforçar o trabalho de conscientização das crianças e adolescentes sobre como evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti.
DEFES/montedo.com

34 comentários:

Anônimo disse...

Vamos atuar de "forma severina" fora da guarnição (ou seja, fora da sede)e sei que a prefeitura vai nos brindar com um pão com manteiga e um copo de suco venenoso. Vai rolar diária pros severinos? Atenção, pão com mortadela ou margarina e suco venenoso não vale como argumento de apoio prestado.

Anônimo disse...

Essa será a pior Operação da qual participarei em meus 31 anos de serviço, pois o único objetivo é promover o governo do PT, ou seja, não tem nenhuma justificativa para se convocar as FFAA para matar mosquito que qualquer cidadão funcionário de prefeitura pode fazer. É um descalabrio ver o monte de militares ensinado o Padre a rezar missa, pois, na minha casa mando eu, se o cara é imbecil e cria o tal mosquito que se exploda e puna-se, agora usar as FFAA como propaganda de um governo incompetente, inoperante, só pode ser por falta de comando. Vão fazer num sábado para não ter justificativa de alguém ir ao médico, ou outros problemas. Acredito nas FFAA, porém em situações serias e não como moeda de troca para levantar o IBOPE de um governo incompetente e cruel.Chega pessoal vamos acordar! Serei um dos que vou a missão, mas me recusarei a ir as ruas matar mosquito, vou deixar bem claro para o meu comandante, para não criar problema para o comando do mesmo!

Anônimo disse...

Ainda bem que vou estar de férias.....kkkkkkkkkkk
taca-lhe pau severinos da nação!

Avante!

Anônimo disse...

Será a "guerra" da historia do PT. Consequência do desleixo deles.Aproveitem que estarão no Distrito Federal e espanta a ZICA que está dando zica na economia.

Anônimo disse...

Essa é mais uma prova que esse governo manipula essa Forças Armadas da reajuste ínfimos e põem na rua pra combater um mosquito que já venceu essa GUERRA, pois o povo brasileiro só ta interessado só em si próprio, só sente na pele quando acontece com eles, todo mundo já sabe dos cuidados da dengue mas eu poderia postar que não importância e missão enxuga gelo, mais é bonito de se divulgar OH as Forças Aemadas tá lá.

Anônimo disse...

Chupa severinos..pau pra toda obra...ainda bem q cai fora dessa barca furada

Anônimo disse...

Não entendo porquê as os militares podem ser desviados de função para fazer de tudo, até faxina nas ruas, mas as Prefeituras e Estados não podem desviar os seus servidores (professores, bombeiros, policiais, guardas municipais, agentes administrativos, fiscais, ASPONES etc) para auxiliar também na GUERRA contra o mosquito. Afinal de contas, a guerra é travada usando o contingente militar de carreira e os 'reservistas, logo, os outros servidores que também podem ser desviados atuariam como os reservistas numa guerra, né ?
Poderiam pôs os policiais e bombeiros de folga para combater também o mosquito, assim como os professores que não cumprem 40 horas semanais de trabalho. Se pra eles servir o argumento do "não sou pago para fazer isso!", então menos ainda tal atividade serve para os militares.
Outra questão: se as Forças Armadas quando assumem função de segurança pública avocam para si o COMANDO da operação como condição, acho que os Generais deveriam também assumir o comando das 'operações de guerra' contra o mosquito e não ficar subordinadas a um servidor zé-ruela qualquer. A primeira medida seria solicitar o MAPA DA FORÇA dos servidores mata-mosquitos das Prefeituras e dos Estados para ver quantos efetivamente comparecem ao trabalho, pois tem muito servidor agente de endemias que fica na moita (funcionário fantasma), alguns até acumulam dois cargos públicos com a conivência de chefes que também cometem irregularidades. Se as Forças Armadas não exigirem isso nós militares correremos o risco de efetivamente fazer o trabalho de um monte de servidor vagabundo que deixou de fazer o seu trabalho no passado.

Júlio Fortes disse...

Quanto a esse efetivo divulgado, creio que está superfaturado... Como falou um anônimo anteriormente, não se está considerando que já houve uma 1ª baixa, há o pessoal de Sv que se reveza nas 24h por 24h e período de férias em plena execução...

Júlio Fortes disse...

Só o efetivo do CMO é de 15.000 militares do Exército, sem contar a Marinha e a FAB, que não são tão expressivas assim, e o MD informa que aproximadamente 90% quase de um efetivo de Comando Militar de Área irá participar desse dia "D" (11.000 em MS + 2.500 em MT = 13.500), creio que os dados estão inflacionados e distantes da realidade...

Anônimo disse...

Tinha que ser no sábado? qual a finalidade de após uma semana de trabalho sugado, colocar os militares para distribuir panfleto? orientar a população? o pior é ter certeza que o governo deve ter realmente pedido auxílio, mas as mentes que jogam pra raba dos próprios militares são da própria caserna...vergonha!
Garanto que as brilhantes mentes que planejaram esta "guerra", como ousaram falar, estarão confortavelmente em suas casas, de pijama, esperando o "pronto da missão".
Coisas idiotas que vi: mensagem força! que coisa ridícula...ESFORÇO DE GUERRA! CONFIE NO MD!
E veremos algum Brigadinha ou Divisão com seu pauzinho na mão, todo pomposo, dando uma entrevista para se promover...infelizmente as FFAA são reflexo dos governantes desta nação e deste povinho medíocre!

Anônimo disse...

que vergonha...mas está ai...função de matar mosquito...
depois querem aumento...kkk
essa foi demais...kkk
o salário está excelente para esta função.

pq vcs reclamam tanto de salário?

boa distribuição de panfletos...

imagina o rapaz que ficou 7 anos ralando nas escolas militares e agora vai matar mosquito...

Anônimo disse...

poxa agora que vi, vai ser no sábado !!! sacanagem !!!

Anônimo disse...

Tenho uma dúvida.... para comandar batalhões de catadores de lixo precisa fazer ECEME?

Anônimo disse...

Kkkkk

Anônimo disse...

Vai ter muita gente sacaneando. ..militar foi feito para matar mosquito. ..kkkkkk

Anônimo disse...

Devem pagar diárias...eh só ficar esperando o próximo contra cheque....kkkkkk

Anônimo disse...

Mais uma vergonha para os militares. ....matar mosquito eh demais. ...e no sábado. ....mas como alguns dizem...Vamos ser reconhecidos..kkkkkkkk

Anônimo disse...

Bizu de Brasília. Vai ter um distintivo para quem for. Formato de um mosquito.kkk

Anônimo disse...

Não entrem na casa de ninguém. Vai ganhar um processo. ..Depois a culpa foi sua.....

Anônimo disse...

Tá furado isso aí....
Superfaturaram o efetivo....
No Piauí não tem isso tudo aí não...
Mais uma notícia pra promover o PT...

Anônimo disse...

Tem este efetivo sim, são as três forças, não esqueçam dos tiros de guerra

Anônimo disse...

Viramos propaganda política barata, apenas isso!

Anônimo disse...

Se deixarem, os quartéis só irão funcionar com o pessoal de serviço na guarda,sem expediente, cancelar férias e dispensas, e mandar todos para as ruas. Acho que a META da Dilma está quase atingida. Mas ainda não está satisfeita da desGOVERNANÇA. Depois que passar essa "onda", vocês acham que ela vai querer que os militares voltem para os quartéis e fiquem sossegados? Ela valoriza bastante, adora todos eles: Não fazem greves; não tem sindicatos para encher o saco do governo; os chefes não reclamam; aceitam qualquer migalha de reposição salarial e ficam felizes; suas vitórias na Justiça não são cumpridas e ainda dizem que está tudo tranquilo,conforme a Constituição?

Júlio Fortes disse...

Sim, não foi contado os TG. Como me esqueci... Na área da 9 RM (MS e MT) são 4 e somariam mais 400 atiradores se pelo PRC (Plano Regional de Convocação) já não tivessem sido dispensados...

Anônimo disse...

Na minha avaliação, esse, se assim podemos chamar de governo é o mais incompetente, corrupto, desmoralizado da historia republicana do Brasil, nunca teve plano algum administrativo para seu povo, muito menos de saude pública. A proliferação do Aedes aegypti não deixou de ser uma das dezenas das calamidades que assola nosso pais. Toda vida cada governo estadual ou municipal cuidaram desses itens que lhe dizem respeito, porém como os últimos governos centrais relaxaram em tudo que poderia melhorar a vidas de nossos cidadãos, a calamidade está vindo em cascata. Agora apelam para as FFAA, que não duvido que nisso está implícito algo para denegrir nossos soldados. Militares não estão preparados e nem tampouco são forjados para essa missão, isso é função de agentes sanitários que são devidamente preparados, estudam, e conhecem os riscos que correm na caça de insetos ou outros parasitas que agridem os humanos. Tem seus uniformes próprios, como luvas, calçados, roupas impermeáveis e conhecem mais que ninguém os riscos que podem correr caso não tomem providencias e precauções adequadas inerentes a sua profissão.

Anônimo disse...

Enquanto nas prefeituras há corrupção desenfreada, o milicos fazem o seu trabalho! Alguém ta levando algo com isso! É o fim FA!

Anônimo disse...

Pra comandar, Batalhão tem que ter EDENGUE.

Anônimo disse...

Parem de reclamar e pensem na Nação, essa atividade deveria ser realizada semestralmente, bando de parasitas que só pensam em churrasco, futebol, férias e meio-expediente, com certeza será criado um brevê e uma medalha: Pernilongo de ouro, prata e bronze, ouro para quem atuar em quinze campanhas, prata para dez e bronze para cinco campanhas.

Anônimo disse...

Vamos severinos avante, mais uma vez graças a subserviência de nossos "Chefes" vamos cumprir uma missão que não é nossa e que com certeza alguém deixou de fazer na época oportuna. Eu queria saber aonde nos enquadramos nessa missão institucional, seria GLO, garantia dos poderes constituídos, defesa civil, SUCAM, Limpeza Pública. Não duvido nada se daqui há alguns anos não teremos a 1ª Brigada de Lixeiros do Exército - 1ª Bda Lx Ex, a 1º Brigada de Matadores de Mosquito - 1ª Bda Mat Mosq e o 1º Batalhão SUCAM - 1º B SUCAM, mas temos que ver o lado bom, pelo menos não vai faltar Comandante para essas Unidades de Elite. A ECEME com sua visão de futuro, já tem credenciando muitos, pq a safra está cada dia mais fraca. Somos para esse governo corrupto, um bando de sem terras fardados, o que muda é que nós vamos trabalhar pelo pão com mortadela.

Anônimo disse...

Tenhamos visão de futuro, esqueçam a guerra cibernética, o soldado do futuro, o Projeto Guarani etc. Temos que empregar nossos escassos recursos na compra de Vtr Especializada Transporte de Lixo, Vtr Especializada Fumacê, fardas de material repelente, sacos de lixo de grande capacidade e pistolas de lançamento de veneno.

Anônimo disse...

E os sites oficiais do governo estão cheios de mosquitos voando; quando você mata um deles abre o link com o vídeo do blá blá blá da Dilma na TV. Isso para mim é propaganda...

Anônimo disse...

Piauí não!

Anônimo disse...

Quando eu digo aos mais novos que o "Costa Concórdia" está a deriva, muitos não acreditam. Olhamos para cima e não observamos nada, a não ser a subserviência que nossos "Chefes" dizem ser disciplina, mas nós sabemos que não é e chegamos a essa situação atual, sem dinheiro para manter a vida vegetativa das OM. Graças a essa subserviência somos empregados em todo o tipo de missão como meio de propaganda desse desgoverno que está ai e largados a própria sorte por nossos comandantes. Eu pergunto, depois de matar pernilongos, qual será nossa próxima missão, limpar o lixo deixado em terrenos baldios e nas ruas por um povo sem educação, limpar a baia de Guanabara para as Olimpíadas. Com a palavra nosso Comandante. Temos que tirar uma lição de tudo, o lado bom é que vejo todos os oficiais e praças mais novos nas OM fazendo sua faculdade e estudando para concursos públicos, pois o descaso e a situação chegou a um ponto insuportável que a evasão vai aumentar muito mais. Até suportamos de certa forma os baixos salários, as perdas e falta de aumento salarial há anos, mas sermos subempregados é demais. Vida que segue. O ultimo a sair feche a porta.

Anônimo disse...

Ñ entendo pq SOMENTE neste sábado?!?!? Sou a favor de Campanha Militar Permanente de Combate ao aedes aegypti TODO sábado......

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics