26 de maio de 2016

Sua Excelência, O CABO.

Walfredo Rodrigues

Cabo:
Esse nome surgiu do Latim e significa cabeça, chefe, o que lidera!
Por isso falar mal de Cabo é falar mal da tropa!
Na ausência de um sargento é ele quem assume a função, tem que saber de tudo!
Afinal, ele é o Cabo!
A tão famosa frase: "Deixa que eu seguro"
surgiu para dar confiança ao soldado e tranquilidade ao sargento!
Cabo é tão importante que o ser humano resolveu adotá-lo em sua vida pelo mundo afora...
Veja!
Por melhor que seja um machado, capaz de derrubar uma floresta inteira, certamente ele precisará de um bom Cabo para guiá-lo em seus golpes precisos e contundentes!
Enxadas, martelos e até mesmo uma arma de fogo precisam do Cabo...
Energia elétricas são transportadas por centenas de milhares de metros pelos... Cabos!
Quem não teve um equipamento eletrônico quebrado e ao levá-lo ao conserto aparece um técnico e diz:
"Era um Cabo que tava solto!"
Imagine agora um nordestino todo arretado, no uso de sua gíria local, dizendo:
É a menor palavra da Hierarquia Militar, dissílabo, paroxitona não acentuada, dois macarrão na divisa, o segundo passo na promoção dos praças, é o elo forte da tropa, não precisa mais de nome ao ser promovido, passa a ser simplesmente o Cabo!
Cabo é status e referência, qualquer policial que você veja de bigode, você vai logo pensar:
"É cabo!"
Se tiver gordo:
"Deve ser Cabo antigo"
Aliás, nenhum aumentativo se encaixa tão bem quanto dizer "Cabão"
Soldadão não soa bem..
Sargentão é sinônimo de mandão..
Nenhuma patente se encaixa tão bem que nem dizer: "Cabão"
Minha homenagem a todos os Cabos que são nossos CABO VÉI ...
Parabéns pelo o dia internacional do CABO.
Serei sempre um CABO VEI.

12 comentários:

Anônimo disse...

Bem senhores, sempre falo ou ouço algumas coisas:
1. CABO não faz porque não é soldado e não manda porque não é sargento;
2. Os três problemas do exército são: o CABO, a chave e a relação;
3. Quem manda no exército são os três CCC: CABO, capitão e coronel.


Obs.: Sempre digo que não gosto de CABO, nunca fui (só 15 anos), pois o que é ruim a gente esquece rsrsrsrsrsrs.
E o que acho mais importante: O QE é cobrado como sargento, mas é respeitado como CABO. Por exemplo, passei a ser CONVIDADO para as festas e não ESCALADO (estacionamento, faxina, garçom)

Anônimo disse...

Parabéns a todos os Cabos das Forças Armadas, merecem o nosso respeito. Ao longo da minha carreira fui muito bem auxiliado por esses respeitáveis profissionais. Ainda me lembro quando cheguei na tropa (lobinho) trabalhei com alguns cabos que já tinham mais de 20 anos de Serviço, todos de alto nível.

S Ten Infa/91

Anônimo disse...

Os grandes generais também eram conhecidos por "cabos de guerra", como Napoleão Bonaparte, que era conhecido como le petit caporal.

LUIZEDZ disse...

Felicidades para os Cabos.

Anônimo disse...

Parabens aos cabos em especial aos conhecidos como jurunas que conquistaram a possibiidade ela competencia e profissionalismo, chegar a ser 3° SGT QE e com suas lutas conseguiram chegar a 2° sgt QE. Estes são lutadores, para os atuais jovens cabos, que eles sirvam de exemplo de profissionais que são os QE e não seja somente um soldado melhorados ostentando uma divisa com dois barretes.

ESTA É A HORA, CONCORDAS? disse...

Kkk tô pra ir pra reserva e não tinha visto tão singela homenagem. Muito bom. Mas vem uns filho-de-capeta e vai sacanear os cabo vei do rancho, da garagem, da enfermaria, da guarda, da armaria, da sala rádio, do BI, da 1,2,3,4 seções...o time dos cabos e...bons tempos.

Anônimo disse...

Realmente muito legal e merecida homenagem aos cabos vei...

Amauri disse...

Parabéns Companheiros CABOS. Nesse poucos 22 anos de serviço, trabalhei e trabalho com excelentes CABOS. Alguns, muito poucos, estabilizaram e foram promovidos a 3° Sgt QE e posteriormente a 2° Sgt QE (com muita dificuldades e descrédito pelos demais Sgt).

Anônimo disse...

Fui cabo por 3 anos, depois fui pra escola de sargentos e por fim pra EsAEx, hoje EsFCEx. Aprendi muito como cabo e respeito muito esses profissionais.

Anônimo disse...

Pois é, senhores mortais. Hoje por exemplo, nunca diria para um filho ou filha faça a EsSA, praças infelizmente mal remunerado, e pior desunido. Estou na luta para que estudem; ou seja (escola particular) e se quiserem façam AMAN ou IME. Pois serão melhor tratados e remunerados..
E não escutará piadas de mal gosto por colegas desunidos....

Vergonha..


Passem bem..........

Jozinaldo Freitas disse...

Saudades tenho dos Cabos com que convívio. Fui Sargento e tinha, ou melhor,tenho um profundo respeito por eles. A experiência de anos de caserna serve para Sargentos e Oficiais em início de carreira. O Cabo antigo conhece toda história da OM e dos militares que por ali passaram. É gratificante retornar ao quartel, nos encontros da reserva ativa, e rever os Cabos(muitos já promovidos a sgt) que são meus amigos.

Anônimo disse...

Fui Cabo por 2 vezes e me orgulho muito disso.Fui Cb no EB e no CBMERJ.Hoje sou oficial Enfermeiro do CBMERJ mas minha maior experiência militar foi como Cabo.Parabéns a todos os cabos.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics