13 de maio de 2016

Segurança do Palácio desautorizou Jaques Wagner

Felipe Frazão, de Brasília
Na derradeira manhã do governo Dilma, quando as equipes do cerimonial e segurança do Palácio do Planalto instalavam grades e detectores de metal para organizar os espaços onde militantes, jornalistas e autoridades públicas ouviriam o discurso de despedida, o ex-ministro Jaques Wagner (PT) tentou interferir e foi desautorizado pelo comando da guarda militar. Ex-chefe do gabinete pessoal de Dilma, Wagner queria autorizar a entrada de cerca de cem mulheres para abraçar Dilma e levar flores. Segundo um funcionário da Presidência responsável pelo contato com movimentos sociais, Wagner ouviu do novo comandante a seguinte frase: "O senhor já não é mais ministro". De fato, ele havia sido exonerado na véspera pela presidente.  
Veja/montedo.com

6 comentários:

Anônimo disse...

Homi ... rapaizzz !!!! antes manadav em todos os militares, agora não manda nem nos soldados recruta. Voltas que a vida dá.

Anônimo disse...

==> O reajusta dos civis está melhor do que o das FFAA, não tá não ? Veja as datas ? E ainda, o acordo não é pra 4 anos não. A inflação vai nos lascar mais ainda. Já perdemos 34% até 31 Mar 16.

Veja o trecho ...

Serão beneficiados 1,1 milhão de servidores federais do Poder Executivo. O reajuste é de 10,8% em duas vezes: 5,5% em agosto deste ano e 5% em janeiro de 2017. O custo total é de R$ 5,3 bilhões neste ano. Os acordos vão beneficiar 90% dos 1,227 milhão de servidores da União.

Unknown disse...

Caro Montedo, adoro o seu blog,nele como numa estória de romance, " capa espada ", os militares em comando são verdadeiros heróis,diferentemente,daqueles que dia,após dia,se vendem e entregam a sua tropa. Falta um militar desta estirpe para barrar a MP 2215-01, para assim dizer: - Você não é mais válida.

Anônimo disse...

Existe uma grande diferença em Mandar e Comandar!!! Felizmente essa corja sabe mandar mas jamais COMANDAR!!!

Anônimo disse...

O governo, principalmente o setor de segurança, vai ter muitos "abacaxis" para lidar. Exemplo foi a tentativa de baderna que fizeram na rampa durante o discurso de posse do presidente Temer.Uma turma tentou subir para protestar e foram recebidos com gás de pimenta e lapada no lombo. Como era de se esperar, eram petistas e colocaram mulheres para servirem de vítimas e denegrir a imagem do governo. Houve algum exagero por parte de seguranças contra supostos jornalistas mas,não dá para tratar com flores numa situação de tentativa de invasão.Vamos ver como serão tratados os "pobres" coitados sem terra e sem casa que invadem, queimam e destroem o patrimônio alheio.

Anônimo disse...

...deveriam ter filmado isso !

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics