22 de maio de 2016

35 anos: reformas devem incluir aumento do tempo mínimo de permanência dos militares na ativa

Na esteira das mudanças na Previdência que deverão ser encaminhadas brevemente pelo governo Temer ao Congresso, é grande a possibilidade de uma proposta que inclua o aumento de 30 para 35 anos no tempo mínimo de permanência no serviço ativo para os militares das Forças Armadas. Ante a pressão por mudanças e o momento político favorável para que ocorram, a cúpula militar considera muito difícil barrar a ampliação do tempo de serviço. A avaliação é do Alto Comando do Exército, em reunião recente ocorrida em Brasília.

Crise
A crise econômica na qual o País mergulhou durante o governo de Dilma Rousseff transformou a reforma da Previdência em prioridade para Henrique Meirelles, recém nomeado ministro da Fazenda. O aumento do tempo de serviço deverá vir na esteira de mudanças mais amplas, que incluem a mudança da idade mínima para aposentadoria para servidores públicos e privados.


Regra de transição?
Meirelles já sinalizou para a regra de transição na Previdência:
“O caminho está claro: idade mínima com uma regra de transição. E que seja eficaz. De um lado, não tão longo que não faça efeito. De outro, não tão curto que seja inexequível”, declarou.

Resta saber se o mesmo princípio valerá para os militares.

Lembrai-vos da 'MP do Mal'
A Medida Provisória Nº. 2215/2001, tristemente conhecida como 'MP do Mal', derrubou de uma canetada só diversos direitos dos militares, sem regra de transição alguma. Apenas os que tinham direito adquirido na data da publicação não foram prejudicados. Caíram por terra o anuênio por tempo de serviço, a promoção ao posto acima na reserva e a contagem das Licenças Especiais como tempo de serviço para a transferência para a reserva.

109 comentários:

Anônimo disse...

Vão parar também de descontar a pensão militar quando estivermos na reserva o paisano quando aposenta para de pagar a previdência ?
Teremos hora extra ?
Vamos receber adicional noturno ?
Mais uma vez vamos tomar na cabeça quietinhos !!!!!!!!!!!

Sgt Cav/97

Anônimo disse...

Sr Montedo, cadê a fonte dessa informação? Eu acho que esse tipo de especulação sem nenhuma fonte de consulta gera para nós militares um grande mal estar. Portanto, antes de publicar, sugiro que cite a fonte para podermos ter um embasamento, caso contrário fica parecendo mais fofoca do que informação!

Anônimo disse...

Vamos ver se pelo menos junto com os 35 anos volta o posto acima e o anuênio ....
Os se pelo menos se exclui a que absurdo de se ficar mais de 700 dias para se considerar o adicional de permanência....,
Assim já fará jus no primeiro dia após o tempo de ativa....

Mas com certeza nossos Cmt estão pensando nisso e "muuuuito preocupados" para estas questões!

2° Sgt

Anônimo disse...

Espero que nossos chefes estejam preocupados em incluir aí o retorno de algumas das perdas com a mp do mal, pois com 35 anos o "Sub véi" vai ficar mais tempo na graduação do que como terceireba....
Há... já achei a solução... o interstício será de:
10 anos como 3° Sgt;
10 anos como 2° Sgt;
10 anos como 1° Sgt; e
5 anos como S Ten.

Pronto! Maravilha de carreira!!!!

Anônimo disse...

Excelente!
Essa hora em Brasília:
Já que tal medida não nos afetará, precisamos ajustar o nosso exército a novos tempos, o que os sr proproem?
- Novos índices do TAF! Já que agora trabalharão até os 35, necessitarão sofrer mais tempo atrás do TAF! "Boa"
- Mudança no interstício de promoção, os praças vamos arredondar logo para 10 anos, para facilitar a conta! "Boa"
- Já que o militar vai ficar mais tempo ativo e não há dinheiro aumentamos o tempo em cada Gu, praças 5 e Of 4. "Boa".
Muito boas sugestões, mais alguém, com alguma ideia para o bem dos militares?
Cri-cri-cri-cri...
Ok, pausapara o café!
VIBREM!!!!!!
O PIOR ESTÁ POR VIR!!!!

Anônimo disse...

Não parece mesmo difícil disso acontecer, pois é coisa que a muito tempo escutamos alguém falar sobre isso. Mas, devemos lembar que a MP DO MAL, que tirou os direitos adquiridos dos militares das Forças Armadas, deve está cheia de cupins e mofo em uma gaveta qualquer lá em Brasília a 14 anos, tem que ser tirada do armário e votada com suas emendas ou revogada. Essa fatídica MP DO MAL entrou em vigor sem nenhuma transição, depois dela a situação financeira dos militares nunca mais foi a mesma, militares contavam com uma coisa na reserva e foram com outra totalmente aquém do esperado, os empréstimos consignados dispararam, vivemos assim até hoje. E o pior: se isso for aprovado, como a MP DO MAL, mais uma vez não vai atingir em nada as mais altas patentes, uma vez que todos eles já estão com mais de 35 anos de serviço.

Anônimo disse...

Interessante, acho que em contrapartida nossos chefes deveriam pedir que fossem pagas horas extras, adicional noturno e também carga horária máxima de trabalho semanal, ora! Os militares são ou não servidores diferenciados por sua dedicação exclusiva? Definam a manobra comandantes, o que não pode é ficar no limbo, no meio do caminho. Ou nós devemos acreditar realmente, na máxima que todas as mudanças nas FA só vem para piorar a vida do militar?!

Anônimo disse...

A MP 2215, em que Governo foi?

Anônimo disse...

Acho mais que justo aposentar com 35 anos. Afinal das contas não fazemos nada de periculosidade em especial para justificar tal medida. Acho justo as policias, sistema prisional, professores entre outros pelo grau de estres e risco. Qual o risco que tiro quando estou de serviço na guarda como sargento ou oficial...
Engordar pedindo pizza?
Não receber minha locomoção?
Passar mal com a comida do rancho?
Ficar cansado para o expediente do dia seguinte?
Tomar um tiro? Hoje em dia não precisa ser militar para correr risco de ser baleado.
Ja´foi a epoca que era algo de risco as FFAA, pois não temos guerra e nada de mais, se fosse assim teriamos que ganhar periculosidade e ensalubridade, coisa que os que aposentam com antecedencia ganham...

anonimo disse...

Montedo,

Qual a fonte da notícia? Você está disseminando boatos.
Ninguém na mídia ou no governo falou dos militares.
Seria bom você divulgar algo somente quando houve alguma coisa mais concreta.
Alguém resolve escrever esse tipo de coisa e logo se espalha, sem preocupação com a veracidade.

Anônimo disse...

Com isso passaremos a ter fgts, hora extra e outros benefícios? Cada vez mais difícil. ....

Anônimo disse...

Está certo.
Nos aposentamos muito cedo.
Quando a lei que previa 30 anos foi criada, tínhamos expectativa de vida de 50 anos, hoje está em 75

Anônimo disse...

Nos outros Exércitos o tempo de aposentadoria varia de 35 a 40 anos.

2º Sgt Siqueira disse...

Algo que já vinha sendo comentado há muito tempo, sempre como um boato, agora está realmente próximo de acontecer.
Agora resta esperar alguma atitude dos nossos comandantes, não para impedir esta mudança, pois não tem poder para isso, mas para adequar as carreiras ao novo tempo mínimo de serviço, prevendo (sempre há esperança) novos postos e graduações intermediários, pois garantir o acesso dos subtenentes ao QAO, ou dos oficiais ao generalato é improvável.
Se refletirmos um pouco, o que pode acontecer é o aumento nos interstícios, que já são cruéis com os praças, para "esticar" a carreira atual em mais cinco anos.
O que um 2º Sgt QE ou um ST, sem pontuação suficiente na valorização do mérito, vão fazer na ativa com dez anos ou mais na mesma graduação?
Vale a reflexão, enquanto nada disso ainda seja realidade.

Anônimo disse...

Lá vem outra "porrada" nos militares. Essa classe "escravizada" sempre é lembrada quando querem tirar direitos, dinheiro e dar serviços gerais, pois não podem fazer greves e manifestações e seus comandos se calam. Quero ver mexer com os direitos das PM's, que são considerados auxiliares mas não são "escravos". A MP do Mal vai ficando, ficando, e nenhuma autoridade responsável se esforça para corrigir isso? depois dizem que estão "descontentes", ou surpresos com algumas artimanhas dos petistas.Ninguém é bobo, essa época já se foi.

rogério do carmo - ESA 90 disse...

Mas o militar é diferenciado, tira serviço muitas vezes 24 por 72 hs, fica em média 30 dias por ano acampado no terreno, faz marcha, não tem FGTS, não tem quinquênio, salário família de 16 centavos, não tem licença especial, tudo isso não conta ???

Anônimo disse...

Sou militar a acredito que se a Nação exigir mais essa sacrifício dos militares, pouco nos restará a fazer se não a conceder o desejado, como se fossem os militares os que fazem pesar a folha de pagamento.
Espero que também discutam a criação de um fundo previdenciário, administrado autonomamente, livre da Intervenção dos governos que saqueiam os recursos dos contribuintes a seu bel prazer.
Que lembrem-se que os militares não tem fundo de garantia, não recebem hora extra, nem salário noturno, nem insalubridade e que não têm direito à greve ou manifestação de classe.
Lembrem-se também que mesmo as suas férias são condicionadas ao interesse do seviço. Não tem limite para o máximo de horas de trabalho diário (8h), semanal ou mensal.
Que seus vencimentos são os que mais foram depreciados, dentro do funcionalismo ao longo desses últimos 30 anos, que independente de suas vontades, são movimentados para os mais longuínquos rincões de nossa terra, recebendo pra tal indenizações baseadas em uma tabela que não sofre reajuste há mais de vinte anos.
E acima de tudo, lembrem-se que graça aos soldados, não aos sacerdotes, que temos liberdade de crença;
Graças aos soldados e não aos jornalistas, que temos liberdade de imprensa; graças aos soldados e não aos poetas que podemos falar em público; graças aos solfados e não aos professores que temos liberdade de ensino; graças aos soldados e não aos operadores do direito que existe o direito a um julgamento justo; graças aos soldados e não aos políticos, que podemos votar..."
Pobre a Nação que se lembra de seus soldados e se Deus apenas em seus momentos difíceis!

Anônimo disse...

Praças com interstícios intermináveis à vista! 35 anos tirando sv.
É melhor vender cachorro-quente na rua, ganha até mais e não paga imposto, faz o seu horário, sem chefe, escala, formatura, missão fim semana, SGD, sindicância, exame de contra-cheque, fiscal de contrato.....

Anônimo disse...

Quem vai se dar bem com isso são os QAO's carreiristas que poderão sair majores na ativa.

att.
S Ten/91 queimado, indo p/ o 4º QA.

Anônimo disse...

Eu sei que não tem nada a ver com o contexto da matéria publicada, inclusive peço desculpas ao Sr. Montedo, mas eu gostaria de saber qual foi o critério que a CP-QAO usou p/ me atribuir apenas 5 pontos no QAM e mais de 40 pontos p/ outro ST que segundo sei quando era Sgt foi punido mais de uma vez e inclusive, bêbado deu até tiro em caixa eletrônico de banco, tendo naquela ocasião sido preso, e agora está sendo promovido a QAO em 1º Jun 16.

Anônimo disse...

Como um governo pode ter moral de impor regras austeras para os trabalhadores, depois de ter literalmente abrido as pernas para a classe artística parasitária?

Anônimo disse...

24 anos de serviço,e só tive perdas. As promessas de um bom salário nunca saíram de promessas. E a progressão na carreira nunca foram tão lentas. Só me resta agora a reserva e buscar um salário mais digno lá fora. O último apague a luz da ilusão.

Anônimo disse...

Acho muito bom também se revogassem a pensão paras as filhas dos militares com a exclusão compulsória do pagamento dos 1,5% a mais de desconto para pensão militar para aqueles que assim optaram, pois é um efetivo muito grande de mulheres que mamarão na teta da União daqui há algumas décadas.

roberto da silva barros disse...

MP do mal...e agora 35 anos de sv...quero ver quem vai querer prestar concurso pra essa "nobre carreira".

anonimo disse...

Montedo, vulgo boateiro.

Cadê a fonte dessa notícia. Ninguém falou em militar ou servidor Civil. As reformas objetivam apenas o INSS.

Anônimo disse...

Olhem para os lados e parem de chorar. No uruguai e na argentina os militares ao irem para a reserva (paisanos gostam do termo se aposentar) perdem muuuuuuuito de seus salários. Outro fato, a grande maioria já fica mais de 30 anos na caserna. O justo é um uma regra de transição, daí quem entra já sabe a regra do jogo. Outro fato, poucas categorias recebem integral ao se aposentar. ´parem de chorar e olhem para os lados, a coisa está feia, desemprego, etc. e o nosso por enquanto está todo segundo dia do mes na conta.

S Ten Caio Flavio - CFS 88 disse...

Tenho um irmão que trabalha no gabinete do ministro e ele me disse o seguinte:

acima de 25 anos de sv......30 anos
de 20 a 25........31 anos
de 15 a 20........32 anos
de 10 a 15.......33 anos
de 5 a 10........34 anos
de 0 a 5.........35 anos

Anônimo disse...

Ei, esqueceu de tomar os remédios? Logico que estas "noiado". Texto de paisano achando que é militar.

Anônimo disse...

Papel aceita tudo, garoto. Daqui a seis meses eles divulgam que a expectativa de vida no Brasil passou para 80 oitenta anos, e você nem consegue parar para "pensar" ( isso sim, é uma certeza).

Anônimo disse...

a famosa mp do mal quem deixou acontecer foi o próprio exército segundo o cmt do exército general villas bôas em palestra em santa maria o ano passado segundo suas palavras nos mesmo que cagamos o pau e deixamos isso acontecer pois o exercito plantou colheu. quer dizer os altos coturnos pois desde 2001 são todos políticos só pensam em seu bem estar e que a tropa se exploda vejam se tem algum general passando necessidade, duvido.

Anônimo disse...

35 anos É o Cara..*$@#@%&!!!!��
Vão pro inferno!!!
Já fomos ferrados com a MP do Mal!!
Nao podemos aceitar isso !!!
E quem for contra isso tem que falar bem claramente para os superiores ouvirem que a repercussão de tal medida será muito negativa.
Militar é ou não uma categoria especial de servidores públicos???
Então como tal temos direito a aposentar mais cedo. E ponto.
Vão mexer na aposentadoria dos políticos que se aposentam com 8 anos?
Vão mexer na aposentadoria dos juízes?

Anônimo disse...

Provavelmente, ele trabalhou melhor que você. Fica aí se preocupando com quem têm punição ou entrou na justiça, achando que a carreira dos mesmos acabou, quando deveria preocupar se estava entregando o que lhe era pedido.

Anônimo disse...

Bobagem! A grande maioria "bateu tambor", afirmando que um governo neoliberal é a soluçao dos nossos problemas. Quando era dito que "neoliberais" como serra, fhc, arminio fraga, temer, et caterva tocariam o terror para o nosso lado, a turba enfurecida bradava "comuna, vermelho,....", robaram a petrobras (kkkkkk, bando de inocentes úteis, repetindo o mantra da globo). Perda dos direitos é pouco pra uma instituição tão facilmente manipulavel. Façamos assim, (apesar dos conselhos em contrário de quem lê sobre política e nao piadas ou futebol): votemos todos, em peso, nas eleições de 2018 no serra ou marina silva, e ai percamos a paridade entre ativos e inativos. Mas fiquemos tranquilos, é uma boa troca, desde que não desviem mais valores da petrobras. Viva os governos centrados nas necessidades do mercado financeiro, mas não nas pessoas. Brasil

Anônimo disse...

Deve ter passado a vida reclamando do sistema sem fazer o básico....
76% das turmas saem QAO,
Estar nos 24% restantes é ser muito fraco....

Anônimo disse...

Rapaz, corre atrás do teu,
Para de queimar os outros !!!!
Taí o motivo!! Tá explicado!!!
X-9.

Anônimo disse...

Os oficiais generais querem mais que seja verdade, pois eles, poderão ficar na ativa por mais tempo e desfrutando das mordomias que teriam que bancar do próprio bolso estando na reserva!

Anônimo disse...

ainda bem que casei com filha de oficial e filha unica e tenente coronel ela vai receber pensão ai terei vida de rico. kkkkkkkkkkkkkkkkk se depender dos nossos cmts estou f................ unica boquinha que peguei na vida. kkkkk

milico revoltado 2009

Anônimo disse...

Subão sou segundo cão sem perspectiva nenhuma de sair QAO. O sr recebeu isso devido a um critério publicado na Portaria 171 de 30 de fevereiro de 2013. É inadmissível uma comissão que sequer conhece um militar interferir dease modo em uma promoção. É uma vergonha ver tantos casos assim no nosso EB. Por essas e outras que só quero o tempo para ir pra reserva independente da graduação.

Anônimo disse...

Pergunta que não quer calar:
O que temos nós militares, com sistema previdenciario diferenciado, a ver com a reforma da Previdência, se custeamosa nossa, ao longo da nossa carreira, e de forma indevida ate depois dela?

Anônimo disse...

Vou dar muito trabalho aos psicólogo do exército.kkkkkkkk generais frouxo. CRF

Anônimo disse...

Vida bôas já sábia disso.

Léo disse...

Difícil de barrar é? Omissos, para não falar dezenas de outros adjetivos menos politicamente corretos, tais como: desleais, egoístas(só estão preocupados com diárias ridículas,cursos no exterior,ascenção na hierarquia,etc,etc,etc e etc...Castello Branco teria vergonha e nojo de ver um nome digno,honrado e herói de guerra ser retirado das nossa

Anônimo disse...

Cara, quando eu entrei na Marinha em 1974, eu sabia das regras do jogo, me garantiram uma coisa, e faltando pouco tempo para a reserva vem a MP DO MAL e muda os meus planos para reserva. Minha preocupação é que venham mexer também com quem já amargou um prejuizo enorme quando estava na ativa.

Anônimo disse...

Uuuuuiiiiiiii
Que medo deste leão!!!!!

Léo disse...

...Castello Branco teria nojo de ver seu nome honrado,herói nacional,ser retirado das nossas escolas e logradouros públicos e ninguém,ninguem mesmo se contrapor a isso.O anão diplomático, Celso Amorim,Ex Relações exteriores e ex Ministro da Defesa(fez absolutamente nada,nadica de nada para demonstrar que não havia revanchismo daqueles governos corruptos petistas, afirmou na Folha de São Paulo deste domingo que a política externa do José Serra em confrontar essas republiquetas corruptas vizinhas é um equívoco.Equívoco foi o povo eleger quatro vezes presidentes petistas,corruptos,os quais logo ,logo serão presos.Saquearam meu país.Lula, Expulsa o ZÉ Dirceu do PT.Teu coragem?Tem nada,né?Ele sabe demais.Canalhas!!!

Anônimo disse...

Ao Anônimo 22 maio 13:45

A CPQAO não tem critérios para dar os pontos, aconselho a entrar na justiça e solicitar ao juiz que a DAPROM traga para os autos todos os documentos de todos os militares que compõem o QA e provém que aquele militar possui mais méritos que você para ser promovido, tenha coragem e faça isso para desmascarar essa manipulação que a DAPROM faz na atribuição dos pontos.

praça que também foi prejudicado em sua promoção

Anônimo disse...

Pensando(?) como vc, pra que exercito então? Fecha logo essa bagaça e "vamo sê puliça"! Tem cara que devia ficar longe da internet....

Léo disse...

Nada mais repugnante que um anônimo.Nos outros Exércitos a tropa não têm 3,4,5 consignados seu idiota.

Anônimo disse...

Para os oficiais superiores e generais nda muda, pois vao continuar recebendo mordomias, PNR entre outros, poden ficar até 70 anos que nada ira mudar...

Anônimo disse...

Tem uma coisa boa, deve a aumentar a idade-limite no Posto/Grad, os Of vão adorar.
Pelo menos estamos fora do Teto da Previdência.
IH! Falei demais...apaga

Anônimo disse...

Concordo com o anônimo (22 de maio de 2016 13:45) nada mudou nas promoções ao QAO, a CP-QAO continua dando os seus canetaços e pronto. Inclusive conheço cada peça rara que será promovida em Junho: Sgt que faltava o expediente na segunda-feira porque havia passado o final de semana na "casa da luz vermelha", outro como Encarregado de material que passava bêbado nos acampamentos, dormindo em cima das marmitas. Pelo visto os critérios da CP-QAO continuam altamente questionáveis. E quanto ao aumento do tempo de serviço dos militares, infelizmente, acredito que desta vez irá emplacar porque a sociedade brasileira já não admite mais que um trabalhador vá para a inatividade com menos de 50 anos de idade que é o caso de nós militares.

1º Sgt Infante - turma 95.

Anônimo disse...

Acho que não colocaram na ponta do lápis, o militar da a ativa contribuí igualmente, diferente do civil. Mais se isto ė necessário Brasil.

Anônimo disse...

Também com o Aumento dos "PT e TC" nas FA (Principalmente Oficiais) e claro que abriram uma prerrogativa para eles aumentarem o tempo.

Anônimo disse...

Conheço milicos da turma de 1991 que ainda não "sairão" QAO porque, realmente, não merecem. Injusto seria se fossem promovidos desde já. Será que o nobre colega "indo para o 4º QA" não seria um deles?

Quando se aproximam as promoções, todos querem ver seus nomes entre as primeiras posições, mas não fazem por merecer, no dia-a-dia. Chegam atrasados às atividades (sempre têm uma desculpa); demoram a entregar a "missão" recebida; passam o dia na internet (e quando o chefe vacila, estão navegando em sites pornográficos (ou tentando, quando as máquinas têm filtros que bloqueiam tais sites); estão sempre "dispensados por recomendação médica" das escalas de serviço, marchas, TFM/TAF; em todos os meses, quando não quinzenalmente, estão dispensados do expediente por dois ou quatro dias seguidos (sempre têm uma desculpa), entre outros.

P.S.: essas descrições acima se referem a alguns subtenentes da turma de 1991 com os quais, infelizmente, tenho contato diariamente. E, por isso sei que (pelo menos esses a quem eu os conheço), não merecem no momento serem promovidos ao QAO. São os chamados "golpistas", só querem o "venha-a-nós"!!

Anônimo disse...

Infelizmente vivemos nas Forças Armadas a velha tônica do quanto pior melhor, em 30 anos já perdemos tudo e agora ainda querem aumentar nosso sofrimento de 30 para 35 anos, um verdadeiro absurdo. Nossos oficiais com certeza estão felizes, como ficaram com o fim da LE, ai eu pergunto, alguém já viu um oficial tirar LE, a mesma coisa cabe ao tempo de serviço, a grande maioria dos oficiais vão para a reserva com 35 ou mais anos de serviço. Para eles está ótimo vida boa da caserna sem fazer nada, tendo um bom praça para jogar toda a responsabilidade nas costas é muito fácil, nessa situação qq um fica 50 anos no EB. mais uma vez nós praças vamos pagar pela omissão dos nossos comandantes. Nunca pensei que diria isso, mas infelizmente já sinto saudades dos Ptralhas. Viva o PT, abaixo o GOLPE.

Anônimo disse...

Militares... uma categoria especial do servidores públicos. Tirar um serviço de 24h e já emendar no expediente seguinte, passar dias em campanha, não poder fixar residência pela atual rotatividade que nos é exigida (família pagando um alto preço por isso), morar muitas vezes longe de nossa terra natal, servir em locais sem o mínimo de condições para a família (educação, saúde, segurança), não ter hora para o final do expediente (depende do humor do Cmt, como acontece em inúmeras OM), sem horas extras, viver sob uma rotina muitas vezes extremamente estressante, suportar arbitrariedades sem poder questionar, não poder reivindicar nada, etc, etc e etc...
Todos já sabíamos disso quando entramos, porém não entendemos porque quando se fala em cortes, somos os primeiros do funcionalismo a pagar a conta. Perdemos inúmeros direitos com a MP do mal, o que não ocorreu com os servidores civis.
Ou seja somos uma categoria especial de servidores somente na hora da cobrança.
A nossa previdência não é autônoma? Não contribuímos até quando vamos para a reserva?
Não se enganem, além do tempo a mais na ativa, se isso for aprovado, perderemos o adicional permanência.
Cadê esses nossos generais que só servem pra fazer reuniões para tratar de coisas inúteis e esquecem da sua tropa?

Anônimo disse...

Ok, aumenta o tempo de aposentadoria e provavelmente o tempo de interstício vai aumentar também.Outra, o fato de que o militar contribui igual depois na inatividade ? Querem nos nivelar com os paisanos, mas na hora dos direitos aí pode ficar no velho e bom âmbito militar do E1?... Já tomamos uma ruim com a mp 2215, vão aguentar mais essa quietos senhores generais? Olhem pela tropa, pelo menos dessa vez....

Anônimo disse...

Excelente. continuemos alienados, esfomeados. Adoro tirar serviço, quando vejo um 1 Sgt cansado de tirar de serviço. penso onde me meti.

Anônimo disse...

Não é justo. Militares não tem horário de trabalho delimitado; vivem sendo transferidos, sofrem de stress mais que muitas profissões. Irão aumentar para 35 anos e não trarão de volta o posto superior quando vamos para a reserva? Vamos ralhar na internet e ficar com o rabo entre as pernas como sempre???

Anônimo disse...

Se vc quer ficar no quartel até cair os dentes e pra comer o sopão, problema é seu.
Só não ache que todos tenha que pensar igual a vc. Eu entrei nas FFAA com uma regra do jogo.
Já fomos prejudicados com a MP 2215, MP do Mal ou da trairagem.

Anônimo disse...

Boa pergunta de um comentário acima....
A previdência dos militares não é separada da dos civis? Nós não contribuirmos para um fundo próprio, inclusive continuamos a contribuir na reserva?
Então por que querem aumentar o tempo pra 35 anos? Isso é factível?
Com a palavra o CCOMSEx...

Anônimo disse...

"Quem não papira entra em forma pro aspira!" Motivação zero, aliás zero ao quadrado. Estuda pracinha ou vai continuar escravo de oficial, trinta anos, última forma; 35 anos...kkkkk!

Landorei disse...

Boa noite! Nosso regime de pensão não tem nada a ver com a Previdência Social do Brasil. Se tentarem mecher no nosso regime, é porque já passaram a mão no nosso dinheiro também. Eles ficam mentindo que a Previdência vai quebrar mas a Previdência Social é superavitária e os governantes metem a mão e detonam tudo. Quanto a MP do mal 2215/01, muitos que estavam na reserva e com direito adquirido, fomos surrupiados ao desaparecerem com o Adicional de Inatividade. Quero esse direito de volta, pois criaram o Adicional de Permanência só pra quem estava na ativa. Salafrários!!

Anônimo disse...

Presentinho pra quem tava com saudades do PSDB, que agora apoia o Temer. De novo. Mas como vivem dizendo "militar não nasceu para pensar, só para obedecer ordens", devem estar felizes com o total desprezo que voltou.

Léo disse...

A postura do silêncio e da Não interação do comando,em vários níveis,com a tropa é a única opção para quem nada de bom tem a dizer para seus subordinados.Continuem fazendo exatamente o que têm feito há anos, com relação aos nossos ridículos vencimentos: nada !!! Enquanto perdemos nossa saúde, juventude, e o que é muito,mas muito pior,a esperança de uma vida decente, vemos o país ser saqueado,roubado,arruinado,exaurido nas suas riquezas por grupos criminosos,canalhas,bandidos,safados,verdadeiros ratos de esgoto,imundos, nojentos e nós,sempre nós, teremos que fazer mais,ainda muito mais sacrifícios(35 anos de serviço) ,enquanto essa corja vagabunda literalmente dilapida nossos impostos.E agora,depois de anos e anos de soldos humilhantes vêm nos impor mais sacrifícios? E nos vem com esse papo furado de que ,devido ao rombo da previdência (fruto de anos,anos,muitos anos desses canalhas saqueando meu país) será muito difícil barrar o aumento do tempo de serviço da tropa para 35 anos é achar que somos realmente otários.Continuem fingindo que está tudo bem com nossos vencimentos...

Anônimo disse...

Ora bolas. Trinta e cinco anos de serviço só beneficia General e mais ninguém. Tanto faz 35 ou 40 anos, para eles está excelente. Completam seus gordos salários com inúmeras diárias para viajarem país afora em missões que poderiam muito bem serem extintas. Caso essa medida seja aprovada, teremos dois exércitos diferentes: o dos nobres do degrau superior e a plebe sofrendo os horrores da carreira, tirando serviço, acampando, comendo mal, com péssimo Serviço de saúde, etc. Parabéns senhores Generais. Os senhores estão ganhando a guerra contra seus maiores inimigos que são seus próprios subordinados e com certeza irão destruírem os mesmos completamente. Isso é uma vergonha.

Anônimo disse...

Ao anônimo de 22 de maio de 2016 13:45, não se intimide pelos comentários, acione a justiça.

Justiça neles, use o mesmo advogado do Ten Messias.


Anônimo disse...

Quem quer fazer concurso para ser militar....kkkkkkkk

Anônimo disse...

Acho que estou cego, não vi aqui nenhuma reclamação de oficial ou QAO,porque será hein ?

1Sgt Inf

Anônimo disse...

Como se o PT tivesse feito alguma coisa boa para is militares.

Anônimo disse...

Vem ca, vc nao consegue ler nas entrelinhas? O EB esta dizendo que vc nao tem capacidade pra ser promovido. Para de chorar e vai embora. Seu X9.

Anônimo disse...

Cara, na boa como vão comparar o servidor publico federal civil à nós? Os caras tem horas de trabalho delimitadas, muitos direitos que nós militares não temos. Cadê os generais para explicar isso à essa classe política que só pensa nela. Quer dizer que quando é para prejudicar, entramos na vala comum, quando é para beneficiar, somos uma categoria especial de servidores, sem direito a reclamar de nada.
Como manter a motivação desse jeito? Ah, esqueci essa semana temos mais uma palestra sobre educação financeira aqui na OM.

Anônimo disse...

Uma mentira de muito ser contada, acaba se tornando verdade. Militares e o caldeirão do inferno. Não aprendemos nunca. Essa é mais um boato falso preste a virar verdadeiro pela insistência.

Anônimo disse...

Ue, tem milico que quer ficar na ativa ate morrer, não largo o osso nunca kkkk

Anônimo disse...

Atenção!!! Há fortes rumores de redução no valor do salário família, passará de R$ 0,16 para R$0,10. Com a economia o governo praticamente irá zerar o déficit do orçamento.

Anônimo disse...

Vem ca, vc nao consegue ler nas entrelinhas? O EB esta dizendo que vc nao tem capacidade pra ser promovido. Para de chorar e vai embora. Seu X9.

Anônimo disse...

Te orienta milico! servidor civil também contribui depois de aposentado e com 11 e nao 7,5 como os militares. Quem nao contribui depois de aposentado sao os celetistas do RGPS.

Anônimo disse...

Boa!
Kkk

Anônimo disse...

Em Uruguaiana o FUSEx está sem médicos especialistas desde novembro, NOVEMBRO, CONSULTAS SÓ FORA DA CIDADE, SM, POA.

Anônimo disse...

Temos que dar soluções para o que possa vir a ocorrer, não seria mudar a legislação e onerar as pensionistas ou invés de aumentar o tempo ?

Anônimo disse...

Ainda bem que nao precisa se identificar. Imagina esse sub tendo que explicar que ficou atras do alterado...

Anônimo disse...

Recalcado! Fez a opção incorreta e agora está querendo atrapalhar quem está dentro da lei

Anônimo disse...

Se aumentarem para 35 anos terão que dar mais direitos: FGTS, adicional noturno, posto superior. Só sugar não dá!!!!

Anônimo disse...

Tem gente falando em idade mínima para militares. 60 anos

Anônimo disse...

O importante eh a vocação o resto não importa. ...kkkk ainda temos que escutar isso....

Anônimo disse...

5 anos a mais ......

Anônimo disse...

Já que podem mexer com alguns direitos em vigor de quem está na ativa e tirando serviço e ralando de tudo que é jeito, antes de mais nada deveriam jogar a pensão das filhas para o teto da previdência (tem gente que nem nasceu ainda é tem mais discretos assegurados que eu!), pois mesmo aqueles que pagam por isso (1,5%), sabem que insuficiente a sobrevivência de nosso sistema de previdência!

Anônimo disse...

Mantém milico!!! Pega porra!!!!!
35 é pouco, no dia a dia milico não faz nada de produtivo para a nação!!!!

Anônimo disse...

ta certo, acho errado eu me aposentar com 48 anos e meu pais que sempre trabalhou mesmo se aposentou com 65 anos.

Anônimo disse...

Até dá para entender que os políticos queiram aumentar o tempo de serviço dos militares, pois vejam quem representam a "régua de medida" perante eles: os Generais com seu mais de 35 anos de serviço, muitos ate´com 40 anos. Então para eles se tem General na ativa - não vou nem falar dos "imprescindíveis" PTTC que ficam até 70 anos nos quartéis - com 40 anos de serviço que mal haverá então em aumentar mais 5 anos? Sério, se ponham no lugar dos políticos que todos os dias lidam com os Generais! E tem mais, os nossos Generais gabam-se de seus tempos de serviço em todas as formaturas junto aos paisanos ou em entrevistas aos jornais. Pois então, deste modo é quase impossível achar que o paisano não vá chegar à conclusão de que é sim possível o militar cumprir 35 anos de serviço, já que todos aqueles Generais - os únicos militares com os quais tem contato - tem mais de 35 anos de serviço. Concordam ou não? Estou fazendo uma avaliação errada?
Contudo, o paisano que rodeia os Generais (os Ministros, Presidente, Vice-Presidente, Deputados, Senadores etc) não sabem que os Generais conseguem ficar mais de 35 anos na ativa porque gozam de várias mordomias, diferentemente do militar de "chão de fábrica", ou melhor, o militar operário.

Anônimo disse...

Quem nunca ouviu a frase: "Simples como coisa de soldado, inclusive meu soldo (2º Sgt), é igual ao de Soldado, Soldado da PM do PR"...

Não temos respeito por nós mesmos.....

Anônimo disse...

Caros companheiros, se o governo decidir aumentar o tempo de contribuição para passarmos para a reserva remunerada, isso será feito.
1)Os nossos comandantes já demonstram que não estão preocupados conosco há muito tempo, esqueceram que detém o poder que tem as armas e a autoridade moral;
2)infelizmente não temos representação congressual(política), aliás, militares que têm este pendor são vistos como "bandidos";
3)governos de centro esquerda(PT, PSDB, PSB, PSOL, PV....e todos os outros "P") detestam militares, pois a maior parte de nós representa tudo o que eles não são;
4)não podemos nos associar ou sindicalizar;
5)não podemos "parar" porque a CF.... (que, quando não cumpre seu papel não passa de um mero amontoado de papel);
6)somos escravizados sob a égide da hierarquia e disciplina, que não mais é do que um eufemismo para autoritarismo;
7)os praças ainda são vistos com preconceito, uma vez que os oficiais errôneamente "hierarquizam" tudo;e
8)perdemos todos os direitos ao longo do tempo e ninguém argumentou nada em contrário.
Enfim, meu conselho aos jovens, estudem e vão embora das FFAA, caso contrário preparem- se para ganhar pouco a vida toda, uma carreira medíocre de 3 promoções em 30-35 anos, sacrifícios de sua família, serviço de escala, restrições...dedicação em tempo integral sem contraprestação à altura.

Anônimo disse...

Uma coisa é servir num navio da Esquadra durante anos, 1 mes de viagem, longe da família, água salgada na cara, manutenção de equipamentos, máquinas, armamento..., as vezes até em alto mar, exercícios de alto risco a qualquer hora do dia ou da noite, serviço noturno 2 x 1 em viagem...! Tem certas funções que o militar é ainda mais exigido, quando trabalha até as 21:00 hs sabendo que vai entrar de serviço a meia noite. As vezes nem vai para a cama. Em uma escala de 2 x 1, o militar dá serviço e cumpre expediente normal no outro dia até às 16:00 hs. Servindo nessas condições, com 15 anos de serviço ele já parece está com 25. Sim, outra coisa é servir num gabinete com ar condicionado, agua gelada e cafezinho!

Anônimo disse...

Hoje, na prática, a maioria dos militares já permanecem no serviço ativo por volta dos 35 anos, ou mais. Generais é regra, e nem teria por que saírem antes da compulsória. Coronéis não vão largar o osso. Praças e QAO estão sempre esperando a última migalha. É uma promoção a mais, é o adicional de permanência, uma última movimentação, a esperança de volta da promoção acima do posto/graduação, é PNR, pois muitos não conseguem comprar a casa própria. E tem aqueles que não conseguem viver longe do quartel. Isto não é crítica é uma constatação.

Anônimo disse...

Existem estudos consistentes os quais demonstram que o aumento de
tempo de serviço para os militares nao reduzem custo. Ademais, o
comportamento das despesas com inativos e pensionistas se mostram
fortemente estáveis e equilibradas ao longo de 75 anos, em decorrência
das grandes modificações advindas da MP 2215-10/2001. Ao contrario do
que ocorre com o RGPS e RPPS, as despesas com inativos e pensionistas
militares estão controladas e estáveis.

Anônimo disse...

9 a 13 de maio 2016 ))) 306ª RACE e a 1ª Reunião dos Adjuntos de Comando do Alto-Comando do Exército, no Forte Caxias.

https://www.youtube.com/watch?v=UhxoN4XET10

Anônimo disse...

O que é o que é, que não entra quem quer?
Não vai ter nenhuma homenagem?

Anônimo disse...

Corretíssima a sua avaliação.
Pros CIVIS, pros leigos, a impressão que fica é essa mesma.
Mas se Deus quiser esse boato não vai vingar.

Anônimo disse...

Que venha os 35 anos de serviço, mas também uma promoção a mas, e quando for para a reserva, em vez de 04 soldos de ajuda de ajuda de custo, aumente para 15 ou mas.

Anônimo disse...

Não seja simplista companheiro 2° Sgt, seu soldo é menor que o soldo de soldado de muitas PM, não só a do PR.

Anônimo disse...

Boa parte do efetivo já fica bem além dos trinta anos, para receber o adicional de permanência, a maioria QAO, encostados em Depósitos de Suprimento, Hospitais de Guarnição, CSM, etc, para engordar o vencimento bem longe das atividades da tropa.

Anônimo disse...

QAO fica encostado além dos 30 anos, em CSM, Dep e Hospitais, verdade...e os oficiais? Há coronéis que sequer têm medalha corpo de tropa de bronze, há generais que não tem essa medalha, pois sentiram os rigores da tropa por breves 5, 8 anos, depois o "descanso do guerreiro" em um gabinete em Brasília, um Colégio Militar, um CSM.. assim é muito fácil ficar 50 anos na tropa. Fariseus.

Anônimo disse...

engraçado, sobre as promoções ninguém fala nada.
meu pai é QESA, e até hoje depois de 40 anos ainda não conseguiu a promoção.
os sargentos amigos da ativa demoram 7 anos esperando uma promoção.
enquanto isso cada dia melhoram os quadros de oficiais.

Anônimo disse...

Seria bom deixar os militares terem trabalho extra, pra ajudar na renda. Que tal mandar nossos políticos pra fronteira no lugar dos homens que fazem a defesa nos confins do Brasil? Que tal invadir essa m...de congresso e dar voz de prisão pra toda cambada que ali desdenha de nosso povo? Somos militares com dedicação exclusiva, sem direito a hora extra, periculosidade, insalubridade,homens que sacrificam as famílias e a própria vida em prol desse Brasil. BRASIL ACIMA DE TUDO.

Anônimo disse...

Engraçado ninguém leu o Estatuto dos Militares , não falaram em insalubridade , escalas de serviço de 24 horas, operações nas fronteiras que duram dias e até semanas, sem se ver um índio sequer , simplesmente querem comparar nós militares com os burocratas dos gabinetes de BRASÍLIA, onde graças a DEUS nunca servi. Eu passei 31 ANOS no EB sendo 28 na Amazônia tendo passado para a Reserva Remunerada como CAPITÃO QAO com 53 anos de idade , mas também com apenas com 30% da audição(Tiros de instrução e combate ) , 4 hérnias de disco (marchas forçadas na selva, desembarque se aeronaves e viaturas etc ..)e uma leshimaniose , ou seja , em pior condição do que muito velhinho de 70, e pior ainda tendo de observar uma ASCENSORISTA DE ELEVADOR DO SENADO percebendo R$ 16 MIL mensais e eu R$ 0,16 centavos de salário-família , isso sem falar que próximo a passagem para a RESERVA perdi o Posto Acima de MAJOR , o que reduz minha renda mensal em torno de 4 mil reais.

Anônimo disse...

Quem não tiver satisfeito com 35 anos de Serviço, pede para ir embora e pare de chorar... que não aguento mais tanto mi mi mi...

Anônimo disse...

Estou estudando há 2 anos, todos os dias, para o judiciário. Sirvo, atualmente, na Gu de Rio Negro - PR.

Estatuto dos militares nem se compara com a Lei 8112 (estatuto dos civis federais), leia depois.
Em breve, judiciário me aguarde, vou furar papel lá.


3 sgt

Hérica Guimarães disse...

Primeiro que é insalubridade. O resto nem precisa discutir. Fraco.

Anônimo disse...

O Exército para as praças atuais só serve mesmo para os puxa sacos que pouco trabalham e ficam todo o horário do expediente mimando seu Chefe imediato. Para esses ficar 40 anos é uma festa, não trabalham, ficam o tempo todo batendo papo e ouvindo as opiniões platônicas de seus Chefes lunáticos com a finalidade de receber no final do semestre seu conceito, porque atualmente a grande maioria só pensa nisso. É muito triste ver homens, pais de família se rebaixando por promoção ou mesmo por favores como: ficar fora de escala ou trabalhar em uma 2ª Seção. Homens velhos que perderam o orgulho e amor próprio a troco de favores. O pior é que isso não ocorre só com os chamados "de carreira", até os QE perderam a vergonha na cara e se tornaram carreiristas fazendo o jogo sujo, antes feito apenas pelos subtenentes na boca para sair QAO, de entregar os próprios companheiros mais modernos, é muito triste ver a que ponto chegamos, tudo isso patrocinados pelo comandantes que incentivam essas praticas lamentáveis dentro da caserna. Os oficiais estão pouco preocupados com o aumento do tempo de serviço porque poucos pedem reserva com 30 anos, os puxa sacos e peixes que nada fazem no expediente também, eles podem ficar 40 anos na Força porque não tiram serviço, não vão a acampamento, não fazem marcha, nem entram em forma nas formaturas etc, esses não tem pressa em ir para a reserva, pois estão em um Exército paralelo, tem alguém que carrega o peso do piano por eles. Esses são os grandes beneficiados pela mafiosa DAPROM. O paisano se engana, pensa que o EB é composto somente de homens corretos, mas aqui temos muitos "Renan Calheiros" dentro da Força e seus asseclas são sempre os beneficiados, o restante ficará 35 anos arrastando esses vagabundos. É muito incompetente e pouca gente trabalhando de verdade. Temos dois Exércitos: o dos peixes e o dos meros mortais, tenho pena dos carregadores de piano, esses mais uma vez serão os prejudicados. Vida que segue.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics