2 de setembro de 2015

Da série: 'Tá feia a coisa!'

Enquanto isso, em algum quartel do Brasil...

Comento
E segue a discriminação: pela quantidade distribuída, as mariolas deviam ser só para os oficiais.

10 comentários:

Anônimo disse...

Essas coisinhas devem ter saído a preços de filé para essa burocracia toda. Será que teve abertura de concorrência publica para essa compra gigante? Só pode ser brincadeira, mas se não for, até eu posso ser general.

Anônimo disse...

faltou o nº 3...

3. Solicito que o consumo das citadas seja feito com moderação.

Anônimo disse...

Seu comentário é incorreto.
Estas mariolas foram distribuídas para um Exercício de Desenvolvimento de Liderança (EDL) do CFC Pqdt, que está em andamento. O documento pode parecer esdrúxulo no seu conteúdo, mas foi distribuído pelo Dst Sau Pqdt, pois este está gerenciando a parte sanitária e nutricional da atividade, para que não haja excessos e para que haja um controle do gerenciamento de risco. As OM Pqdt não possuem autonomia administrativa, em consequência estas demandas burocráticas são comuns aqui. Como sargento, posso te afirmar que sangra primeiro aqui são os oficiais, já vi muitos deles abrirem mão de refeições no campo em prol do soldado, que muitas vezes é pobre demais para comprar os "macetes" de campo.

Anônimo disse...

comentário infeliz

Anônimo disse...

Se a tida como tropa operacional tá assim....
O que dirá os pobres mortais Brasil a fora....
Kkkkkkkk KKKKK
Apaguem a luz....
2° Sgt 2002, há... E pqdt

Danilo disse...

Ao companheiro das19:21 "para que não haja excessos" EXCESSO COM 18 MARIOLAS!?!?!?!?!? "controle do gerenciamemto de risco" RISCO DE SE COMER 18 MARIOLAS!?!?!?!?

Anônimo disse...

Comentário infeliz, gerenciamento de risco relacionado a consumo de mariola??
Excesso em 18 mariolas, para não ter criado essa nojeira burocrática, pagaria do próprio bolso, é 5 por 1 Real no sinal de trânsito. VERGONHA!!!!!

Amauri disse...

3. Solicito que o consumo das citadas seja feito com moderação. (2) kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Esse pessoal vai ficar com diabetes de tanto doce. Os soldados vão para treinamento e tem que comprar as "coisas" para levar? Se for para a guerra vai comprar a munição e o rango? Alguém está ganhando com essas coisas. Lembro uma escola de formação de sgt onde os alunos são voluntariamente "obrigados" a comprarem um casaco todo colorido para uso diário que não faz parte do uniforme oficial. Quem vai ficar contra em um universo de mais de quinhentos? Outras coisinhas também entram no "cardápio" e alguém fatura muito.

Lauro Costa disse...

É melhor um coturno preto e a situação marrom do que o inverso rs rs rs

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics