29 de maio de 2016

A Guerra esquecida

Participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial Não é Cultuada

O Tenente-Coronel Durval Lourenço Pereira, historiador militar, chama atenção para a perda do legado histórico sobre a participação da FEB na Segunda Guerra Mundial e a ausência de um museu que cultive a memória dos ex-combatentes, além de materiais de guerra e documentos militares.
Ao Mérito ( Philos TV)/montedo.com

2 comentários:

Ten Sanhaço disse...

A desvalorização da FEB começou com o retorno da FORÇA ao Brasil. A FEB foi destruída. Os civis convocados foram mandados embora, chutados do Exército.Apenas na década de 80 que os "pracinhas", oriundos da vida paisana, obtiveram seu direito reconhecido e conseguiram a patente de 2 Ten.
Como eu sempre digo, o pior inimigo do exército é o próprio exército.À época, a força terrestre não deu um sinal para tentar integrar os combatentes dar-lhes a merecida estabilidade. Ah, sem falar de Vargas que sujou sua biografia desmobilizando a FEB de maneira tão tacanha.

Antonio Carlos Cruz de Assumpcao disse...

A caserna hoje esta diferente.
Nos dias de hoje já ocorrem manifestações em prol desse reconhecimento.
Artistas de renome que abusam da Lei ROUANET devolverão o que não precisavam doando para os museus,

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics